Sem querer, com uma pesquisa, o Bule Voador ajuda a desmascarar humanismo, neo ateísmo e esquerdismo em geral

5
93

Pensar como um investigador de fraudes nos ajuda a viver em estado de plena vigília enquanto estamos avaliando o material do outro. Especialmente se este outro é um inimigo. Pensar assim automaticamente nos torna pronto a encontrarmos os “gaps” cometidos na ação do outro, principalmente quando eles não estão prestando muita atenção.

Esse é o feeling que senti (o de que, enquanto estou prestando atenção, meu oponente deixou de fazer isso) quando vi o post “Conheça um pouco mais dos leitores do Bule Voador”.

Simplesmente, os neo ateus do Bule Voador confirmaram PRATICAMENTE TODAS as teorias apresentadas neste blog em relação ao alinhamento entre neo ateísmo e esquerda, e até o humanismo como uma forma de esquerdismo.

Vejamos alguns dados reveladores que, segundo os donos aquele blog, constituem uma amostra de “1.100 leitores do Bule Voador”. Eu também considero uma boa amostra.

Vamos investigá-las? Comecemos pelo gráfico abaixo:

Cosmovisão dos usuários do Bule

Neste gráfico, vemos que 80% dos ateus/agnósticos são humanistas, enquanto que pouco menos de 10% não são. Isso soma cerca de 90% dos leitores sendo qualificados, então, como ateus ou agnósticos. Dentre esses, para cada 8 humanistas, temos 1 não humanista.

Isso reforça a tese de que o neo ateísmo, por sua luta contra a religião, busca tirar a pessoa da religião tradicional para aumentar (consideravelmente, como se vê) a chance dela adentrar à religião política.

É exatamente por isso que eu sou ateu, mas não fico fazendo militância para aumentar o ateísmo, pois eu sei que com isso aumento a chance de alguém virar humanista, o que é extremamente perigoso. (Atenção: eu já disse que nem todo ateu virará humanista, e eu sou um exemplo disso, apenas que isso aumenta consideravelmente as chances de conversão ao humanismo)

Vamos ao próximo gráfico:

A ideologia política dos leitores do Bule

Esse é ainda mais revelador.

A Esquerda tem uns 23%, enquanto a Centro-Esquerda tem uns 22%. Já o anarquismo (que sim, é uma ideologia de esquerda) tem uns 9%. Se considerarmos que os que se declaram como “centro”, em um país dominado pelo gramscismo, são adeptos da esquerda, devemos adicionar estes outros 7% ao número de esquerdistas. Isso resultaria em 61% do total.

Mas ainda se não fóssemos por este método, poderíamos somar os adeptos de Direita e Centro Direita (somando aproximadamente 11), com os adeptos de Esquerda, Centro-Esquerda e Anarquismo (somando aproximadamente 54%), onde chegamos a um total de 83% de esquerda, com 17% de direita. O que novamente bate com o percentual de humanistas vistos no gráfico anterior.

Isso confirma a tese de que o humanismo não passa de um perfil esquerdista.

Ao pessoal do Bule: obrigado pela ajuda com a revelação destas informações, as quais ajudaram a sustentar fortemente o que este blog tem publicado. Fica claro que estou indo pela trilha correta no que diz respeito à esta investigação em cima de vocês.

Anúncios

5 COMMENTS

    • Sim, o anarquismo significa sem governo, mas é baseado na idéia de que sem unidades de controle o ser humano se auto-organiza, o que é uma utopia nos mesmos moldes do esquerdismo. No resto do esquerdismo, existe a defesa do estado inchado apenas como meio para se chegar ao mundo anarquista. O pensamento de direita defende o ESTADO MÍNIMO, que regula leis e fornece segurança.

  1. Outro dado revelador é que 24% (ui) dos leitores do Bule é gay, bi ou “outro”, muito acima da média nacional. E o Bule ainda deu o maior chilique quando a Central Ceticismo disse que ele estava virando um blog GLS…

  2. Luciano, quero lhe dizer que pessoas como você enriquecem o debate e nos dão algum alívio diante desse engodo esquerdista. Sou ateu e liberal(coisa que infelizmente é bem contraditória no Brasil), mas me sinto envergonhado quando vejo algo desse blog. Eles palpitam sobre tudo, inclusive passando por economia, o que exprime ainda mais a completa aberração do raciocínio deles.

Deixe uma resposta