Caetano Veloso, o mestre da hipocrisia: “Não sou rico, sou classe média, pois penso ser de classe média”

15
239

caetano_gil

Em sua coluna de domingo no Globo, Caetano Veloso levou a arte da hipocrisia a novos patamares, ao dizer que não é rico:

Talvez haja manifestações em junho outra vez. Alguns amigos me dizem que os grupos anarquistas estão se multiplicando e que, embora a polícia esteja agora mais avisada e preparada para conter os movimentos, os manifestantes também aprenderam muito com a experiência. Há muitos que dizem que não haverá Copa. É preciso saber se o grosso da população urbana brasileira aderirá a algo assim. Eu sou da classe média (não adianta os malucos da internet dizerem que sou rico: minha cabeça é classe média e, na real, não fiquei rico), tendo a reagir como pessoas da classe média. Sim, sou rebelde, na verdade um medalhão transviado, mas sou classe média (como a maior parte dos que precisam se manifestar de alguma forma nessa vida). Prefiro que haja Copa. Queria que a Fifa fosse respeitável e que o time brasileiro pudesse fazer jus à antiga fama do nosso futebol. Quero ser feliz. Afinal, foi o que todo mundo me dizia, na passagem do ano, para eu ser.

O discurso como um todo é completamente sem pé nem cabeça. O que tem a ver misturar querer ou não Copa com a alegação dele “não ser rico”? Seja lá como for, vamos testar essa última alegação: a de que ele “não é rico”. Ele sabe que tem que vender a imagem de “ser da classe média”, pois vive promovendo um discurso de que “luta pelos pobres”, mas sempre está com o bolso muito mais cheio do que vários milionários. Recentemente, o Globo divulgou uma notícia mostrando que a ex-esposa de Caetano, Paula Lavigne, está vendendo um imóvel, que obteve na partilha de bens com o cantor, por R$ 37 milhões – lembremos que partilha fala de “parte”, não do todo. Ou que tal ele receber R$ 600.000 por um mísero show no final de ano, custeado pelo estado? Se ele ao menos tivesse inventado uma desculpa melhor, poderíamos refutá-lo com maior gentileza, mas simplesmente sair-se com um “não sou rico, pois não me sinto rico” é o fim da picada. Todo mundo pode perdoado por uma ou outra prática da desculpa esfarrapada, mas Caetano simplesmente abusou do direito ao perdão. Imaginemos como seria o mundo de acordo com a lógica de Caetano:

  • Criminoso: “Eu não sou culpado, pois me sinto inocente”
  • Mensaleiro: “Eu não sou corrupto, pois me sinto herói da nação” (Aliás, essa lógica já tem sido usada por eles ostensivamente)
  • Estuprador: “Eu não sou estuprador, pois me sinto um promotor da sedução consensual”

É claro que esse tipo de discurso fica abaixo da crítica. Estamos diante de um hipócrita que simplesmente subestima a inteligência de seus leitores, principalmente seus adoradores esquerdistas. Enfim, dinheiro à custa do estado inchado é para espertos como ele. Ao restante, da massa que o doutrina, só resta ouvirem que ele “é tão pobre quanto eles, pois se sente pobre”. Caetano é desprezível por sua hipocrisia abominável. Seus seguidores são desprezíveis por caírem neste truque.

Anúncios

15 COMMENTS

  1. Mais notícias que merecem comentários:

    1) Se você achava que o marxismo-humanismo-neoateísmo tira o sangue do povo que estiver sob sua égide, agora tem certeza absoluta disso;

    2) Fiquei preocupado com esta notícia. É episódio extremamente triste e espero que MV Bill e sua família tenham força para lidar com esse episódio que é extremamente grave. Seguem os tweets:

    http://twitter.com/mvbill/status/423419500084473856

    Que recebeu duas respostas (a última retuitada pelo próprio artista):

    http://twitter.com/MaiuliU/status/423434293260857344

    http://twitter.com/MaiuliU/status/423433942944215040

    Segue a continuação da história:

    http://twitter.com/mvbill/status/423420391948693504

    Que recebeu as seguintes respostas:

    http://twitter.com/gabrieljuliops/status/423420578616602624

    http://twitter.com/Lariprati/status/423421295343042560

    http://twitter.com/rodolfojr20/status/423421803978293248

    http://twitter.com/jonathasadami/status/423422901946429440

    http://twitter.com/IgorMauess/status/423423019068170240

    http://twitter.com/gabimontigio/status/423423656509726720

    http://twitter.com/IgorMauess/status/423423967370960896

    http://twitter.com/MaiuliU/status/423434538975756288

    http://twitter.com/vanessitaaguiar/status/423459290075385856

    http://twitter.com/now3mel_wiaak/status/423460654826422272

    http://twitter.com/Tiofast/status/423576952075988992

    E mais sobre o triste ocorrido (com as respostas abaixo):

    http://twitter.com/mvbill/status/423420750322626560

    http://twitter.com/rafinha_benny/status/423423690122878976

    http://twitter.com/now3mel_wiaak/status/423460321094025216

    http://twitter.com/mvbill/status/423469010668097536

    Bill é bem sereno, como podemos ver aqui, em que pese a justíssima revolta dele com a coisa toda:

    http://twitter.com/mvbill/status/423421201751343104

    http://twitter.com/Sandroness/status/423421478327959552

    http://twitter.com/xavieranapaula/status/423421773624127488

    http://twitter.com/mvbill/status/423421889805955074

    http://twitter.com/freeeekyg/status/423422364224069632

    http://twitter.com/virtualbronx/status/423423740085424128

    http://twitter.com/kevinsemk/status/423425034627977216

    http://twitter.com/Sandroness/status/423430658921218048

    http://twitter.com/EduardoTaddeo/status/423579437800488960

    E prosseguiu aqui:

    http://twitter.com/mvbill/status/423421748667617280

    http://twitter.com/DiegoMachado1/status/423426204780494849

    http://twitter.com/casagu/status/423457720914948096

    http://twitter.com/DeborahSulzbac/status/423594524435156992

    E também aqui:

    http://twitter.com/mvbill/status/423423540390404096

    E aqui, com as respostas imediatamente abaixo:

    http://twitter.com/mvbill/status/423438131077996544

    http://twitter.com/Fabianamousan/status/423442130951213056

    http://twitter.com/Flavia_OGlobo/status/423444575513243648

    http://twitter.com/mvbill/status/423468305534300160

    Quem for ver o vídeo notará o tanto de caras que cercaram o suspeito. E aqui acaba sendo involuntariamente um golpe filmado a um postulado do gramscismo recente: o de que a sociedade machista patriarcal e heteronormativa cultuaria o estupro e culparia a vítima. Porém, como se pode observar, um monte de machista-patriarcal-heteronormativo tomou as dores da vítima e perseguiu um cara;

    3) E volto a falar de BBB 14, devido àquela participante que estava entre os que invadiram o Instituto Royal. Seria isto alguma mostra de sensibilidade artificial histérica das boas? E, claro, se ela for emparedada, já sabemos em quem votar;

    4) Mais uma sobre MTST: dizem eles que querem negociar com proprietários de uma área que eles próprios invadiram no sentido de adquiri-la. De onde virá o dinheiro para comprar vários caros metros quadrados paulistanos? Isso sem falar que fica parecendo aqueles lances de coronelismo contra gente humilde praticamente obrigando-as a se desfazer de seus bens. Sempre lembro do que disse o Reinaldo a respeito do tal movimento;

    5) Você viu esta história a respeito da Coreia do Norte?

  2. Luciano, leia a entrevista de Caetano no livro “1968 – O que fizemos de nós”, do Zuenir Ventura. Aquilo é uma aula de incoerência e relativismo moral.

    • Os ‘negacionistas da realidade’… Taí, gostei disso. :¬)

      /Os negacionistas estão chegando/ estão chegando os negacionistas/…

      Oh! Oh! Oh! Oh!
      Oh! Oh! Oh! Oh!
      Oh! Oh! Oh! Oh!
      Êh! Êh! Êh! Êh!…

  3. Caetano então é economicamente o Laerte. Caetano é muito cara-de-pau, mas os catedráticos e jornalistas vivem aí falando pro povo que ele é um gênio, não tem como a mente de um povo ficar saudável quando acredita que um sujeito que escreve esses absurdos é um gênio.

    • O jornalismo cultural no Brasil acabou. Essa é a verdade. É um jogo de comadres.

      Fulaninho falando bem do livro de escritor amigo, beltraninho falando bem de disco de cantor que é membro da família e por aí vai

  4. Não Caetano… Peraí pô… Que loucura, cara…
    Cê é burro…
    Como vc é burro…
    Vc fala de uma maneira burra…

Deixe uma resposta