Vídeo: “Ateus dominam a Internet” OU Neo ateus baixando o nível AINDA MAIS na guerra intelectual

15
40

 

Que o vídeo acima sirva de alerta aos cristãos (e tenho feito esse alerta) e sirva para mostrar que estão diante de um adversário que joga sujo.

Como não sou religioso, minha resposta ao argumento do neo ateu acima é totalmente diferente do que ele espera. Na verdade, os neo ateus realmente dominam a Internet pois em termos acadêmicos foram DOUTRINADOS em esquerda, e são treinados para saírem militando não só nas redes sociais, como também na mídia e indústria cultural. Pessoas da direita (que tem maior chance de serem religiosos tradicionais, ao invés de religiosos políticos, como os neo ateus) ainda não estão tão focados em militar, pois não foram doutrinados para isso.

Ou seja, o fato de que “ateus dominam a Internet” não tem nada a ver com a “qualidade” de crenças, pois isso é um argumento até infantil. É como dizer que um filme é mais popular por que ele é “melhor”. Ah, tá, se fosse assim a série “Crepúsculo” seria melhor que o filme “Drive”, “Harry Potter” seria melhor que os filmes de Lars Von Trier, e daí por diante.

Aliás, o vídeo da Luísa que “veio do Canadá” teve muito mais hits do que qualquer vídeo neo ateu. Isso significa que os melhores argumentos estão no vídeo da Luísa? Fala sério…

Portanto, só por tentar um argumento tão ruim como “se estamos ofendendo mais, e aparecendo em maior número, é por que os argumentos são melhores” já vemos que eles não durariam em guerra intelectual. O que ele comete acima é basicamente um ad populum misturado com uma megalomania doentia de alguém que fugiu da realidade.

Para reverter isso, como já disse, basta entender que a guerra cultural ocorre nas universidades, em primeiro lugar, e que é preciso entender o valor da militância, pois se depender de decência dos esquerdistas, é melhor esperar sentado, pois isso jamais vai ocorrer.

O neo ateu do vídeo admite que joga sujo, e ele se ORGULHA disso. E a coisa vai piorar ainda mais se não existir uma reação.

A utilidade do vídeo é servir como um vídeo educativo para que os cristãos mostrem a OUTROS CRISTÃOS o que o ato de conivência com o adversário está gerando.

Anúncios

15 COMMENTS

    • E obrigado por ter confessado que gosta do vídeo. Neo ateus confessam o jogo sujo e se orgulham: essa é minha tese sobre a esquerda. E cada esquerdista que se pronuncia sempre a solidifica. Me desculpa ter te usado experimentalmente.

      • sem problemas, no entanto, sou conservador e de direita. Acho que há um erro básico em ligar a esquerda ao ateísmo. Talvez eles gostem desta comparação, já que por estes tempos, parece haver uma confusão entre ateísmo e esquerda. Perceba que este vídeo não transpira os dogmas esquerdistas de sempre. O cara do vídeo, Dusty Smith, é um comediante americano e, posso quase afirmar, não é um esquerdista. É alguém que tira sarro dos crentes e ganha alguma grana com isso.

        O que concordo, neste vídeo especificamente, é que muita bobagem invade nossos computadores diariamente, falando sobre Deus (repare a maiúscula). Isso é contra o segundo mandamento do cristianismo, usar seu santo Nome em vão! É, fui católico durante muito tempo, aprendi latim, fui turibulista em missas, estudei a Bíblia, principalmente o Velho Testamento e cheguei a conclusão que deveria ser ateu. Sem seguir modas, que isso faz muito tempo! Não sou um “neo ateu”, portanto. Apenas ateu.

        No mais, se é para ver vídeos de ateus verdadeiros, tem coisa melhor – e mais incisiva – que este comediante aí.

        Veja meu blog: http://www.pobrepampa.blogspot.com, apenas para confirmar que não sou esquerdista. Normalmente não coloco este endereço para não publicizar o espaço de outros. E fica tranquilo em não publicar este comentário. Foi feito apenas para teu conhecimento.

      • Compreendi. Aceita a sua retificação. O fato é que o neo ateísmo do vídeo está junto com idéias 100% esquerdistas, como “ajudar o mundo”, ou “usar o dinheiro gasto para religião para salvar os pobres” e outras. Não percebeu este viés esquerdista no vídeo? Foi por isso que te confundi com esquerdista.

        Se não é esquerdista, aceite minhas desculpas.

        Mas os fatos são:
        – ser ateu (como eu sou, um ateu fraco agnóstico), não implica em esquerdismo
        – ser ateu militante é uma derivação esquerdista

    • Boa-tarde, Sr. pobrepampa.

      Você pode não se considerar “de-esquerda” e nem “neo-ateu”, tudo bem. Mas como você diz que “concorda com o vídeo acima”, bom, isto apenas indica que o ateísmo do tipo *falacioso* — o qual, assim como qualquer ideologia (no sentido “marxista” deste termo), só faz sentido quando acompanhado de uma boa dose de *ignorância seletiva* — é muito anterior ao surgimento do movimento neo-ateísta 😉

  1. ok, tens razão quanto ás idéias de ajudar o mundo ou usar o dinheiro para salvar os pobres. Isso é balela, já que implicaria também em não comprar um carro novo, não usar roupas boas, não estudar em faculdades caras e usar esta grana para… ajudar o mundo. Cada um usa seu dinheiro como quer e isso é explícito no capitalismo e obscuro no socialismo/esquerdismo (que não deixa de ter milhonários grudados nestes governos).

    Quanto ao agnosticismo, também me acreditei um durante algum tempo. A melhor definição que encontrei para o termo, foi de T H Huksley, que li em um livro antigo. Trata-se da impossibilidade de definir a existência ou não de Deus. Ao perceber que isso não é possível, o agnóstico apenas reconhece que Deus pode ou não existir, mas percebe a incapacidade do homem de confirmar ou eliminar esta possiblidade. Já o ateu nega a existência, simplesmente. Para mim, foi como uma espécie de consequência, estudar e passar de católico para agnóstico e, finalmente, para ateu. Mas meu ateísmo não afoga meus princípios, minha ética. E isso acontece com frequência maior que o necessário entre os esquerdistas, principalmente os que estão nos governos.

  2. O pior desses neo ateus é eles usarem a ciência para tentar fazer a propaganda imoral ideológica deles.
    Se os caras, antes de tudo fossem honestos intelectualmente, estudassem um pouco da lógica em si e de filosofia e metodologia da ciência, eles veriam que TUDO o que eles dizem é falso, soa falso e não passa de mentiras infantis.

  3. Luciano, você sabe o que é mais engraçado? Troque “ateus” e “ateísmo” por “religiosos” e “religião” e vice-versa e o vídeo ainda fará sentido.

    Ele conseguiu falar em 3:40 tantas frases que servem para os dois lados da moeda que ele já pode ser considerado um Deus do neo ateísmo por ser tão falacioso.

    Enfim, ótimo vídeo (para mostrar como eles são ridículos).

  4. Acho que ele está certo sobre esses memes no sentido de que realmente têm um peso nessa ‘batalha’.

    É hora de espalharmos imagens ridicularizando os neo-ateus também.

    • Incrível! Vi o vídeo. Esse é o vídeo de “ódio” segundo os neo ateus? ahahahahah… Quer dizer, basta questionar os argumentos deles, que já começam “olha o ódio, olha o ódio”.

      • É mais que evidente que apenas usaram de repressão para mostrar que eles são “donos”, “superiores”, “privilegiados”, mas nessa conta é óbvio que eles não vão se achar autoproclamar hipócritas, mau-carateres, facistas…

        E nem querem saber se debate, se colocassem na frente deles o poder de todo mundo, não piscariam o olho para decidir matar ( e com requintes de crueldade) seus desafetos, principalmente cristãos, haja vista que eles tem ódio contra Deus mesmo afirmando que Ele não existe (entende meu ponto aqui?).

        Ah! isso me faz lembrar de outro livro do Richard Wurmbrand:

        “Torturado Por Amor a Cristo”, em que esse Pastor romeno descreve ele e outros cristãos da Romênia e Russia sofreram durante o Comunismo (década de 1950-60).

        Ele descreve as torturas humilhantes e cruéis, como também o deboche dos soldados Soviéticos zombando de Deus enquanto se deleitavam nas torturas, entre muitas outras coisas horriveis, qualquer semelhança com o neo-ateísmo não é coincidência.

        http://pt.scribd.com/doc/7256831/Richard-Wurmbrand-Torturado-Por-Amor-a-Cristo

      • Pior não é isso, Luciano. Acredita que muitos desses ateístas (separo ateísta de ateu pois nem todo ateu é antireligioso mas todo ateísta é antireligioso) nem sabiam que existia o termo “neo-ateu” e pior ainda, pensaram que eu é que tinha cunhado tal termo?
        Depois se dizem “brilhantes”. Alguns, só se for por passar óleo de peroba na cara para usarem os velhos argumentos sofismáticos contra o teísmo como “Hitler ter sido católico e cristão” e “Edir Macedo” e “Waldemiro Santiago” da vida. PQP.

  5. Há um lugar no mundo em que os ateus dominam a intenet: na china .
    O partido cominista chinê censurou até o poderoso google.
    Quando alguém começa a zombar de outras pessoas, é sinal que já perdeu a briga e
    acabou-se os argumentos.

Deixe uma resposta