Serão os humanistas arrogantes demais ou estão apenas executando a estratégia correta?

10
40

“Não são os humanistas e neo ateus arrogantes demais?”

Esse é um questionamento que às vezes vejo alguns cristãos fazendo em relação à postura deles.

Como mostrei no post anterior, para eles o religioso tem menos valor que bosta de cavalo. Para eles os religiosos são culpados por escravidão, opressão à mulher, guerra, genocídio, etc.

Enfim, tudo de ruim.

Mas o que aparentemente ainda incomoda é a postura dos humanistas em se afirmarem como superiores em tudo, inclusive inteligência, e demonstrarem extrema confiança nessas afirmações.

Alguns cristãos, naturalmente, acabam se sentindo diminuídos diante deles, e tendem a se desanimar.

O detalhe é que a postura de arrogância programada não é apenas uma característica humanista, mas sim de TODO E QUALQUER movimento militante que tenha qualquer objetivo de atingir a resultados.

E qualquer movimento militante que não tenha essa características NÃO PRECISA NEM SEQUER ser iniciado.

Segundo Elisabeth Noelle-Neuman, autora da teoria da espiral do silêncio, a confiança que um grupo tem nos seus ideais (a ponto de convencer os outros a bandearem pro seu lado, ou então se calarem) é um fator fundamental da militância.

Mais ainda: a postura de auto-confiança dos membros de um grupo, principalmente os líderes, são FUNDAMENTAIS na motivação do restante do grupo.

É o mesmo princípio que vale para o gerenciamento de projetos. Se o líder do projeto não está confiante nos resultados e convencido de que sua equipe está preparada para esse desafio (a ponto de levantar o moral de todos), então a solução é trocar o gerente de projetos.

A partir disso, a “crítica” que poderia ser feita a gente como Dawkins e seus leitores torna-se inútil.

A crítica deve ser revertida aos cristãos que NÃO AGEM COM O MESMO TIPO DE POSTURA.

Não podemos entrar em debates com eles de cabeça baixa. Deve ser justamente o oposto.

Temos que entrar no debate de cabeça erguida, com ORGULHO daquilo que somos. (Notem que esse não é o orgulho destrutivo, que impede alguém de obter resultados, mas justamente o orgulho produtivo, que é aquele mostrado pelos líderes).

Se você entra no debate com eles sem mostrar que você é MELHOR do que eles em vários aspectos, então qual é o objetivo de participar do debate?

Notemos que o debate entre nós é eles é um duelo de propaganda, na qual mostramos ao público as vantagens do nosso lado e as desvantagens do lado deles. (Não se incomode com isso, pois é exatamente essa a natureza de todo debate político, e o discurso anti-religiosos X religiosos é um debate político)

Se nós não começarmos a demonstrar ao nosso grupo que devemos nos portar em debates com esse nível de SUPERIORIDADE MORAL, então o melhor é desistir de debater.

Quando o humanista diz que ele é “portador da razão” e o adversário “carrega as trevas”, ele está simplemesmente querendo arvorar a postura de SUPERIORIDADE, que já é parte da propaganda. Em seguida, ele chama os religiosos de estúpidos, e todo o seu grupo de “sábios”. E isso vai prosseguir ad aeternum.

Só que em vez de reclamarmos por eles fazerem isso, devemos fazer em mais quantidade que eles. (E quem fica com choradeira, deveria correr para o colo da mamãe e não participar de duelos intelectuais)

Por exemplo, quem disse que humanistas são “detentores da razão”, se todo o discurso deles é falacioso?

Podemos claramente dizer que somos mais racionais que eles.

Quem disse que eles são “adeptos da justiça”, se eles mentem o tempo todo sobre os oponentes?

Podemos naturalmente citar as mentiras e desmascarar qualquer um que afirme “estar do lado da justiça”. Aliás, aí é que o ceticismo nosso deve entrar em ação.

E enquanto destruímos a postura de apelo à autoridade deles, podemos mostrar nossa SUPERIORIDADE a todo momento.

Por exemplo, eu sou superior a qualquer humanista pois eu tenho uma base moral, e eles tem um comportamento que não só não é moral, como também demonstram ausência de honra e dignidade. E devemos dizer isso na cara deles.

Pelo ato rastejante que cometem, devemos dizer que somente o ato de debatermos com eles já é um PRIVILÉGIO que damos a eles.

Pois nós somos proponentes de uma cultura (cristã) que se baseou em buscar a dignidade e o diálogo, enquanto eles TODOS são cúmplices morais de crimes como o nazismo e o comunismo e todos os genocídios que surgiram dali, pois simplesmente ambos os sistemas políticos eram variações do discurso humanista.

Eu tenho ORGULHO de ser a favor da família tradicional, enquanto eles devem ser expostos ao público como utilizadores de gays como seus idiotas úteis. (Movimentos gays são apoiados pelo humanistas, somente por que estes últimos querem um pretexto para criminalizar a religião)

E já que a expressão “arrogância” pode incomodar alguns, basta substituir por AUTO-CONFIANÇA sua e do seu grupo. A atitude, no final, dá no mesmo.

E, sem auto-confiança, o melhor é se abster dos debates, pois este “humilde” irá só ajudar o seu adversário.

Anúncios

10 COMMENTS

  1. Boa tarde, Luciano! Gostaria que o senhor explicasse melhor o trecho em que diz:
    “Eu tenho ORGULHO de ser a favor da família tradicional, enquanto eles devem ser expostos ao público como utilizadores de gays como seus idiotas úteis. (Movimentos gays são apoiados pelo humanistas, somente por que estes últimos querem um pretexto para criminalizar a religião)”

    Vale ressaltar que foi um bom post para seus debatedores, ensinando a usar a erística… Talvez vocês devam apelar a esse recurso mesmo, que provavelmente é o que faz os observadores acharem que vocês predominam em qualquer debate…

    Em primeiro lugar, não se trataria de preconceito taxar todos os gays como idiotas?
    Em segundo lugar, eu sou um humanista, sou hétero, e apóio os gays por causa do preconceito que eles sofrem. Eu passei a me solidarizar com eles quando eu passei a sofrer preconceito por ser ateu. Eu tenho um amigo que é homossexual e não acho que ele deveria ter menos direitos por causa disso. Que base o senhor tem pra dizer que neo-ateus só apóiam o movimento gay pra criminalizar a religião? É triste que o cristianismo condene os gays, mas não é só por isso que eu sou contra a homofobia. Sou contra esse preconceito porque gays são seres humanos, e merecem respeito como tal. Já parou pra pensar em limitar menos suas afirmações? Faria bem para a coerência do texto e pra veracidade dos seus argumentos.

  2. Why don’t you think?
    Vale ressaltar que foi um bom post para seus debatedores, ensinando a usar a erística… Talvez vocês devam apelar a esse recurso mesmo, que provavelmente é o que faz os observadores acharem que vocês predominam em qualquer debate…
    Não há recurso erístico algum em meu texto, pois a parte em parênteses até explica que aqueles idiotas úteis são os movimentos gays, e não todos os gays.
    Vou mostrar que você é o praticante de erística aqui…
    Em primeiro lugar, não se trataria de preconceito taxar todos os gays como idiotas? Em segundo lugar, eu sou um humanista, sou hétero, e apóio os gays por causa do preconceito que eles sofrem. Eu passei a me solidarizar com eles quando eu passei a sofrer preconceito por ser ateu.
    Aqui está o estratagema de ampliação indevida, pois como disse antes o fato do humanista usar gays como fachada não implica que TODOS os gays sejam idiotas. Assim como alguém pode usar a expressão ‘justiça’ como fachada não torça a justiça idiota em si.
    Naturalmente que você, por ser humanista, apóie causa gays, e por isso FABRICA uma homofobia não existente. Para isso também tentou usar um raciocínio de minoria usando uma experiência pessoal (“ateus também sofrem preconceito”) que não foi comprovada.
    Eu tenho um amigo que é homossexual e não acho que ele deveria ter menos direitos por causa disso. Que base o senhor tem pra dizer que neo-ateus só apóiam o movimento gay pra criminalizar a religião?
    Basta estudar a estratégia gramsciana para entender como grupos da esquerda iriam tentar reunir minorias para usá-las. Aí basta estudar a guerra em rede para entender as alianças e os benefícios para cada grupo na aliança.
    E ninguém falou em “menos direitos” para os gays. A questão é que o casamento é a definição do relacionamento entre homem e mulher. Chame a união dos gays de que quiser, mas qual o direito você reclama? De reinventar a linguagem? Rs.
    Quer o direito de gays adotarem crianças? E o direito da criança ter pai e mãe? Aha…
    É triste que o cristianismo condene os gays, mas não é só por isso que eu sou contra a homofobia. Sou contra esse preconceito porque gays são seres humanos, e merecem respeito como tal. Já parou pra pensar em limitar menos suas afirmações?
    Em nenhum momento em meu texto há desrespeito à gays quanto a seres humanos. Não venha se fazer de coitadinho, pois esse chororô já não te serve aqui.
    Sua afirmação “gays são seres humanos e merecem respeito como tal” é compartilhada por mim, portanto não te serve como argumento também.
    A alegação de “homofobia” não é comprovada em momento algum, e o fato de alguém dizer que a homossexualidade é errada não configura homofobia.
    Eu perdi a conta de quantas falácias vc praticou em seu texto…

  3. “Não há recurso erístico algum em meu texto.”

    Não há recurso. Mas eu também entendi que você sugere que ela seja usada:

    “Se você entra no debate com eles sem mostrar que você é MELHOR do que eles em vários aspectos, então qual é o objetivo de participar do debate?”

  4. Sua terceira resposta ao why don’t you think questiona alguns direitos reinvidicados por homosexuais de uma forma na qual eu nunca tinha pensado.. legal!

  5. O preconceito contra ateus não foi confirmado? Eu mesmo já sofri preconceito por causa disso, meu amigo. Minha professora me chamou para dizer que minha nota de comportamento no colégio é reflexo da minha “falta de crença”, eu tinha uma amiga que disse que não dava pra conversar mais com alguém que não tem os olhos abertos para o seu criador. Se o meu exemplo pessoal não servir, aqui vai outro: o Datena em rede nacional disse que que os crimes horrendos só são cometidos por gente que não tem deus no coração.
    A questão que eu queria ressaltar era: Um humanista pode defender o movimento gay por vários motivos. Ele pode ser gay, pode ter um amigo/parente gay que sofre por isso, pode simplesmente imaginar que não a motivos para que a união civil (aliás, o nome casamento pode até dar a ideia de união homem e mulher, mas união civil deve refletir sobre cada cidadão) não seja aplicada aos gays. Não é bem certa essa história de que gays são idiotas úteis, uma minoria da qual os humanistas se aproveitam para reforçar seus argumentos. Aliás, você agrupa humanistas, esquerdistas e comunistas no mesmo saco por que mesmo? Eu sou humanista, mas não defendo o comunismo. Vale ressaltar também Luciano, que você não explicou por que não se trata de preconceito quando você falou que os gays são idiotas úteis. Não te falta ética, meu amigo?

  6. E aonde você viu que criança tem direito a ter pai e mãe? A declaração dos direitos das crianças faz menção apenas a “pais” sem delimitar sexo.

  7. Why Don’t YOU Think?
    O preconceito contra ateus não foi confirmado? Eu mesmo já sofri preconceito por causa disso, meu amigo. Minha professora me chamou…
    Evidência anedotal não vale. Então o tal preconceito não foi confirmado.
    aqui vai outro: o Datena em rede nacional disse que que os crimes horrendos só são cometidos por gente que não tem deus no coração.
    Ué, e Richard Dawkins tem um vídeo chamado “Root of All Evil”, relacionado à religião.
    Vocês querem partir para guerra intelectual mas não querem revide? Rs.
    Mas o item do Datena ainda não configura preconceito.
    A questão que eu queria ressaltar era: Um humanista pode defender o movimento gay por vários motivos. Ele pode ser gay, pode ter um amigo/parente gay que sofre por isso, pode simplesmente imaginar que não a motivos para que a união civil (aliás, o nome casamento pode até dar a ideia de união homem e mulher, mas união civil deve refletir sobre cada cidadão) não seja aplicada aos gays. Não é bem certa essa história de que gays são idiotas úteis, uma minoria da qual os humanistas se aproveitam para reforçar seus argumentos.
    De novo essa choradeira?
    Eu já não expliquei que o fato de um grupo ser usado pelos humanistas NÃO IMPLICA em que todos os mesmos do grupo usado sejam idiotas? Vai continuar enrolando pq?
    De qualquer forma, de acordo com o gregarismo, não há motivos práticos para alguém heterossexual fazer campanha desonesta para privilegiar a classe gay.
    Temos que encontrar os motivos práticos para esse movimento.
    Ao investigar as agendas dos grupos, temos os motivos.
    Os humanistas defendem o privilégio aos gays, pois precisam que a crítica aos gays seja proibida. (quer dizer, podemos criticar um casal heterossexual, mas não um gay)
    Qual a “paga” que os humanistas levam? Pretexto para criminalizar a religião.
    Assim, a associação entre humanistas e movimentos gays está bem evidente.
    Aliás, você agrupa humanistas, esquerdistas e comunistas no mesmo saco por que mesmo? Eu sou humanista, mas não defendo o comunismo.
    Comunismo é um tipo de esquerdismo.
    Não é preciso ser comunista para ser esquerdista.
    Pura questão de lógica.
    O humanismo é um sistema de pensamento que origina todos os pensamentos da esquerda.
    Você é de esquerda.
    Mesmo que não seja comunista.
    Vai continuar se confundindo?
    Vale ressaltar também Luciano, que você não explicou por que não se trata de preconceito quando você falou que os gays são idiotas úteis. Não te falta ética, meu amigo?
    Não se trata de preconceito pelo mapeamento da guerra em rede.
    Se a associação de humanistas e gays só tem uma “paga” identificada (e não há motivos práticos para outras), a tese de que os MOVIMENTOS gays são idiotas úteis dos humanistas segue irretocável.

  8. Why don’t YOU Think?

    E aonde você viu que criança tem direito a ter pai e mãe? A declaração dos direitos das crianças faz menção apenas a “pais” sem delimitar sexo.

    Ué.

    Se vocês lutam para que crianças sejam adotadas por “casais” gays, isso significa que cada criança adotada por um “casal” implica que esta mesma criança perdeu o DIREITO de ser adotada por um casal de verdade, composto de pai e mãe.

    Quer dizer.

    Não pensaram nem um pouco na criança, só na turminha da mesma patrulha, né?

  9. então um casal gay não é um casal de verdade? Caso você esteja desatualizado, casal hoje em dia não se refere apenas a casais heterosexuais. E eu não tô confundindo nada. Por mais que o humanismo origine todas as ideologias de esquerda, isso não significa de forma alguma que todo humanista é esquerdista. Esse raciocínio seria correto se você falasse que o humanismo só origina crenças de esquerda. E eu tô falando isso porque você criticou os Tamil Tigers como espécie de revanche quando eu critiquei grupos ativistas islâmicos. Ora, o fato de ser um grupo ateu não contava como argumento, pois eles não lutavam em nome do ateísmo, mas do comunismo. De qualquer forma, isso não entra nos méritos desta discussão, não é? Só tente não pré-julgar seu oponente numa discussão, beleza? E atualize seus conceitos, no mundo do século XXI casal não se refere apenas a héteros, tampouco a união civil. A tolerância deve ser exercitada para um mundo sem preconceitos, meu amigo. Homossexualidade é uma alteração normal, que acontece em vários animais, portanto um processo natural. Deal.
    Lembre que Jesus não era preconceituoso. Vocês deveriam repensar as crenças do deus primitivo Yahweh, e absorver mais as de Jesus, que foi um humanista e pacifista brilhante.

  10. Why Don’t YOU Think?
    então um casal gay não é um casal de verdade? Caso você esteja desatualizado, casal hoje em dia não se refere apenas a casais heterosexuais.
    Sim, se refere:
    3 Par composto de macho e fêmea, de homem e mulher.
    Um casal normalmente gera filhos. Quando um casal não tem capacidade de gerar filhos, temos uma anomalia do casal.
    Essa idéia de “casal hoje em dia inclui casais gays”, é só se for para vocês.
    Mas é isso que caracteriza guerra semântica. Portanto, o fato de você ACHAR que um casal deve comportar os “casais” gays não implica que isso comporte.
    Dica de debate: não adianta você chamar uma pêra de pata, ou chamar uma pata de pêra, pois uma pêra sempre continuará sendo uma pêra, e uma pata sempre continuará sendo uma pata.
    E eu não tô confundindo nada. Por mais que o humanismo origine todas as ideologias de esquerda, isso não significa de forma alguma que todo humanista é esquerdista. Esse raciocínio seria correto se você falasse que o humanismo só origina crenças de esquerda. E eu tô falando isso porque você criticou os Tamil Tigers como espécie de revanche quando eu critiquei grupos ativistas islâmicos. Ora, o fato de ser um grupo ateu não contava como argumento, pois eles não lutavam em nome do ateísmo, mas do comunismo.
    De novo o mesmo discurso?
    De novo te refutarei, como faço sempre com facilidade.
    O humanismo SÓ origina crenças de esquerda. Social democracia, liberalismo social (obamista) e marxismo são crenças de esquerda. É por isso que um humanista sempre vai votar nos Democratas, nos Estados Unidos, e aqui tem mais opções, incluindo PSDB, PMDB e PT.
    Além do mais, o argumento dos Tamil Tigers serve para refutar o discurso esquerdista/humanista (e pela sua aliança, ambos são anti-religiosos em tudo que falam) de que se há homem bomba, é por causa de religião. Errado. Se há homem bomba, é por um conjunto de fatores.
    Se você diz que Tamil Tigers lutavam em nome do comunismo, então lutavam em nome de uma forma de humanismo. E o humanismo é uma manifestação de pensamento anti-religiosa e todos ateístas militantes são humanistas.
    Logo, culpa de vocês.

    Só tente não pré-julgar seu oponente numa discussão, beleza?
    Pela sua crença humanista/esquerdista, é fácil prever todo o seu discurso. Isso toma tempo.
    E atualize seus conceitos, no mundo do século XXI casal não se refere apenas a héteros, tampouco a união civil.
    Como todo esquerdista, esse aí quer ganhar por repetição. Hahahahha
    Mas eu já refutei isso antes.
    A tolerância deve ser exercitada para um mundo sem preconceitos, meu amigo.
    Mas eu tenho preconceito contra humanistas e esquerdistas, pois vocês só causam problemas para a sociedade. Um exemplo é o caso da violência no Rio. São vocês que endeusam criminosos, causando esse tipo de cenário.
    O fato de acharmos a homossexualidade errada não implica em intolerância. Mais uma fraude que achei em eu argumento.
    Homossexualidade é uma alteração normal, que acontece em vários animais, portanto um processo natural. Deal.
    Engraçado que o Daurian (Alan Wake) veio aqui tentar essa propaganda e apanhou feio nos argumentos. Só mostrou vídeos de animais fazendo carícias mútuas, mas nada similar à relação sexual.
    Assim, o homossexualismo é uma aberração.
    Além do mais, preguem o homossexualismo na família de vocês (humanistas).
    A familia de vocês é um problema de vocês.
    Lembre que Jesus não era preconceituoso. Vocês deveriam repensar as crenças do deus primitivo Yahweh, e absorver mais as de Jesus, que foi um humanista e pacifista brilhante.
    Haioahioahoahahoahoahioaoahioa
    Esse é o momento em que o humanista perde a vergonha na cara em debates.
    Dizer que Jesus foi ‘humanista’ (pacifista ele realmente foi) é um dos discursos mais ridículos já feitos.
    O discurso é tão ruim que ele nem sequer vem acompanhado de argumento. A frase “Jesus é humanista” tem tanto valor quanto “Jesus é palmeirense” ou “Jesus gosta de MC Scooby”.
    Vamos parar de palhaçada?
    Aliás, essa de “deus primitivo” é de novo a falácia do ad antiquitatem.

Deixe uma resposta