Por que será que o PT anda tão preocupado em salvar a ditadura venezuela? Alvaro Dias explica o motivo…

7
132

Dilma-Maduro-Evo-Morales-480x269

Essa veio do site do Álvaro Dias e traz um levantamento interessantíssimos de motivos pelos quais entende-se que o PT tem que lutar muito para endossar a ditadura venezuelana:

O apoio incondicional do governo petista ao regime chavista de Nicolás Maduro está claro nos empréstimos constantes e aportes financeiros oferecidos pelo BNDES à Venezuela. Quem afirma é o senador Alvaro Dias, que desde 2005 vem cobrando explicações do governo sobre valores e benefícios para o Brasil das numerosas operações de empréstimo do BNDES para o governo venezuelano. No Plenário, nesta quinta-feira, Alvaro Dias voltou a questionar os empréstimos do BNDES ao governo da Venezuela. Para o senador, o BNDES deveria se preocupar em gerar empregos, renda, receita pública e alavancar o desenvolvimento econômico com justiça social no nosso país, e não fazer caridade para países pouco democráticos com o chapéu do povo brasileiro.

“Diante da perspectiva inevitável de haver novamente um apagão logístico no escoamento de nossa safra recorde, do apagão de infra-estrutura no nosso País, do apagão de energia, não há como admitir que o governo brasileiro priorize investimentos na Venezuela. Afinal, o BNDES foi instituído exatamente para obras de infraestrutura para a promoção do desenvolvimento econômico e social do nosso País, não de outros países no exterior”, afirma Alvaro Dias.

No Plenário, Alvaro Dias listou algumas das operações de empréstimos do governo do PT, via BNDES, para a Venezuela de Hugo Chávez e, agora, Nicolás Maduro:

  • Metrô de Caracas – Linhas 3 e 4. Um dos últimos empréstimos foi no valor de US$ 732 milhões, concedido para ampliação do metrô;
  • Hidrelétrica de La Vueltosa.
  • Segunda ponte sobre o rio Orinoco, há 20 quilômetros de Ciudad Guayana.
  • Máquinas agrícolas e colheitadeiras – Estão sendo negociados mais US$ 4,3 bilhões para projetos de infraestrutura e de indústrias de base do país com o BNDES.
  • Aeronaves – O BNDES abriu linha de financiamento de US$ 814 milhões para a Venezuela comprar 20 aeronaves Embraer. As aeronaves integrarão a frota da companhia estatal venezuelana Conviasa.

“São bilhões de dólares que o governo do PT transfere a países, em detrimento de obras que poderiam ocorrer no nosso País, melhorando a nossa capacidade de escoar a produção e, sobretudo, colocando o Brasil num patamar de competência em matéria de infraestrutura, já que estamos largamente distanciados disso”, conclui o senador Alvaro Dias.

Alguns comentaristas do site entenderam a gravidade desta situação:

  • “O que me deixa triste é que estamos financiando o sofrimento desse povo… E o enriquecimento dos Ditadores…”
  • “Está mais do que na hora de pedirmos o Impeachment da Dilma. Por muito menos, o Collor caiu. Para que esperar mais? Diante do exposto, temos que preparar o campo, para os caras pintadas. Ela está acabando com o país, emprestando dinheiro para Cuba, sem participação da sociedade.”
  • “ISSO É UM ABUSO! Estão zombando do povo brasileiro, desrespeitando as leis, ignorando a justiça! Já passaram, e longe, do ponto.”
  • “Isso é traição da Pátria do mais alto grau.”
  • ” O PT transferiu nosso dinheiro em empréstimos à Venezuela e se o tirano do Maduro cair, os PeTralhas perdem e não ficam com o dinheiro.”
  • “Verdade: o Brasil parou no tempo no quesito Metrô. Claro: o de Caracas era prioridade no mandato do Lula, assim como o Porto de Cuba é prioridade de Dilma!”
  • “Que tal uma auditoria no BNDES?”
  • “Que merda! Ninguém vai fazer nada enquanto nosso dinheiro vai para estas republiquetas de quinta?”

Diante destes comentários, nada mais preciso acrescentar.

Em tempo, Alvaro Dias parece ser bom de meme:

Clique para ampliar
Clique para ampliar
Anúncios

7 COMMENTS

  1. Achei meio irrelevantes os motivos apresentados. A razão é mais simples: Maduro (assim como Chavez) faz/fazia parte do Foro de São Paulo. Eles só vão descansar quando formarem a União das Repúblicas Socialistas Latino-Americanas.

    Esse tipo de detalhe que distrai do panorama geral acaba até sendo contraprodutivo, na minha opinião.

  2. Só faltava um candidato a presidência jogar esses dados no horário eleitoral e em um debate nacional da cara da Dilma. O povo não tem a menor ideia sobre isso.

Deixe uma resposta