A esquerda e os mitos difamatórios

19
49

olavo_msm_2

Fonte: Diário do Comércio (por Olavo de Carvalho)

No show de ignorância dado à Folha de S. Paulo,  em entrevista, pelos líderes da FLIP (Festa Literária Internacional de Paraty), recém encerrada, a estrela maior foi sem dúvida o sr. Milton Hatoum, que, incapaz de lembrar o nome de um só escritor brasileiro importante, que fosse de direita, ainda completou a performance com esta maravilha: “Diziam que Nelson Rodrigues era, mas discordo. Era provocador, irônico, e na ditadura lutou para libertar presos.”

De um lado, é impossível, a quem quer que tenha lido o cronista carioca, ignorar seu anticomunismo intransigente, seu horror aos “padres progressistas”, seu apoio ao governo militar e até o orgulho com que ele se qualificava publicamente de “reacionário”.

É óbvio que o sr.  Hatoum só conheceu o pensamento de Nelson Rodrigues por ouvir falar, e ainda assim com muita cera nos ouvidos. Em segundo lugar, socorrer e proteger presos e perseguidos políticos durante a ditadura foi uma das ocupações mais constantes dos intelectuais de direita, entre os quais Adonias Filho, Josué Montello, Antônio Olinto, Gilberto Freyre e Paulo Mercadante. Para cúmulo de ironia, o mais célebre e aguerrido defensor de presos políticos naquela época foi o advogado Heráclito Sobral Pinto, um católico ultraconservador que confessava e comungava todos os dias e, quando não estava tirando gente da cadeia, estava escrevendo furiosas diatribes contra o Concílio Vaticano II.

Hoje seria chamado de “fundamentalista” e jogado no lixo com a multidão dos outros “ninguéns”.

O que nunca se viu no mundo foi o beautiful people comunista correr em massa para estender a mão a perseguidos da ditadura soviética, chinesa, húngara, polonesa, romena ou cubana. Ao contrário, sempre que aparecia algum foragido revelando as torturas e padecimentos sem fim nos cárceres comunistas, a gangue se reunia, não raro em escala mundial, para achincalhá-lo como “agente do imperialismo”.

Se o sr. Hatoum não conhece nem Nelson Rodrigues, seria loucura esperar que soubesse algo, por exemplo, do caso Kravchenco, em que toda a intelectualidade esquerdista se juntou para desmoralizar o ex-funcionário soviético que denunciava os horrores do Gulag. Kravchenco reuniu  testemunhas, provou o que dizia e venceu um processo judicial contra toda a plêiade dos bem-pensantes.

Soljenítsin, quando esteve nos Estados Unidos, contou que os dissidentes soviéticos nunca receberam a menor ajuda da elite esquerdista americana, mas apenas de sindicatos de trabalhadores (na época, acentuadamente anticomunistas).

Quando esteve no Brasil, o pastor Richard Wurmbrand, homem que por dezesseis anos sofrera torturas e maus tratos numa prisão romena (confirmados em público por uma comissão médica da ONU), a mídia esquerdista o tratou como se fosse um demônio, um conspirador fascista.

A mentalidade esquerdista intoxica-se de mitos difamatórios de maneira a não cair jamais na tentação de ver no adversário um rosto humano. Até hoje os quatrocentos guerrilheiros mortos na ditadura, muitos deles caídos de armas na mão, merecem mais lágrimas do que os cem milhões de civis desarmados que eles, como membros do movimento comunista internacional, ajudaram a matar.

Até hoje os que nadam em indenizações milionárias como prêmio da sua cumplicidade com os regimes mais bárbaros e genocidas não consentem em dizer uma só palavra de conforto às vítimas da guerrilha brasileira, dando por pressuposto que a condição de ser humano é monopólio da esquerda, que aqueles que a esquerda matou, mesmo transeuntes inocentes, não passam de cachorros loucos abatidos pelo bem da saúde pública. Para o sr. Hatoum, basta um sinal de bondade na pessoa de Nélson Rodrigues, para produzir a conclusão automática e infalível: Não, ele não pode ter sido de direita.

Nunca li os romances do sr. Hatoum, mas até admito, como hipótese extrema, que um idiota possa escrever um bom livro de ficção. O que é inadmissível é aceitar como “intelectual”, como formador de opinião, um sujeito que formou a sua na base do puro zunzum e sai por aí arrotando julgamentos sobre o que desconhece.

Hoje, esse tipo de gente domina todo o mercado editorial, as universidades e a mídia cultural, mas um dia a juventude brasileira, cansada de ser ludibriada por esses farsantes, adquirirá cultura por conta própria (espero sinceramente ajudá-la nisso) e não se curvará mais às opiniões recebidas. Submeterá seus gurus aos testes mais duros e chutará o traseiro daqueles que forem desmascarados como ignorantes palpiteiros a serviço de interesses mafiosos e partidários.

Garanto que, entre meus alunos, há pelo menos cem que são incomparavelmente superiores a eles em inteligência e conhecimentos. O renascimento cultural do Brasil vem-se preparando no silêncio e na modéstia do trabalho sério, do esforço genuíno, na paciente aquisição dos instrumentos da vida intelectual superior.

Quando esses jovens ocuparem o espaço que merecem, não haverá mais lugar para os picaretas de luxo, para os comedores insaciáveis de verbas públicas, para os apadrinhados de um governo que vive da mentira e da corrupção. Quando soar a hora, cada um destes últimos, desprovido da interproteção mafiosa, será julgado no tribunal da competência e da honradez intelectual e, muito previsivelmente, jogado às trevas do anonimato, de onde nunca deveria ter saído.

Olavo de Carvalho é ensaísta, jornalista e professor de Filosofia

Anúncios

19 COMMENTS

  1. Aproveitando a transcrição desse texto, encontrei um áudio do Olavo de 2009 em que ele discute com um suposto Obamista. É bem interessante , pois dá pra perceber que o Obamista utiliza durante alguns momentos o jogo de rótulos, muito bem exposto por aqui. Talvez alguns já tenham escutado, mas enfim…

    • Já assisti e ri demais…

      “O sr, apresenta o fatos e eu apresento o argumento”….haha…nada mais. Aqui o palhaço já se entrega…ele pretende vencer a discussão argumentando contra FATOS.

      A fonte do sujeito: “Sites de notícias”…putz…OC ainda foi muito paciente. Sendo uma questão a se provar por meio de DOCUMENTOS, o sujeito me vem com esse papo de ‘site de noticias’…ele queria mesmo tomar no c….

      obamista– “Ele nasceu no havaí”….
      OC– “ah vc tem certeza e fé religiosa?”
      obamista– “não”

      obamista –“(sobre a certidão resumida)…aceita para qualquer fim legal (…) é essa certidão não existe outra mais”..

      Oc — Não é aceita para qualquer fim legal não sr…Como não existe outra?… o pessoal do próprio governo do havaí falou “nos temos a certidão original arquivada”.
      Obamista — “são os conservadores como o sr.”
      Oc — “Mas eles estavam falando a favor do obama!”

      O grau de petulância do esquerdista é diretamente proporcional à sua deterioração mental. Nesse caso o esquerdista / burro / obamista não sabe a diferença entre um documento original e um documento resumido. Pretende usar sites de notícias como argumentos contra FATOS, e não aceita qualquer contra argumentação que ELE JULGUE conservadora. Isso desconsiderando qualquer possibilidade de fraude que circunda a questão.

      Tomou um “vai tomar no seu c…”…e ainda saiu achando que ganhou o debate. a frase final de Olavo é de rir muito… “enfie um dedo no c…e outro na boca e troca”.

  2. ** provocações de parquinho em resumo

    1. Olavo estrebucha
    2. Olavo já perdeu
    3. Olavo tem esperança em vão
    4. A direita nunca mais vai ter espaço
    5. Os intelectuais que ele forma jamais terão espaço
    6. A vitória é do PT
    7. Dilma reina suprema

  3. O texto em si trás possibilidade e esperança de vitória sobre o império da maldade. O comentário do sr. Luciano foi animador e veio a calhar.

  4. ** Camarada Stalin em resumo

    1. Mesmo com muitos livros lançados, e um espaço que a esquerda jamais acreditaria que a direita iria conseguir, nada vai adiantar
    2. Pois já ganhamos, e o marxismo é inexorável
    3. No fim, a vitória é nossa
    4. Não há escapatória
    5. Mesmo com vários manifestantes de direita, vou tentar dizer que eles só pregam aos convertidos para ver se engano alguém
    6. Aí vou dizer que só sobra esperança vã na direita
    7. Pois no fim, a vitória é nossa
    8. Não há escapatória

      • ** Camarada Stalin em resumo

        1. Fala da Veja, vai
        2. OS livros todos da direita já fazem o que a Veja e Reinaldo Azevedo fazem
        3. Mas o PT ainda está no poder
        4. Logo, outros autores não ajudarão
        5. Por isso, meus machos-alfa do PT sempre terão o poder e poderão fazer tantos mensalões quanto quiserem
        6. Vc tem que publicar meus joguinhos completos
        7. Aí sim eu vencerei
        8. Seus leitores não terão mais esperança
        9. Ganharei
        10. Sempre… ganharei
        11. Ganharei mais vezes
        12. Ganhei de novo

      • Está aí pq os petralhas estão meio assustados com as manifestações. Eles foram bons em conquistar uma hegemonia temporária, mas estão meio perdidos no discurso repetitivo.

        Para começo de conversa, alguns autores citados esculacham a Veja por que é uma publicação OBAMISTA. Logo, nem é de direita.

        Mas vc não entenderia, melhor deixar pra lá… Teu discursinho é só para assustar eleitor de PSDB em caixa de comentários do Brasil247.

        Aqui tu não engana ninguém. 🙂

    • Fica a pergunta de em quanto tempo petistas e estudantes da UNE dirão que quem os expulsou da marcha dos estivadores seria um:

      1) Anonymous;
      2) Neonazista;
      3) Integralista;
      4) Provocador infiltrado.

  5. ** Camarada Stalin em resumo

    1. A manifestação de direita não é popular (é conspiração da Veja e da Globo)
    2. A Dilma ainda está em primeiro lugar
    3. Se Lula é meu macho-alfa, o seu é Olavo
    4. Você criticar a estratégia da direita é sinal de que direita acabou
    5. A vida do brasileiro está uma maravilha depois do PT

    • 1. Petralha arruma sempre uma conspiração para maquiar a realidade
      2. E teve uma baita queda de mais de 20%… em uma manifestação criada pelo PT
      3. Eu não vivo para defender inchaço estatal e dar dinheiro aos que tomam conta do estado. Olavo depende do trabalho dele. Você é que é um ser abjeto que é submisso aos machos-alfa que tomam conta do estado. Eles enriquecem e você não ganha nada hehehehe..
      4. Ué, o fato da direita ter a estratégia criticada pela própria direita é um sinal de evolução, assim como Gramsci fez com a esquerda. Vc deveria temer isso…
      5. Pois é… com bolsa-esmola, que não passa de voto de cabresto, e 50.000 homicídios por ano. É, nota-se o que é o “paraíso do PT”.

      Fico imaginando como é patético viver como esquerdista funcional. A não ser que o Camarada Stalin ganhe seu mensalinho, é um ser digno de pena, pois só vive para dar poder para seus machos-alfa. heheheh…

      http://lucianoayan.com/2013/07/15/a-bunda-e-o-poder/

  6. É incrível como o Luciano consegue ridicularizar o Camarada Stalin tão facilmente. O petralha não percebeu que o Luciano investiga fraudes no discurso esquerdista há anos e o coitado tenta truques que não funcionam, quero assistir o desenrolar disso de camarote, pois está muito engraçado ver a surra que o petista toma.

  7. ** Camarada Stalin em resumo

    1. O Luciano acredita que a direita vai vencer
    2. O Luciano não fala para a massa
    3. O Luciano não representa a massa trabalhadora
    4. Todos políticos enriquecem com o poder, e não só do PT
    5. Esquerdistas lutam pelos pobres
    6. Eu confesso que o PT tem muito assistencialismo usando dinheiro dos outros, e por isso está no poder. E é por causa disso que me orgulho de dar tanto poder para eles. Nasci para servir a esses donos do poder.
    7. O PT não governa São Paulo, e tem violência lá também.
    8. O Luciano pode votar no PSDB contra o PT, então PSDB é de direita.
    9. Eu ouço a voz das ruas
    10. Sou contra a classe média que não quer pagar imposto pro PT

    • Dá até dó de ver o coitado esperneando sem sair do lugar.

      1. Minha crítica ao esquerdismo não é feita para ganhar a próxima eleição. É uma análise racional da política.
      2. Meu blog é feito para intelectuais interessados em ciência política. Quem disse que blogs de ciência política são para a massa?
      3. A esquerda é a que mais prejudica a classe trabalhadora, por causa dos impostos excessivos.
      4. Sim, todos políticos enriquecem com o poder, mas só esquerdistas lutam para inchar o estado e enriquece-los mais.
      5. Esquerdistas são os maiores inimigos dos pobres, por criar estados deficitários que criam mais pobreza.
      6. Este é o motivo pelo qual ser de esquerda é ser irracional. A não ser que você ganhe sobras do Mensalão. Mas duvido. Você é irracional demais para isso.
      7. Eu não sou contra o PT, mas contra a esquerda, e o esquerdismo faz apologia do crime.
      8. Poderia votar nulo também, pois PSDB é cúmplice to PT.
      9. A frase “ouço a voz das ruas” é discurso de palanque e não tem serventia em um blog de ciência política. Você realmente percebeu o que está tentando fazer? Você acha que está no site da Globo ou do Terra? hehehehe… Os leitores aqui estão morrendo de rir de seus truques manjados.
      10. Ué, o Lula disse que tá todo mundo virando classe média, e depois xinga a classe média? É sinal de que discurso de esquerda é sempre manobra vazia para fugir da realidade.

      E, enquanto isso, o governinho do Camarada Stalin deu 10 bilhões pro Eike Batista. Entendeu pq vc é uma figura desprezível e nojenta sob todos os sentidos? As coisas de que vc se orgulha, qualquer pessoa normal ficaria envergonhada.

      Acho que está na hora do cirquinho acabar. Seus truques estão mto repetitivos e não vi nada de novo, nenhum argumento, nada que me refutasse, e ainda você errou em tudo sob as adivinhações que fez sobre mim.

      Sua nota é zero.

      Que venha outro esquerdista para ajudar nossa diversão, pois esse já não serve mais.

Deixe uma resposta