Maria do Rosário e o calcanhar de Aquiles da esquerda

21
156

calcanhar_aquiles

Quem diria que Maria do Rosario se tornaria famosa em tempos onde as notícias do momento se resumem a aliança de Marina Silva com Eduardo Campos e o retorno das manifestações violentas em vários estados?

Em 17 de outubro, publiquei o post Piada em cima de piada: Ministra Maria do Rosário solicita responsabilização de autor de notícia fazendo gozação em cima de sua tolerância com o crime.

O blog Maquiavel publicou ontem o texto A ministra que não sabe rir:

A ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário já escolheu seu mais recente inimigo: um blogueiro anômimo que, sob a alcunha de Joselito Müller, divulga piadas em formato de notícias – falsas – na internet.

A Polícia Federal recebeu nesta sexta-feira o pedido de abertura de inquérito para investigar o autor de um texto humorístico sobre a ministra. A investigação deve ter início na segunda-feira. Maria do Rosário se irritou quando a página divulgou um texto atribuindo a ela declarações favoráveis a um ladrão de motocicletas que foi baleado por um policial militar paulistano na semana passada; as imagens correram a internet.

A petista deixou evidente que entende tão pouco de humor quanto de liberdade de expressão: anunciou que recorreria à PF para descobrir o autor da troça e exigir que a página saísse do ar. A ministra declarou guerra, portanto, a um blog humorístico amador, que não esconde de seus leitores o fato de produzir notícias falsas – como “Chico Buarque recusa convite para substituir Bell Marques no Chiclete com Banana” e “Carla Perez escreverá coluna literária no The New York Times“.

Maria do Rosário tentou se explicar em uma nota à imprensa: “Sou defensora plena da liberdade de expressão, mas a manipulação é inadmissível”. A frase pode ser traduzida como “Sou contra a censura, desde que eu não seja contrariada”.

E não custa lembrar: foi a mesma Maria do Rosário quem lançou na internet a ilação de que oposicionistas estavam por trás dos boatos sobre o fim do Bolsa Família. A ministra não se retratou nem quando a Polícia Federal descartou a hipótese.

O blog Diário do Poder disse que a PF já não aguenta os caprichos de Maria do Rosario:

Fonte da Polícia Federal revelou ontem que a corporação anda farta dos caprichos da ministra da Secretaria de Direitos Humanos. Maria do Rosário parece gostar de se sentir poderosa, acionando e ocupando delegados e agentes em investigações bizarras. Foi dela a “denúncia” de que a oposição espalhara o boato sobre o calote ao Bolsa Família, e a PF concluiu depois que a responsabilidade fora da própria Caixa.

Desta vez, Maria do Rosário fez o ministro da Justiça acionar a PF para intimidar um blogueiro que atribui a ela declarações que não fez.

Dilma subiu nas tamancas com a história, inverídica, de que Maria do Rosário criticara o PM paulista filmado frustrando um assalto à bala.

O ponto adicional, que complementa toda essa situação, é a absoluta falta de senso de humor que os esquerdistas possuem enquanto estão sendo ridicularizados. Eles simplesmente “travam” quando se defrontam com o lançamento do ridículo sobre eles. Perdem a compostura e qualquer sinal de espirituosidade. Acima de tudo, se desestabilizam.

Comecei a me interessar pelo fenômeno da ridicularização quando comecei a estudar o movimento neo-ateísta, anos atrás, e entender qual a paga política que eles conseguiam ao lançar o ridículo contra seus inimigos da religião. Um dos melhores autores a explicar a funcionalidade do uso da ridicularização na guerra política foi Saul Alinsky, que transformou o ato de ridicularização do oponente em um método para a política. Alinsky constatou o que hoje já tomamos como óbvio: pode-se responder a um argumento, mas não a um ato de ridicularização.

Os cristãos se acostumaram a receber bem as pancadas dos oponentes. Por exemplo, quando os neo-ateus dizem que religiosos cultuam um “amigo imaginário”, estão simplesmente usando a tática de ridicularização proposta por Alinsky. A maioria dos religiosos ainda não aprendeu a atacar de volta, mas, ao menos, eles não perdem a cabeça quando recebem o ataque calcado em chacota.

Por outro lado, se fizermos exatamente o mesmo que os neo-ateus fazem com os religiosos, mas em direção aos esquerdistas, teremos atingido o Calcanhar de Aquiles deles. O comportamento de Maria do Rosário é um exemplo de como eles reagem mal à ridicularização.

Isso talvez se explique pelo fato dos religiosos políticos possuírem muito mais absorção de suas crenças às suas identidades do que os religiosos tradicionais. Estes últimos acreditam em Deus, mas não se consideram uma parte de Deus ou o próprio Deus. Mas os esquerdistas, por outro lado, se acham parte do movimento de salvação da humanidade, mesmo que, do lado de fora, sabemos que eles apenas caíram no conto da carochinha.

Vamos supor que Maria do Rosário ainda tenha um tanto de funcional em sua personalidade esquerdista. Sendo assim, ela realmente acredita que é “parte da luta por uma melhoria do mundo”, sendo que essa melhoria passa pela educação de criminosos mostrando-lhes que “roubar e matar é errado”, e que, eles aprenderão!

Quando os neo-ateus ridicularizam teístas com piadas sobre Deus, os últimos ainda poderão se safar psicologicamente, pois apenas aquilo em que acreditam foi motivo de troça, não eles próprios. Mas quando fazemos algo similar em direção às crenças esquerdistas no estado inchado, ou mesmo contra ideias patéticas como a tolerância ao crime, eles perdem a cabeça, pois sentirão que o escárnio foi lançado contra suas identidades.

Mas isso é apenas uma hipótese, que merece ser estudada de maneira mais aprofundada. O que importa é que é mais claro que a neve o fato dos esquerdistas serem uma das classes de humanos que mais se desestabilizam perante ridicularizações lançadas contra eles. Isso geralmente resulta em perda completa da compostura.

A baixa resiliência ao ridículo é o grande Calcanhar de Aquiles da esquerda. Aproveitem e divirtam-se.

Anúncios

21 COMMENTS

  1. “O ponto adicional, que complementa toda essa situação, é a absoluta falta de senso de humor que os esquerdistas possuem enquanto estão sendo ridicularizados.”

    Luciano, essa turma tá começando a comer o próprio rabo em rede nacional!

    Pô, vcs viram o exemplo disso na última quinta-feira no programa ‘Agora é Tarde’ (na ‘mesa-vermelha’)? Comentei sobre no último post da Dna Maria (a louca).

    Estão perdendo a mão, a compostura, o auto-respeito, a auto-preservação. Estão começando a se sentir vulneráveis, ameaçados nos seus intentos maquiavélicos. A dissimulação já não tá mais funcionando como antigamente. As cortinas do ‘teatro da vitimização’ (e do absurdo que não tolera a realidade) estão descendo; parte do público já tá levantando e indo embora do espetáculo e querendo o dinheiro de volta.

    Não acho que seja exagero dizer, mas o trabalho de pessoas como vc parece que começa a dar resultado. |¬)

    Abs e continue com a caça às birras esquerdistas, chutando os totens de areia que foram produzidos por essa mentalidade revolucionária.

    Valeu!

  2. Pessoas como Maria do Rosário são super orgulhosas. Orgulho; Elevado conceito que alguém tem de si próprio; amor-próprio exposto de modo exagerado; altivez, soberba. Como estamos lidando com uma classe de pessoas orgulhosas,soberbas,arrogantes. A pois a ideologia orgulhosa e arrogante deles os leva fatalmente a este comportamento.
    Logo a pior coisa é “mexer” com o orgulhoso. Veja Provérbios 28:25 O orgulhoso de coração levanta contendas, mas o que confia no Senhor prosperará. Note o orgulhoso levanta contendas. Note uma gozação e a ministra já está em contenda com o humorista.

    JR 48:29 Ouvimos da soberba de Moabe, que é soberbíssimo, como também da sua arrogância, e da sua vaidade, e da sua altivez e do seu orgulhoso coração. Aí ! Está a descrição bíblica de um povo antigo no Velho Testamento. Como será fácil entrar em conflito,atrito,desavenças,ódio com um povo assim.

    Embora! Possa existir religiosos orgulhosos e não tementes a Deus. O certo é que o religioso humilde e temente a Deus suporta e perdoa ofensas,gozações e humilhações. E foge de conflitos,contendas,desavenças,ódio e troca de ofensas.

  3. Luciano, você viu que a PM deu a mais alta honraria de que dispõe ao oficial que deu os dois tiros de imobilização em Leonardo Escarante e o impediu de levar a Hornet? Talvez seja a primeira vez em que a internet foi decisiva para a honraria de um policial e continuo aqui batendo na tecla de que valeria a pena falar sobre esse monte de manifestantes pedindo a desmilitarização da PM, pois de minha parte sigo muito desconfiado de que isso na realidade seria uma manobra para que não houvesse nas unidades federativas alguma força de maior resistência às forças militares federais.

    • Cidadão, me intrometendo…

      Era isso de que eu falava sobre voltarmos (a população de um modo geral) a VALORIZAR a profissão de policial nesse país (de todos os agentes de segurança que estão na linha de frente dessa GUERRA ASSIMÉTRICA que é contra todos os valores ocidentais, contra todo o desejo de harmonia, tolerância e consenso razoável e inteligente de administração social.

      A PM lá já fez a parte dela (em qualquer país civilizado isso seria até natural, normal a se fazer).

      Falta agora o povão ir pras ruas e dizer em alto e bom som: ESTAMOS COM VCS, POLICIAIS! ESTAMOS COM A VOSSA INSTITUIÇÃO! E ESTAMOS ESPERANDO QUE NOSSO LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO NÃO BOTEM TODO TRABALHO DE VOCÊS A PERDER, COM LEIS E JULGAMENTOS QUE SÓ ENDOSSAM E FOMENTAM O CRIME POR TODA PARTE!

      Já pensou!?

      Black-blocs, sindicatos, militantes, idiotas-úteis, Ongs, CVs e PCCs talvez coloquem suas barbas revolucionárias de molho.

      Estamos numa encruzilhada moral e constitucional; o futuro imediato do país dependerá de escolhermos AGORA pros nossos filhos e netos a MELHOR INSPIRAÇÃO a ser seguida e o caminho mais digno e civilizado a ser trilhado; qualquer coisa que seja o oposto da barbárie e do paganismo anárquico deve ser bem vindo em nossas reflexões.

      Abs

      • Por isso que acho importante que este blog abra um espaço para que se converse sobre o que fazer nas eleições do ano que vem se você for alguém que combate o marxismo-humanismo-neoateísmo. Por ora acho importante que se tente parar de alguma forma o processo de ruptura que se encontra em curso no país.

      • Cidadão, também acho isso muito importante. Porque não adianta só ver o que está errado e a desgraça que está por vir. Precisamos nos unir para frear isto de alguma forma, se não, de nada adianta entramos nesse blog todos os dias pra só ver o que está acontecendo de braços cruzados. Mas não acho que precise ser necessariamente um espaço no blog do Luciano, pode ser em outro lugar,nem que seja um grupo de rede social, sei lá..só uma sugestão. =)

  4. Quando alguém se torna Cristão ou se converte a uma religião como a dos Cristãos Monoteísta, logo já é avisado para o novo crente que ele será perseguido e ridicularizado, porque isto aconteceu em toda a história. Dai que o sujeito já tem no ato uma atitude de estar “sofrendo” pela sua fé e fica feliz por isto. No caso dos Ptistas, eles e a esquerda perderam completamente as suas referências. Sobrou pouco neste mundo globalizado, alguém que ainda governe sob o sonho Socialista e Comunista. Separei os dois porque tem gente da esquerda que não quer ser comparado um ao outro. Ou você é Socialista ou tem o estato de um ser da esquerda superior e dai se identifica como Comunista. Agora, é esta falta de referencia que os tornou fragilizados. E eles realmente não suportam as brincadeiras que fazem parte da politica aqui no Brasil. É uma esquerda mau humorada que esta no poder. É este mau humor é que faz parecer que a cada brincadeira com eles, a estória vira história.

  5. Luciano, lembra-se da professora Ana Caroline Campagnolo, de quem você falou aqui e aqui? Pois bem, poucas horas atrás ela estava em um hangout bem legal sobre o feminismo e finalmente consegui entender direito a história de “não há um feminismo, mas feminismos” e a finalidade disso dentro da estratégia de avanço do marxismo-humanismo-neoateísmo de matiz gramscista:

    http://www.youtube.com/watch?v=4Pf32aIXHTg

    Complementando, segue este vídeo do Pizzaria Brasil:

  6. O problema é que a piada feita com ela sobre o caso do ladrão da moto É TÃO VEROSSÍMIL que até eu caí!!! Ou seja, procure sem comportar de maneira menos patética ideologica e politicamente, que é pra não ter que passar por este constrangimento, Maria do Rosário. Você defendendo o assaltante, eu fecho os olhos e vejo!!! Nitidamente!

Deixe uma resposta