Para variar um pouco em relação aos posts sobre neo-ateus, vamos a um grupo que age igual, os gayzistas: Jean Wyllys dá chilique diante de piadas de Danilo Gentilli

13
144

de drama

Este post deu um pouco de trabalho para fazer, mas eu não podia deixar passar.

Em sua conta do Twitter, Danilo Gentilli, fez uma piada bem engraçada sobre o movimento gay:

gentili1

Sempre “sensível”, em seu Twitter, Jean Wyllys, o deputado gayzista ex-BBB, começou a eterna choradeira:

wyllys1

Como qualquer um sabe, tentar revidar humor com indignação é típico de quem gosta de pedir para apanhar. Gentilli devolveu:

gentili2

Igual  às crianças mais ingênuas do ensino fundamenta (que caem fácil em provocação), Wyllys ficou dando uma de brabo:

wyllys2

Em relação ao primeiro post da imagem acima, o que é aquele “hahahaha” no final do post? Esta é a paralaxe cognitiva que acomete todos os esquerdistas. Ele diz uma regra, mas no segundo seguinte quebra essa regra. Se de acordo com Wyllys é errado alguém fazer piada com uma classe oponente, ou um representante desta classe, por que ele tenta usar um “hahahaha” em direção a Gentilli, que seria um representante da “opressora classe heterossexual”?

Ele não deveria dar exemplo e abolir o humor em embates ideológicos?

Outro percebeu o tamanho do ridículo em que Wyllys se embretou e comentou:

>rey1

Gentilli prosseguiu:

gentilli3

O sinal de alarme de Wyllys acendeu:

wyllys3

Como é? Humor “essencialmente humanista”? Os amigos do Wyllys são piores que ele. Não existe nada de essência humanista, existencialista, hedonista, utilitarista, filantropista ou qualquer “ista” no humor.

Wyllys diz que “rir de tudo é desespero”, mas tenta rebater piadas do outro lado, dizendo que “combatendo o mal, se sente melhor”, concluindo com um “hahahaha”. De novo a paralaxe cognitiva do esquerdista. Ora, se o sujeito quer argumentar que rir em excesso é ruim, então por que tenta simular risos? A estratégia de duelo do Wyllys aqui foi…bobinha.

Para finalizar, os posts de Gentilli antes de ir dormir:

gentilli5

Essa de chamar o Wyllys de “funcionário” foi a melhor!

Como se nota, Gentilli não perdeu o senso de humor, e enquanto isso Wyllys tentou esconder sua raivinha e misturar suas indignações com provocações de parquinho… o problema é que isso funciona somente quando existe uma boa estratégia. Envolvido emocionalmente, Wyllys foi apenas digno de vergolha alheia.

Eis o cenário em que esquerdistas se encontram: foram treinados por décadas de gramscimo e alinskyanismo para ridicularizem seus oponentes, mas não estão preparados psicologicamente para serem ridicularizados em retorno.

Está aí a fórmula para a destruição moral do esquerdismo e do humanismo: ridicularizem eles, pois esquerdistas e humanistas não conseguirão reagir adequadamente. Mais ainda: as reações deles servirão a favor de seus oponentes.

Anúncios

13 COMMENTS

  1. “Está aí a fórmula para a destruição mora do esquerdismo e do humanismo”

    Luciano, você quis dizer “destruição moraL”, não?

    #SeuBlogÉMuitoBom!

  2. Uma coisa importante nessa história de militantes gays é que eles parecem ter constatado que não está mais colando na população esse lance de que o Brasil seria um lugar que mata homossexuais a rodo como aquele país governado por um certo Mahmoud, uma vez que as estatísticas aqui provam que é mais seguro ser homossexual e mais seguro ainda para um homossexual é andar com heterossexuais
    Por isso, agora querem fazer terrorismo psicológico na população, como se pode ver por esta laertice feita pelo cartunista que tentou mijar no banheiro feminino achando que sua roupa de mulher lhe conferia salvo-conduto para tal, foi flagrado por uma menina de 10 anos, ameaçou processar o restaurante que supostamente o cerceou, episódio esse que ele queria capitalizar em cima mas notou que teve péssima recepção contra o próprio inclusive entre quem é do babado.

    Logo, é importante que quem combata religiosos políticos de matiz marxista-humanista-neoateísta também preste atenção ao que estão fazendo e passe também a antecipar os movimentos deles. Jean Wyllys tomou lapada de Danilo Gentilli e a estatística prova que homossexuais são menos assassinados que heterossexuais tanto em números absolutos quanto proporcionais e, quando o são, majoritariamente o são por outros homossexuais ou, se não, o motivo é o mesmo que atingiria um heterossexual. Logo, é bem possível agora que comecem a aterrorizar quem ousar debater os números e aquilo que eles dizem.

  3. Também achei sensacional quando o Gentili chamou o Jean de “meu funcionário”!

    Eu acho que o Danilo faria até melhor se fizesse uma ameaça do tipo: “…e se você não começar a se comportar direito, vou te denunciar ao Ministério Público por conduta imprópria para um deputado.”

  4. Postei a notícia em um forum que participo e nem os esquerdistas aguentam mais essa bicha louca do Jean BBB. Quando um ou outro entra pra ‘defender’ o deputado, o restante da galera cai em cima dos defensores, com insinuações das mais engraçadas. Acabei de postar esse link do relatório, que está muito bem documentado. Vamos ver a repercussão.

  5. Uma das coisas que temos que ter em mente, ao tratarmos com ideólogos à esquerda e à direita, é verificarmos o nível de ódio que eles nutrem pelos adversários(na verdade, nos têm como inimigos).O tratamento que o Danilo deu ao Deputado militante, mostra bem o quanto a tolerância fica só no discurso. Entretanto, a aprovação da tal lei da homofobia, parece ser um caminho sem volta(no médio prazo, os maiores prejudicados serão justamente os gays, além é claro, do restante da população), a não ser que os formadores de opinião(infelizmente, a maioria é favorável a lei) mudem o discurso. Seria interessante ver o Danilo Gentili tratar do tema desta maneira, em rede nacional. Será que rola?

      • Não tenho o contato dele, mas, mesmo que tivesse,duvido muito que ele trataria do tema dessa maneira. A GRANDE MÍDIA É TOTALMENTE ADEPTA DA REVOLUÇÃO GRAMSCIANA(E MAIOR DIVULGADORA).

  6. Um sujeito que diz que sauna gay é cultura, não merece nem ser lavador de latrina.
    O Danilo deixou o “de putada” de calcinha na mão e piscando… Inteligência não é o forte desse patético “para lamentar”. Foi covardia do Danilo responder a um acéfalo que tem esperma alheio no lugar de neurônios, mas a mijada foi merecida. Só acho que pegou pesado ao ameaçar de jogar uma “buceta” no “cú ingressista”. Acho que depois dessa ameaça de levar uma “bucetada” o “deu putado” vai andar de carro blindado e aumentar o tamanho do “pino de segurança” do seu carro pra não escorregar na curva. Um sujeito que odeia e tem tanto medo de boceta não deve ter nascido, deve ter sido “K.H.do”… rsrs…

Deixe uma resposta