Site de esquerdismo “cristão” perde a cabeça e parte para baixaria contra Silas Malafaia por que este aprendeu estratégia política. Mas será que o Genizah topa o desafio de viver sob seu próprio livro de regras?

9
95

lobo_ovelha013

Genizah Virtual, um site de esquerdismo cristão (mais uma bizarrice que só poderia existir em uma sociedade acometida pela contaminação gramscista), fez uma critica “indignada” a Silas Malafaia.

Motivo?

Silas Malafaia descobriu que a enquete do G1 a respeito da legalização ou não do casamento gay permitia que alguém executasse múltiplos votos. Então, divulgou que os gayzistas estavam votando muitas vezes. Em seguida, sugeriu que os evangélicos votassem várias vezes também. Resumo da ópera: Silas Malafaia jogou de acordo com as regras do jogo.

Por sua vez, o blogueiro do Genizah, enlouquecido, disse que isso significaria “mentir”. Vejam o cirquinho:

Há alguém que se diga em Cristo com a coragem de afirmar que um camarada que incita o ódio e conclama suas ovelhas a MENTIR pode ser chamado de pastor? Se aparecer algum corajoso, deixo a seguinte afirmação: Nas Sagradas Escrituras está muito claro que a homossexualidade é pecado, CONTUDO ao denunciar este pecado devemos ignorar as palavras de Jesus, que nunca nem mesmo se manifestou sobre o assunto e, ainda ir contra os mandamentos de Deus? Se você concorda com isto, já não pode ser chamado de cristão. Desafio qualquer autoridade eclesiástica a me refutar.

Quem estudou Segurança da Informação, sabe que o mentiroso da história está no portal Genizah, já que se a regra da enquete permite múltiplas votações, então não há violação de nenhuma regra ética ao votar várias vezes nela. Até por que, provavelmente, o G1 habilitou as múltiplas votações pois isso causaria mais flutuações de resultados, e mais pessoas se estimulariam a votar, e isso geralmente resulta em mais “hits” no site da Globo. Ou seja, a Globo pode ter habilitado os votos múltiplos pois isso é bom para ela. Ninguém em sã consciência diria que votar várias vezes seria “lesar” a Globo ou mesmo a votação.

É preciso muita cara-de-pau para dizer que alguém que entra em um jogo e joga de acordo com as regras (todas lícitas) é “mentiroso”.

Silas Malafaia fez a única atitude digna que um líder religioso poderia fazer em relação aos seus: alertou-os contra as artimanhas do inimigo, e lhes disse algo que significa “atenção às regras do jogo, e o oponente está jogando de acordo com estas regras”.

Eu, que sou ateu, fui lá e votei A FAVOR do casamento gay, pois eu defendo a idéia do “mercado de comportamentos”, como já falei aqui. Porém, acho legítimo e democrático que Silas vote contra, e oriente os seguidores do seu Twitter a votarem contra também, assim como os gayzistas estão orientando seus seguidores nas redes sociais a votarem a favor.

E assim caminha a democracia, que nenhum esquerdista é capaz de entender…

Explica-se: o portal Genizah parece não querer que Silas Malafaia e seus seguidores no Twitter entrem no jogo,  portanto quer retirá-los da contenda política, para beneficiar os gayzistas. O truque deles de apelar ao emocional de seus leitores é puramente psicológico e extremamente desleal.

Só se essa pessoa estiver com uma agenda a favor dos gayzistas. E, então, podemos colocar o Genizah sob teste.

Eis o desafio, que farei questão de publicar no Facebook deles: “Desafio o Portal Genizah a manifestar a mesma ação de repúdio que fez contra Silas Malafaia, mas agora contra os gayzistas.”

Ou será que estão se fingindo de cristãos, usando os mesmos truques do pessoal da Teologia da Libertação, para tentar vender esquerdismo a incautos que ainda caem nesses ardis? Bom, perguntar não ofende, e eles devem ser testados.

De novo: eu não acho que votar várias vezes seja “mentir”, e digo que o blogueiro do Genizah está mentindo ao afirmar que é. Ainda assim vamos, a título de argumento, supor que isso seja “mentir”. Por que só existe texto de repúdio ao Silas Malafaia mas não em repúdio aos gayzistas? Seriam eles lobos em pele de cordeiro?

É a isso que defino como colocar o Portal Genizah sob teste.

Ao fazer isso, pode-se testar na prática o potencial da regra tática de Saul Alinsky descrita como “Faça o adversário sucumbir pelo seu próprio livro de regras”. (ver mais detalhes aqui)

Desafiem eles! Veremos como reagem…

Anúncios

9 COMMENTS

  1. “Eis o desafio, que farei questão de publicar no Facebook deles: “Desafio o Portal Genizah a manifestar a mesma ação de repúdio que fez contra Silas Malafaia, mas agora contra os gayzistas.”

    E parece que até agora esse grupo não se pronunciou. Parece que fi desmascarado. Bom trabalho, Luciano.
    Agora que os cristãos fiquem atentos à grupos similares que fingem representar o cristianismo, mas são lobos em pele de cordeiro.

  2. Cristianismo de esquerda é bizarro mesmo. Tão bizarro quanto ateísmo de direita. Como você sempre diz, ateísmo é sinônimo de esquerda e cristianismo é sinônimo de direita! Que Deus te abençoe por suas sábias palavras, Ayan!

    • Tiago,

      Eu não disse que ateísmo é sinônimo de direita, aliás, eu sou ateu e sou anti-esquerdista e anti-humanista.

      Humanismo sim é quase sinônimo de esquerdismo, pois todo esquerdista é humanista.

      Abs,

      LH

  3. Luciano, a Globo já fez umas três tentativas de fraudar essa enquete. Não tem como fazer um artigo denunciando isso? Até agora só vi pessoas reclamando no twitter e facebook, mas ninguém parece ter pensado em denunciar publicamente. 🙁

  4. O Genizah é um site de fofoca gospel. Já reclamei disso várias vezes lá. O Danilo é o Nelson Rubens gospel. Eu, enquanto cristão, ao visitar o site, só vejo armas para neo-ateus. Neguinho só sabe falar mal do Malafaia, Feliciano etc. Em muitas das críticas, eles estão cobertos de razão. Mas, em outros casos, por já estarem acostumados a criticar as pessoas de sempre, pegam pesado até quando os alvos das rotineiras críticas estão certos. Quando criticaram o Mala pelo tom ‘agressivo’ num debate sobre o tema gayzista, alegando contundência em excesso, o que não seria um comportamento cristão,, eu os desafiei a entrar na luta, já que apenas criticar quem põe a cara pra bater é coisa de covarde. Mas também… esperar o que. Basta ver as postagens do Hermes, irmão do Danilo e também fundador do site, sobre a questão gay. O Julio Severo já havia denunciado isso.

    Agora, ainda por cima, colocaram uma mediadora, tal de Joana, que é extremamente agressiva em seus posts. Entra numa de esculhambar todo mundo que tem uma opinião diferente da dela (e do site), ainda que as intervenções destes sejam extremamente respeitosas. Em um post, onde eles usam um texto do paulopes pra criticar a cristã Rachel Sheherazadi, âncora do SBT (pode isso, Arnaldo?), eu disse que essa moderadora tinha uma agressividade contra cristãos de dar inveja a Dawkins e Hitchens. Não sei porque meu comentário não foi publicado… rsrsrs

    Tá aqui o textinho vagabundo:
    http://www.genizahvirtual.com/2013/04/afinou-ancora-do-sbt-brasil-agora.html

  5. E por sinal, dando uma olhada lá, vi que a maioria dos comentários está criticando o próprio Genizah. Já sugeriram até que o Danilo é um homossexual enrustido. Hehehe

Deixe uma resposta