TJ-GO recebe denúncia criminal do MP contra Demóstenes. E daí? E daí que temos um grande diferencial da direita…

6
38

demostenes_ae_conselho1

Segundo o Globo, o TJ de Goiás recebeu a denúncia criminal do MP contra Demóstenes e Cachoeira. Veja abaixo a notícia, e, em seguida, mostrarei o diferencial da direita perante a esquerda:

A Corte Especial do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) recebeu denúncia criminal apresentada pelo Ministério Público de Goiás contra o procurador de Justiça e ex-senador Demóstenes Torres. Além dele, também foram denunciados na sessão realizada na quarta-feira (22), o contraventor Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, e o ex-representante da Delta Construções em Goiás, Cláudio Abreu.Todos foram investigados na Operação Monte Carlo, deflagrada pela Polícia Federal em fevereiro de 2012.

A denúncia foi recebida por unanimidade pela Corte Especial, após a decisão sobre a matéria ter sido ter adiada durante julgamento no final de novembro do ano passado. Demóstenes deve responder por oito crimes de corrupção passiva e por exercício de advocacia administrativa, que é a utilização indevida das funções na ocupação de um cargo público. Já Abreu e Cachoeira foram denunciados por corrupção ativa.

O relator do processo, desembargador Leandro Crispim, também pediu a quebra do sigilo fiscal de Demóstenes e que ele fosse afastado do cargo de procurador da Justiça. Porém, a corte entendeu que essas duas questões deveriam ser analisadas no decorrer do processo.

Ao G1, os advogados dos denunciados criticaram a instauração do processo e afirmaram que seus clientes são inocentes. Defensor do ex-senador, Pedro Paulo de Medeiros alegou que as provas contra seu cliente foram obtidas de forma ilegal.

“A defesa não se conforma com o fato do Tribunal não ter declarado a nulidade das provas e não ter reconhecido a ilegalidade das ligações interceptadas. Vamos buscar o reconhecimento dessa nulidade e, paralelo a isso, representar contra a ação no TJ”, avisa.

Representante de Cachoeira, o advogado Nabor Bulhões segue a mesma linha de Pedro Paulo. Segundo Nabor, a denúncia não significa uma condenação criminal, mas apenas a possibilidade dela acontecer. “Para nós se trata de uma decisão insubsistente. As provas foram obtidas por meios ilícitos”, afirma.

Procurado pelo G1, o advogado Fabrício Aquino, responsável pela defesa de Cláudio Abreu não foi encontrado para falar sobre a denúncia.

Denúncia

De acordo com a denúncia, entre junho de 2009 e fevereiro de 2012, em razão da função que ocupava, o ex-senador recebeu vantagens indevidas. Entre elas estão viagens em aeronaves particulares, quantias em dinheiro (R$ 5,1 milhões em uma oportunidade, R$ 20 mil e R$ 3 mil em outras, garrafas de bebidas de alto custo e uma cozinha de luxo).

Segundo o MP, em 9 de julho de 2011, Demóstenes defendeu interesses de Carlinhos Cachoeira e de Cláudio Abreu junto ao prefeito de Anápolis para que determinasse o pagamento de um crédito de R$ 20 milhões a uma construtora que Delta teria interesse em comprar.  Advogado de Abreu, Fabrício Aquino argumentou nesta tarde que o próprio prefeito afirmou em depoimento que o ex-diretor da Delta não lhe ofereceu propina.

A pena prevista para o crime de corrupção passiva varia de 2 a 12 anos de reclusão e multa. O MP, no entanto, pediu que as penas para cada um dos oito crimes sejam somadas, o que daria, no mínimo, 16 anos de prisão. Para o crime de advocacia administrativa, ela varia de 1 a 3 anos de detenção.

Carlinhos Cachoeira e Cláudio Abreu poderão pegar entre 2 e 12 anos de reclusão, além de multa, pelo crime de corrupção ativa. Os dois, que chegaram a ser presos em fevereiro de 2012, quando a Operação Monte Carlo foi deflagrada, foram condenados pela Justiça federal, mas recorreram das decisões e aguardam em liberdade.

E qual a diferença? Recentemente, tivemos vários mensaleiros condenados. E agora o político “de direita” Demóstenes Torres corre o mesmo risco de ir para o xilindró. Tudo bem que o escândalo do Mensalão é um dos maiores casos de corrupção da história do Brasil, enquanto Demóstenes não passa de um ladrão de galinha. Mas, em termos morais, temos um político corrupto prestes a ser julgado criminalmente.

Sim, mesmo que Demóstenes estivesse em um partido de centro, o DEM, ainda assim ele foi considerado um dos políticos mais próximos do pensamento de direita no Brasil.

Ainda não cheguei no diferencial, pois até o momento falamos de um político corrupto da direita, e de políticos corruptos da esquerda.

A diferença está no comportamento das pessoas de direita perante Demóstenes. Tirando um ou outro partidário do DEM, a maioria absoluta dos direitistas rejeitará o político goiano cada vez mais. E, em caso de sua condenação, ninguém chorará pro ele.

Enquanto isso, a esquerda petista é vista lançando loas aos seus mensaleiros. Se eles tivessem a mesma noção de ética que os direitistas, iriam rejeitar gente como Genoíno. Em vez disso, ficam lamentando dia após noite sua prisão.

A lição que tiramos é essa: se alguém cometer um crime e estiver intelectualmente alinhado ao direitista, há boas chances desta pessoa denunciar o criminoso e rejeitá-lo publicamente. Ao mesmo tempo, se alguém cometer um crime e estiver alinhado intelectualmente ao esquerdista, há boas chances desta pessoa esconder o criminoso e começar a atacar os denunciantes do crime. No caso da extrema-esquerda, é quase uma certeza que eles esconderão os crimes cometidos pelos seus.

O instinto de proteção aos crimes cometidos pelos que estão ao seu lado é perigosíssimo, em termos sociais. Em épocas de guerras e crises econômicas, junto com a presença do totalitarismo, não surpreende que eles tenham se especializado em genocídios de larga escala. Se tudo está antecipadamente justificado pelos que estão ao seu lado, então, para eles, não há problema algum quando cometem barbáries. 

Há quem diga que é errado polarizar a discussão entre esquerda e direita. Errado! Estamos em pólos opostos em várias questões. Mas a questão na qual estamos mais polarizados é a reação perante ao crime daqueles que estão ao seu lado. Enquanto a esquerda abraça seus criminosos, a direita os rejeita.

Anúncios

6 COMMENTS

  1. A esquerda está do lado dos seus até onde lhes convier, até quando for do interesse do projeto revolucionário. Se Genoíno ou Dirceu tivessem um “ataque de lucidez” e botassem a boca no trambone expondo o PT, provavelmente os asseclas petistas até concordariam com as prisões.

  2. Quando eu falo que o DEM expulsa os criminosos e o PT salda os criminosos com festas e churrascos, e não pensam nem em expulsá-los, os militontos arrumam uma desculpa esfarrapada para mudar de assunto ¬¬” É muita falta de vergonha na cara para pelo menos admitir que defendem bandidos

  3. Sempre observei essa diferença. Nós temos uma moral diferente. Em maioria somos cristãos, filhos do ocidente. Enquanto os esquerdistas se sentem filhos do leste europeu e tem uma moral torpe.

    Vide o caso do Ghiraldelli: o cara é o maior esquerdalha do nariz empinado; quando solta uma besteira maior que as outras, há duas opções: ou você o defende ou você o joga pra direita. Como estupro é algo torpe e indefendível, não há como defender, diga que ele é reaça. Foi basicamente o que aconteceu.

    Para os esquerdistas não existe uma moral absoluta, assim como para os ateus (neo e ‘fortes’).

  4. Eu não tenho nada de esquerdista, mas tomar partido num caso como esse chega a ser patético. “Meu ladrão é de direita, então ele é melhor que o seu”! Ridículo. Ladrão é ladrão, corrupto é corrupto. E essa história de que ninguém fica do lado do Demóstenes… Pelo amor de Deus!!! Quem larga ele na mão é pq não quer perder voto. Não vamos confundir filosofia, forma de ver o mundo, pensamento… de direita com os políticos de direita. Esse são políticos e, tanto quanto os da esquerda, são bandidos. Exceções são e sempre serão raríssimas. Demóstenes não é exceção!

    • Releia o texto, pois você simplesmente não o entendeu! (e ele está escrito de forma simples)

      O texto não diferencia políticos criminosos de direita ou esquerda, mas comportamentos DE ELEITORES de direita ou esquerda, diante das falcatruas desses políticos.

      Abs,

      LH

Deixe uma resposta