Blog feminista demonstra que esquerdistas são sempre totalitários: querem excluir a página Orgulho de Ser Hétero

8
117

minha-saia-curta

O blog Slut Shaming Detected é mais outro exemplo do feminismo radical de Internet.

Vejam a descrição do blog:

Slut Shaming é qualquer forma de tentar controlar a sexualidade da mulher, sua autonomia e seu corpo. Este blog busca mostrar esse tipo de preconceito, o quanto ele pode ser prejudicial, e de maneira alguma concorda com a opinião exposta em algumas imagens.

A blogueira Nina Vieira (que não é a garota da foto, pois não achei foto dela) pede a proibição da página de Facebook Orgulho de Ser Hétero, e dá um tutorial para suas amigas militantes denunciarem a página:

Ao lado de “curtir” tem “mensagem”. Ao lado de mensagem tem uma seta apontando para baixo. Quando você clica nela, aparecem várias opções. A que nos interessa no momento é a opção “denunciar página”.
Clicando ali, abrirá uma caixa perguntando o motivo de você estar denunciando aquela página. Marque a opção “acredito que não deveria estar no facebook”. Clique em “continuar”.
Abrirá uma caixa questionando “Qual o problema dessa página?”. Marque a opção “discurso de violência”, em seguida, marque a opção “É DIRECIONADO A UM GÊNERO OU ORIENTAÇÃO”. Clique em “continuar”.
O Facebook te dará duas opções: você pode enviar uma mensagem para o administrador da página solicitando que ele a remova (o que não vai acontecer, óbvio) ou você pode denunciar a página ao facebook. Essa segunda opção é mais válida.
Não vai adiantar muito se só eu ou você denunciarmos. Mas PASSE ESSA IDEIA ADIANTE! Compartilhe em sua timeline, divulgue para os seus amigos. Visite a página “Orgulho de ser Hétero” e veja COM OS SEUS PRÓPRIOS OLHOS os conteúdos homofóbicos e machistas ali exibidos.
Obrigada pela compreensão.

Uma das comentaristas disse o seguinte:

O que mais me irrita no facebook é que quando você denuncia esse tipo de coisa ele não te dá a opção de ficar anônimo, o dono do conteúdo vai saber o que você criticou e pode te xingar do jeito que quiser. E todas as vezes que eu tentei denunciar alguma coisa (diversas páginas mostradas aqui no slutshaming) o facebook me mandou uma mensagem broxante dizendo que não viu nada de errado.

Nina, cheia de ódio no coração (ô, coitada), diz:

Amber, por outro lado, discordo de você. Acho bom mesmo que o dono da page saiba que fui eu. Sentirei até orgulho disso. E “ai dele” caso tente me humilhar. Consigo fazer pior. Bem pior mesmo. Mas sim: a gente não tem como saber se vai adiantar, se o face vai colaborar. Mas não custa tentar, né. E, além disso, acho que precisamos nos unir nessa. Beijo!

É isso aí. Ela não aceita nem sequer reprimendas.

Esquerdistas pensam em silenciar o outro lado sempre. Pessoas normais pensariam em criar um blog de refutação, ou mesmo ir às vias de fato. Se for o caso, até lançar uma ação judicial. Mas os esquerdistas querem sempre silenciar o outro lado.

Por si só esse desvio de caráter dos esquerdistas é o suficiente para termos um caso contra o esquerdismo.

Anúncios

8 COMMENTS

  1. É isso aí! Temos que ser mais inteligentes! Se o portal G1 disponibiliza a opção de votar diversas vezes, não há imoralidade nenhuma em fazer isso, mas se o Facebook disponibiliza a opção de denunciar páginas, um esquerdista que denuncia está agindo de maneira contrária à democracia! Muito bem observado, sr. Ayan, que a graça do nosso senhor continue derramando sobre ti!

  2. Não sei se tem alguém dono d páginas aqui no facebook, mas para qualquer cartaz com esse tipo de mensagem (da foto) dá uma trollada bacana colocar uma outra imagem (com um homem) respondendo: “e eu olho para onde eu quiser”, já que muitas vezes elas reclamam dos olhares masculinos.

Deixe uma resposta