Ives Gandra inocentando José Dirceu, enquanto a esquerda petralha comemora. Mas não deviam fazer isso…

2
41

2581516-9841-rec

Em uma entrevista a Folha de S. Paulo, o jurista Ives Gandra, considerado por alguns como conservador de direita, disse o seguinte sobre as provas contra José Dirceu:

Eu li todo o processo sobre o José Dirceu, ele me mandou. Nós nos conhecemos desde os tempos em que debatíamos no programa do Ferreira Netto na TV [na década de 1980]. Eu me dou bem com o Zé, apesar de termos divergido sempre e muito. Não há provas contra ele. Nos embargos infringentes, o Dirceu dificilmente vai ser condenado pelo crime de quadrilha.

Enquanto alguns da direita se indignaram, toda a Blogosfera Estatal comemorou. Mais ainda: apresentaram a declaração de Ives Gandra como se fosse um troféu.

A meu ver, Gandra deu sua opinião, da qual outros discordam. Além do mais, ele se declarou amigo de Dirceu, o que pode “contaminar” sua opinião.

Seja lá como for, a esquerda petralha comete um erro estratégico ao comemorar com tamanho afinco a opinião de Ives Gandra.

Com essa comemoração toda, o que eles nos dizem é o seguinte: “o ato de alguém reconhecer que o outro lado pode estar certo é algo tão incrível que, quando um oponente nosso fizer isso, faremos festa até dizer chega.”

Mas a tradução do comportamento deles é exatamente oposta. Eles nos sub-comunicam que jamais reconhecerão estar errados diante de seus oponentes, e, portanto, se impressionam tanto quando um oponente reconhece estar errado (ao menos em termos de opinião) diante deles.

Ives Gandra não provou que não existem provas contra José Dirceu. Ele apenas deu sua opinião, e nada mais. Isso nem de longe fecha o caso.

Mas com certeza fecha o caso em favor de mostrar que esquerdistas, especialmente da extrema-esquerda petralha, reconhecem o ato de opinar em favor de um oponente como algo extraordinário e inacreditável.

Nada mais previsível, pois esquerdistas não entendem o ato de reconhecer seus próprios erros, ou mesmo acertos do oponente.

Anúncios

2 COMMENTS

  1. Luciano, você leu o processo do mensalão?
    O Ives Gandra está certo, não existe provas.

    O que me deixou decepcionado com o Ives Gandra não foi ele ter dito que não existem provas no processo do mensalão contra o Dirceu. O que me deixou desapontado é ele dizer que se dá bem com o Dirceu.

    Quanto ao mensalão, eu recomendo ler isto aqui, e COM MUITA ATENÇÃO!

    http://www.manoelpastana.com.br/index.php/artigos/215-republica-fedorativa-dos-tuiuius-e-o-mensalao-do-pt.html

    • Em resumo, a ausência de provas contra o Dirceu se deve a não inclusão do Lula no processo como um dos réus, já que ele seria o elo de ligação do Dirceu na operação.

Deixe uma resposta