O PT cria novos capitães do mato: Médico que faltar ao trabalho, no Mais Médicos, resultará em comunicação à polícia

21
54

2c

Até este que vos escreve, que normalmente não se surpreende com barbáries esquerdistas, se espantou com esta ação do PT. Com uma cara de pau impressionante inseriram um nova regra ao programa Mais Médicos para obrigar as comissões estaduais a informar a ausência de qualquer profissional por 48 horas à polícia. Leia:

Após admitir que 89 profissionais abandonaram o Mais Médicos, o governo determinou que, a partir de agora, quando um médico estiver sumido por mais de 48 horas, as comissões estaduais ou do Distrito Federal responsáveis pelo programa terão que informar a ausência aos órgãos de segurança.

A determinação faz parte de uma resolução publicada ontem pelo Departamento de Planejamento e Regulação da Provisão de Profissionais da Saúde, no Diário Oficial da União. A medida, de acordo com a pasta, tem o objetivo de garantir a integridade física dos médicos participantes.

A resolução determina ainda que a Opas (Organização Pan-Americana de Saúde) também seja comunicada sobre a ausência de um médico no caso de ele ser estrangeiro.

Além destas medidas, o governo publicou também novas regras para fazer o desligamento de profissionais que descumprem as normas médicas e têm ausências injustificadas no programa.

As medidas são uma tentativa do governo de melhor controlar o número de desistências do programa, e garantir condições mínimas para que os profissionais vivam nas cidades para onde foram designados.

O governo orienta que ausências injustificadas por mais de dois dias úteis já sejam objeto do desligamento do profissional do programa, dando ao médico o prazo de cinco dias para que ele apresente uma justificativa.

Nesta semana, o governo publicou uma lista com os nomes de 89 profissionais que não estão atuando no programa, dentre eles 80 brasileiros. Caso não informem seu paradeiro, serão desligados do programa.

No grupo estão cinco cubanos que abandonaram o programa. Um deles é a médica Ramona Rodriguez, que pediu ajuda ao DEM e está em Brasília. Ela já apresentou um pedido formal de refúgio ao Brasil e está empregada na Associação Médica do Brasil.

O segundo caso revelado é o do médico Ortelio Jaime Guerra abandonou o programa e está nos Estados Unidos. O ministério não tem informações sobre o paradeiro dos outros três médicos cubanos.

Outros 22 médicos de Cuba desistiram formalmente do Mais Médicos e retornaram à ilha.

A resolução determina ainda que seja aplicada uma advertência para o médico que se ausentar do trabalho por mais de quatro horas até dois dias sem justificativa. Em caso de reincidência ou ausência por mais de 48 horas, o profissional será desligado do programa.

Em qual outra profissão a falta ao trabalho torna-se caso de polícia? Absolutamente nenhuma outra. Só no caso do programa Mais Médicos, em que o PT resolveu transformar a polícia em capitães do mato.

Fico até imaginando a vergonha com a qual um policial chega em casa, após um período de trabalho, e diz para a esposa: “Hoje eu tive que caçar escravo fugido”. Que o PT não tem vergonha em fazer uma coisa dessas, é algo que não deve surpreender a mais ninguém. Mas o que dizer de policiais obrigados a praticar tal indignidade?

Mas já que é assim, uma dica aos escravos cubanos: deixem para iniciar sua ação de fuga na sexta-feira à noite, caso não tenham turno de trabalho ao sábado. Assim, vocês terão 4 dias antes dos capitães do mato irem atrás de você.

Anúncios

21 COMMENTS

  1. Atenção! Conselho a todos os cidadãos de bem.

    COMPREMOS NOSSAS ARMAS ENQUANTO AINDA PODEMOS. POIS EM BREVE TODOS NÓS IREMOS NECESSITAR PEGAR EM ARMAS PARA DEFENDER O BRASIL, NOSSAS LIBERDADES E NOSSAS VIDAS.

    A VENEZUELA ESTA EM PÉ DE GUERRA E MILHARES ESTÃO MORRENDO NAS RUAS, QUEM ACHAR QUE ISSO É EXAGERO PROCURE SE INFORMAR URGENTEMENTE.

    TODOS NÓS PRECISAMOS URGENTEMENTE NOS UNIR. O BICHO COMUNISTA ESTÁ SE PREPARANDO PRA PEGAR. QUEM NÃO QUISER SE PREPARAR PARA AS ARMAS, ENTÃO QUE SAIA DO BRASIL. SE FICAR O BICHO COME, SE CORRER O BICHO PEGA.

    MENOS TELEVISÃO E MAIS REALIDADE EM PROL DE NOSSA LIBERDADE. ACABOU O TEMPO DE SONHAR, É TEMPO DE SE INSTRUIR E AGIR.

    Vai ai um vídeo de uma parte da história do Lula e do PT.

    https://www.youtube.com/watch?v=yAGrCeSgLQw

    • O carinha ai do vídeo acima diz que a “Sininho” cujo nome é ELISA QUADROS, também é NETA do ex-presidente JÂNIO QUADROS.

      Sera ???

      Pelo menos o nome de família bate. Vai ver é mesmo… Vivendo e aprendendo…

  2. no regime socialista tudo e todos são “propriedades” do governo, o brasil, devagarzinho começa a aplicar o mesmo, daqui a pouco tempo, trabalharemos seis dias para o patrão e um dia forçado para o governo!

  3. Ainda chegaremos ao atual estado de coisas na Venezuela. Agora faltar ao trabalho ë caso de policia! Quando começarao os julgamentos sumarios e execuçoes?

  4. Caro Luciano.

    Uma sugestão: quando você postar um artigo interessante, que gere muita interação de comentários, procure se possível, caso não haja uma emergência noticiosa, mantê-lo por mais tempo no topo do blog. Assim haverá mais debates frutíferos, e como consequência será benéfico e instrutivo a um maior número de pessoas. Além de contribuir, a meu ver, para aumentar o seu contador de acessos.

    Veja que é apenas uma pequena sugestão, de tal modo que, se isso não for de encontro aos seus objetivos, por favor desconsidere e não falemos mais nisso.

    Forte abraço.

    • Novas notícias sobre o Mais Médicos:

      1) Sakamoto voltando a defender o indefensável: agora ele diz que quem considera como escravos os médicos cubanos é alguém que nunca viu escravos de verdade e que não estaria dando a mínima para aqueles que estão trabalhando em condições análogas às de escravo seja em ambiente urbano ou rural, dizendo que se considerarmos os cubanos como tal, estaríamos ampliando o significado de escravo a um ponto em que se poderia abranger qualquer coisa (ué, mas não são os seguidores de Derrida que querem tornar tudo racismo, homofobia, elitismo e outras coisas ao inchar o significado desses atos?).
      Poderíamos contrapor o Sakamoto não só com o que disse o Ives Gandra como também lembrar da particularidade da escravidão no Brasil: o de a maioria das propriedades que tiveram escravos terem tido no máximo quatro escravos, bem como um enorme contingente desses escravos serem urbanos e trabalharem como os chamados “escravos de ganho”, o que significava um grau de proximidade entre escravos e seus proprietários maior do que o da clássica ideia de uma plantation de cana-de-açúcar, a ponto de muitos escravos serem alforriados via testamento ou comprando a liberdade (escravos de ganho) via acordo feito com o proprietário. Se formos por essa lógica poderíamos dizer que quem consideraria como escravo o que estava na pequena propriedade ou na cidade fazendo ganho não estaria dando a mínima para o escravo do engenho que era extenuado até a morte e sendo açoitado. Porém, não explica nem um pouco que aquele escravo de lida mais leve poderia ser vendido, tinha sua liberdade privada de qualquer maneira e não podia ter a rotina de alguém livre.
      E já que os comentários são parte importante e que pode ajudar a desmontar aquilo que o Sakamoto tenta passar, vamos a eles, de um total que passou de 100 e alguns de sakamotetes que receberam resposta dos combatentes do marxismo-humanismo-neoateísmo:

      13582196 4 horas atrás

      Sakamoto, ninguém está ampliando conceito algum, a simples violação pelo acordo, de vários itens da Constituição Brasileira de 1988, o qual também garante direitos aos médicos cubanos por serem trabalhadores residentes no Brasil, torna a questão em Trabalho Análogo ao de Escravo, e é também um crime contra a Humanidade. afinal, o significado do trabalho análogo a escravidão é justamente suprimir direitos constitucionais de trabalhadores e crime contra a humanidade, não é?

      13582196 3 horas atrás

      só uma correçãozinha: afinal, o significado do trabalho análogo a escravidão é justamente suprimir direitos constitucionais de trabalhadores, é crime contra a humanidade, não é?

      Danilo Tiezzi 3 horas atrás

      Sakamoto querendo ensinar o padre (Yves Gandra Martins) a rezar a missa..

      Rorschach1974 3 horas atrás

      Sakamoto (autoproclamado dono da verdade e da moralidade) pensa que apenas ele pode decidir o que é trabalho escravo, ou não…

      Marta Aquino 3 horas atrás

      Ué? Uma coisa justifica a outra?

      Dilma Serra 2 horas atrás

      Martinha, querida: não é uma questão de justificar, mas, sim, o uso de dois pesos e duas medidas, muito comum em terra brasilis, desde que seja para defender os interesses cartoriais de alguns. Conseguiu entender?

      Rober. 3 horas atrás

      O samba de uma nota só do Sakamoto …. Escravo pra tudo que é lado … Mas de onde apareceu este incrível número de 16 milhões de escravos (ou equiparados ) ??? … esta estatística realmente é fantástica …. hehehe

      H.eduardo 3 horas atrás

      Vc tá recebendo seu salário integral? Ou que receber só 10%?

      the blues 3 horas atrás

      Esse é um dos muitos problemas dos petistas. Acham que só eles são sensíveis ao sofrimento dos demais. Dá um tempo, meu caro! Médico ganhando R$900/mês fora do seu país (sendo que os de outras nações recebem 10x mais para fazer a mesma coisa), sem poder trazer a família, sem condições de trabalho, sem o direito de ir e vir… Isso é legal?! Dentre tantos outros problemas, a questão aqui é a VALORIZAÇÃO DO TRABALHO!!! E, se é essa é uma ação humanitária, o seu trabalho deveria ser valorizado ainda mais!

      Malicuia 3 horas atrás

      A escravidão existe desde o inicio dos tempos. E a luta contra este tipo de domínio e exploração também. O que muda com o passar do tempo é a forma como a escravidão é exercida e combatida. Ou seja, a evolução humana é uma ilusão que se renova a cada geração. Nada muda. O que muda são os brinquedos.

      Sérgio Monteiro 2 horas atrás

      A esquerda e a formula velada de justificar seu absurdos… E sempre justificado um crime pq existe outro… Faça o seguinte vá trabalhar em outros países dá mesma maneira que os Cubanos… Pimenta nos olhos dos outros é refresco, já dizia minha sábia avó…

      Marcon33 2 horas atrás

      Uma das questões não abordada por Sakamoto é se a contratação de serviços pelo Governo Federal pode ser feita sem licitação. Como foi feito o “Contrato de Prestação de Serviços” com Cuba? O governo cubano foi cadastrado como “fornecedor” do governo brasileiro? Ou como tantos apadrinhados do Governo Brasileiro são contratados pelo “notório saber”? Em briga de compadres é melhor não tomar partido e pagar a conta.

      Kero Ibernar 2 horas atrás

      O Sakamoto só esquece de dizer que o PT utiliza esse “16 milhões” como empregados para aparecer com um índice de desemprego que beira o pleno emprego. Sakamoto que é isso!

      sbe 2 horas atrás

      Sakamoto, os princípios não devem ser definido por ideologias. Não sei se as vezes sou de esquerda ou direita, sou a favor de campo de trabalho forçado para delinquentes e criminosos, isso deve me fazer de esquerda pois Satlin, Mao e Castro usaram este cistema. Ora por que não faze-lo no Brasil? O passado não posso mudar mas posso lutar contra os erros do presente. A SITUAÇAO DOS MEDICOS CUBANOS É ILEGAL, NAO É CORRETO. Na verdade parte deste dinheiro voltara por fora via malotes diplomáticos para a campanha do PT.

      Ed_Uchoa 2 horas atrás

      Sakamoto, vc perdeu o pouco respeito que eu tinha por vc. Eu já estive em Cuba, essas pessoas são escravas mesmo, não é a toa que muitos preferem enfrentar os tubarões em cima de uma balsa improvisada a viver na ilha-prisão. Só pra te dar um exemplo, mesmo com a riqueza do mar do Caribe, lá só se encontra (as vezes) peixe congelado importado. Porque o regime proibe a pesca no mar, eles sabem que qualquer embarcação vai ser usada pra fugir.

      sayeg 2 horas atrás

      sakamoto um erro não justifica outro porque só agora vc berra contra as empreiteiras não esqueça as fabricas de carvão que escravizam menores,os bolivianos em sp seu pt está no governo a mais de dez anos tudo isto esta acontecendo no governo petista e anteriores mas agora quem tutela esta escravidão velada dos medicos é o proprio governo po abra os olhos cara seja sensato!!!!

      FIXN 2 horas atrás

      Imagine uma empresa norte americana contratando mil médicos e os enviando ao Brasil com a seguinte condição: “pago 40% para os médicos e fico com 60% como meu lucro”. Com um sofisma: são meus empregados que estão fazendo trabalho humanitário no país. Ou então com outro sofisma; “estão fazendo um estágio remunerado para se aperfeiçoarem”. Seria trabalho escravo ou não?

      darlam 2 horas atrás

      Ô Saka, a questão do “mais médicos” reside exatamente no descuido do governo em não prevenir o problema, deixando a situação chegar a esse ponto. Milhares de jovens brasileiros estão desejosos de serem médicos, mas na ausência de condições financeiras-o curso é proibitivo às classes menos favorecidas, ficam só no sonho. Agora vem o governo contratar gente de fora e empurrar os nosso filhos ao relento profissional é inaceitável. O Brasil é para os brasileiros.

      Sumyk 2 horas atrás

      Sakamoto, não entendi nada do seu texto. Você falou, falou e não disse nada. A única coisa que faz sentido no seu texto é a admissão de que os coitados dos médicos cubanos são escravos sim, e que as suas ações trabalhistas vão arrebentar o erário.

      DETUR 2 horas atrás

      O SAKAMOTO, ESCRAVOS SOMOS NÓS, QUE PAGAMOS IMPOSTOS, PARA O GOVERNO DOS PETRALHAS FINANCIAR A DITADURA DOS IRMÃOS CASTRO.

      Carlos Steinsfield 2 horas atrás

      Sakamoto, quer dizer que pagar 20% do salário (sendo metade agora, e o restante quando os irmãos Castro quiserem) a um profissional, para que ele trabalhe tanto quanto qualquer outro da área, não é trabalho escravo? Como você classifica esta relação trabalhista? Favor, leve em consideração as leis trabalhistas brasileiras, que é onde estes profissionais trabalham. E estamos constragendo o Governo, ao chamar estes pobres trabalhadores de escravos? Sakamoto, você trabalharia para ganhar 20% de seu salário ?

      X700 2 horas atrás

      Sakamoto o povo brasileiro está indignado é pelo fato de que quase 80% do salário dos médicos cubanos vai parar nas mãos do Fidel que provavelmente deve repassar boa parte dessa grana para os cofres do PT, você precisa começar a entender as entrelinhas….

      Marcia Faelli 2 horas atrás

      Não nos esquecemos não! A grande diferença é que as situações que vc lembrou foram praticadas por pessoas jurídicas ou físicas e tínhamos o Estado para tomar as devidas providências. Quanto aos médicos cubanos escravizados, neste caso tem a cumplicidade documentada pelo próprio Estado! Agora pergunto, quem toma providências contra o Estado que está ferindo nossas legislações!!???? É BEM DIFERENTE MESMOOOOOO

      Papa Lima Charlie 2 horas atrás

      A força de um argumento é inversamente proporcional a quantidade de palavras para explicá-lo. Bastava admitir a profunda e constante incoerência e, quem sabe com honestidade intelectual, a parcialidade. Para mim e para muitos outros não seria novidade, além de menos tedioso.

      Crrtyu 2 horas atrás

      Acredito que você não faz um trabalho voluntário escrevendo para o Pt e defendendo a escravidão dos medicos cubanos agora ser for e tiver uma justificativa dou a mão a palmatória a impressao que esta e a solução para melhorar os cursos de medicina dar condições realmente das universidades não ter mensalidade de seis mil reais e as publicas so entrar quem tem dinheiro e que estudam nas melhores escolas ou eu moro em outro pais e saúde do Brasil esta ótima e que os medicos cubanos sao a solução para a caótica saúde do Brasil

      PAULO TRISTÃO 2 horas atrás

      Um tanto quanto soberbo você fazer pouco caso dos comentaristas do seu blog. Afinal você escreve para quem ? Só para os pseudos socialistas travestidos no PT ? Se entendi direito, escravismo CUBANO é diferenciado ? Não só os médicos cubanos são escravos, mas todo o povo cubano. Nem todos, é claro. A elite militar castrista se apropria de todas as rendas dos negócios externos. Para o povo restam as migalhas, o racionamento. De que adianta boa saúde e educação sem a possibilidade de progresso pessoal. A punição sevara que você preconiza para os empresários deve se aplicar também aos políticos e aos dirigentes do governo. Desejamos mais respeito aos comentaristas “COMUNS “. Dentre nós há homens e mulheres de elevada cultura e melhor discernimento que muitos blogueiros tendenciosos.

      francisco7 2 horas atrás

      Este sujeito esta tentando livrar a cara do PT no mensalão e do governo no vergonhoso caso dos médicos de Cuba.Um erro não justifica outra,Tem trabalho escravo no Brasil ,tem que ser combetido com absoluto rigor, mas não será por causa disto que se fará vista grossa ao caso dos médicos cubanos.O trabalho escravo em fazendo é caso de polícia e não é patrocinado pelo governo nem partidos políticos..O caso cubano é político e envolve tratativas oficiais e obscuras entre dois governos.

      saulus tricolino 2 horas atrás

      Só pode ser brincadeira este artigo, uma coisa não justifica a outra Sr. Sakamoto, que este programa por todas as analises que se faz com um minimo de isenção é sim uma tremenda escravidão e exploração ou talvez e aqui é só minha percepção uma forma de desviar muito dinheiro para um caixa dois para as eleições que estão chegando assim como em eleições passadas que Cuba, meu Deus Cuba aquele fim de mundo, enviou dinheiro para o PT. Seja ao menos isento em suas analises.

      Plscr51 1 hora atrás

      Brincadeira de mau gosto. O autor, no seu contorcionismo ideológico, simplesmente ignora os 2 fatos principais da história: 1º os cubanos tem a liberdade cerceada, isso sozinho já é mais do que suficiente para caracterizar o trabalho como escravo de fato, não chamado análogo a escravidão. 2º Quem esta empreendendo o programa é o governo federal, que deveria servir de exemplo e não uma empresa privada. O autor coloca as 2 coisas como se fossem da mesma grandeza. Fora isso o chamado alargamento dos conceitos de escravidão que ele propõe no exemplo são ridículos e desnecessários. A tal da responsabilização da OAS nas obras de Cumbica é a prova. Haja largueza para enquadrar aquilo em trabalho análogo a escravidão. Não comento usualmente por aqui, por que geral as postagens são de um socialismo pueril, daquele tipo que só os tolos ou os mal intencionados professam. Carecem da lógica e embasamentos mais rudimentares. Mas hoje não resisti. De qualquer jeito, mesmo após esse artigo, ainda acho que mal intencionado o autor não é…

      Crrtyu 2 horas atrás

      Isto e pior que escravo suas famílias ficam lá em Cuba como refém outra coisa não temos que ver escravos de qualquer tipo seja cubano ou outros como você se refere no título infeliz do seu texto também infeliz

      Vladimir Antonini 1 hora atrás

      Concordo plenamente contigo.

      avô irado 2 horas atrás

      Qualquer porcaria que alguem fale a favor do PT, os aloprados elogiam e exaltam, no caso dos Médicos Cubanos o Governo errou e deveria pagar os 10mil aos médicos e não a Cuba, ficaria mais honesto e sensato, pois os outros estão recebendo e eles pagariam suas despesas, o que não acontece com os Cubanos onde o Brasil entra com tudo e isso esta parecendo desvio de verba com a anuencia do Governo Cubano, se é que sabem dessa historia, o Governo esta muito insistente e dá para desconfiar.

      Bortverde 2 horas atrás

      Defenda o PT mesmo, pois em breve você e seus colegas de profissão serão censurados e aí sim sentiremos na pele o que esses médicos escravos estão sentindo.

      Alberto Kato 2 horas atrás

      Não ter direito a férias, fgts, 8 horas/dia e salário mínimo é legal ? Não, a lei brasileira é assim e quem trabalha aqui está sujeito a ela. O fato é que o PT utiliza desta subterfúgio, para transferir dinheiro para Cuba e ter porcentagem em troca para a campanha presidencial. O programa mais médicos está previsto para durar apenas 3 anos. Você acha que vai resolver os problemas da saúde no Brasil? É claro que não. Apenas vai reeleger a Dilma e ainda sobrar uns trocados para guardar nas Ilhas Caimã.

      Leonardo Silva 2 horas atrás

      O PT FOI A CUBA PARA FAZER CAMPANHA POLITICA OU SEJA – TROUXE DIVERSOS CUBANOS MEDICOS E DEU EM TROCA INFRAESTRUTURA PARA CUBA COM O DINHEIRO SUÁDO DE NOS BRASILEIROS E AINDA IRONIZA NOSSA SABEDORIA AO TRAZER ESCRAVOS PARA TRABALHAREM COMO ESCRAVOS – QUANDO CHEGAR A ELEIÇÃO A DILMA VAI SE VANGLORIAR DO PROGAMA MAIS MEDICOS DIZENDO QUE COLOCOU MEDICOS EM DIVERSOS LUGARES DO BRASIL !!! PORQUE O PT NÃO PEGOU O DINHEIRO QUE INVESTIU EM CUBA E INVESTIU AQUI NO BRASIL EM SÁUDE EM MELHORES CONDIÇÕES PARA OS MEDICOS DAQUI TRABALHAREM ????? , LEMBRE-SE ENTRE O GOVERNO DE DILMA E LULA FORAM GASTOS 16 BILHÕES SOMENTE COM PROPAGANDA DO GOVERNO – ESSA CONTA NÃO FECHA PARA QUEM ESTUDA E TEM INFORMAÇÃO , DEPOIS RECLAMÃO DOS PROTESTOS EM TODO BRASIL – ISSO É VERGONHOSO !!!!

      Elmer Paulin 2 horas atrás

      Engraçado, o povo ganha salário mínimo e sem transporte e moradia. Mas alguns cubanos que reclamam de ganhar 10 mil, cinco mil, um mil e mais algumas mordomias é escravidão? Coitado do assalariado qual a definição dele? Olha estão fazendo muito alarde por causa de uma cubana que queria apenas sair fora do país dela e ir embora. Mande embora

      araka 1 hora atrás

      você deve ser petista ou nunca ouviu falar em “CLT”

      _Dehumanizer_ 2 horas atrás

      A escravidão não se caracteriza pela ausência de liberdade? Os cubanos não possuem liberdade de ir para onde quiserem. Por que isso não os caracteriza como escravos?

      vô nelson 2 horas atrás

      É impressionante. Tem sido tática já enjoativa. Pilhada em erro a esquerda acusa a torto e a direito. Amigo Saka, se há trabalho escravo, lei nisso. Mas virar política de governo é escandaloso demais. É vergonhoso. Deprimente. Para ser franco o senhor devia se envergonhar do que escreveu. (Vô Nelson).

      Herbert Barbosa 2 horas atrás

      Diretor de ONG… te atiçaram, provavelmente com inverdades “socialistas”…nesse “circo” chamado Brasil. É um terreno perigoso…se propor a fazer esse jogo…eu o lia sempre,mas agora com essa, estou perdendo o gosto !

      Gengis Alberto 2 horas atrás

      Há relatividade na escravidão? Que novidade.

      luizlfg 2 horas atrás

      Juntando eu e minha esposa também dá um escravo, porque nós dois temos que trabalhar 6 meses pra sustentar o castelo do deputado, os passeios de helicóptero do imperador do sarneyquistão, a cachaça do…… deixa pra lá.

      carlos almeida 2 horas atrás

      Toda esta baboseira só para dizer que Cuba é uma democracia, vá morar lá sakamoto.

      thegrim_reaper 2 horas atrás

      Mais um seguindo a tática petista clássica: quando um petista é pego cometendo crimes ou algum outro ato condenável, ele tenta mudar de assunto acusando outras pessoas, e dizendo que todo mundo faz o mesmo. O governo do PT aluga escravos cubanos? Ah, tem latinfundiários criminosos que fazem isso também, logo o PT está desculpado. O PT foi pego com os subornos do mensalão? Ah, tudo bem, tem outros partidos com caixa 2. Logo o PT tá liberado pra transformar a corrupção em política de estado. Sakamoto, não mude de assunto. O problema aqui é a escravidão apoiada pelo Estado Brasileiro. No caso dos latifundiários, vários já foram denunciados, julgados e condenados. Outros ainda serão. Agora, precisamos fazer o mesmo com os governantes petistas, que compram serviços de escravos cubanos.

      Celso Silva 2 horas atrás

      Ah, tá! Como podemos mencionar “ene” situações de escravagismo pelo mundo afora e no Brasil fica perfeitamente justificada a existência de escravos cubanos por aqui e dentro do próprio país deles? Argumentações esquerdistas são risíveis!

      SOUZABRAGA 2 horas atrás

      Você é um brincalhão. A Dilma paga USD 400, ao médico, deposita USD 600, na conta dele em Cuba e o restante dos R$ 10.000,00 vai para o governo fracassado daquele senil Fidel Castro. Aliás, o governo do PT esta brincando como nosso dinheiro. Fez um porto em Cuba ao custo de USD 700.000.000,, perdoa dívidas de outros paises. Acham que somos ricos e não temos problema de saúde, educação, portos, etc. Agora ainda tem a lavagem de dinheiro na vaquinha para pagar as multas dos bandidos do mensalão. Fala sério.

      Usuário Anônimo 123 1 hora atrás

      Pelo visto o governo fracassado tem melhores resultados na formação dos médicos do que nós que somos bem sucedido. Aliás, somos tão bem sucedidos que precisamos trazer médicos de um governo fracassado.

      toscano 2 horas atrás

      não entendo sua justificativa ( se assim podemos dizer) como há ou houve por aqui , passa a ser justificável o trabalho escravo cubano patrocinado pelo pt? Caro, passei a duvidar de você.

      TRISTE FIM DA DEMOCRACIA 2 horas atrás

      Caro Sakamoto, me aponte a diferença do significado de escravidão: Definições da web A escravidão é a prática social em que um ser humano assume direitos de propriedade sobre outro designado por escravo, ao qual é imposta tal condição por meio da força. Em algumas sociedades, desde os tempos mais remotos, os escravos eram legalmente definidos como uma mercadoria. … e o que o Governo Cubano esta fazendo com esses médicos…. O programa de politica publica é ótimo, contudo, não se admite a escravidão e muito menos patrocinada de forma oficial com dinheiro publico brasileiro. Se voce não consegue enxergar isso, imagino que deve ter outros interesses que estão além da mera interpretação da situação. Sou favorável ao programa, como sou favorável que o Brasil dê asilo para quaisquer deles que desejarem ficar no país.

      Marcos Morais 2 horas atrás

      Você negar da exploração institucionalizada nesse programa é no mínimo hipocrisia de quem se diz tão consciente. É óbvio que esse programa legalmente está errado, é não querer enxergar isso é o tipo de coisa de militante que acha que com os outros não pode, quando é com os “companheiros” tudo pode…me desculpe..você deveria ter vergonha desse posicionamento.

      Ricardo Ferraz 1 hora atrás

      Reconheço que a opção de ler qualquer artigo é minha. E, neste caso, assumo a culpa por, mais uma vez e apesar de exemplos anteriores, ler um colunista capaz de escrever um artigo risível como este. Ao menos dá para considerar engraçado!!!!

      araka 1 hora atrás

      lamentável,ainda tem gente que confunde política com futebol…a questão não é torcer para “A”ou”B”…esse jogo eleitoreiro feriu todas as regras vigentes…somos a venezuela amanhã e o amanhã ta logo aí.

      TENJEITONÃO 1 hora atrás

      A liberdade é a guarda do dever, porque reivindica o direito. O direito é somente a raiz do dever; é preciso possuir para dar.

      Lucas auto 1 hora atrás

      Dá muita pena ver o sofrimento do povo Cubano. Ao contrário dos Brasileiros, que votam em bandidos por opção, os Cubanos não tem direito de escolher os Governantes. Se você algum dia for a Cuba, faça uma caridade e leve papel higiênico, escova e pasta de dente, sabonete, desodorante, shampoo, roupa, jornais, revistas, cd´s,.. enfim, qualquer coisa que possa doar para dar um mínimo de conforto a um povo oprimido há mais de 50 anos.

      MASPOA 1 hora atrás

      O texto não chega sequer a ser primário. É incrível uma pessoa que pretender ser um “formador de opiniões” desconsiderar a infinita distância que há entre exploração de trabalho escravo pelo Estado brasileiro e por empresas privadas – que, aliás, deveriam ser fiscalizadas e punidas exemplarmente pelo mesmo Estado que, agora, faz pior do que elas (pois elas pelo menos têm a desculpa da busca inescrupulosa do lucro. Qual seria a justificativa da companheirada? Ajudar ainda mais a ditadura dos Castro)?

      Antonio M 31 minutos atrás

      Tuntacon nada, os botes improvisados que tentam fugir do paraíso não saem do Brasill, e os que saem do Brasil atrás de outras oportunidades podem sair quando e se quiserem, e podem voltar também. Quanto à saude, com a merreca que ganham e as condições de trabalho, se o governo cubano não lhes fornecer o mínimo de comida e tratamento de saúde, como vão conseguir produzir alguma coisa ?! Acorde para a realidade.

      MASPOA 45 minutos atrás

      Desculpe, senhor, não logrei entender. O regime ditatorial cubano teria gerado, na sua peculiar visão, condições de educação e saúde melhores do que as deploráveis nossas? Se assim for, por que o senhor não vai morar lá? Ou na Coréia do Norte?

      Tuntancamon2 1 hora atrás

      Infinita distancia é a educação que o povo brasileiro tem ao ser comparado com cuba, não vamos nem falar da saúde que aí a coisa fica feia.

      Lucas auto 1 hora atrás

      A diferença é que no Brasil os escravos tem chance de serem libertados quando as autoridades e pessoas de bem agem. Já em Cuba, a escravidão é compulsória para todos, exceto para os “membros da Nomenklatura” que mandam na ilha.

      VALDEMIR DO VALE 1 hora atrás

      Parabéns Sr. Sakamoto. Realmente estes que utilizam este espaço são uns “comentaristazinhos” comuns. Afinal de contas fazem parte do povo. A chamada INTELIGÊNCIA NACIONAL não pode aceitar que existam pessoas do povo (não importa a classe, raça, religião, posição ideológica) que tenham, a despeito de todo esforço em contrário das elites dominantes e dos governantes desde os tempos lusitanos, desenvolvido a capacidade de pensar e ter vontade própria do que é melhor para si e para seus filhos. Não sei porque você mantém um blog público se trata aqueles que se dão ao trabalho de ler e comentar seus textos como pessoas inferiores e distantes do seu mundo de intelectuais. Minha posição em relação à matéria é de total repúdio ao tratamento indigno que o Governo Dilma está dando a estes nobres profissionais cubanos. Pode não ser escravidão mas é no mínimo humilhante a diferença de tratamento. Quanto as demais questões escravocratas que você mencionou cabe a INTELIGÊNCIA NACIONAL propor formas de coibi-las e puni-las já que o povão não tem formação educacional nem cultura para se quer entender o que o termo escravidão significa; não é isto ?

      jorgetadeu 1 hora atrás

      Incrível, Sakamoto. Em tão poucas linhas você conseguiu ir contra seu discurso de luta contra o trabalho escravo. Impressiona o quão raso você chegou em sua argumentação: “…acho essa diferenciação na remuneração final o ó…”. Todos sabemos que as condições de trabalho dos médicos cubanos enquadram-se perfeitamente na classificação de “trabalho análogo à escravidão”. A luta contra o trabalho escravo não pode sofrer “triagem ideológica”, como ficou evidenciado neste artigo. Você prestou um desserviço aos que – de fato – lutam contra toda e qualquer forma de opressão. Lamentável.

      ariaraujo 1 hora atrás

      É difícil aceitar que um governo que se diz democrático tenha esse relacionamento com a maior ditadura do mundo. Cuba é dominada por uma Ditadura militar perversa com a população e o Brasil insiste em ajudar esse governo, inclusive com investimentos financeiros, quando deveria estar gastando com a nossa infra-estrutura na saúde, educação, estradas, portos etc.. Acorda Brasil, o muro de Berlim já caiu faz muito tempo e a Rússia já se integrou à comunidade mundial. Continua nesse caminho pra ver onde vamos parar.

      Zé da galera 1 hora atrás

      Quanto talento desperdiçado. Os comentários abaixo são de uma profundeza, quase não entendi todos eles. falam de petismo, cubanos, governos ditatoriais, este espaço é uma dádiva de Deus. Aqui se conhece o brasileiro, aqueles que nada sabem opinando sobre o que nunca soube e, nem quer saber. Prefere sempre acatar o que dizem pra ele e repete como se fosse o autor do que ouviu. Nem se dá ao trabalho de ler, pois se o fizesse, talvez não diria bobagens.

      Antonio M 41 minutos atrás

      E não é isso exatamente o que está fazendo agora?

      Chiqueirando 1 hora atrás

      Oh Senhor da Sabedoria Divina Eterna, compartilhe conosco, pobres mortais, um pouco da sua gnose iluminada, e nos mostre o caminho da realidade sã!

      João Victor Messias 1 hora atrás

      A grande crítica ao programa, Sakamoto, vem do fato do mesmo não resolver em nada a Saúde Pública, é somente um tapa buraco, pois o médico sozinho não resolve absolutamente nada, necessita de uma boa infra estrutura, incluindo, por exemplo, medicações, exames laboratoriais, de imagem…, sem contar que é uma sacanagem, sim, o que fazem com os médicos cubanos. Esse programa é uma grande porcaria, qualquer ser com mínimo conhecimento em saúde sabe disso.

      TENJEITONÃO 1 hora atrás

      “Há tantos burros mandando em homens de inteligência, que, às vezes, fico pensando que a burrice é uma Ciência” (Rui Barbosa)

      TMQ 1 hora atrás

      Parabéns, você é o dono da verdade [ou se acha].

      Um_amigo 1 hora atrás

      Excelente… parabéns pela reflexão… Chega de ouvir gente que adora uma ditadura, desde que seja de direita, e sempre se beneficiou dela agora falar de escravidão..Oportunistas…. Não vi, ou vi muito pouco, no facebook ou outra rede social alguém gritar em relação aos bolivianos sendo vendidos… Parabéns pela reflexão.

      responde 1 hora atrás

      Você concorda com a escravidão, acha que ela é justificável em alguns casos e em outros não?

      SISTEMA UM 1 hora atrás

      Nada justifica que um país necessitando de mão de obra vinde de outro país remunere esse país gigolô (inclusive em maior parte) pelo trabalho do explorado. Ou isso não é exploração? De qualquer forma, todo o blá blá blá da escravidão, etc., não elide essa vergonhosa exploração do ser humano com a qual o governo compactua. Pergunto ao articulista: – Você aceitaria trabalhar como jornalista em Cuba e seu salário ser pago ao governo brasileiro? A resposta é óbvia…

      MASPOA 1 hora atrás

      Uma sugestão ao Sr. Leonardo Sakamoto, que me parece pertinente, é que ele procure exercer o jornalismo em Cuba. Ou, quem sabe, na Coréia do Norte. Se o tratamento que Cuba oferece a seus médicos, com conivência dos sicários companheiros, é aceitável, certamente o será o que o Sr. Leonardo Sakamoto lá receberá no exercício de sua profissão!

      marfortes 1 hora atrás

      “FATOR PREVIDENCIARIO” (REDUTOR DE SALÁRIOS) CRIADO POR FHC, E MANTIDO POR LULA E DILMA ATRAVÉS DO VETO; POR MAIS DE 11 ANOS. ELE AFETA VOCÊ OU ALGUÉM DA SUA FAMÍLIA. O PT É CONTRA OS TRABALHADORES, ESTÁ AI A PROVA, O PT (PARTIDO DA ENGANÇÃO E CORUUPÇÃO) USA O NOME TRABALHADORES NA SIGLA, APENAS PARA ENGANAR OS ELEITORES; O PT GOSTA MESMO É DE BANQUEIROS, GRANDES EMPRESÁRIOS, E MUITO LUXO!!! (CADA APARIÇÃO DA DILMA, CUSTA $ 3.125,00 REAIS, DE CABELEREIRO E MAQUIADOR, É VOCÊ QUEM PAGA) É MUITO LUXO NÃO É !!!!! E AI CENTRAIS SINDICAIS; SÓ FALTAM VOCÊS PARA ACORDAREM; O POVO ESTÁ FAZENDO A SUA PARTE, OU VOCÊS NÃO TEM INTERESSE; SÓ QUEREM A CONTRIBUIÇÃO SINDICAL. “VAMOS PRA CIMA DO CONGRESSO E DA DILMA!!!!!!!!!! CORJA DE PELEGOS,ESTÃO ESPERANDO O QUE”??????????????? O ET DE VARGINHA.

      advogado/sp 1 hora atrás

      A liberdade de ir e vir, no Brasil, é garantida constitucionalmente. Os médicos cubanos ao terem seus documentos confiscados, quando de suas chegadas e terem que se reportar a “capatazes” quando querem sair, até mesmo para as necessidades mais simples do ser humano, tais como: conhecer pessoas, conversar, têm sua liberdade de ir e vir cerceada. No Brasil não é permitido! Quanto ao fato de receberem, como remuneração, valor inferior aos demais médicos integrantes do programa “Mais Médicos” fere a Constituição Federal, o artigo 461 da CLT e as Convenções da OIT. Assim, de nada importa sob que clausulas contratuais vieram ao Brasil, elas são nulas. Nulas são as cláusulas contratuais que ferem dispositivos constitucionais, celetistas e Convenções da OIT. Tal como está sendo operacionalizado o programa “Mais Médicos” com os médicos oriundos de Cuba é inconstitucional e não pode prevalecer. Doa a quem doer.

      Josias Camargo 1 hora atrás

      Concordo, mas acho que se for assim vai ter de incluir mais 40 milhões de escravizados pelo PT em troca do voto com uma esmola todo mês, Existe escravidão pior do que essa ?

      haf2 1 hora atrás

      Na minha opinião a evolução de um povo se mede por defender novos valores morais de forma intensa, nunca é tarde para começar uma luta para libertar os escravos descobertos, olhar para traz e tentar faze-las se sentir culpada pelo passado é no minimo uma atitude deplorável de uma pessoa recalcada cujo objetivo é deturpar a opinião publica e inibir as pessoas que hoje condenam a escravidão, digamos moderna. Não vamos entrar em uma contenda devido a origem desses escravos.

      Irineu Brum 1 hora atrás

      A hipocrisia da direita brasileira é realmente criminosa.

      responde 48 minutos atrás

      Criminoso é defender escravidão, seja de esquerda ou de direita.

      Kauai Kona 1 hora atrás

      Sakamoto, você acharia justo um padeiro, numa padaria X, ganhar NOVE VEZES menos do que o seu colega ao lado que faz as mesmas tarefas?? Você acha justo que NOVE partes do salário suado de um trabalhador vá parar na mão de criminosos (ditadura cubana). Agora, se coloque no lugar destas pessoas, respire fundo, encarne no lugar destas pessoas por alguns segundos e escreva outro artigo, pois este que escrevestes não deveria ter existido!

      responde 1 hora atrás

      Mas afinal de contas oque eu este colunista defende? Pelo que me pareceu, baseado nos problemas trabalhistas que ocorrem no Brasil ele considera justificável e aceitável que importemos escravos Cubanos, é isto?

      responde 1 hora atrás

      Me parece que quando um estado adota práticas que condena na iniciativa privada ele se iguala ao bandido, ou não?

      Renata Silveira 1 hora atrás

      Um erro não justifica o outro meu caro! Deveria ter vergonha em defender essa tese absurda! 16 milhões? Cite a fonte…

      responde 1 hora atrás

      Parece que o Sr. Sakamoto finalmente mostrou sua face, parabéns por isto, pelo menos demonstrou muita coragem, muito mais que a maioria de seus correligionários do PT, ele defende o trabalho escravo contanto que seja do interesse do partido, típico dos comunas.

      Marcos A M de Souza 1 hora atrás

      O engraçado é que quando esses médicos chegaram aqui, eles foram xingados, vaiados, chamados de curandeiros, incompetentes e etc e tal. Tava todo mundo esperando um desastre com centenas de erros médicos dos cubanos, como isso não ocorreu mudaram o foco. Agora tá todo mundo preocupadinho com eles, achando que estão sendo explorados e escravizados.

      responde 33 minutos atrás

      Não é uma questão de ‘SE PREOCUPAR COM ELES” é uma questão de cidadania, cumprimento as leis e a constituição, assumir o pouco de vergonha que ainda nos resta.

      Dr.Plástico 1 hora atrás

      Quanta ignorância Sr. Sakamoto!!!!! Escreveu uma tese de doutorado sobre o assunto e pelo visto não aprendeu nada!!!! Infelizmente desvio de caráter não tem doutorado que consiga concertar!!!!! .:

      ToLima Duarte 1 hora atrás

      Considere-se de AVISO PRÉVIO junto a Comissão Nacional para a Erradicação do Trabalho Escravo. Sugiro fazer as malas e ir pensar na SOMÁLIA pra ver se suas idéias começam a corresponder aos FATOS.

      responde 1 hora atrás

      Quer dizer, se você já se preocupou com trabalho escravo no passado agora tem direito a ter escravos, muito interessante.

      Rorschach1974 1 hora atrás

      Sakamoto pensa que é dono combate à escravidão e apenas ele pode opinar sobre o assunto.

      jogador de wining eleven socer 54 minutos atrás

      Saka, você falou, falou e não disse nada. Não há nenhum dado ou argumento falível de ser utilizado para negar que os cubanos realmente não são explorados – o são. Sakamoto, o nobre senhor tem um viés ideológico importante, não dói dizer que os cubanos são explorados, eles os são. Não dói dizer que a condição de trabalho a eles ofertada é subhumana, o é. Custa um dia o senhor deixar essa máscara ideológica de lado e aceitar que o que fazem com os cubanos não é bom, legal, nem ideologicamente correta? Desde quando deixar 90% do seu salário por direito para outro é bom? Sai dessa armadura de ferro homem. Parafraseando seu texto, é essa a chance de você ser livre e denunciar esse caso sem ser conivente. Liberte-se!

      Antonio M 31 minutos atrás

      E estão dizendo que se os médicos quiserem podem entrar com processo por causa de seus pagamentos. Oras, o governo faz a porcaria e nós pagamos esse contrato com dinheiro público para o Fidel. Aí os médicos cubanos corretamente vão atrás de seus direitos e os trouxas aqui bancam de novo com nosso dinheiro público?! Nenhum processo contra Fidel ou Dilmão, para colocarem a mão no bolso deles? E quem argumenta que tais pagamentos são para o sistema público e gratuito cubano mas, se é gratuito por que precisam de pagamento? Apenas prova que não existe almoço grátis. E quem é o chefe do governo cubano portanto automaticamente chefe desses departamentos? E que “contabiliza” essa grana?!?!

      Furano 22 minutos atrás

      Para ser escravo não é necessário estar acorrentado , nem ser transportado em navios negreiros. Escravo é todo aquele cuja remuneração a que tem direito é utilizada em benefício de terceiros , sejam eles senhores de engenho , gatos ou arregimentadores , empresários inescrupulosos ou governantes plenipotenciarios !

      Também segue o que rola no Face dele;

      2) E o pessoal do DEM já começa a pressionar o governo para rever os contratos;

Deixe uma resposta