Bem feito: CQC usa modelo para tentar seduzir deputado evangélico e acaba na polícia

9
51

cqc

Fonte: Notícias Gospel+

No fim da última semana uma abordagem feita pelo programa CQC a um parlamentar evangélico acabou em boletim de ocorrência lavrado no Departamento de Polícia Legislativa (Depol) da Câmara. O deputado Francisco Floriano (PR-RJ), que é também pastor evangélico, acusou o programa de usar uma atriz para tentar “seduzir parlamentares” durante gravações do programa.

Floriano contou que foi a abordado por uma moça alta, bonita, trajando uma saia curta e uma blusa decotada, que entregou o currículo a ele e pediu emprego no gabinete.

– Ela continuou me seguindo e disse: eu quero falar com o senhor lá no gabinete. E eu repeti que ela entregasse para a chefe de gabinete. Só percebi algo errado quando o segurança me alertou e vi a câmera filmando escondida. Gosto do CQC, defendo a liberdade de imprensa, mas acho que agiram de má-fé. Outros deputados também se irritaram com a abordagem e contaram que ela ficou se insinuando – contou o deputado, que diz ter sido alertado pela segurança da Câmara de que estaria sendo enganado pelo programa.

– Eu sempre defendi o CQC, mas acho que há formas mais saudáveis de fazer humor, com respeito. Usar câmera escondida, currículo falso, que coisa absurda. Não precisam disso para alavancar a audiência – acrescentou o parlamentar.

Segundo o deputado, a modelo estava usando a distribuição do currículo como desculpa para se insinuar aos parlamentares e registrar a reação. Ela teria recebido um cachê de R$ 100, de acordo com o deputado. O registro da ocorrência, detalha que uma mulher com trajes “provocantes” abordava deputados no Salão Verde, área de acesso ao Plenário da Câmara.

– O deputado alegou que o CQC o abordou de forma inconveniente. Segundo ele, usaram uma moça com saia um tanto curta e um grande decote, apresentando currículo e um pedido de emprego. Quando foi alertado de que era uma brincadeira, ficou nervoso e disse que ia registrar queixa na Polícia Legislativa, o que de fato fez – explicou Antônio Geraldo Martins, diretor da Coordenação de Polícia Judiciária, que completou dizendo que o parlamentar disse ter ficado constrangido com a abordagem do programa.

– Ele é um pastor e disse que a base dele é de evangélicos. Disse que ficaria muito ruim aparecer na televisão sendo abordado por uma moça naqueles trajes – afirmou Martins.

De acordo com o jornal O Globo, a Polícia da Câmara disse que, pelas imagens gravadas do momento em que a moça conversa com Floriano, não é possível identificar a insinuação relatada pelo deputado. Martins afirmou ainda que a ocorrência “provavelmente não vai ter andamento”, tendo em vista que não foi detectado “qualquer tipo de delito para enquadramento”. Entretanto, a primeira-secretaria da Câmara, responsável pelas credenciais de jornalistas, pediu cópia da ocorrência para avaliar a atuação do programa.

O apresentador do programa, Marcelo Tas, comentou recentemente sobre as abordagem feitas a líderes políticos pelo programa, e disse que deputados e senadores antes fugiam de seus repórteres.

– Admiro os políticos que têm coragem de falar. Antes fugiam da nossa presença no plenário, até que o presidente Lula conversou conosco, razão pela qual hoje eles entendem o nosso papel na capital federal – afirmou Tas, que também comentou as declarações do presidente da Comissão de Direitos Humanos, Marco Feliciano.

– Temos que ter cuidado para não fazer com ele o que ele faz com as pessoas em relação ao preconceito. O que ele disse sobre o Caetano Veloso foi um absurdo, mas eu o perdoo pela ignorância – afirmou, durante uma entrevista para o programa “Show Business”.

Meus comentários

Guerra política é assim, e todo cuidado é pouco! Com seu fanatismo antirreligioso, Marcelo Tas anda especialmente delirante após os conflitos dos gayzistas contra Marco Feliciano.

É claro que ele vai tentar de tudo para tentar denegrir a imagem dos deputados evangélicos. Caso um deles fosse “seduzido” pela garota contratada pelo CQC, aí sim Tas teria obtido uma vitória retumbante.

Mas um pouco de desconfiança e malícia foi extremamente útil para o deputado Francisco Floriano.

Não muda o fato de que o partidinho dele é pusilânime, como são todos os partidos da atualidade, contaminados pelo esquerdismo.

Mas que foi divertido ver o CQC tomar uma invertida, ah, isso foi…

Anúncios

9 COMMENTS

  1. OFF Topic: Vejam uma postagem de um gayzista sobre a tal marcha evangélica que está sendo planejada para Junho em Brasília:

    “Organizar passeata contra os direitos LGBTTs é exatamente o que queremos que vocês façam. Basta olhar o resultado das ações conservadoras na França. Os evangélicos posam de extremistas e o restante da sociedade apoia em peso a causa gay. Simples assim!

    Fico sempre passado com a burrice e a miopia estratégica dos nossos opositores.”

    É mais ou menos assim: protestem mesmo! Quanto mais fazem isso, mas ficamos com a imagem de “oprimidos” e vocês de “opressores”.

  2. Lá vai mais UMA pra esse pesoal do CQC se dar uma de VÍTIMA, e ficar falando que issso é “censura” que estão lhe tirando os “direitos de expressão” e BLÁ BLÁ BLÁ de todo sempre que esses caras são acostumados a fazer!! É mesmo bem assim o JOGUINHO deles, eles provocam uma pesssoa, criam uma situação de sai justa coloca as vezes (como me pareçe esse caso por exemplo) de maneira INJUSTA a pessoa em situação constrangedora e depois que levam a MERECIDA resposta, e as DEVIDAS medidas para os seus atos, eles ficam lá no palquinho deles chorando as pitangas e se PINTANDO de VÍTIMAS!!! Alias é até por isso que eu deixei de ver essa PORCARIA de “programa”, pois as ARMAÇÕES e BAIXARIAS que eles andam fazendo é cada vez mais digna de PÂNICO, e suas piadinhas fraquinhas dos seus “humoristas” “reporters” andam dignas de ZORRA TOTAL!!! Fora ser totalmente PRÓ- ATIVISTA gay e ser abertamentes a ANTI- CRISTÃS essa bosta já não serve mais pra NADA mesmo!!!

    • Pra mim CQC já é um zumbi há tempos, desde que o Rafinha Bastos e o Danilo Gentili saíram do programa. Parece que o Rafael Cortez também saiu, ele que tinha uma pinta de moleque. Desde lá o programa só caiu na qualidade. Fazem anos que não assisto.

  3. Em tempo, isso me faz lembrar por exemplo o caso do que eles fizeram com o deputado Jair Bolssonáro, quando eles DSITORCERAM a entrevista que ele deu a eles pra parecer que ele disse uma coisa RASCISTA ao responder Preta (dorgada) Gil !!!!

  4. LH,

    Por falar em evangélicos, é importante registrar a distorção que TODA a imprensa, inclusive a VEJA – uma revista de centro-esquerda que é tomada como direitista porque a esquerda precisa de mobilização, combate e inimigos para existir -, está fazendo a respeito da tal marcha dos evangélicos.

    A marcha é a favor da liberdade de expressão e em defesa de direitos fundamentais e garantias constitucionais. Mas estão noticiando como “marcha contra o casamento gay”. Não que eles não pudesse fazê-la, é claro, e isso é algo que os esquerdistas, falsos democratas, nunca entenderão. Mas é fato que está havendo controle de frame, com uso do estratagema do espantalho, para que se possa mais uma vez ligar os botõezinhos da “sensibilidade histérica artificial” (ok, agora quero que você dê nota! rsrsrs)

    Até o “gospelmais” está com manchete dizendo “o Silas Malafaia” (ele é só uma das lideranças evangélicas que estarão presentes) “liderará” (de novo, ele atua fortemente na organização, mas não é o “chefão” da coisa) uma marcha “contra o casamento gay” (como já disse, não é nada disso).

  5. Odeio CQC, que me parece um desdobramento do Casseta (muitas vezes mal intencionados). E acho que os teístas estão começando a entrar no jogo político. Não demora e veremos pessoas apedrejadas por aí. O Brasil já era mal administrado e descolarizado, depois do PT, a coisa piorou. A Esquerda está manipulando o povo, de forma imoral.
    A igreja perde muito com essa sujeirada. Vem chumbo grosso por aí, principalmente se Dilma se reeleger.

Deixe uma resposta