Advertisements
Home Blog

Tico Santa Cruz só foi tão humilhado após precipitação em defesa de Lula por ter bandido de estimação

0

Assim que Moro decretou o bloqueio de R$ 606 mil reais das contas de Lula, Tico Santa Cruz – um dos “artistas” mais empolgados na defesa do totalitarismo socialista nas redes – resolveu dar uma “ladrada” achando que isso inocentaria o ex-presidente de ser “chefe de quadrilha”.

Tico disse disse: “Lula, sinceramente esperava mais de um chefe de quadrilha! 606 mil reais na conta?  Nenhum gasto de cartões de crédito em milhares de dólares? Nenhuma aulinha de tênis para os netinhos? Nenhuma conta na Suíça? Nada de diamantes ou pedras preciosas?  Porra Lula, conta logo onde você oculta todo dinheiro que roubou da Petrobras! Escondeu em qual bosque? Gastou com o que?  Desse jeito não vai dar pra fazer nem uma mini série contando sua trajetória como maior bandido de todos os tempos!  Assim não dá!”

Bastou um dia para ele se dar mal, pois no dia seguinte Moro decretou o bloqueio de R$ 9 milhões em planos de previdência privada:

A humilhação foi total.

A pergunta é: por que ele passou essa vergonha? A razão é simples: ele tem um bandido de estimação (Lula).

Dificilmente algum eleitor de Aécio ou até apoiador temporário de Temer cairia no mesmo papelão, pois iria dizer algo do tipo “mexeu com ele, eu nem ligo”. Mas ao adotar um bandido de estimação, o estímulo imediato de Tico foi a defesa imediata e precipitada.

Deu nisso aí. Não dá para ter pena de Tico.

Advertisements
Anúncios

Nota de Aloysio à morte de Marco Aurélio Garcia afronta as 100 vítimas fatais de Nicolás Maduro

0

Ninguém está exigindo que alguém comemore a morte de Marco Aurélio Garcia, que foi um dos organizadores e fundadores do Foro de São Paulo, criado para organizar a implementação de ditaduras bolivarianas na América Latina.

Em 2007, como assessor do governo Lula, ele ficou tristemente famoso ao ter sido flagrado fazendo um gesto obsceno enquanto assistia a um telejornal, fato pelo qual ficou conhecido como Marco Aurélio “Top-Top” Garcia. Na época, a cena foi captada por uma câmera da Globo no momento em que o Jornal Nacional noticiava a descoberta de um defeito técnico no avião Airbus A320 do acidente do Voo TAM 3054.

O gesto de Marco Aurélio significa que para ele os mortos da tragédia “se ferraram”, configurando um dos deboches mais sádicos da história da política.

Mas os horrores da mente macabra de Marco Aurélio não param por aí. Ele ajudou a consolidar a ditadura venezuelana, que já alcançou a marca de 100 vítimas fatais nos últimos meses. Tudo com a bênção do Foro de São Paulo.

Mesmo assim, o chanceler Aloysio Nunes lançou uma nota de pesar. Segue um trecho: “Recebi, com pesar, a notícia da morte do professor Marco Aurélio Garcia. Eu o conheci na nossa mocidade, fomos companheiros de exílio. No magistério, assim como na política, ele agiu com firmeza e coerência na promoção de sua visão do Brasil e do mundo e por isso teve minha estima. Nossos caminhos divergiram. No entanto, mantivemos uma relação cordial e era sempre um prazer renovado, quando o encontrava, desfrutar de sua prosa culta e inteligente”.

Como elogiar dessa forma uma pessoa com um passado de tantas crueldades? Como fazer tal homenagem a alguém que riu das vítimas da tragédia do Airbus A320? E, pior, como elogiar tão efusivamente alguém cujos planos foram concretizados na morte de 100 pessoas na Venezuela, pelas mãos do governo Maduro?

Sinto muito, Aloysio, mas você faltou com o respeito pelas vítimas do Foro de São Paulo. Melhor seria ter ficado calado e não emitido nota alguma.

O Lula que chorou no velório de Marco Aurélio não derramou uma lágrima pelos cem venezuelanos mortos pelo Foro 

0

A mídia noticiou que Lula chorou nesta sexta (21) durante velório do ex-assessor especial da Presidência Marco Aurélio Garcia, que morreu na quinta (20) em decorrência de um infarto.

Lula ainda disse: “A carne se vai, mas as ideias, o humor e a beleza política continuam”.

O detalhe é que enquanto a carne de Marco Aurélio se vai, as ideias macabras e o horror que ele ajudou a implementar continuam. Por exemplo, as pessoas continuam sendo assassinadas na Venezuela, onde existe uma das principais implementações do Foro de São Paulo, organização da qual Marco Aurélio foi um dos líderes.

A morte de Marco Aurélio não vai encerrar a sequência de mortes causadas por suas ideias sádicas e perversas. Para as vítimas da ditadura venezuelana, é claro que monstros como Lula não derramam uma lágrima sequer.

Ao chamar Moro de “covarde” só por ter foro privilegiado, Lindbergh é o grande arregão da história

0

A Avenida Paulista assistiu nesta quinta (20) um ato fracassado em favor do condenado Lula. Menos de 8 mil pessoas deram as caras em um evento que teve a participação de vários líderes petistas, incluindo o condenado.

Lá pelas tantas, o senador Lindbergh Farias berrou contra Sérgio Moro: “Sérgio Moro, o senhor é um covarde porque um juiz devia ser imparcial. Queria ver bloquear as contas do (senador) Aécio (Neves-PSDB-MG)”.

Lindbergh é um palhaço, pois Sérgio Moro não teria como bloquear as contas de Aécio Neves, uma vez que ele, por ser senador, tem o mesmo foro privilegiado que… Lindbergh.

Sim, isso mesmo. Lindbergh aparece em delações de propina da mesma forma que Aécio Neves. E se ambos possuem foro privilegiados, não podem ser julgados por Moro.

Aliás, se Lindbergh estivesse para ser julgado por Moro jamais iria chamá-lo de “covarde”. Sabe como é: falamos de um tipo arregão. O covarde dessa história não é Moro, mas Lindbergh.

Socialismo perfeito é o Lula preferir ver a previdência pública quebrada enquanto tem 9 milhões em previdência privada

0

A notícia desta quinta (20) foi o bloqueio de R$ 9 milhões de Lula que estavam em planos de previdência privada. O bloqueio foi determinado por Sérgio Moro.

Muito se discutiu a respeito das diversas contradições da situação. Por exemplo, Lula se dizia “pai dos pobres” mas tinha 9 milhões numa previdência privada. Ele também falou que era da senzala, mas dificilmente uma senzala teria tanta grana de previdência privada. Os petistas disseram que Lula ia passar fome depois de ter R$ 606 mil confiscados, mas tinha bem mais na previdência privada.

Todas essas contradições detonaram de vez a moral de Lula, dando margem à construção de muitos frames para esmagar a imagem do ex-presidente.

Mas um detalhe foi pouco comentado: o quão socialista era essa atitude de Lula.

Como sabemos, Lula luta para manter a previdência quebrada, pois isso gera caos econômico e afugenta investidores. Para quem quer manter poder em estados inchados, tudo isso faz parte do plano. Porém, enquanto mantém a situação caótica – que evidentemente levaria os aposentados a ficarem sem receber no futuro – ele foi cuidando de sua polpuda previdência privada, pois os socialistas sabem se dar bem enquanto o resto do povo se ferra.

Lula é o socialista perfeito.

Após ver o PSOL ser chamado de “afrescalhado” por Lula, Jean Wyllys arregou de forma vergonhosa

9

A vergonha do dia está na reação patética e frouxa do partido de Jean Wyllys diante de uma baita ridicularização lançada por Lula sobre eles.

Veja:

Claro que o PSOL chiou. Mas só um pouquinho.

Já a resposta de Jean Wyllys foi patética, frouxa e condescendente:

Que vergonha. Que papelão.

Cadê aquele político brigão que chegou a cuspir em Jair Bolsonaro após ter sido chamado de “maricas”? Agora vemos ele arregar para Lula que os chamou de “afrescalhados”.

Isso mostra que o discurso do PSOL “contra a homofobia” é sempre seletivo.

Assim como as feministas do PT baixaram a cabeça quando foram chamadas de “mulheres de grelo duro” por Lula, Wyllys acaba de arregar.

Lamentável. Mas não surpreendente.

Gleisi tomou um baita escracho no avião e agora os petistas já não podem mais falar nada

0

Quem clicar nesse link verá um vídeo tratando de um evento ocorrido no voo 6077 da Avianca, que pousou em São Paulo nesta quinta-feira, às 14h52, vivenciaram momentos de tensão. As informações são de Lauro Jardim.

No corredor estava Gleisi Hoffmann, de pé, pronta para sair. Foi quando um passageiro a interpelou: “O PT acabou com o nosso país”.

Ela ainda reagiu fazendo uma narrativa contra a reforma trabalhista, mas o passageiro aumentou o escracho. Alguns lacaios de Gleisi sugeriram que ela procurasse a polícia, mas ela saiu do avião sem registrar queixa.

O mais curioso é que os petistas perdem qualquer moral de dar um pio, pois eles defenderam um ataque muito mais violento contra a filha do ministro Ricardo Barros, que casou neste fim de semana sob um escracho que incluiu uma chuva de ovos.

Se é assim, os escrachos estão moralmente liberados e Gleisi não merece qualquer pena.

O Lula que tinha $9 milhões em previdência PRIVADA também fingiu para seus eleitores durante todo esse tempo

0

Que Lula é um baita mentiroso todos seus adversários sabem. Agora o mais vergonhoso é que ele mente para sua legião de fieis, muitos dos quais sempre acreditaram no mito do “Lula dos pobres”.

Nesta quinta (20), o juiz Moro mandou sequestrar a quantia de R$ 9 milhões em planos de aposentadoria privada do ex-presidente condenado Lula.

Aí vemos uma das grandes mentiras: ele sempre disse privilegiar a previdência pública. Agora ele mesmo é visto metendo R$ 9 milhões na previdência privada.

Não é só: dia desses Lula também disse que toda a fonte de corrupção se originava no “setor privado”. Sendo assim, porque ele alimentou o setor privado dessa forma?

Enfim, nada se sustenta. O sequestro dos R$ 9 milhões que estavam em previdência privada é mais que um dano financeiro para o chefão do esquema. É o fim da esperança dos militantes petistas de defenderem seu chefe sob qualquer traço de honestidade intelectual.

Será que a CBN que inventou os “jatos d’água de Doria sobre mendigos” passará pelo crivo dos “fact checkers”?

0

Cada vez mais ultraesquerdista, a rádio CBN se especializou em criar “fake news” para atacar a Gestão Dória. Agora, radicalizando na mentira, a rádio disse que a Gestão Doria usou jatos d’água contra moradores de rua.

Doria fez aquilo que extrema esquerda mais odeia: refutou as mentiras. Assista:

Agora que tal ver se os “fact checkers” ligados a George Soros “checaram” este suposto fato?

No fundo, acreditar que os “fact checkers” da extrema esquerda estão aí para nos ajudar a filtrar a verdade da mentira é o mesmo que acreditar que o Ministério da Verdade (da obra de Orwell) era uma entidade buscando definir o que era verdade para o povo ao invés de falsificar informações.

Os “fact checkers” financiados pela Open Society não estão interessados em averiguar fatos, mas em agir de forma seletiva em linha com uma agenda. Por isso, eles decidem quem será checado (e quando), além de realizarem jogos para simular um apartidarismo que não existe.

Quando checam pessoas da direita eles chegam a mentir para dizer que o oponente mentiu. Muitas vezes tratam verdades como mentiras a partir de estratégias de simulação de falso entendimento. Como exemplo, a Agência Truco disse que era mentira que existia um projeto de lei para reduzir a progressão de pena em discussão no Congresso. Mas esta matéria mostra que Agência Truco mentiu para dizer que a discussão não existia. Assim como o Ministério da Verdade orwelliano, os “fact checkers” da extrema esquerda agem muitas vezes como mitômanos.

No caso da CBN, está claro que a emissora aplicou um “fake news” sobre Doria, mas como a mentira atendia à agenda da extrema esquerda, isso não apareceu em nenhum “fact checking” dos meios elencados como “a tropa da checagem”.

Na página da Agência Truco, nada sobre a mentira da CBN. Na página da Aos Fatos, também não se vê nada sobre esta mentira dos “jatos d’água sobre mendigos”. Na Agência Lupa, também… neca de pitibiriba.

Por que não estou surpreso?

Creio que já é hora de iniciarmos o movimento de “censor checkers” para monitorar estatisticamente a atuação dos fact checkers aliados à extrema esquerda.

Joesley vai processar quem chamá-lo de bandido e pode dar argumentos para colocá-lo na cadeia

1

O provérbio diz que a esperteza, quando é demais, acaba engolindo o esperto. Hoje ninguém há de negar que o cidadão mais esperto do Brasil é Joesley Batista, que negociou um acordo de impunidade com o PGR Janot.

Porém, uma nova notícia mostrar que sua esperteza está saindo do controle, podendo engoli-lo rapidinho.

Conforme coluna de Mônica Bergamo (Folha), os advogados de Joesley se preparam para processar políticos, jornalistas e apresentadores de TV que o chamam de bandido. As indenizações que vier a ganhar, diz ele, serão destinadas a uma instituição de caridade.

Mas esperem aí.

Um bandido é aquele que comete crimes, não alguém que cometeu crimes e foi anistiado de suas penas. Por exemplo, se um sujeito é identificado como assassino, não é sua absolvição (por algum “acordo estranho”) que irá mudar o fato de que ele é um assassino.

Para alguém ser bandido, basta ter cometido um crime.

Porém, se Joesley realmente lançar um único processo que seja para punir quem o chama de bandido, terá que sustentar a tese de que ele não cometeu crime algum. Mas sua delação menciona parceiros em crimes cometidos em aliança com ele.

Uma vez que ele resolva negar que os crimes não existiram, todas as investigações decorrentes de sua delação tem que ser interrompidas, pois não haveria crime algum a ser investigado. Para ter existido um crime é preciso que ele tenha agido como bandido, ou seja, ser um bandido.

Basta olhar a definição de “bandido” no Dicionário Michaelis:

ban·di·do

sm

1 Pessoa que pratica toda sorte de atividades criminosas; bandoleiro, facínora, malfeitor, pistoleiro.

2 POR EXT Pessoa maldosa, sem escrúpulos.

3 Vpirata, acepção 3.

adj

1 Que foi bandido; exilado.

2 Que tem características de bandido.

Ou seja, para negar que é um bandido (e aí sim poder ver chance numa ação de difamação), ele terá que negar que já tenha apresentado as características de bandido, praticando atividades criminosas.

Mas aí ele teria mentido em delação para fingir que cometeu crime (que agora estaria negando) e pode, aí sim, ir para a cadeia.

Advertisements
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: