Por essa Richard Dawkins não esperava: o cientista responsável pelo Bóson de Higgs aplicou ao neo-ateísta a terminologia correta: “fundamentalista”

2
41

Dont-try-this-one-Profess-008

Segundo o Daily Mail, Peter Higgs, o cientista por trás da descoberta do Bóson de Higgs, comentou a respeito de Richard Dawkins: “O que ele faz geralmente é concentrar seu ataque nos fundamentalistas. Mas existem muitos crentes que não são fundamentalistas”.

Higgs, que é ateu (mas não um neo-ateu, obviamente), completou que o “fundamentalismo é um problema”. Sentencia: “Ele próprio, Dawkins, de certa forma é praticamente um tipo de fundamentalista”.

É nisso que dá um fanático como Dawkins decidir passar a vida capitalizando em cima da falsa dicotomia entre ciência e religião ao mesmo tempo em que finge representar a ciência em um eterno duelo contra a religião.

Essa sempre foi uma estratégia de risco, na qual o neo-ateu sempre investiu. O problema é quando um representante da ciência, com muito mais cacife do que Dawkins, aparece e destrói todas as esperanças de seu discurso. Ter que tomar um puxão de orelha de um colega cientista muito mais capaz e de muito mais realizações científicas é uma humilhação extrema, mas, como já disse, esse é um risco da estratégia adotada por Dawkins.

Resta a Dawkins fingir que nem soube das declarações de Higgs, e cabe aos oponentes do neo-ateísmo usarem estas mesmas declarações para desmascararem a falsa representação de ciência alegada pelo neo-ateu.

Anúncios

2 COMMENTS

  1. O mais interessante é que não vi ainda nenhum site que se opõe ao neoateísmo espalhar a notícia… E vamos ver o que o Dawkins diz… Luciano, já notou a estratégia dos neoateus? Quando algum cientista digno de nota – Como Weinberg – diz algo contrário à religião eles começam a ficar capitalizando, mas o indivíduo aparece para debater o mínimo possível… E o trabalho sujo fica a cargo dos Dawkins e Harris da vida, que nunca produziram nenhuma ciência significativa…

Deixe uma resposta