Jovens e conservadores de direita: alguma coisa está fora do lugar na mente dos esquerdistas

3
110

liberdade

O texto do blog Somos Andando, entitulado Jovens e Conservadores: Alguma coisa está fora do lugar, mostra que hoje a esquerda não está sendo capaz de entender os novos movimentos da direita. Isso, por um lado, é positivo, desde que saibamos aproveitar o melhor dessa confusão mental deles.

O artigo afirma que o conservadorismo defende coisas como “preconceito contra nordestinos”, quando na verdade é a esquerda que manifesta preconceito contra paulistas. Aliás, a direita defende oportunidades para todos lutarem por seu sucesso, incluindo nordestinos, nortistas, sulistas e qualquer um.

Eles afirmam que a direita defende “preconceito contra pobres”, mas é exatamente o contrário. É a esquerda que prejudica os pobres cidadãos que trabalham e pagam impostos, especialmente por enchê-los de impostos, em cima do resultado de seu trabalho. A esquerda depende do trabalho das pessoas (que pagam os impostos), para que estes financiem suas idéias totalitárias.

Eles dizem que a direita faz “criminalização verbal de mulheres que fazem aborto”, quando na verdade a direita mais conservadora está chamando uma mulher que faz ou defende de aborto de abortista, e pedindo que existam leis contra isso. Nesse ponto, eu sou a favor do aborto, e portanto eu seria um abortista, e ao mesmo tempo sou contra a esquerda – e vários liberais e libertários de direita são a favor do aborto. Usar o rótulo verdadeiro não é uma “discriminação”, mas olhar para os fatos como eles são, ao invés de como gostaríamos que fossem. (Mesmo assim, quem é contra o aborto usa o argumento de lutar pela liberdade da criança, enquanto os abortistas, como eu, pensam mais na mulher que na criança – este é um debate público, que deve ser mantido, e sempre é sadio que as opiniões divergentes sejam expostas ao público)

Também dizem que a direita é a favor da “homofobia”, mas isso não acontece. O que existe é o pedido por liberdade de expressão, e o direito de heterossexuais criticarem gays na mesma medida que os neo-ateus podem criticar os religiosos, por exemplo. Curiosamente, neo-ateus não aceitam que religiosos critiquem homossexuais, mas dão chiliques quando os religiosos reclamam das críticas neo-ateístas. Mais uma vez: coerência não é o forte dos esquerdistas e humanistas.

Como se vê, em relação ao que a direita “pratica”, nenhuma das acusações feitas pelo blog Somos Andando é verdadeira.

Segundo eles, o ato de alguém de direita gerar uma opinião que deixe um grupo ofendido é “preconceito”, quando na verdade é liberdade de expressão, coisa de que os esquerdistas não gostam. Pergunte aos cubanos.

Lá pelas tantas, usando o tradicional truque de vitimismo, declaram um dos possíveis motivos para a direita ser “tão malvada”: “Talvez a sorte de nascer em uma família endinheirada os faça superiores”. Isso não passa do uso dos rótulos opressor e oprimido, mas nem de longe uma argumentação.

Mais divertido de tudo é a encenação de que a existência de jovens conservadores de direita é “preocupante”. Olhem o que a figurinha declara: “Significa que alguma coisa estamos fazendo de errado para essa geração andar para trás.”

Mais uma vez os fatos vão em direção oposta ao que o esquerdista afirma: rejeitar a esquerda é andar para frente, pois se os esquerdistas fizeram algo de errado, o fizeram na época em que criaram as idéias esquerdistas. Um exemplo de passo adiante veio no iluminismo britânico. Por outro lado, com o iluminismo francês só surgiram totalitarismo e genocídios.

Todas as supostas “conquistas” alegadas pelos esquerdistas são baseadas no pensamento iluminista britãnico de direita (livre mercado, liberdade individual, liberalismo, etc.), e não no totalitarismo surgido da variação esquerdista. Quer dizer, se há avanço, ele ocorreu apesar dos esquerdistas, não por causa deles. Renegar as idéias esquerdistas é um avanço.

Além de tudo, quebrar a rotulagem esquerdista seria o maior dos avanços, mas em relação a isso a direita ainda tem que melhorar. Por exemplo, ao pedir a liberdade de expressão, rejeitada pelos esquerdistas, estamos sendo os agentes de mudança desafiando um status quo estatal que mantém em voga a agenda conservadora de esquerda. Em suma, somos os agentes de mudança lutando contra os reacionários de esquerda. (Como já mostrei antes, termos como “conservador” e “reacionário” são referenciais, e não fazem sentido quando usados isoladamente)

Em tempos de recuperação do iluminismo britânico (e é isso no que boa parte da nova direita foca, e deveria focar muito mais), as liberdades individuais, alinhadas à liberdade de expressão, devem ser o nosso norte. Isso significa que um heterossexual pode achar “bizarro” um beijo na rua entre dois gays, assim como um neo-ateu pode achar lamentável um religioso ler uma Bíblia. E, é claro, um religioso tradicional pode achar patético um neo-ateu crer na memética e nos livros de Dawkins. Este tipo de liberdade de expressão não é compreendida pela mente esquerdista.

Como não entendem nada de liberdade de expressão, o blog Somos Andando pede que as escolas sejam utilizadas cada vez mais para converterem as pessoas de direita nas idéias de esquerda. E depois quando citamos a estratégia gramsciana, gritam “teoria da conspiração, teoria da conspiração”.

O fato é que a esquerda pode entrar em colapso mental com uma nova proposta da direita, cada vez mais focada em:

  • liberdade individual, enquanto eles defendem um coletivismo psicótico
  • liberdade de expressão, enquanto eles defendem um pensamento de grupo com coerção estatal
  • responsabilidade individual, enquanto eles defendem a socialização das culpas

É claro que não faz o menor sentido um jovem ser de esquerda hoje em dia, principalmente depois do fato de descobrimos que esquerda não serve para outra coisa senão a implantação de totalitarismos. Jovens, caso tenham a sorte de fugir da doutrinação escolar gramsciana, querem liberdade. E ela só existe fora do pensamento de grupo da esquerda.

É por isso que o blogueiro do Somos Andando não está entendendo neca de pitibiriba.

Anúncios

3 COMMENTS

Deixe uma resposta