Ativistas gays e ateus ignoram luto e atacam pastor Rick Warren nas redes sociais: “Discurso de ódio matou seu filho”

1
82

130407124947_RickWarren1280

Fonte: Notícias Gospel +

A morte do filho de Rick Warren foi usada por ativistas ateus e gays como oportunidade para atacar o pastor da Saddleback Church.

Conhecido por suas pregações contrárias à homossexualidade, Rick Warren é visto pela militância como alguém que incentiva o assassinato de gays, pois o pastor envia contribuições financeiras para instituições em Uganda, país onde, culturalmente, a prática homossexual é punida com a morte.

Os ataques a Rick Warren se deram no momento de dor de sua família, através das redes sociais, com publicações que questionam se o pastor não seria o responsável pela morte do próprio filho. O ponto em comum das várias mensagens de críticas a Warren publicadas pelos ativistas era: “seu discurso de ódio o matou”, segundo informações do Instant Analysis.

Entretanto, em resposta aos ativistas, Rick Warren ignorou a postura adotada por ele e o desrespeito no momento de perda e publicou em seu perfil no Twitter uma reflexão.

“Você se torna mais parecido com Jesus quando você ora por aqueles que te machucam. Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que estão fazendo. Angústia é difícil. O luto para uma figura pública, é mais difícil. E o luto, enquanto inimigos celebram a sua dor, é mais difícil ainda”, escreveu o pastor.

De acordo com o Charisma News, Rick Warren agradeceu às manifestações de apoio que tem recebido através das redes sociais: “Kay e eu estamos esmagados por seu amor, orações e palavras gentis”, tuitou Warren, mencionando sua esposa.

Meus comentários

Todo dia surge uma evidência da monstruosidade moral que acomete os neo-ateus.

Não respeitar nem sequer a dor de um pai que viu um filho se suicidar após 27 anos de sofrimento por depressão congênita é simplesmente o fim da picada.

Sem nenhuma evidência (ué, o Richard Dawkins não disse que seus fiéis só “agem com base em evidências”?) de que há qualquer relação dos discursos de Rick Warren em contribuição à morte do filho, neo-ateus dizem em uníssono: “A causa da morte do filho foi o discurso de Rick Warren”.

Se eles jamais buscam evidências para quaisquer discursos que proferem, que pelo menos tivessem o mínimo de empatia neste momento.

Mas é pedir demais para pessoas que vivem de criar discurso de ódio para demonização/desumanização de religiosos tradicionais…

Anúncios

1 COMMENT

  1. Eles não perdem uma para tentar desmoralizar um oponente religioso. Não só não aliviaram Rick Warren nesse momento, como também colocaram a culpa da morte do filho nele. Chamá-los de imorais é pouco.

Deixe uma resposta