Uma mensagem fundamental de David Horowitz

10
95

404105106_640

Vi na página do amigo Alex Brum, no Facebook:

“Conservadores são decentes demais para a política e é por isso que não gostam de política. Conservadores não gostam de colocar a mão na lama, no jogo sujo, a briga de rua que é a luta política real.

Conservadores são construtores, a esquerda é destruidora. Conservadores empreendem, criam negócios, juntam forças, atraem consumidores, não é da natureza de empreendedores afastar parceiros de negócios e clientes em potencial, estão sempre buscando minimizar conflitos.

A esquerda vive na luta, eles vivem para lutar, para confrontar, para comprar briga e incomodar. E é por isso que são tão bem sucedidos em acusar os outros, em apontar o dedo, em constranger e silenciar os adversários, em enfraquecer o outro lado.

Nós não expomos suas hipocrisias, suas mentiras, não mostramos os erros das reportagens que criam, preferimos acreditar que é tudo uma questão de diferença de opinião que pode ser resolvida numa conversa.

Precisamos de conservadores dispostos a ir para a guerra, a responder fogo com fogo.”

David Horowitz

Meus comentários

Eu não sou conservador. Sou um liberal. Mas já estou respondendo fogo com fogo na guerra política contra a esquerda há muito tempo. Os conselhos de Horowitz valem para todos aqueles que não rezam pela cartilha da esquerda.

Anúncios

10 COMMENTS

  1. Oi a todos.

    Impecáveis as posições de Alex Brum e de Luciano. É isso mesmo.

    Avalio como procedente e lúcido o cidadão David Horowitz.

    Valorizo a boa conduta construtiva e harmônica de convívio comunitário ou social, participando e atuando na “polis” como a correta conduta do “politikes”, exercendo “civitatem”.

    Mas não podemos também, simplesmente, aceitar viver como ovelhas meigas amestradas. Temos de agir e reagir, pois é uma questão até de mera sobrevivência.

    Temos que necessariamente fazer escolhas na vida, ou lutamos ou seremos devorados pelo predador.

    É isso ai.

    Abraços a todos.

  2. Excelentes conselhos do David Horowitz. Luciano, após conhecer o teu site passei a aprender mais sobre essa batalha. Com textos como os seus, os do Olavo de Carvalho entre outros, as pessoas mais jovens possuem ótimas referências para se armar para as batalhas que estão por vir.

  3. É exatamente por isso que a esquerda odeia tanto o americano médio. Talvez nenhum outro povo seja ao mesmo tempo tão conservador e tenha tanta pronta disposição para responder fogo com fogo. NRA e Tea Party entre outros estão aí para mostrar a alma americana e para o desespero vermelho.

  4. Luciano este vídeo chegou a mim por facebook enquanto observava a discussão de um amigo meu neutro com outro sabidamente esquerdista psoliano. O assunto era a violência das torcidas no fim do brasileirão , meu amigo neutro argumentava sobre a selvageria humana e o esquerdista puxando para violência policial,desmilitarização etc…Meu amigo neutro com sucesso refutava todos os argumentos esquerdistas,negando com veemência e com razão em concordar com o outro. Mas aí que o assunto descamba para outro lado e o esquerdista pergunta se o outro concorda com isso:https://www.youtube.com/watch?v=fNw8uZatHHU o que o outro responde que não, o que deu o assunto por encerrado. Minha pergunta é: Como pode esses esquerdistas serem tão escorregadios?

    • Muito bom, Anderson Silva. Excelente complemento ao trecho postado pelo Luciano. Este site tem sido de grande ajuda na minha busca por conhecimento.

      • Obrigado, Fábio…

        “Este site tem sido de grande ajuda na minha busca por conhecimento.”

        Pra mim também, pra mim também… Vou me esforçando o que posso (e o que não posso) pra, pelo menos, ser um aluno regular nesse curso de Ceticismo Político e Dinâmica Social. |¬)

  5. O esquerdismo quando moderado deve ser tolerado, a direita precisa de contrapontos, ninguém deve ter suas idéias aceitas sem questionamento, NINGUÉM!

    Já socialismo/comunismo deve ser enfrentando em todos os níveis, cultural, intelectual, politico e militar!

    Devemos pelo bem de todos, como demonstra a história, destruir a cultura comunista, expor a mentira intelectual, excluir da politica os adeptos do comunismo/socialismo e em última instancia pegar em armas se necessário para preservar a democracia e o devido equilibrio entre esquerda e direita.

    Por isso mesmo uma das coisas que mais me preocupa é a desmilitarização da policia, já que o PT tem o braço armado do MST que em certas regiões do Brasil, controla áreas inteiras de fronteira e estão armados com equipamentos militares muitas vezes fornecidos pelas FARCs. Uma vez que não haja policia militar, o próximo será o exército, não havendo mais resistência, o país fica a merce dos guerrilheiros fiéis ao Partido dos Terroristas!

  6. “Precisamos de conservadores dispostos a ir para a guerra, a responder fogo com fogo.”

    No português claro: que estejam dispostos a se “ferir”, a “apanhar” e a MORRER no campo aberto de batalha (o prof. Olavo sempre diz que a esquerda teve sucesso nas suas empreitadas de destruição porque acreditaram no que NÃO PUDERAM VER e deram suas vidas, tempo e dinheiro nisso…

    Em privado engolir alguns ‘sapos’ temporariamente, saber recuar como fez o dep. Marco Feliciano, por exemplo, em contraste com o dep. Bolsonaro na PE da Tijuca medindo forças com aqueles viadinhos do PSOL ou lá no Congresso com a rainha da delinquência di menor, Maria (a Louca do rosário)… Cada passo nessa guerra deve focar NO LUCRO POLÍTICO que virá, certo fessô Luciano!?)…

    E que estejam dispostos tb a “bater” somente na HORA CERTA, em ambiente adequado (PÚBLICO, como aqui na internet, octogonum, palestra na USP, qualquer evento com platéia…) que me favoreça (saca o S. Alisky, a turma do UFC, Bruce Lee, Rocky Balboa? Pois é… Dia desses contei sobre o ocorrido num super-mercado aqui perto, das pessoas, pra minha surpresa, ficaram bem receptivas ao que eu disse sobre economia, educação, segurança e governo)…

    Deixar o melindre em casa, tornando-se IMUNES a QUALQUER tipo de represália lá fora (escárnio, ridicularização, difamação, agressões físicas e até ameaças de morte)…

    Que estejam dispostos A PERDER o “cabaço” da ingenuidade política e ideológica e o que se considera valoroso, importante, fundamental, INEGOCIÁVEL…

    A coragem pra lutar nasce do risco da perda. Lutar pelo que amamos também gera sacrifícios. E temos que estar dispostos a isso.

    Pelo que os conservadores (e liberais) estão dispostos a se sacrificar? Vida? Bens (Ahhh a coleção de HQs de luxo… os vinis raros)? Liberdade? Honra? Família? Segurança? Emprego? Playstation? Netflix?… O que “ameaça realmente” a minha permanência eterna no sofá de casa e no trabalho?

    Fora que no meio de uma guerra, a primeira coisa que se aprende é saber o que é ESSENCIAL para ir na sua mochila. Pensemos a nossa vida como essa mochila do soldado. Precisamos deixar algumas coisas pra trás, jogar fora o “peso-morto” que me impede de combater melhor.

    Qual é o seu “peso-morto”? O prof. Horowitz cantou-a-pedra (deu a dica).

    ————-

    -Uns pitacos do prof. Olavo de Carvalho que se coadunam com o que o Luciano cansa de falar aqui e o Horowitz tb tá careca de dizer:

    “Si vc não desmoralizar as pessoas NÃO adianta desmoralizar as ideias. Essa gente da esquerda é LOUCA e perigosa, NÃO podem ser respeitados em HIPÓTESE ALGUMA, são psicopatas, assassinos em potencial cheios de FÚRIA por vc; isso é de uma GRAVIDADE TERRÍVEL e que por isso mesmo ninguém (na dita direita) quer ver e admitir.”

    “[…]Chegou uma hora que eu me toquei: a educação, a formalidade, a POLIDEZ de comportamento está servindo de INSTRUMENTO DE CONTROLE do meu próprio comportamento (de instrumento OPRESSIVO em cima de mim). O sujeito vem e ti fala coisas tão FRONTALMENTE ofensivas e com linguagem adocicada (em estilo UNTUOSO) que sugere às vezes até o seu assassinato (ou começa a justificar homicídio em massa, etcs…) e ainda exige ser respondido polidamente.[…]Essa turma da esquerda é de uma violência psicológica FORA DO COMUM; é por isso que quando a turma conservadora, liberal ganha num debate de ideias com esquerdistas, NÃO leva o prêmio pra casa.[…]Quando um esquerdista olha pra vc, já ti considera um cadáver.”

    “O palavrão é o único instrumento de comunicação possível em determinadas circunstâncias”[*faltou aqui o ‘ORA, PORRA!’]
    |¬)

    “DESTRUIR SUA SEGURANÇA” (sobre como desmoralizar o movimento esquerdista)

    “E TODOS esses movimentos de esquerda- todos- se movem pela força das classes intelectuais, pelas ideias dos intelectuais que se impõem SOBRE as ideias existentes dentro da sociedade. Quem domina as ideias, os pensamentos, as atitudes, as condutas sociais, domina a sociedade. Observe o que acontece dentro das classes falantes (intelectuais) que vc vai entender a LOUCURA DO MUNDO desde a Rev. Francesa.”

    “Romper com a LINGUAGEM HIPÓCRITA cínica, medíocre através dos palavrões para colocar o sujeito no seu devido lugar. Não é uma questão de ter uma “IDEIA ERRADA”; é uma questão de aceitar a vigarice como sendo uma condição tão digna de respeitabilidade quanto o esforço (às vezes equivocado, diga-se) intelectual sincero.”

    “Ranhetice universal (encenando cara de tédio e dor) para parecer bacana. Começar a falar tão mal do Mal que vc fica parecendo a encarnação do ‘Sumo Bem'” (sobre o esquema mental falacioso da turma revolucionária da cultura)

    Abs gerais.

    “UM DOS CRITÉRIOS DA GRAVIDADE DOS MALES É A POSSIBILIDADE DE CORRIGÍ-LOS… OS MALES CRIADOS NUMA DITADURA REACIONÁRIA VOCÊ CORRIGE DEPOIS NA DEMOCRACIA; OS CRIADOS NUMA DITADURA REVOLUCIONÁRIA MATA O PAÍS, O CAPIM NÃO CRESCE MAIS”

    “O INFERNO É A IMPOSSIBILIDADE DA RAZÃO” (e o que a esquerda não desiste de fazer a mais de 250 anos e jogar o mundo civilizado nesse buraco)

Deixe uma resposta