Um documentário para irritar os esquerdistas: Occupy Unmasked

6
233

@

“Occupy Unmasked” foi lançado em 21 de setembro deste ano, diretamente em DVD, nos Estados Unidos. Mesmo que não tenha chegado aos cinemas, tem sido um dos campeões de venda na Amazon.

O documentário, dirigido por Stephen K. Bannon (e produzido por Andrew Breitbart, falecido em março de 2012 – sendo que o filme é dedicado em sua memória), mostra que o Occupy foi planejado um ano antes das manifestações públicas, o que desmonta a tese de que o movimento foi “espontâneo”. Na organização do movimento, agitadores profissionais ligados a Hugo Chavez e Raul Castro foram contratados.

Em um dos momentos do documentário, Bill Ayers (militante famoso por lançar bombas na polícia na época das manifestações contra a guerra do Vietnã), alega que ataques à propriedades privadas, como lojas e bancos, “não são atos de terrorismo”.

Também é mostrado que ativistas do Occupy se alinharam ao grupo de hackers Anonymous para intimidar policiais e jornalistas – invadindo suas contas de email e revelando seus dados pessoais (incluindo endereços físicos) na Internet.

Também fica claro que Obama sempre capitalizou em cima do movimento, e isso não poderia ter sido diferente, especialmente pelo histórico ativista de Obama.

Claro que como é recheado de fatos, os esquerdistas começam a xingar os produtores do filme. O que sempre é bom sinal.

Anúncios

6 COMMENTS

  1. Obrigado pela dica, Luciano, vou procurar esse documentário e adicioná-lo à minha coleção ^_^
    E por falar em movimentos espontâneos, sim, esse Occupy foi tão espontâneo e “nativo” quanto a tal Primavera Árabe. 😉

    Por fim, gostaríamos de saber onde você comprou esse maravilhoso relógio que transforma o dia de 24 horas em um dia de 168 horas. 😀 Pô, a tua produtividade está alta demais, assim os esquerdinhas vão morrer muito cedo, e a gente vai ficar sem diversão pro resto da vida. 😛

    • hahahahah… acho que são os novos sabores de red bull. 🙂

      Sempre tomo um pela manhã antes de começar a trabalhar, e já escrevo alguma coisa. 🙂

    • Viktor, obrigado pelas palavras, com certeza a produtividade promete, pois há muito mais que ser refutado. Neste fim de semana, dou sequencia à série da refutação ao Russell, e a série de reconstrução do Gramsci.

      Abs,

      LH

    • Acabei de completar o download, o qual estava incrivelmente lento, com no máximo 3 seeds simultâneas O_o

      É espantoso (e deprimente) que existam “releasers” que ainda usam o obsoletíssimo codec MP43 da MICOsoft -.-

Deixe uma resposta