Assembléia de SP e seus delírios socialistas: deputados aprovam lei que veta venda de lanche com brinquedo

4
56

bigmac

Fonte: Terra

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou na última terça-feira um projeto de lei do deputado Rui Falcão (PT) que proíbe a venda de alimentos e bebidas com a inclusão de brinquedos promocionais ou colecionáveis.Além disso, fica impedida também a participação de celebridades ou personagens infantis na comercialização dos produtos.

A aprovação do projeto ainda impede a veiculação de publicidade no rádio ou na televisão, entre às 6h e 21h, de alimentos e bebidas pobres em nutrientes e com alto teor de açúcar, gorduras saturadas ou sódio no Estado de São Paulo. Além disso, a publicidade durante o horário permitido deverá vir seguida de advertência pública sobre os males causados pela obesidade.

Segundo o projeto, no caso de descumprimento das restrições o infrator pode ser multado, ter a veiculação da publicidade suspensa e ser imposta uma contrapropaganda. A contrapropaganda seria divulgada pelo responsável da publicidade da mesma forma, frequência e dimensão e, de preferência, no mesmo veículo de comunicação.

Para passar a vigorar, o projeto tem de ser sancionado pelo governador do Estado, Geraldo Alckmin.

Meus comentários

Mais uma medida hipócrita, desavergonhada, cara-de-pau e, como sempre em se tratando de PT, embutida de segundas intenções.

Vamos aos fatos. Sendo esse tipo de produto não produzido pelo governo, e ao mesmo tempo constituindo uma grande parte dos anúncios que são feitos na televisão, basta proibi-los, forçando as emissoras aos poucos a somente anunciarem empresas do governo. Entretanto, essas empresas do governo poderão usar seu poder de coação para enfim submeter as emissoras de TV aos seus desejos.

Claro que se Alckmin sancionar esta palhaçada isso poderá dar sustentação à minha tese: a de que o PSDB é um partido aliado do governo.

Anúncios

4 COMMENTS

  1. Esse projeto de lei em São Paulo é só um ensaio. O que eles pretendem mesmo é, colocar isso em âmbito nacional. São Paulo vai servir como teste, na estratégia deles, pra ver como os demais deputados e a população reagem a essa interferência. Depois, se permitirem, é só dizer “…olha, em São Paulo, já é referência, vamos fazer no resto do Brasil…” pqp esses lixos estão aí porque realmente não existe direita “nestepaiz”.

  2. O PSDB faz de tudo, TUDO, pra o PT crescer no poder. Pode ver todas as ações nas eleições da última década. Eles fazem questão de usar a estratégia errada SEMPRE! Não consigo ser ingênuo o suficiente pra achar que isso seja apenas incompetência.

Deixe uma resposta