Lastimável cantora neo-ateísta Pitty entra na espiral do delírio e afirma que o Pastor Silas Malafaia deveria ser preso por crimes contra a humanidade

78
483

1411MM21

Fonte: Notícias Gospel+

Em entrevista para o portal UOL a cantora Pitty falou sobre diversos assuntos, como seu novo trabalho, sexualidade e se mostrou irritada com a ligação da religião com a política, além de afirmar que o Pastor Silas Malafaia e o deputado Jair Bolsonaro deveriam ser presos por crimes contra a humanidade.

Pitty, agnóstica assumida, também se mostrou indignada com a proibição do kit gay feito pela Presidente Dilma Rousseff, “me sinto no século passado. Política não tem que ter vínculo com religião, somos um país laico, não há o menor sentindo envolver religião em uma discussão como essa”. Para a cantora o Brasil é um país atrasado e arcaico em questões sobre homossexualidade.

Quando perguntada sobre a posição do deputado Jair Bolsonaro e do Pastor Silas Malafaia sobre o homossexualismo a cantora foi enfática: “Esses caras deveriam ser depostos dos seus cargos e julgados por crimes contra a humanidade. Preconceito é crime!”, Pitty se mostrou a favor da criminalização da homofobia: “Ainda não criminalizaram a homofobia, mas eu considero um crime”, mas ponderou: “Gostaria mesmo é que essa lei não precisasse existir, queria que as pessoas tomassem consciência por si só.”

A roqueira também comemorou o reconhecimento da união gay pelo STF, além de afirmar que não deveria haver qualquer ligação entre a políticos e religião: “Vivemos em um país laico e não acho certo poder eleger um candidato que representa uma doutrina. […] Eu acho que uma coisa que prega o respeito e o amor ao próximo não pode, ao mesmo tempo, pregar o preconceito e o racismo. Por isso religião e política não podem andar lado a lado”, acredita a cantora que afirma ter tentado seguir algumas religiões, mas “todas as vezes que tentei me deparei com os dogmas e não consigo seguir em frente”.

Meus comentários

Pitty é o que podemos chamar de humanista puro-sangue. Incapaz de conviver com o divergente, entende que seus adversários políticos devem ser silenciados. Quando notamos que o humanismo está por trás de todos os genocídios do século XX, é do sucesso deste tipo de pensamento que falamos. Não digo que Pitty conseguirá, com suas idéias, matar todos os cristãos que vir pela frente. Para isso, é preciso ter o mesmo sucesso que os nazistas e marxistas tiveram no século XX, onde alcançaram uma posição na qual seu discurso de ódio contra grupos definidos como bodes expiatórios pôde enfim ser levado às últimas consequências. Resta-nos, portanto, torcer pelo insucesso de Pitty em suas idéias totalitárias.

Para Pitty, líderes religiosos não podem ter direito de expressão pública e nem de participação política. Se algum líder religioso for mais astuto, já sabe que isso é motivo para processá-la por discriminação. Dizer que um líder religioso não pode participar da política é o mesmo que dizer que um negro não pode, ou que uma mulher não pode. (Atenção: Criticar alguém por seu comportamento é legítimo, mas há um certo limite, ultrapassado por Pitty, quando nós tentamos retirar direitos de um grupo por motivos de preconceito injustificado)

Ela não se limita a dizer que religiosos não devem ter o direito de participar da política, como também afirmar que eles devem ser presos por discordarem dos grupos militantes defendidos por ela. Quando um religioso diz, por exemplo, que não quer o “kit gay” ensinado a seus filhos, deve, na ótica dela, ir para a cadeia. Quando um religioso diz que gostaria que seus filhos fossem heterossexuais, também deve ir para a cadeia. Creio que já deu para notar que os motivos para alguém ir para a cadeia no admirável mundo novo idealizado por Pitty são bem sutis e funcionam a um único propósito: silenciar seus oponentes. A coisa toda é de uma abominação lógica e moral que precisa ser respondida com muita assertividade.

Que ela se orgulhe de dizer esse tipo de escrotidão em público, é algo que também não nos surpreende. Ela está na espiral do delírio, por que nós, que não caímos no jogo humanista ou esquerdista, estamos deixando-a fazer isso de forma impune. Ela vai falar o que quiser, não importa o quão ilógico e amoral seja, pois seus adversários não estão ridicularizando-a em público pelo que ela fala. Ela seleciona seu ato discursivo não pela lógica e/ou moralidade dele, mas pelo benefício que recebe.

E, mesmo com opiniões tão arcaicas (como tirar a liberdade de seus oponentes somente por divergência de idéias, assim como violar o estado laico tentando proibir a expressão pública de religiosos), ela ainda diz que é uma proponente de um futuro progressista. Mas lembremos o “futuro belo” idealizado por Pitty: (1) Criticar o comportamento gay será uma blasfêmia, assim como criticar Maomé no Islã, (2) Só ateus e não-religiosos poderão participar da discussão política e o “novo estado laico” será enfim um estado anti-religioso, (3) Quem torcer para que seu filho não seja doutrinado em homossexualismo, deverá ser preso.

Se tirarmos um “t” do nome da cantora, notamos que a tradução da palavra inglesa “pity” significa uma “lástima”. Sim, ela é lastimável em todos os sentidos, especialmente no sentido argumentativo e moral. Mas ainda assim ela está capitalizando com as excrescências que profere. Mas não podemos deixar de reconhecer a verdade: ela profere uma quantidade tão absurda de “argumentos” esdrúxulos, amorais e sem o menor sentido por que nós, seus oponentes, estamos deixando-a passar incólume. Ela não pode ficar impune por isso, seja em reações com processos judiciais (estes deveriam ser lançados pelos religiosos, pela abominável e desumana discriminação que sofreram), seja com ridicularização pública do que ela afirmou.

Anúncios

78 COMMENTS

  1. Luciano, não me entenda mal, eu não acho que você seja um “discípulo” do Olavo de Carvalho, mas alguém que entendeu alguns dos principais alertas que ele deu e terminou com isso desenvolvendo seu sistema de pensamento. Podemos considerar essa importância de Olavo de Carvalho em sua atuação que hoje é capaz de nos esclarecer tão bem sobre as fraudes do humanismo e do esquerdismo?

    Olavo disse: “Fico feliz ao ver que meus alunos, e mesmo alguns leitores avulsos, já apreenderam as estruturas essenciais da mentalidade revolucionária em tudo o que ela tem de feio, ruim, mesquinho, criminoso e até satânico. Entenderam que há nela ao mesmo tempo a incessante mutabilidade camaleônica da mentira que se esconde de si mesma e, por baixo dela, a repetitividade mecânica de um reflexo condicionado, de um automatismo quase inumano. Aprenderam essas coisas a despeito de eu jamais ter conseguido dar ao assunto a exposição ordenada e sistemática que, presumindo das minhas forças, um dia lhes prometi. Hoje conseguem não somente livrar-se das ilusões sorrateiras que essa mentalidade pode ter-lhes infundido (mesmo quando instintivamenta a rejeitavam), mas também prever-lhe alguns dos movimentos, preparando-se para não deixar-se enganar por “novas mentiras em lugar das velhas”, sobretudo a mentira de trocar uma revolução por outra de signo aparentemente inverso. Aprenderam até que, nesse fenômeno, não se trata de “idéias” ou de “ideais”, mas de uma autoconsciência viciada, disforme, que não se renderá jamais a argumentos ou fatos, mas que pode ceder ante a experiência do desmascaramento psicológico, da retirada dos véus do fingimento autolisonjeiro. É claro que saber essas coisas é só o começo de um adestramento para a vida intelectual, mas esse começo é difícil, e muitos já o transpuseram em tempo relativamente curto, prenunciando um avanço mais rápido nas etapas seguintes. Um dia, vinte anos atrás, vendo a esterilidade dos meus esforços, eu disse à minha mulher: “Sou o maior fracasso pedagógico da América Latina.” Já não posso dizer o mesmo. As coisas estão funcionando.”

      • “Sei que não vão concordar com tudo, e muitas vezes discordar de minhas posições ideológicas. Isto não importa. Se alguém se sentiu menos ‘ingênuo’ após ler qualquer coisa que escrevi aqui, para mim é o suficiente.”

        Sabe o que eu, como protestante de linha calvinista, tenho a dizer a dois católicos-romanos (Olavo de Carvalho e Pe. Paulo Ricardo) e a um ateu (Luciano…), com os quais tenho profundas discordâncias de ordem ideológica, moral, religiosa, cósmica, etc e tal? Resposta: muito obrigado! Pois com vocês tenho aprendido muito sobre a arte de se perceber os perigos da ingenuidade. Um abraço e continuem na luta, que nós agradecemos.

    • Eu acho inclusive que o Ayan está antecipando o passo seguinte, quer dizer, segundo o Olavo o primeiro passo é a formação de intelectuais e depois mais vários para estudo e preparação de estratégias para atuação política, e o Ayan já formulou muita coisa dessa segunda fase, trouxe pensamentos e livros dos Estados Unidos e adaptou pensamentos ao nosso ambiente, acho que com a velocidade que a esquerda quer se consolidar a existência de gente consciente no nível que o Ayan nos faz refletir é fundamental para termos esperança de nos livramos do futuro regime totalitário que planejam.

  2. A monstruosidade moral desses caras não tem limites, o ódio que reside nas falas deles é imensurável. Eles olham para os adversários e já visualizam cadáveres. Passou da hora de exonerarmos os ideólogos desse tipo de ideia da responsabilidade pelo que eles dizem, precisamos causar rejeição social a esse tipo de comportamento. Excelente texto, Luciano!

  3. Segundo a linha de pensamento dela, gayzistas, feministas, maconheiros e outros esquerdistas deveriam ser expulsos do ambiente acadêmico e presos por crimes contra a humanidade, já que vivemos num estado laico e as instituições de ensino e a política deveriam se ver livres de doutrinas arbitárias.

    E equiparar antiguidade a ‘errado’ (e por consequência novidade com ‘certo’), é o raciocínio de uma pessoa nem noção, que não pode ser confiada, pois será capaz de cometer boçalidades que prejudiquem a si ou a outros apenas porque são tidas como progressistas.

  4. Mais uma idiota útil, esses artistas funcionam como um amplificador para essas ideias, eles não pensam servem apenas como um componente de difusão dos esquerdistas

  5. A INTOLERÂNCIA CLARA E INQUESTIONÁVEL DA CANTORA é bem similar aos líderes NAZISTAS E MARXISTAS. Veneram uma ideia de liberdade e humanismo, desde que dentro dos padrões que eles IDEALIZARAM. Se ela é humanista, então, ela deveria tolerar a diversidade humana, a pluralidade de ideias e os pensar contrário. Que humanismo é esse que confunde-se com TOTALITARISMO (!!??). Pena, dá pena… Com esse discurso a cantora está condenada ao fracasso. Não canta nem fala, muito menos diz alguma coisa coerente. A democracia À BRASILEIRA vai transformar o sistema e todos podem acabar mal, pois a mentira não subsistirá nunca… A não ser que esta seja a primeira vez. Aceito reveses e contraditório (sempre).

  6. Excelente comentário, cara. Tenho aprendido muito com vocês. É complicado fazer bons julgamentos hoje em dia com todo o lixo ideológico que tentam nos empurrar goela abaixo e proíbe ou criminaliza a opinião. Bom ver que não estamos sozinhos indo contra a corrente.

  7. Pra mim a Pitty é da mesma laia que Tico Sta. Cruz, Caetano, etc: Artistas acéfalos que usam sua fama para falar merda porque sabem que não serão “cobrados” por isso, haja visto que o brasileiro em geral não tem senso crítico para com as suas “divindades intelectuais”.

  8. De acordo com ela, apenas ateus e agnósticos podem participar da política. Vai ver macumbeiros como Wyllys também podem. Maçons também. Já Católicos e Evangélicos NÃO!

  9. Entre Silas Malafaia, Pitty, Jair Bolsonaro e mais alguns que desejam fazer parte do esgoto, prefiro um chopp bem gelado na Praia de Copacabana.

    Brasil país estranho onde o dolo, a mentira e o escárnio contra a população é o que há.

    • Gostei dessa nova falácia. Quando se discute entre dilemas, pode-se usar o argumento da cerveja gelada.

      Exemplo:

      – Devemos reduzir a maioridade penal?
      – Eu prefiro tomar uma cerveja gelada.
      – Devemos liberar ou não as drogas?
      – Eu prefiro tomar uma cerveja gelada.

      É, esse aí eu deixei passar para vocês verem o nível que está o debate público hoje no Brasil. 😉

  10. O que dizer de alguém que quer “depor o Malafaia de seu posto”? Provavelmente tá confundindo Malafaia com Feliciano. Dá pena. Ela não sabe nem o que tá falando, perdeu totalmente o contato com a realidade.

    • “O Pastor Silas Malafaia tem que ser tirado do seu posto (presidência da Assembleia de Deus Vitória em Cristo)… porque o estado é laico.”

      o poço de sabedoria Pity (perdoe-me Ayan, mas a sacada foi muito boa, acho que sempre me referirei a esta, assim)

  11. ESSA MINA É UMA VADIA, UMA COMUNISTA CRETINA!! NÃO SABE CANTAR, COMPOR, ACHA QUE É ROQUEIRA, HAHAHAHA. EU SEMPRE ACHEI QUE LUGAR DE MULHER NÃO É EM CIMA DO PALCO, TOCANDO GUITARRA. MULHER PODE SER BOA PRA TRABALHAR EM QUALQUER OUTRA COISA, MENOS TOCAR ROCK. PRINCIPLAMENTE ESSA VAGABUNDA, FABRICADA EM UM ESCRITÓRIO DE GRAVADORA, QUE PAGA PARA SUAS MÚSICAS TOCAREM DE HORA EM HORA, O FAMOSO JABÁCULÊ!! PITTY, VAI TOMAR NO SEU CU SUA ESQUERDISTA DE MERDA!!

  12. ESSA PITTY, NÃO PASSA DE UMA IDIOTA, VÍTIMA DO MALDITO MARXISMO CULTURAL, QUE SÓ SABEM CULPAR “A SOCIEDADE HIPÓCRITA E EGOÍSTA” PELOS PROBLEMAS DELES. PITY, CALA A SUA BOCA!! CHEGA DE DITADURA GAYZISTA.

  13. “todas as vezes que tentei me deparei com os dogmas e não consigo seguir em frente”

    Hehehe, não dá pra levar a sério essa mentalidade: “nenhuma religião se encaixou nos meus próprios dogmas”.

  14. “Vivemos em um país laico e não acho certo poder eleger um candidato que representa uma doutrina.”

    Não pode haver doutrina, minha gente, ou seja, vamos eleger pedras, viva o país laico da mais nova intelectual do país, é uma Chauí que não odeia os ateus da classe média.

      • Isso é o que ela quis dizer, né? Mas pela limitação dela na língua ela fala “não acho certo poder eleger um candidato que representa uma doutrina.” e todo político tem uma base religiosa e/ou filosófico-política que por sua vez tem uma doutrina, não existe ser humano capaz de exercer cargo político sem doutrina.

    • Não é isso que ela quis dizer, na verdade extremistas religiosos, em sua maioria, passam por cima de constituições e direitos humanos. A crença de uma pessoa não é problema nenhum quanto à politica, desde que ela não tente passar por cima da política usando seus preceitos. Ninguém é obrigado a acreditar em Deus, ou Buda, ou Jah… enfim, e ninguém é obrigado a ser ateu, por isso ninguém é obrigado a ouvir pregação religiosa em meio à política, uma pessoa não tem direito de passar por cima de outras usando o discurso que “Deus abomina”. E não quer dizer que ela seja enviada de satanás, ou que eu seja enviado de satanás para defender os homossexuais. Isso é a realidade, não é porque políticos acreditam em Deus e na sagrada bíblia que eles tem o direito de impor as palavras que dela provém. E quem não acredita em Deus como fica? É muita hipocrisia essa coisa de livre arbítrio. O amor ao próximo também. Cara, na boa, se uma pessoa é homossexual, ou bissexual, travesti, transexual, ou enfim qualquer coisa. Ela é de qualquer forma um ser humano e tem os mesmos direitos que vocês, agora dizer que Deus abomina é realmente um discurso extremamente preconceituoso e de ódio ao próximo, que, se eu não me engano, Deus também abomina.

      • “Deus abomina é realmente um discurso extremamente preconceituoso e de ódio ao próximo, que, se eu não me engano, Deus também abomina.”

        Como ele pode abominar se não existe?

        Cria vergonha na sua cara seu Wellington. Ela apoia regimes ultrapreconceituosos, com discursos de ódio elevados ao infinito e que são ultraextremistas religiosos.

        “me sinto no século passado. Política não tem que ter vínculo com religião, somos um país laico, não há o menor sentindo envolver religião em uma discussão como essa”

        Logo ela que apoia sistemas que regridem a eras tribais. Por que ela não fala sobre aquela piada homofóbica de lula sobre Pelotas ser “exportadora de viados”?

        E as ditaduras homofóbicas muçulmanas apoiadas pela extrema esquerda?

        E a homofobia de Maduro?

        “Esses caras deveriam ser depostos dos seus cargos e julgados por crimes contra a humanidade. Preconceito é crime!”,

        Onde Silas Malafaia ou Marco Feliciano disseram que é para homossexuais serem presos ou não participarem da política?

        “Vivemos em um país laico e não acho certo poder eleger um candidato que representa uma doutrina. […] Eu acho que uma coisa que prega o respeito e o amor ao próximo não pode, ao mesmo tempo, pregar o preconceito e o racismo. Por isso religião e política não podem andar lado a lado”

        Laico não significa ateu. Essa pitty é tão pilantra, tão canalha, tão desonesta, tão cara de pau e tão mentirosa que quer ressignificar estado laico para estado ateu.Ela deveria usar isso para os ultraesquerdistas que pregam doutrinas de submissão total a carniceiros e carrascos que criam estados ultrainchados e ultratotalitários que desrespeitam direitos humanos.

        Todo e qualquer comportamento pode sim ser criticado. Duvido a Pitty falar assim com islâmicos.

  15. Tem tanto preconceito nesses comentários que superaram os do texto!
    Eu não consigo enter qual o problema de ALGUNS Ateus e ALGUNS cristãos, em vez de ficarem procurando briguinhas porque vocês não tentam fazer algo pro bem em comum de todos independente de religião, cor, raça ou opção sexual ?

    • Desmascarar fraudadores intelectuais é algo para o bem do debate público, e ajuda a tirar ideias genocidas da frente. E atenção, Elliot, o problema aqui não é entre “ateus” e “teístas” (e eu sou ateu), mas sim entre humanistas/esquerdistas versus seus adversários da direita, sejam eles conservadores cristãos, conservadores ateus, libertários de direita ou liberai, ou até mesmo neo-iluministas como eu.

      Você perdeu o ponto central do debate e dos comentários, lamento.

  16. O problema é que a Pitty esquece que entorpecente tira completamente o raciocínio lógico ai fica viajando na maionese falando cada bobagem digna de dó,e ainda ecoa na imprensa. Pitty minha querida cuidado o CRACK é foda hein,comeu mesmo seu juízo (neurônios).

  17. Ela é foda. Ainda não equalizaram o chip manipulado pelo estado. Ainda não percebeu que o estado é uma abstração composta por humanos não altruístas que utilizam da alcateia para beneficios próprios. O que seria de uma manada sem o macho alfa?

    • Olhem a lógica do Jorge Henrique Estrella e depois me digam se isso não é espiral do delírio…

      X: Eu discordo de que o comportamento de Y deva ser o padrão aceitável para a sociedade.
      Y: Eu acho que X, por discordar de mim, deve ser preso e silenciado.

      Na ótica, de Jorge Henrique, X e Y fazem o MESMO TIPO DE DEBATE. rs.

      Está aqui seu jogo: http://lucianoayan.com/2013/08/23/jogo-esquerdista-ausencia-deliberada-de-senso-de-proporcoes/

      Comparar alguém fazendo a crítica a um comportamento com alguém que pede a prisão de alguém por fazer críticas é um exemplo de uma ausência deliberada de senso de proporções.

      Não há mais como debater com você, neste caso. Lamento.

      Abs,

      LH

      • Pessoas de esquerda são seres realmente muito doentes em sentido mental. O fulano cai de paraquedas aqui, não lê artigo nenhum e vem com essa empulhação de espantalho.

        É deprimente. É como dialogar com uma planta….e olha que a planta ainda pode dar sinais positivos. Nem isso a esquerda consegue.

    • Pecador (igual a mim), caríssimo, que desrespeito seu, rapaz … COM AS PLANTAS :))

      Plantas são seres vivos muitíssimo mais evoluídos que esquerdistas. gente boa.

      Talvez uma analogia melhor seja “dialogar com as pedras”. Se bem que as pedras …

  18. Prezado Luciano, vc é ateu? Um discurso tão inflamado não combina com a geral assepsia atéia. Quando comecei a ler seu blog, podia jurar que se tratava de mais uma empreitada evangélica para legitimar a conduta duvidosa de seus porta-vozes (Malafaia, por ex.). Achei no mínimo interessante essa tática de empregar o discurso racional para dar uma aparência ‘científica’ àquilo que é essencialmente anti-racional e anti-científico; mas sabemos que se trata do emprego de técnicas de argumentação de Schopenhauer, um cínico assumido.
    Quanto a essa entrevista da Pitty, acredito que ela condensa as ideias gerais da “esquerda” (se é que podemos chamar qualquer coisa no Brasil de esquerda) descomprometida. Não acho que ela deva ser crucificada por isso. Até porque, a laicidade do estado não é algo que a Pitty inventou, está na lei maior. A pena de prisão pela discriminação também está na lei; e a lei, nesses casos, condensa o pensamento de uma maioria, aquilo que a maioria julga ser aceito. Culpemos o pensamento humanista pela amoralidade? As luzes trouxeram tudo o que pode ser considerado bom em nossa sociedade. Qual seria a outra alternativa, trevas eternas? Enfim, não estou aqui a ensaiar sobre as mazelas do século XXI, apenas aponto as contradições óbvias nesse tipo de discurso…

    • Bárbara

      Prezado Luciano, vc é ateu?

      Essa começou bem. Entra no site de um autor ateu, com vários textos publicados sobre o assunto, e faz uma pergunta dessas rs.

      Um discurso tão inflamado não combina com a geral assepsia atéia.

      Eu não acredito que ateus e teístas sejam diferente em “assepsia”. Tem evidências científicas? Aguardo.

      Quando comecei a ler seu blog, podia jurar que se tratava de mais uma empreitada evangélica para legitimar a conduta duvidosa de seus porta-vozes (Malafaia, por ex.).

      Sim, eu sei, neo-ateus praticam esta fraude o tempo todo. Já tratei disso aqui: http://lucianoayan.com/2013/01/10/rotina-neo-ateista-um-ateu-que-nao-reza-pela-cartilha-do-neo-ateismo-apenas-finge-que-e-ateu/

      Outra fraude já mapaeada: http://lucianoayan.com/2013/01/10/ateus-e-catolicos-nao-podem-concordar-em-suas-criticas-aos-neo-ateus/

      Assim, na boa, quem é que te ensinou a entrar no site de um especialista em mapeamento de fraudes intelectuais e tentar enganar o autor com as fraudes que ele conhece de carteirinha? hehehehe…

      Pior para vocês.

      Achei no mínimo interessante essa tática de empregar o discurso racional para dar uma aparência ‘científica’ àquilo que é essencialmente anti-racional e anti-científico

      Aqui é só um truque de distorção do conteúdo do oponente, pois estudar fraudes argumentativas que nublem a discussão é um empreendimento racional e científico. Na novilíngua de Bárbara, investigar fraudes de discurso em jogos políticos (como no caso de Pitty contra seus adversários teístas) é “anti-racional e anti-científico”. rs.

      Talvez ela queira dizer que se as fraudes forem contra teístas, então é “anti-racional e anti-científico”, mas aí ela se queima de vez.

      Espero que ela se explique melhor.

      mas sabemos que se trata do emprego de técnicas de argumentação de Schopenhauer, um cínico assumido.

      Só faltou demonstrar quais técnicas foram aplicadas em meu texto. Homonímia sutil? Manipulação semântica?

      Ah, também faltou citar as instâncias da suposta fraude.

      Se não, Bárbara cometeu mais um truque, o da “crítica não especificada”. Algo como dizer “há muitos erros no documento X”, mas fugir de apontar os erros.

      Caramba. Meus dúzia de truques sujos em um parágrafo? Essa realmente é prodígia…

      Quanto a essa entrevista da Pitty, acredito que ela condensa as ideias gerais da “esquerda” (se é que podemos chamar qualquer coisa no Brasil de esquerda) descomprometida.

      Aqui é o truque de dizer “não conheço a lei, não preciso cumprir”, que é o mesmo que “vou fingir que não estou comprometida com a esquerda, mas divulgar fraudes da esquerda, para ver se não me apontam as fraudes”.

      Isso está muito divertido rs.

      Não acho que ela deva ser crucificada por isso.

      Eu também acho que não. Acho que as fraudes no discurso dela devem ser apontadas, e só. E, para os religiosos que foram discriminados, cabe processo se eles quiserem.

      Já que vc falou em Schopenhauer, vc usou da falácia do espantalho, por via do estratagema de Schopenhauer denominado “rótulo odioso”, onde você tentou qualificar a crítica ao argumento de Pity com “crucificação”.

      Entendeu pq é bom ser especialista em Schopenhauer? rs.

      Até porque, a laicidade do estado não é algo que a Pitty inventou, está na lei maior.

      Aqui é o truque da homonímia sutil, junto com a manipulação semântica, dois estratagemas de Schopenhauer.

      Não há crítica ao estado laico, mas sim à manipulação do conceito de estado laico para privilegiar humanistas. Você não conseguirá, logicamente, demonstrar que meu texto faz qualquer tipo de crítica ao estado laico….

      Você não consegue escrever uma linha sem praticar fraude? rs.

      Culpemos o pensamento humanista pela amoralidade? As luzes trouxeram tudo o que pode ser considerado bom em nossa sociedade.

      hahahahahahahaha… Em uma linha ela fala de “humanismo” e depois salta para “iluminismo”, querendo enganar o leitor fingindo que são a mesma coisa, quando na verdade o iluminismo teve uma mistura de autores humanistas, não-humanistas, sejam eles ateus, teístas, deístas, etc.

      Além do mais, dizer que “iluminismo trouxe tudo de bom em nossa sociedade” é o uso indevido de quantificadores universais, de forma que chega a ser ridículo. O iluminismo trouxe coisas boas, inclusive o uso do ceticismo para desmascarar fraudulentos, como estou fazendo com você. Mas também trouxe a religião política, e, no caso do iluminismo radical, trouxe a religião política extremada.

      O iluminismo é apenas mais um evento na história da humanidade, que, como tal, tem coisas positivas e negativas.

      Ademais, meu empreendimento é 100% inspirado no iluminismo original.

      Toma, besta…

      Qual seria a outra alternativa, trevas eternas?

      Falácia do falso dilema nesta altura do campeonato? Ah, vá estudar vagabunda…

      Aproveite para ler aqui: http://lucianoayan.com/2013/04/27/glossario-neo-iluminismo/

      Enfim, não estou aqui a ensaiar sobre as mazelas do século XXI, apenas aponto as contradições óbvias nesse tipo de discurso…

      Na próxima tentativa de fraudar o debate, tente manifestar um pouco mais de sutileza e classe, pois sua vagabundagem nesta participação foi patética e indigna do debate racional. O seu discurso é digno ou de psicopata ou de um demente…

      A coisa tua é tão de baixo nível que você, como representante do humanismo exacerbado, provavelmente será homenageada com um post, que tal?

  19. Chega a ser constrangedor o nível de desinformação atual da classe de artistas do nosso Brasil! Abrem a boca pra falar daquilo que pouco conhecem e acreditam estar acima do bem e do mal. A sr. Pitty segue a cartilha politicamente correta e posa de rockeira-blasé-pseudo-cult nos seus mínimos detalhes e reverbera uma opinião sem qualquer embasamento!!

    “Ela seleciona seu ato discursivo não pela lógica e/ou moralidade dele, mas pelo benefício que recebe.” Excelente frase que poderia ser estendida a maioria dos artistas brazucas que cantarolam as cartilhas marxistas. Excelente texto, Ayan. Parabéns!

  20. lastimável, é a mídia distorcer o que a Pitty fala, lamentável, são os políticos que usam a crença das pessoas pra subir na vida, é desesperador isso, aí eu me pergunto ” De que vale sair pra protestar nas ruas por melhorias para o nosso país, se muita gente depois defende esses caras que tiram dinheiro do nosso bolso?” Se nas próximas eleições eles vão ser reeleitos, porque “são bons”, “são religiosos” Vão aprender a interpretar textos!
    É por isso que o Brasil tá uma merda, porque quando alguém toma a iniciativa de ir contra estereótipos a mídia tem o magnífico dom de catalogar na cabeça das pessoas que essa pessoa está errada.

      • De que vale sair pra protestar nas ruas por melhorias para o nosso país, se muita gente depois defende esses caras que tiram dinheiro do nosso bolso?

        Me diz aí Nayara…o malafaia tá tirando dinheiro do seu bolso? …….hummm….como?
        O feliciano tá tirando dinheiro do seu bolso?……como?

        É por isso que o Brasil tá uma merda, porque quando alguém toma a iniciativa de ir contra estereótipos a mídia tem o magnífico dom de catalogar na cabeça das pessoas que essa pessoa está errada.

        Nós estamos indo contra o esteriótipo que humanistas falsamente rotulam a religiosos. Seja bem vinda a realidade. Estamos indo contra o esteriótipo que artistas (que não fazem arte) de esquerda- merda (pleonasmo) rotulam pessoas de direito. Sim o Brasil está uma merda……

        PORQUE ESTÁ CHEIO DE GENTE COMO VOCÊ.

  21. Acho que já passou da hora de desmascarar aquele outro imbecil do Tico Santa Cruz, o maior falador de merda do Mundo artístico. O demagogo vive criticando a corrupção mas fez uso daquela lei rouanet para captalizar 1 milhão para sua banda de merda.

  22. Engraçado como hoje em dia toda cocotinha (essa é das antigas) do jet-set se candidata a Jezabel, aquela princesa sidônia casada com o rei israelita Acabe e que mandou massacrar os sacerdotes israelitas que não se bandeassem pro culto a Baal.

  23. “””
    Pitty, agnóstica assumida, também se mostrou indignada com a proibição do kit gay feito pela Presidente Dilma Rousseff, “me sinto no século passado. Política não tem que ter vínculo com religião, somos um país laico, não há o menor sentindo envolver religião em uma discussão como essa”
    “””

    O que a proibição do kit gay tem a ver com religião?
    NADA.
    Tá cheio de ateu por aí que não quer que seus filhos recebam o tal kit gay.

    E pior, essa Pitty tá dizendo que o governo deve financiar o kit gay, com o dinheiro das pessoas que pagam impostos e NÃO QUEREM o kit gay.

    É uma ditadora, querendo impor o kit gay à quem não quer!

  24. Acho tão comico e ironico escutar esquerdistas falando sobre “crimes contra a humanidade” após maravilhas como o facismo/nazismo/comunismo…

    É quase como se o diabo em pessoa subisse ao palanque para falar mal do próprio inferno! (Supondo que ele ainda seja o governante, o PT anda aparelhando tudo, vai saber…)

    O pior é que gente como ela realmente não sabe que é idota útil, acredita mesmo que é alguém “consciente”, “engajada”, “progressista”, blablabla!

  25. Pitty faz um rockzinho ruim de doer. Agora, querer bancar o Caetano e dar pitaco em assuntos mais sérios, por favor, nos poupe. E cuidado com as pregações por um estado que pode prender qualquer um por “crimes contra a humanidade” só por expressar uma opinião divergente da sua. Esse tipo de Estado costuma pegar quem ele quiser, se o vento por acaso muda de direção. Basicamente, pense um puco antes de falar.

  26. Comunistas em geral são assim mesmo, vestem a mascara de bonzinhos democráticos, e não passam de uns vermes totalitaristas, eles sim é que são ditadores, discípulos de Stalin, essa cantora é mais uma comunista vadia, segunda a lógica dela, ela e muitos outros esquerdistas deveriam ser presos por crimes contra a humanidade, eu sou cristão, trabalho na Câmara Municipal de São Paulo, pretendo um dia ser Parlamentar, e gostaria muito que os cristãos de hoje deixassem de ser frouxos, e tivessem um pouquinho desse sangue de guerreiro que tem o Bolsonaro e o Feliciano, que estão lá praticamente sozinhos combatendo a tirania, chega de esquerda, chega, não quero mais gente ruim, mal caráter e mentirosa no poder.

  27. Eu sei o que falta para a Pitty. Lavar, cozinhar e passar roupa. Feministas são que nem militantes do PT. Não fazem nada na vida, a não ser criticar a sociedade “machista, fascista, reacionária, burguesa, intolerante, misógena, egoísta, individualista, racista, preconceituosa e por aí vai” kkkkk. Cala a boca Pitty, nem compor e nem cantar você sabe! Pseudo roqueira criada em escritório de gravadora.

  28. Algum dos bundas-moles com delirios de grandeza que se lambem aqui ja foram apresentados a dona buceta? Porque, a vista de toda evidencia, parece que nao.

Deixe uma resposta