Eu quero ser um corporativista!

3
44

@

Excelente vídeo de crítica ao esquerdismo vigente, e às consequências do esquerdismo.

Se há uma coisa pela qual os esquerdistas não podem jamais ser perdoados (e, como diria Olavo de Carvalho, não há quantidade de pés na bunda que pague isso) é pela criação de uma nova cultura, na qual mamar nas tetas de um estado, às custas de quem trabalha, é um valor. Deveria ser um motivo de vergonha.

Mas quantos hoje em dia dizem que vão se transformar em funcionários públicos para “ficar numa boa”? Outros dizem que vão se tornar fiscais da receita para conseguir umas boas propinas.

Novamente, um belíssimo valor, não?

A questão final, “Por que eu deveria ser uma pagadora de impostos, quando eu posso ser uma gastadora de impostos?”, resume tudo.

Anúncios

3 COMMENTS

Deixe uma resposta