Rotina esquerdista: Não devemos reduzir a maioridade penal, pois isso seria aprisionar o futuro do Brasil

2
31

FUTURO

Última atualização: 15 de maio de 2013 – [Índice de Rotinas][Página Principal]

Agora entendi por que alguém satirizou os esquerdistas em um fórum da Internet, enquanto os assistia defendendo criminosos, com a seguinte frase “Bandido é o futuro!”.

Aliás, quem é sugestionável deve até deixar escorrer uma lágrima no momento de ler ou ouvir essa rotina.

O truque se resume a dizer que, ao punirmos adolescentes que cometeram crimes violentos, “estamos aprisionando o futuro do Brasil”. Ou qualquer coisa nessa linha.

Eis a lógica: temos uma pequena parcela dos adultos, e dos adolescentes, que cometem crimes violentos. Logo, essa pequena parcela, se estiver na classe dos adolescentes, não deve ser punida pois é ali que está o futuro do Brasil.

Ou seja, o esquerdista, com essa rotina, define que o futuro do Brasil não está nos melhores talentos das escolas, mas nas bocas de fumo, e nas saidinhas dos bancos. Sim, é isso mesmo. São os criminosos violentos.

Claro que nessa equação o sujeito ignora todas as vítimas desses criminosos violentos, as quais, quando forem jovens, não são “o futuro do Brasil”.

Obviamente, é possível que um criminoso se arrependa, e se torne um grande talento. Mas a possibilidade disso ocorrer é praticamente nula.

O mais justo seria dizer que entre os cidadãos honestos há boas chances de encontrarmos aqueles que são o futuro do país, assim como dentre os criminosos, independente da idade, encontraremos uma boa parte daqueles que lutam para destruir o futuro do Brasil.

Anúncios

2 COMMENTS

  1. Legal é quando eles argumentam que não se deve diminuir a maioridade penal, e vc espera 15 minutos e afirma que os adolescentes menores de 16 anos não deveriam fazer sexo, e ele retruca dizendo que não faz sentido por que nessa idade os adolescentes sabem muito bem o que estão fazendo. Aí vc pergunta como o adolescente pode ter consciência para fazer sexo e não para ser responsabilizado por um crime.Qual a prova de que a consciência opera em um momento e não no outro, ou não opera nos dois casos?. Os esquerdista pira….

Deixe uma resposta