A Suécia e o patético estado de bem social que criaram: Um marmanjo é aposentado por ser viciado em heavy metal

3
84

roger-tullgren-em-imagem-de-seu-facebook-1356120590796_300x300

Fonte: UOL Música

Roger Tullgren, um sueco de 42 anos, foi aposentado com direito a benefícios do governo por ser considerado viciado em heavy metal. A informação foi publicada pelo site Global Post nesta sexta (21).

Tullgren mantém um emprego como lavador de pratos, mas foi demitido diversas vezes por faltar ao trabalho para ir a cerca de 300 shows de bandas do gênero musical em 2012. O atestado foi concedido por uma equipe de três psicólogos. “Estou tentando parar por dez anos porque já é uma desvantagem. Conversei com três psicólogos e eles concordaram que eu preciso disso para não ser discriminado”, comentou Tullgren.

O documento de aposentadoria dizia que “Roger sente-se obrigado a mostrar seu estilo. Isso o coloca em uma situação difícil no mercado de trabalho. E, por causa disso, ele precisa de uma ajuda financeira extra”. A partir de 2013, Roger conciliará o trabalho de lavador de pratos com os shows e a mesada do governo.

Meus comentários

Não surpreende o fato de que todos os países do “welfare state” cedo ou tarde descambam para isso aí: um lugar onde os contribuintes são feitos de palhaços por pessoas que se aproveitam do sistema criado. Esse sistema, que se recusa a valorizar o mérito, tende a beneficiar a vagabundagem. (E Tullgren não é vagabundo por gostar de heavy metal, pois eu também gosto – que isso fique bem claro)

Claro que a Suécia (que teve seu crescimento não por causa do estado de bem estar social, mas apesar dele) não tem muito a nos ensinar em termos de como construir nossos sistemas estatais.

Anúncios

3 COMMENTS

  1. Vai ver ele era viciado em heavy metal farofa e em sua casa havia diversas doses de Poison, Cinderella, Skid Row e Twisted Sister. Já que ele está na Suécia, é preciso lembrar que esse país é importante produtor de tal viciante, o que facilita o acesso da população local e multiplica os efeitos em relação a lugares que não tenham tal indústria estabelecida. Se for esse o vício, a gente entende o porquê de ele ter sido aposentado por invalidez…:-D

    http://www.youtube.com/watch?v=jO4Bb1xQHXw

    http://www.youtube.com/watch?v=G5uamDMoW4o

    http://www.youtube.com/watch?v=V9AbeALNVkk

    http://www.youtube.com/watch?v=LUkqBRC1zUA

    http://www.youtube.com/watch?v=dFLggqjddKM

    Provavelmente o tratamento incluirá doses supervisionadas de Nelson (o Ned, não a banda farofa, uma vez que queremos evitar recaídas) e, já que estamos na Suécia, valorizará a prata da casa ao incluir Abba e Ace of Base.

Deixe uma resposta