Rotina esquerdista: Pena de morte ou punição severa é vingança

3
79

?????????????

Última atualização: 09 de maio de 2013 – [Índice de Rotinas][Página Principal]

Para o cidadão comum, vingança é uma palavra feia. O personagem Chaves, de Roberto Gómez Bolanos, disse: “A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena”. Mesmo que muitos gostem de filmes de Charles Bronson, a expressão “vingança”, jogada ao léu, tem um tom negativo.

Provavelmente por isso, a esquerda vive dizendo que qualquer solicitação por penas mais duras para os criminosos seria uma “vingança” por parte dos proponentes.

A coisa obviamente não faz o menor sentido, pois uma medida que proteja a vida de outras pessoas, de forma preventiva, não pode ser uma vingança.

Claro que um linchamento pode ser uma forma de vingança, mas a solicitação pelo aumento de penas não é.

Por exemplo, supondo que peçamos a redução da maioridade penal, estamos apenas criando uma nova regra punitiva, para evitar que um cidadão que cometeu um crime violento possa fazê-lo novamente em um curto período de tempo. Isso não é vingança. Se fosse, manter um pitbull violento preso seria uma vingança. Nada disso. É proteção de vidas de forma preventiva.

Suponha que criemos uma regra dizendo que as pessoas pegas na auditoria de investigação de fraudes serão demitidas por justa causa. Não há nada de vingança nisso. Vingança talvez seria roubar do outro aquilo que ele roubou da empresa. Mas a solicitação por uma punição, mantendo o possível fraudador ciente de sua punição caso ele cometa um ato, não passa de uma regra, um regulamento, uma legislação.

São ações impessoais, que devem funcionar para todos os membros do grupo. Em suma, trate os outros de acordo com um conjunto de regras para proteção de direitos negativos do cidadão, caso contrário existem penalidades para regras descumpridas.

Anúncios

3 COMMENTS

  1. Queridos, eu tenho um conto, dividido em três partes, onde um escritor filósofo fez parceria. Como não sou escritora (re) conhecida, nem darei o link. Entretanto, eu e o outro escritor amamos Epicuro, portanto, deixo um pensamento dele que eu pensarei até à minha morte:

    “A justiça é a vingança do homem em sociedade, como a vingança é a justiça do homem em estado selvagem.”

  2. Obs = falta de algumas pontuações foi para passar a velocidade da dor, e, confesso, imitei alguns escritores, como Raduan Nassar, Saramago, enfim, já estou arrependida. 🙁

Deixe uma resposta