Rotina esquerdista: Se não há o socialismo pleno ainda, não há ameaça socialista

17
188

socialismo1

Última atualização: 09 de janeiro de 2014 – [Índice de Rotinas][Página Principal]

A coisa mais importante para qualquer fraudador é fazer com que suas potenciais vítimas não percebam quando suas fraudes são cometidas ou estão prestes a serem. Esse princípio explica por que, como o socialismo é uma fraude do início ao fim, vive lutando para não ser reconhecido como tal.

Uma das formas usadas pelos socialistas para esconder a verdadeira ameaça socialista (em relação à qual eles torcem para que seus oponentes não estejam precavidos) baseia-se em uma heurística tão falsa quanto óbvia: apelar para a versão plena e absoluta do socialismo, comparar o cenário corrente com essa versão plena e absoluta, e daí decretar “provei que não há ameaça socialista”.

Vejamos o embuste nas seguintes afirmações de um petralha, que tentou provar que não existe nenhuma ameaça socialista no governo do PT:

  1. “O PT não é socialista, pois é financiado por capitalistas”. – Na verdade, o capitalismo nunca existiu de verdade enquanto sistema político. O que existe é o livre mercado (defendido pela direita) e o mercado controlado pelo governo (defendido pela esquerda). Socialistas apenas defendem o máximo controle estatal. É esperado que eles sejam financiados por empresas que estejam a fim de se associar ao governo, como bancos e empreiteiras.
  2. “O PT não é socialista, pois permite que existam discursos anti-socialistas divulgados pela mídia”. – Na verdade, o PT é socialista retinto, por sempre lutar para implementar suas leis de mídia. Não conseguiram, por enquanto. Mas só pensam nisso dia e noite.
  3. “O PT não é socialista, pois permite que militares que prenderam e torturaram suas legiões socialistas vivam como aposentados”. – Na verdade, o PT luta para prender os militares anistiados (embora se recuse a punir os terroristas, que vivem com polpudas aposentadorias).
  4. “O PT não é socialista, pois existe acumulação de capital nas mãos de poucos”. – Exatamente por isso o PT é socialista, pois é contra o livre mercado, e, portanto, estimula que poucos tenham fortunas, a maioria dos quais aliados ao governo, exatamente como sempre ocorreu na Rússia, China e Coréia do Norte.
  5. “O PT não é socialista pois existe a iniciativa privada”. – Sim, pois o PT não conseguiu ainda implementar a ditadura formal. Mas sempre vai existir iniciativa privada no socialismo. A diferença é que esta iniciativa privada só sobrevive, no socialismo, se estiver aliada ao partidão no poder.
  6. “O PT não é socialista, pois permite que militantes petistas sejam condenados a prisão, como no caso dos mensaleiros”. – O problema é que se os militantes petistas foram condenados à prisão, o foram à revelia do próprio partido.

Em suma, a argumentação que denuncia a ameaça socialista nem de longe é refutada pelo militante petista, que tenta, com esta rotina, usar variações como as seguintes:

  • Jorge jamais foi casado com Maria, pois se separou após 20 anos de casamento
  • X não estuprou Janete, pois não chegou ao orgasmo, mesmo tendo feito sexo não-consensual
  • Não há risco do software não chegar na data, pois o release ainda não chegou
  • Hoje a Mariana não almoçou, pois saiu da mesa com um pouco de fome após terminar de almoçar
  • Não há perigo de chuva no fim de semana, pois está fazendo sol hoje (quarta)
  • Macedo não tem um carro, pois seu Honda Civic foi levado terça-feira para a oficina

Quais são os padrões aqui? Há mais de um. Em um deles vemos que nada pode ser considerado como existente se não estiver presente em sua plenitude. Nesse caso, o socialismo de um partido é negado por não estar presente em sua forma máxima em termos realistas (ou até em termos idealizados). Em outro padrão, declara-se que não há ameaça de um evento se ele já não tiver ocorrido. O que, convenhamos, é um absurdo para qualquer um que já tenha atuado com gestão de risco.

Com este tipo de rotina, socialistas tentarão negar que há um socialismo em vigência no Brasil, assim como tentativas de levar o socialismo para versões mais exacerbadas, apenas por que: (1) o socialismo presente não alcançou sua plenitude, (2) o socialismo vigente ainda não conseguiu todos os resultados que ambiciona ter, logo, com esses itens, eles tentarão nos vender a ideia de que o socialismo (1) não existe no Brasil, e (2) não é uma ameaça.

Para refutar truques deste tipo, basta mostrar que temos sim motivos para lutar contra o socialismo, enquanto ameaça iminente, e apresentar as absurdas similaridades do governo atual com outros governos socialistas que não alcançaram sua plenitude – quando, aí sim, conseguem retirar liberdades, censurar completamente a imprensa e praticar diversas barbáries, derramando rios de sangue, como exemplo: Coréia do Norte, China, etc.-, e, em seguida, mostrar com exemplos o quanto a tentativa deles esconderem a ameaça socialista no Brasil (assim como em muitas nações livres) é vergonhosa.

Anúncios

17 COMMENTS

  1. Inclusive até hoje tem esquerdistas malucos que dizem que não houve socialismo/comunismo na Rússia nem na China, e alguns malucos dizem que não há isso nem em Cuba.

    O pensamento dessa gente é:

    Se não for o paraíso na terra não é socialismo.
    Se tivermos que matar milhões para conseguir o paraíso, então que seja!

  2. Como o esquerdismo trata o cidadão: O caso gritante entre Carapicuíba (esquerdista) e Barueri (“Administrativista”)

    Esquerdistas são notórios incompetentes uma vez que um mínimo de competência exige um pouco de estudo, de conhecimento, e todo esquerdista já sabe de tudo, nem lê Marx pois não é necessário, e por isso sempre tomam uma sova em qualquer debate com uma pessoa minimamente inteligente honesta e instruída, precisando usar de truques sujos e primários, mas chega hora que não dá para disfarçar o fedor da incompetência com perfuminho de propaganda, este é o caso gritante da administração petista de Carapicuíba e a não petista de Barueri. Por conta da burrice e incompetência virulenta do PT e sua visão ideológica de administração, Carapicuíba está falida, um lixo, uma vergonha, e seus munícipes sofrem com sua escolha, tendo que usar o sistema de saúde da cidade vizinha Barueri. Eis que administração e munícipes cansaram-se de socorrer os vizinhos incompetentes e criaram um cartão exclusivo dos moradores de Barueri para usar o sistema de saúde do município, uma vez que é o imposto e a população de Barueri que estão financiando a saúde dos munícipes de Carapicuíba desassistidos pelo executivo petista que elegeu. Votaram no PT, escolheram a ruína, apoiaram o embuste escravista do mais médicos, e seus munícipes devem procurar assistência fora, nas cidades que tiveram o cuidado de não eleger petistas, congestionar o sistema de saúde do vizinho que fez a lição de casa. É um caso emblemático onde cidades vizinhas atendem o seu munícipe com brutal diferença e as administrações podem ser comparadas, Que Carapicuíba viva com suas escolhas, que sofra na pele a decisão, pois se um dia o Brasil for todo petista, o cidadão não vai ter mais saúde e nem a quem recorrer!

  3. Há um grupo que, aqui no Rio (não sei se em outras cidades) está vendendo um jornal COMUNISTA, como fazem questão de se identificar. Encontrei com essa turma 3 vezes. Nas duas primeiras, discuti com eles. Na terceira simplesmente rejeitei a oferta.

    Os vendedores do jornal comunista sempre são jovens de ambosos sexos, bem apessoados, bem falantes e com aspecto de toddynhos e mafaldinhas (“appud” Reinaldo de Azevedo) da esquerda festiva carioca (embora muito pálidos para serem mesmo cariocas, que se preocupam com os pobres, entre um e outro cigarro de maconha na Praia de Ipanema)

    Nas minhas discussões argumentaram:

    1 – Nunca houve comunismo na Rússia nem na China ou em qualquer outro país. O que houve (e ainda há) é o capitalismo de estado;
    2 – Não aceitam que se identifique o comunismo como uma ideologia. Defendem com unhas e dentes que é uma ciência!

    Ideias para rebater esses argumentos são muito bem-vindas, embora prefira não discutir mais com eles em público.

      • Luciano, eu só recomendaria ao colega aí Paulo Roberto pra nessa hora se afastar e buscar um local seguro, porque alguns toddynhos e mafaldinhas, quando expostos a esse tipo de experimento social, entopem o córtex pré-frontal, engasgando logo a seguir com a cannabis, dando curto e explodindo, liberando faíscas multi-coloridas e odores bem fedorentos no ambiente.
        |¬D

        Conheço bem essa turminha “ALTERNATIVA” do Rio. Convivo com parte da “classe artística pré-famosinha” (que tá colada com a turma dos jornalzinhos, revistinhas e faculdadezinhas…); os que se intitulam “descolados”, “modernos”, “contemporâneos” e “não vendidos pelo sistema” (estão falando da Globo, claro).

        Muita gente até talentosa e entusiasmada, mas embotada intelectualmente e politicamente. Desolador.

        A maioria ali não percebe a discrepância (a DISTÂNCIA CÓSMICA) entre ser ‘artista’ e ‘engajado’. Arte e ideologia não se misturam. Mas estão todos ali muito preocupados em participar de CRUZADAS MESSIÂNICAS (sempre politicamente-corretas, pra variar)… A maioria disposta a ser “AGENTES DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL” (em vez da dedicação espontânea para a investigação, a experimentação artística genuína, concreta, pessoal e sincera).

        Fingem em cima do palco mas logo depois continuam fingindo fora dele.

        Tenho me afastado cada vez mais dessa patota. Apesar de adorar ver fogos de artifício. |¬)

        Qualquer dia escrevo sobre isso.

    • De que serviria o preço na mão do tolo para comprar sabedoria, visto que não tem entendimento? Provérbios 17:16

      O homem sábio que pleiteia com o tolo, quer se zangue, quer se ria, não terá descanso. Provérbios 29:9

      Ou: é impossível que um tolo esquerdista(legítimo e empedernido) seja convencido da verdade.

  4. Já viu essa propaganda nazista disfarçada de documentário? É impossível não notar a semelhança com o típico discurso marxista de condenção do capitalismo, do burguês e do individualismo.

  5. Li um comentário estarrecedor, postado por um dos leitores, no blog do Reinaldo Azevedo.

    Acho que somos um país de trouxas mesmo…

    Vejam ai!


    O Comentarista

    09/01/2014 às 18:40

    ESSA É MAIS UMA DA PETE-ROUBRAS!!!!!
    Participantes do blog essa notícia tem que ser repassada boca a boca para as pessoas porque ninguém está sabendo de nada disso.
    A imprensa vinculada às fontes de PAGAMENTO GOVERNAMENTAL PETISTA ficou de boca bem fechada.
    NINGUÉM DIVULGOU NADA!!!!!
    Ninguém está divulgando NADA!!!!!
    ESSA É MAIS UMA DE LASCAR DO GOVERNO PETISTA DILAPIDANDO O PATRIMÔNIO DA PETE-ROUBRAS, antigamente conhecida como Petrobras.
    No apagar das luzes, na calada da noite, O PT AGE PARA DILAPIDAR O PATRIMÔNIO DO PAÍS.
    Dia 30/12/2013, último dia útil do ano, a PETE-ROUBRAS vendeu fatia de sua participação no campo de petróleo PARQUE DAS CONCHAS, em produção, na bacia de campos.
    Uma das agraciadas foi a Shell por US$ 1 BILHÃO.
    A outra agraciada foi a indiana ONCG por US$ 0,636 BILHÃO.
    QUANDO O NEGÓCIO É COM O PT O ROMBO SEMPRE É BILIONÁRIO.
    Aliás quando eles assumiram o governo começaram a agir cedo na distribuição de combustíveis.
    A grande maioria dos postos de combustível que eram de bandeira branca e vendiam combustível adulterado, faziam lavagem de dinheiro do mundo do crime organizado passaram a operar sob a bandeira da PETEROUBRAS. Isso passou batido pela POPULAÇÃO BRASILEIRA QUE COSTUMA NÃO NOTAR NADA DO QUE ACONTECE.
    Os petistas e seus comparsas chamavam o ministro da época de regime militar, Roberto Campos, de entreguista.
    ENTREGUISTA É O GOVERNO INTEIRO DO PT.
    ENTREGUISTAS SÃO OS BANDIDOS PETISTAS QUE VÃO ENTREGAR O BRASIL PARA CUBA QUE OS PARIU.
    NESSE MAR DE LAMA DE PETRÓLEO A ENTREGA DO POÇO DE PETRÓLEO PRODUCENTE, PARQUE DAS CONCHAS, PARA OS ESTRANGEIROS SIGNIFICA QUE O GOVERNO PETISTA CONSEGUIU PRATICAMENTE MAIS 4 (QUATRO) BILHÕES DE REAIS PARA AS “METAS” DA BALANÇA DE PAGAMENTOS.
    ENTÃO O MAIOR MINISTRO DA FAZENDA DA HISTÓRIA DESSE PAÍS, O ECONOMISTA DE PARTIDO, GUIDO MANTEGA APRESENTA OS “RESULTADOS” da “BALANÇA”, QUE ESTÁ MAIS QUE ADULTERADA, E DIZ QUE É PARA OS INVESTIDORES NO PAÍS NÃO FICASSEM “NERVOSINHOS”!!!!!
    SÃO MESMO UMA RAÇA DE FILHOS DE CUBANAS PROSTITUÍDAS!!!!!
    brazíu, PAÍS POBRE É PAÍS DESTRUÍDO E DIZIMADO PELO PT E SEUS COMPARSAS.

    • É por essas e por outras, caro Jack, que eu recomendo a quem tem dois neurônios ainda em bom funcionamento e está buscando uma NOVA INSERÇÃO NO MERCADO DE TRABALHO (por que a coisa tá feia), pra tentar a sorte profissional na área de PETRÓLEO (gás, xisto, tudo que estiver relacionado e ao seu alcance). Fazer uma facul de Engenharia (ou Geologia, Química…) já está nos meus planos. Por enquanto um curso Técnico já resolve. Com o INGLÊS garantido e a mão-de-obra ESCASSA em todo mundo (PRINCIPALMENTE nos EUA, Canadá e Alasca!!), um emprego decente e bem remunerado fora daqui é quase certo. Já tô sabendo que muitos dos funcionários da própria Petrobrás já está se deslocando definitivamente pra essas estrangeiras que possuem sucursais aqui.

      Enquanto o PT saqueia e entrega a estatal pra concorrência, eu vou treinando que nem o Rocky: socando carne dentro de um frigorífico e fazendo uns poços fundos no quintal aqui de casa. rsssss

      PS: sobre o tema, procurar: XISTO BETUMINOSO + economia norte-americana. Muito interessante.

      Abs e rum!

  6. Artigo do Prof. Nivaldo Cordeiro sobre a contra revolução de 1964, publicado no http://midiasemmascara.org

    http://www.midiasemmascara.org/artigos/governo-do-pt/14833-cinquenta-anos-depois.html

    Cinquenta anos depois

    Escrito por Nivaldo Cordeiro | 09 Janeiro 2014
    Artigos – Governo do PT

    [ Em 1964 tivemos um golpe preventivo contra as forças que queria implantar o marxismo-leninismo entre nós. ]

    [ A partir de 1974, o Itamaraty foi caminhando para a esquerda, de maneira que não cabe distinguir a diplomacia hoje – antiamericana e mesmo anticapitalista – daquela levada a efeito por Azeredo da Silveira. ]

    Neste ano serão completados cinquenta anos do movimento cívico-militar que depôs João Goulart. José Serra, como um dos derrotados, à época, e, depois, vitorioso após a abertura política, publicou artigo notavelmente equivocado sobre a efeméride (1964 – As ilusões do autoritarismo). Parece ignorar as causas remotas e recentes do que chamou de Golpe.

    A primeira pergunta que precisa ser respondida é: que forças foram contidas pelos militares em 1964? Desde a Intentona Comunista de 1935 ficou claro que brasileiros acumpliciados com os imperialistas de Moscou queriam implantar uma ditadura comunista por aqui, nos moldes que se via pelo mundo. Por essa época ocorreu a revolução comunista chinesa, que se prolonga até hoje. O Brasil poderia ter seguido o mesmo destino se os subversivos fossem bem sucedidos.

    A estratégia soviética era fazer o confronto com o Ocidente. Depois da II Guerra a coisa se transformou na Guerra Fria. Com a revolução cubana, o quadro se agravou nas Américas. Não ao acaso a reação em muitos países foi o golpe militar preventivo.

    Em 1964 tivemos um golpe preventivo contra as forças que queria implantar o marxismo-leninismo entre nós. O próprio José Serra, enquanto presidente da UNE, foi peão no tabuleiro dessa tentativa de golpe. O que os militares conseguiram foi adiar por duas décadas o movimento agora vitorioso no Brasil, de coletivização crescente e de monopólio do poder por forças esquerdistas.

    A ladainha lacrimosa e sentimentalista das esquerdas em torno da questão dos direitos humanos não pode esconder o fato cristalino de que se tratou de uma reação, com grande apoio popular e da sociedade civil, contra a esquerdização do governo brasileiro. Interessante é que as esquerdas aprenderam no processo. Como, depois da queda do Muro de Berlim, a marca ‘Partido Comunista’ desgastou-se, tivemos no Brasil o surgimento de partidos sucedâneos, que, em maior ou menor grau, endossam e põem em prática o programa do antigo PCB. O principal desses herdeiros é o PT, partido que é uma grande frente, unindo intelectuais militantes e sindicalistas.

    Por que o PT foi aceito pelos brasileiros, enquanto o PCB foi escorraçado? Essa é a pergunta chave a ser respondida. Não obstante endossar o programa comunista do Partidão, o PT foi além, ao fundar o Foro de São Paulo. A proposta não mais é alinhar, ou submeter, o país a alguma potência estrangeira, mas, pelo contrário, é transformar o Brasil no centro de comando político sobre a América Latina. Brasília seria a capital desse novo ordenamento de forças.

    Ao assumir essa ideia, o PT eliminou as resistências que ainda havia nas Forças Armadas contra o esquerdismo. As Forças Armadas nunca repudiaram o esquerdismo enquanto tal, elas que foram moldadas nas teses modernistas do positivismo e acalentaram sempre o sonho do Brasil potência. Para elas, o Estado, e não o povo, é o protagonista do processo histórico. Tanto é que os governos militares, especialmente o de Ernesto Geisel, foram estatistas em alto grau. E também apoiaram intervenções cubanas na África. A partir de 1974, o Itamaraty foi caminhando para a esquerda, de maneira que não cabe distinguir a diplomacia hoje – antiamericana e mesmo anticapitalista – daquela levada a efeito por Azeredo da Silveira.

    Essa é a novidade histórica que deu legitimidade para que o PT chegasse ao poder e lá permanecesse. José Serra, na sua miopia e na ânsia de fazer propaganda contra o regime militar, não consegue ver os fatos óbvios.

    http://nivaldocordeiro.net

    A quem ainda duvide da integridade moral do “Síndico”, recomendo reconsiderar muito seriamente.

    Quando não é possível fazermos o ideal preferido e desejado, devemos fazer o melhor possível com os recursos vigentes. Outras considerações teóricas de aparência intelectual “maravilhosas” serão mera retórica intelectualoide vazia e inútil.

    Há tempos atrás quando eu era Analista de Sistemas Senior/A e Coordenador de Projetos de Desenvolvimento de Softwares Aplicativos, atuando em multinacionais (segundo consta em minha Carteira Profissional), eu tinha um lema muito respeitado em minhas Equipes de Projetos de software, a saber:

    “Por que fazer o seu sistema simples e eficiente, se você pode torná-lo intelectualmente “lindo”, “maravilhoso” e complicado?”

    “Afinal! Você trás a solução ou faz parte do problema?”

  7. Luciano, lá vai um calhamaço:

    1) Pode ser que a Tunísia esteja dando mostras de como lidar com o lado religioso político do Islã, como se pode ver pela renúncia do primeiro-ministro Ali Larayedh, do partido islâmico Ennahda. Tudo bem que o lance de “transição para a democracia” tem um quê de wishful thinking, mas pode ser que haja alguma sinalização importante, pois são os próprios tunisianos que demonstraram não suportar os militantes radicais e aquilo que eles fazem;

    2) Não valeria a pena falar um pouco da troca de farpas entre o PT e o PSB por causa de uma postagem feita na página petista no Facebook descendo a lenha no pré-candidato Eduardo Campos? Começou aqui, prosseguiu aqui, teve mais um capítulo digno de novela cheia de reviravoltas e continua aqui e aqui. Tudo bem que é discussão de dois partidos que são parte do Foro de São Paulo e acaba cheirando um pouco a duas moças pouco virtuosas acusando-se reciprocamente de terem muitos homens em seus currículos, mas ainda assim é importante se pensarmos que estamos em ano eleitoral que começa com os candidatos mais ou menos definidos, ao contrário de vezes anteriores;

    3) Por fim, o atual governo espanhol, nas mãos de Mariano Rajoy, do Partido Popular (que teoricamente seria de centro-direita), fez uma ação digna de marxista-humanista-neoateísta de matiz gramscista: proibiu que as pessoas instalem placas fotovoltaicas nos telhados de suas casas. Ficam contentes as empresas geradoras de energia, até porque é um setor intrinsecamente de baixa concorrência e que, por ser de interesse público, acaba tendo de ficar obrigatoriamente próximo do poder público. Ferra-se o povo, que será obrigado a pagar por energia gerada por terceiros, em vez de poder abater parte ou todo o consumo que tiver (conforme o número de placas) durante o dia (uma vez que energia solar não é gerada à noite e no máximo pode ser armazenada em baterias, que também estão proibidas por essa nova lei). Ferra-se também a própria Espanha, que perde uma superfície gigantesca de geração de energia em seus muitos telhados, superfície essa que durante o dia, caso a casa esteja consumindo pouco, acabaria gerando energia que poderia ser liberada para a rede e abastecer outras residências, gerando renda ou abatendo bastante da conta de energia de quem tem as tais placas no topo de sua residência. Segue com mais detalhes neste jornal costa-riquenho. O Sol brilha para todos, mas na Espanha só o está para alguns;

    4) Por fim, não valeria a pena falar da bolha imobiliária que está se manifestando com mais força em Ipanema, com direito a apartamento valendo R$ 66 milhões? O Rodrigo Constantino já falou e lembrou também do quão caviar é a coisa toda.

    • Cidadão,

      4) Essa bolha imobiliária é praticamente em todo o Rio de Janeiro. A região da Grande Tijuca (onde tem a MAIOR concentração de UPPs por m2) tb tá assim.

      Mas acredito que essa poeira já-já vai baixar, porque a realidade sempre fala mais alto.

  8. Rotulagem negativa usada contra o PT(vídeo), e se ainda associar a imagem da menina queimada por Napalm a tragédia do Maranhão, e a indiferença do PT e ou o vacilo em agir em prol do povo maranhense teremos bons ganhos na guerra politica contra o esquerdismo.
    O silêncio da Maria do Rosário é ensurdecedor.

  9. Pois é, temos que tomar cuidado, Se é assim com o PT (partido dos trabalhadores), imaginem como vai ser com os que tem o SOCIALISMO no nome

    PSB – Partido Socialista Brasileiro
    ou mesmo o PSDB Partido da “social Democracia” Brasileira (que da no mesmo)…

Deixe uma resposta