Hugo Chavez, como sempre, usando o câncer para capitalizar politicamente

0
45

Fonte: Vermelho

Nesta terça-feira, o presidente da República Bolivariana da Venezuela, Hugo Chávez, informou que nos próximos dias terá que ser submetido a uma nova operação, depois que foi detectada uma lesão de dois centímetros de diâmetro no mesmo lugar em que foi extraído um tumor cancerígeno em junho do ano passado.

Iremos adiante! Me operarão de novo, me extrairão essa lesão, se verificará se tem ou não relação com o tumor anterior, e com base nisso informaremos depois da operação”, disse o presidente Chávez durante uma visita ao Complexo Industrial Santa Inês, no estado de Barinas, e confirmou que não houve metástase em órgãos de seu corpo, como circulou nas redes sociais.

“É uma lesão pequena de dois centímetros de diâmetro, claramente visível, o que obriga a extrair a lesão e a uma nova intervenção cirúrgica, que se supõe menos complicada que a anterior”, explicou o presidente.

A lesão foi detectada em uma checagem médica que se realizou no sábado passado em Havana, Cuba. O mandatário lamentou esta nova situação médica. “Eu lhes peço perdão, não quero fazer meu povo sofrer, mas esta é a verdade”, disse.

Há pessoas que querem que eu morra, porque me odeiam. Que fiquem longe, eles e seus maus desejos. Durante todos esses meses se encarregaram, com muita frequência, de difundir rumores. Começam a gerar todos esses rumores para tratar de criar angústia, e desestabilizar o país“, expressou.

Chávez chamou o povo venezuelano à unidade, à batalha e à luta pela vida e a vitória. “É uma vida que peço a Deus estenda até quando ele queira, somente para servir cada dia mais e melhor ao povo venezuelano”, afirmou.

Meus comentários

Prestem atenção em todos os pontos em negrito na notícia acima.

Tanto no caso do “câncer” anterior (que eu duvido que tenha surgido de fato) como nessa nova cirurgia, Chavez não faz outra coisa senão capitalização política.

Quando eu afirmo que câncer, tanto para o Chavez como para o Lula, é uma benção, esquerdistas ficam irritados.

Mas notem bem: o câncer de Lula sumiu de uma hora para outra, o de Chavez também. Mesmo assim, o capital politico ganho gera sempre um saldo positivo para ambos.

E assim caminha a ingenuidade na América Latina…

Anúncios

Deixe uma resposta