Livro: “Frame Analysis”, de Erving Goffman

0
74

9780930350918

Editora: Northeastern (1986), em inglês, 600 páginas.

Lançado originalmente em 1974, esta é a obra que introduziu a análise de frame na psicologia social, antes mesmo da criação da PNL em 1975 por Bandler e Grinder.

Em comparação com a análise da PNL, a abordagem de Goffman é muito mais robusta, ao estudar a organização da experiência social.

No livro, o canadense Erving Goffman, considerado um dos mais influentes sociólogos do século XX, faz a primeira análise científica de como o enquadramento de uma mensagem muda totalmente a percepção do ser humano. Sempre lembrando que um “enquadramento” é aquilo que chamamos de “frame”.

Na abordagem de Goffman, ele explica o frame com o conceito do enquadramento de uma imagem. O enquadramento significa estrutura, enquanto a imagem seria o contexto. A estrutura modifica a apreensão do contexto, a respeito das experiências de vida de cada um.

Os frames (ou enquadramentos) mais básicos são os frameworks (ou enquadramentos de trabalho) primários, que  transformam uma experiência, ou aspecto de uma experiência, que originalmente seria sem sentido em algo que tenha sentido, ou mesmo que tenha um determinado sentido e seja convertido em um novo sentido, na perspectiva do indivíduo.

Outros frames são os frameworks sociais, que explicam eventos, conceitos e/ou aspectos de uma experiência e os conectam aos seres humanos.

Enquanto os frameworks primários são criados pelos seres humanos por si próprios para experimentarem melhor os eventos, conceitos e experiências do dia-a-dia, os frameworks sociais são feitos para a comunicação de uma pessoa ou grupo com outra pessoa ou grupo, também a respeito dos eventos, conceitos e experiências.

O livro de Goffman não é focado em política, mas explica todo o arcabouço teórico que nos exemplica vários exemplos daquilo que em PNL e engenharia social definiu-se como controle de frame. A ressignificação, terminologia adotada pela PNL, é uma forma de se controlar o frame, ou seja, ajustar um framework social para obter um resultado melhor.

A leitura de Goffman não é palatável, e muitas vezes a linguagem é técnica demais. Mas para quem quiser entender a base teórica por trás do controle de frame, esta é a leitura básica.

Anúncios

Deixe uma resposta