Sem a militância para apoiar fica difícil, não é Dilma? Presidente do Brasil dá vexame em discurso no velório de Mandela

24
46

dilma

Fonte: Folha Política

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira, durante a cerimônia em homenagem ao ex-presidente Nelson Mandela, que o líder sul-africano foi um exemplo na busca pela liberdade, justiça e paz no mundo. Diante de uma plateia de 70 mil pessoas, segundo o governo local, a presidente disse que o povo brasileiro se inspirou na luta de Mandela e que chorou com sua morte.

“Sua luta transcendeu suas fronteiras nacionais e inspirou homens e mulheres, jovens e adultos, a lutarem por sua independência e justiça social. Deixou lições não só para seu querido continente africano, mas para todos aqueles que buscam a liberdade, a justiça e a paz no mundo. Nós, nação brasileira, que trazemos com orgulho o sangue africano em nossas veias, choramos e celebramos o exemplo desse grande líder que faz parte do panteão da humanidade”, afirmou. Dilma foi a segunda chefe de Estado a discursar no evento realizado no FNB Stadium, mais conhecido como Soccer City, em Johannesburgo.

Ela precisou de um tradutor e chegou a cometer vários erros durante sua fala, como confundir os sul-africanos com sul-americanos e falar “fum” em vez de “fim”, aparentando grande nervosismo. Acrescentou-se a isso o tom burocrático do discurso que não agradou ao público, o qual passou a esvaziar setores do local.

Antes dela, o presidente americano Barack Obama foi ovacionado após afirmar que Mandela foi um “gigante da história” e agradeceu ao povo sul-africano por compartilhar o ex-presidente com o restante do mundo.

Meus comentários

Quando a claque que habita a seção de comentários de sites como Brasil247 e Conversa Afiada não está presente, aí fica difícil controlar a percepção da patuleia.

Há coisas que o dinheiro estatal não pode comprar. Uma delas é a totalidade de uma audiência em eventos internacionais.

Esses eventos acabam se tornando momentos para rirmos um pouco dos sucessos papelões esquerdistas.

Anúncios

24 COMMENTS

  1. Boa tarde Luciano,

    Encontrei por acaso uma serie de cartilhas esquerdistas de um grupo de Curitiba e que expõem muito claramente toda a argumentação esquerdista em relação à diversos temas, deixando claro o modo como essas pessoas atuam e como fazem a lavagem cerebral nas pessoas, especialmente as mais simples e frágeis.

    Estão disponíveis para baixar 5 cartilhas que talvez valham uma análise sua, já que vêm recheadas de falácias e argumentação tora, ou seja, são um prato cheio para se expor o modo como pensam e atuam os esquerdistas junto às pessoas que desejam influenciar. Talvez dessa análise possam nascer novos antídotos!

    Segue o link,
    http://www.cefuria.org.br/cartilhas/

    Abraço!

  2. Dizem que discursar é a única coisa em que Obama enrolador-mor é bom, ainda vamos descobrir que atividades não criminosas são da especialidade de dona Dilma.

    • Obrigado pela URL, Maykon. Sim, naquela época eu era um aprendiz auto-didata de esquerdismo, e minha cabeça foi muito bem contaminada pelos catálogos das editoras Paz e Terra, Civilização Brasileira, Cultrix e Brasiliense, por exemplo.

      • Eu também já consumi muito lixo de esquerda, JMK. Especialmente na época da graduação. A bibliografia e os professores eram 100% marxistas. E como uma mente recém chegada de um ensino médio precário como o das escolas públicas é incapaz de distinguir método científico de panfletarismo político, daí já viu, né. Era Deus no céu e Marx na terra.

  3. Luciano,

    Nunca me manifestei em seu espaço, mas há tempos acompanho as suas análises. Concordo com muitos dos seus argumentos, em especial aos que se referem às estratégias para se combater as esquerdas. Inspirado em suas ideias, bem como nas de Saul Alinsky (só li sobre ele, mas ainda não o li diretamente), estou pensando em iniciar um blog esquerdista, nos seguintes moldes: 95% do conteúdo seria igual a qualquer outro blog de esquerda, mas em 5% do conteúdo eu “me exporia ao ridículo”, propositadamente, e, consequentemente, poderia expor a esquerda como um todo ao ridículo.

    Vou dar um exemplo. Ao denunciar a “distorção da mídia” em relação à Venezuela, utilizo argumentos semelhantes aos de outros blogs esquerdistas e promovo, de forma sutil, a idolatria a Hugo Chavez. Para mostrar isso digo que Hugo Chavez foi tão importante para o povo venezuelano, impregnou-se em seu espírito de forma tão forte, que a sua aparição em forma de “pajarito” a Maduro ajudou-o a dar continuidade ao Socialismo do Século XXI.

    Ou então eu tento justificar, sob uma ética esquerdista, os fuzilamentos que aconteceram em Cuba, como, por exemplo, alegando que os EUA teriam cometido um verdadeiro genocídio se não fosse a revolução cubana. Por aí vai….

    A estratégia de ridicularização da esquerda é por aí? Gostaria de sua opinião.

    Abraço!

  4. É tudo um bando de políticos que foi lá pra ganhar pontos só por homenagear um comunista assassino racista morto.

    “””
    “We Communist Party members are the most advanced revolutionaries in modern history…the enemy must be wiped out from the face of the Earth before a Communist world can be realized.” – Nelson Mandela during his 1962 trial for terrorism, quoted in The Wanderer, July 1, 1990, page 6
    “””
    Fonte:
    http://renegadetribune.com/a-genocidal-anti-white-communist-is-dead/

  5. Oi Luciano.

    “Esses eventos acabam se tornando momentos para rirmos um pouco dos sucessos papelões esquerdistas.”

    Sabe Luciano? Existem coisas muito humilhantes para nós brasileiros, e uma delas é ficarmos rindo dos sucessivos papelões dos esquerdistas, como ovelhas meigas e alegres, enquanto eles põem nos nossos rabos com areia e ficam gargalhando dos trouxas e otários que somos.

    Enquanto rimos como ovelhas estúpidas eles controlam o poder e decidem os rumos de nossas vidas no curral onde nos mantém, e passam muito bem com muito caviar e tudo o mais…

    E nós ficamos rindo, rindo e rindo mais e mais e mais… Nossa! Como somos risonhos né?

    Abraços.

      • Oi Luciano.

        Sem duvida Luciano, sem duvidas. Concordo com o argumento da ridicularização como parte do jogo político, e isso é, sabemos todos aqui no seu blog, uma das regras de Saul Alinsky,

        Não estou contestando isso!

        O meu comentário visa enfatizar que no caso do Brasil estamos além do mero “jogo” político democrático. Já passamos de todos os limites sensatos e civilizados de “jogar” o “jogo” político. Vemos claramente, via black blocs das ruas, e black blocs congressistas petistas revolucionários safados, que estamos vivendo tempos de disseminação de terror engendrado especificamente para instaurar o status de caos na Nação Brasileira. Terror engendrado via engenharia social. Indução estratégica a luta de classes fictícias para conduzir os cidadãos a um estado de quase guerra civil entre grupos aglutinadores de valores revolucionários espúrios, em suma: estado de barbarismo total. Nesse estado o pensamento (razão) sucumbe ao impeto animal primata intrínseco da natureza humana, favorecendo a implantação de um “messias” político, obviamente absolutista e totalitário, que NÃO será COMBATIDO pelo método da ridicularização.

        O meu intuito é enfatizar que o tempo de “jogo” político democrático acabou no Brasil. Acabou-se o que era doce. O pensamento socialista incrustado na elite brasileira conduziu a nossa sociedade a um estado de vítima do estelionato revolucionário. Os partidos ditos de “oposição” são meros figurantes do estelionato ou teatro de democracia que vivemos e participamos todos atualmente, e muitos, do povo brasileiro, estão totalmente inconscientes desse teatro dantesco que nos conduz inexoravelmente ao abismo. A grande maioria está sofrendo os efeitos da lavagem cerebral gramsciana, e portanto, não tem condições psicológicas para reagir corretamente à ameça que paira em nosso horizonte nacional.

        O meu intuito com aquele comentário é demonstrar a todos que chegou a hora de chamar O SÍNDICO, para colocar ordem no prédio, na casa. E desse modo, ao menos, teremos um bom futuro…

        Esse síndico nos salvou anteriormente da implantação de uma republiqueta popular comunista no Brasil, e minha ESPERANÇA é que ele possa nos salvar novamente. Do contrário é melhor fazermos as malas e tirarmos os times de campo, pois não haverá espetáculos maravilhosos no futuro do Brasil Varonil de Céu Anil, que tornou-se um imenso Canil.

        Acredito ser necessário, para o bem da NAÇÃO BRASILEIRA, CLAMARMOS pela INTERVENÇÃO do nosso HONRADO e VALOROSO SÍNDICO.

        Abraços a todos.

      • Jack,

        O chamado à esse “síndico”, a meu ver, dará a vitória definitiva à esquerda. Implementação de ditadura formal (uso da força militar) é tudo que esquerdista precisa para se fazer de vítima.

        Em política, deve-se tomar cuidado com aquilo que se pede…

        Além do mais, não considero o “jogo perdido”.

        Primeiro por que nunca existiu jogo para a direita, só para a esquerda. E digo mais: a direita sempre JOGOU PARA A ESQUERDA. Quando não se entende que está dentro de um jogo, nossas ações tendem a ser feitas PARA AJUDAR O OPONENTE.

        Quer exemplos? Quantos direitistas no passado não disseram “esse papo de igualdade social é coisa de esquerda” ou “direitos humanos é só para defender bandidos”?

        Com uma direita que fala frases dessas, é claro que temos um lado jogando (a esquerda), e o outro (direita) SEM NOÇÃO DE QUE HÁ UM JOGO.

        Agora é que começamos a criar uma consciência política de direita…

        E, neste momento, eu ouço de alguns direitistas frases como “o jogo acabou”.

        Como pode ter acabado se ele só está começando agora?

        Abs,

        LH

      • Oi Luciano.

        Yes! Nota 1000 para sua análise.

        Acho que estou meio revoltado com toda essa patifaria que vejo todos os dias, que estava precisando desabafar um pouquinho…

        Mas é isso ai! Devemos continuar sendo mais persistentes e incansáveis do que eles para podermos acordar o pessoal no Brasil e mudarmos o jogo.

        Abraços e felicidades a todos.

    • Cap. Jack,

      Me prove que num campo de concentração nazista os prisioneiros- apesar de estarem vivendo o inferno na terra- não conseguiam arrumar tempo pra confraternizar, desprezar e RIR da cara dos pulhas que os estavam esmagando e tocando o terror pela Europa.

      Uma coisa não anula a outra.

      O Victor Frankl falava disso: aqueles que conseguiam permanecer VIVOS nesses lugares e não definhavam logo pelo caminho (diante de tanta desolação, ignomínia, desesperança) eram os que mantinham uma postura PRÓ-ATIVA, isto é, OTIMISTA, reacionária, de se negar a sucumbir nesses infernos socialistas assumindo uma rotina de vida (dentro do possível, claro) que também cabia a diversão (e não digo nem só sexo, que seria a parte mais “mecanicista” pra anestesiar a alma no momento), mas tb a descontração social com festa, música, dança, RIDICULARIZAÇÃO desses pulhas, enfim, que servia pra fortalecer mutuamente o sentido da vida de todos ali para além daquela situação final e aparentemente irreversível.

      Ainda não estamos num Gulag soviético ou numa cadeia cubana… A nossa América AINDA não virou totalmente um estacionamento eurasiano ou um shopping dos Rockfeller (só um canteiro de obras superfaturado do Foro de São Paulo). Sorria, capitão! Atualizemos as piadas que os inimigos da sociedade livre nos dão de presente!…
      A propósito, cap. Sparrow, aonde o senhor guardou aquelas caixas de rum e aqueles fogos de artifício que o senhor arrumou da última viagem à China? Por que pergunta? É pro ano que vem! *Ickie!*
      ;¬)

      • Oi Anderson.

        Por favor, caro Anderson, vide meu segundo comentário acima encaminhado ao Luciano.

        E a propósito, eu prefiro vinho, conhaque, uísque single malt e cachaça da boa, mas também aprecio um bom rum, que é de origem inglesa, não cubana, e rum puro assim como uísque cowboy hehe…

        Abraços e felicidades.

      • Outro exemplo do mesmo princípio, acredito eu, foram os russos que mantiveram o capitalismo vivo no tempo da URSS, que faziam suas trocas mesmo na ilegalidade, que não tinham medo do governo.Quando chegou o fim do comunismo eles ficaram ricos no livre mercado, e hoje Moscou sozinha tem mais milionários que o resto da europa inteira
        Mas pra isso o comunismo tem que desabar

  6. Peço-lhe perdão, capitão Sparrow. Não tinha me dado conta. Esse blog é mais rápido que meu olho-de-vidro e os meus calejados dedos de lobo-do-mar.

    Abração pra ti.

    PS: o capitão diversificou bastante o gosto desde então |¬)… Mas não creio que para o sr. misturar bebidas seja uma boa ideia; mas não vejo porque não estocá-las no saguão do navio, caso o rum acabe não é mesmo!? Precaução. Caso o PT perca as eleições ano que vem (e a turma da NOM já deu como certo o ‘GAME OVER’ da presiDANTA), a comemoração dos aliados nesse continente decadente vai varar a madrugada.

    Aliás, teria nesse imbróglio alcoólico particular do capitão algumas malzebiers? P¬)

  7. E as aulas do Luciano continuam para além dos posts, invadindo os comentários.

    Valeu mais uma vez, fessô Ayan.

    Percebo que pra esmorecer é MUITO fácil. Confesso que às vezes o ânimo cai. A dispersão e os conflitos internos da MAIORIA conservadora, liberal, militarista, centrista não ajuda em nada nessa guerra (tem que DISPERSAR é essa confusão interna entre TÁTICA & PRINCÍPIOS).

    O Leviatã esquerdista tem mesmo um aspecto gigantesco, tenebroso, impenetrável à primeira vista (*ADENDO: e é importante num primeiro momento ENXERGAR O “BICHO” em toda a sua extensão e poder, coisa que só o prof. Olavo de Carvalho consegue fazer… E isso, claro, assusta e pode até DESESTIMULAR os mais sensíveis e indignados).

    Mas graças ao seu Blog, essa couraça de rinoceronte passa a ter mais furos que um queijo suíço.

    O que falta à dita ‘direita’ é REPROGRAMAR A MIRA e se livrar da PROGRAMAÇÃO IMPOSTA, que nem no filme ‘Robocop’ (lembra!?), com o agora ciente ‘Murphy’ recebendo a ajuda da colega policial que o salva da derrota certa e o faz acertar de longe um monte de papinha da nestlé!? É por aí.
    ;¬)

    PS: se eu fosse vc levaria esses estudos e dinâmicas ao Olavão pra ver o que ele acha e até pra poder acrescentar algum detalhe que possa ter escapado, sei lá.

    Abs

Deixe uma resposta