Rachel Sheherazade leva esquerdistas ao ódio e rancor. A ordem para os militantes é clara: tentar tirar sua voz.

20
44

???????????????????????????????

Fonte: Gnotícias

A jornalista do SBT Rachel Sheherazade tornou-se alvo de um movimento de insatisfação na Redação de Jornalismo da emissora, devido sua opinião favorável ao pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP).

Num vídeo que se tornou famoso na web e que exibe um trecho do telejornal do SBT Brasil, Rachel comenta os protestos contra o pastor e ressalta que todos tem direito de expressar opinião, e por mais polêmicas que sejam, elas são um direito constitucional.

Rachel ressalta ainda que não se deve misturar a opinião de Feliciano enquanto pastor com o exercício de sua função parlamentar. Confira abaixo:

@

Esse comentário teria gerado um abaixo-assinado interno entre os colegas de profissão da jornalista, que encaminhariam o documento à direção da emissora, afirmando que Rachel não os representa. Entretanto, o diretor de jornalismo do SBT, Marcelo Parada (ex-Band) afirma não ter conhecimento do movimento interno e do abaixo-assinado.

O vídeo acima tornou-se famoso pela ênfase que a jornalista deu ao direito de expressão que Feliciano tem garantido na legislação brasileira. Entretanto, num outro comentário, Rachel também criticou a mistura feita entre política e religião, e sugeriu ainda que não seria “lúcido” pregar em ambiente político, e nem correto “politicar” na igreja. No mesmo contexto, ela ainda critica o esquecimento das indicações de políticos condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no caso do Mensalão, para cargos da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, uma das mais importantes da casa.

Confira no vídeo abaixo:

@

O blogueiro Arthur Vivaqua publicou um artigo no portal RD1 em defesa da postura adotada pela jornalista, que é evangélica. Segundo Vivaqua, “Rachel é a musa de milhões deste país”, que possuem postura conservadora.

“Quanto à palavra ‘conservadorismo’, alguns ‘progressistas’ têm tentado transformá-la em palavrão. Não seria, porém, o mundo uma mescla de ‘renovações conservadas’ e ‘conservatórios renovados’? Ora, conservar aquilo que é bom não faz mal!”, escreveu o blogueiro.

Para Vivaqua, a postura adotada por Rachel demonstra disposição de ser contra a maioria em temas que muitos não se dão o trabalho de discutir: “Em tempos de ‘politicamente correto’, ela opta apenas pelo que acha correto. Reflita comigo: é fácil ser contra Feliciano, afinal, todos os ‘bonzinhos’ o são. É fácil ser a favor do aborto, afinal nossa própria presidenta o é. É fácil ser corintiano desde que o time ganhou do Chelsea […] Rachel emite opiniões e, como todas, estas estão sujeitas a aplausos e vaias. O que uma democracia não aceita, porém, é que opiniões sejam tachadas de ‘atrasada’ ou ‘errada’ apenas por não seguir a pauta da moda. Louvo Rachel por sua coragem”, enaltece o blogueiro.

Meus comentários

Alguns poderiam questionar: por que Luciano Ayan voltou ao estilo das notícias comentadas ao invés de textos mais complexos como  aqueles sobre ceticismo político, dinâmica social e criticismo à religião política? O fato é que como terminei a elaboração de meu livro, e agora só estou trabalhando nas notas de rodapé, decidi focar em um conteúdo mais simples e direto, pelo menos por algum tempo. (Também focarei em rotinas neo-ateístas, rotinas esquerdistas e mapeamento de técnicas de propaganda e falácias, vez por outra)

Mas este é melhor motivo é: há muita coisa a ser comentada nas notícias correntes demonstrando o papelão contínuo que os humanistas e esquerdistas tem praticado, especialmente depois dos atos beirando o terrorismo contra Marco Feliciano.

E logo após eu ter demonstrado que a esquerda é tão imoral e abjeta que não liga em destruir a carreira de alguém, caso não concordem com as idéias dessa pessoa (como ficou claro neste post mostrando a vileza dos esquerdistas contra Marisa Lobo), agora direcionam suas armas em direção à Rachel Sheherazade.

Motivo: ela questionou as tentativas da esquerda em calar Marco Feliciano. Por isso, na lógica da esquerda, ele deve ser calada. O método é o de sempre: tentar, via patrulhamento ideológico, obrigar o SBT a demiti-la.

É com este tipo de gente que estamos lidando. O esquerdista perde todo e qualquer senso de empatia em suas ações políticas. Sua falta de limites e ausência total de quaisquer freios morais fazem com que eles não liguem para os danos que causem aos oponentes. A destruição da carreira de alguém? Ah, isso é um mero detalhe.

É por isso que eles se tornam essencialmente genocidas quando possuem o poder absoluto. Por enquanto, só podem tentar demitir Rachel Sheherazade usando o patrulhamento ideológico. Em caso de sucesso do projeto esquerdista (como na Alemanha Nazista, no Cambodja, ou na Rússia, onde conseguiram poder absoluto), Rachel já poderia pensar em mudar de país para proteger sua própria vida.

Link para assinar a petição em apoio a Rachel Sheherazade.

Anúncios

20 COMMENTS

  1. Há um correlação direta do que está ocorrendo na frança, e do que está ocorrendo aqui. Como a coisa está sendo amplamente combatida na frança, os movimentos brasileiros estão se adiantando no cerceamento da opinião para evitar os protestos em massa.

    • Na verdade, o lance na França tomou as proporções que tomou devido ao elevado crescimento muçulmânico no país.
      Há um processo de imigração de muçulmanos para lá. E cada muçulmano instalado, tem criado verdadeiras tribos, já que um casal deles tem em média algo em torno de 12 filhos…

      • Sei…mas isso seria o suficiente para um movimento conservador como ocorre lá?
        Outra coisa…até onde eu estava sabendo, lá estava a ocorrer um debate público sobre as ‘razões não comentadas’ das militâncias homossexuais e feministas.
        Alguns vídeos de Alain Soral, expões estas questões.

  2. Ótimo texto Luciano.

    – Bastante plausível o comentário dela, ela não tomou partido de ninguém, ela simplesmente atirou a verdade na cara do povo. Afirmou que ele está na posição que está pura e simplesmente porque foi eleito a tal cargo, e sim, ele tem direito a emitir opiniões mesmo que sejam contrárias as da nação. Como foi dito no texto acima, é sempre muito cômodo ecoar as opiniões que a “maioria” tem, do que pensar e criar suas próprias, preguiça intelectual, preguiça de separar e pesar o conjunto e emaranhado de informações que atualmente temos sobre tudo.

  3. Eu sou n00b, prefiro posts assim e as rotinas. Seus textos sobre dinâmica, para mim, é melhor serem lidos impressos(faço isto no trabalho, com alguma freqüencia, hehe)

  4. Eu admiro demais essa jovem senhora e jornalista de respeito e coragem. Siga em frente, mas com cuidado porque alguns não gostam de ser incomodados; zele por sua segurança para o bem da sua família e de todos nós que tanto a admiramos, em Cristo Jesus, minha irmã.

  5. essa nosso Brasil ta cada dia mas uma merda, Ela só se expressou e já vem um monte de gente ignorante querendo privar um direito que é de todos , onde vamos parar com tantos ignorantes que querem privar seu próximo de opinar contra ou favor de algo!!

  6. A democracia pressupõe a coexistência do contrário, A jornalista falou sobre o estado de direito de poder se expressar livremente, em nenhum momento ela tomou a posição de defender o Deputado, defendeu o direito de expressar suas idéias e opiniões. Defendeu a liberdade de expressão que também é devida ao deputado. Eu respeito os homossexuais e tenho amigos homossexuais. Eles são extremamente honestos, pessoas de grande dignidade e são extremamente gentis com as pessoas que os cercam. A genética explica muitos dos erros que levam a alguns e a outros eventos neuroquímicos diferenciam seu cérebro e a partir daí fazem sua opção sexual. Devemos respeitá-los como seres humanos, que também têm direitos, que pagam seus impostos, que ajudam este país a ser melhor, porque a maioria parece querer apenas tirar proveito da polêmica na hora certa.

  7. Sou amigo de um PTista fanático por longa data, até então ele éra apenas um simpatizante, hoje aos 30 já perdeu uma eleição para vereador na minha cidade (Pindamonhangaba) e trabalha em cargo de assessor na Prefeitura Municipal.Esse meu amigo se utiliza muito do Facebook para atacar quem quer que seja, desde que esse não seja do PT.Como sempre debati com suas idéias e expus muitas verdades por ele omitidas passei a receber mensagens inbox ameaçadoras, não acreditei quando as lí pois éra um grande amigo de adolescência, porém na ultima mensagem ele simplesmente disse que “estaria me deletando, pois eu éra um atrasado e não me daria direito de debate pois a página éra dele e só comentaria quem ele quisesse”.Infelizmente essa hoje é a política do PT, a ditadura voltou.

    • Este é um exemplo do dano mental que o esquerdismo traz. Motivos adicionais para conscientizarmos o restante da população do quanto eles são nocivos.

    • Relaxe, você é apenas mais um “reacionário” pra esse pessoal.

      E o pior é hoje eles falam na cara dura mesmo: “Não adianta, reacionários. A América Latina será toda socialista, não há o que fazer”.

      O pior é o pessoal que diz isso e diz não ser a favor do PT. Dá pra entender isso?

Deixe uma resposta