Entenda por que a esquerda quer tanto o desarmamento: General venezuelano resiste à prisão arbitrária

16
203

generalvivas

Conforme vemos no BOL, o General Vivas, acusado pelo governo venezuelano de incitar manifestações, resistiu bravamente à prisão. Leia mais:

O general da reserva Angel Vivas, cuja captura foi ordenada pelo presidente Nicolás Maduro por incitar a violência nos protestos que sacodem a Venezuela há quase três semanas, resistiu à prisão neste domingo subindo no telhado de sua casa, quando era procurado por agentes do governo.

Vivas, que faz oposição aberta ao chavismo, informou no Twitter que “homens uniformizados atacaram minha casa”, no leste de Caracas.

Segundo testemunhas, ao meio-dia deste domingo homens de uniforme tentaram entrar na casa do general, que subiu no telhado para evitar a prisão. Algum tempo depois, o grupo abandonou o local sem levar o militar.

Vivas foi acusado por Maduro de “treinar” grupos radicais que levantam barricadas nas avenidas durante os protestos estudantis na Venezuela, que já deixaram dez mortos no país, incluindo um motociclista degolado por um arame.

Maduro havia anunciado a ordem de prisão contra o general Vivas, que “ensinou a colocar arames e treinou estes fascistas assassinos”.

Imagens da TV local mostraram Vivas no telhado de uma casa, ao que parece com uma arma na mão, enquanto civis levantavam barricadas para impedir o acesso de veículos ao local.

Um advogado do militar declarou à imprensa, no lado de fora da casa, que a ordem de prisão contra Vivas não tinha “legitimidade” por “carecer de uma assinatura válida de um juiz”.

Vivas ficou conhecido por suas reiteradas denúncias sobre a presença de agentes cubanos nas Forças Armadas da Venezuela.

A possibilidade de um indivíduo reagir ao abuso de poder estatal deixa os esquerdistas arrepiados. Se todo o esquerdismo é baseado em inchaço estatal para dar poder aos burocratas que tomam conta deste estado, a possibilidade de rebelião em momentos de crise causa tremores nesse tipo de gente.

O vídeo abaixo deveria se tornar icônico para ser enfiado nas fuças de qualquer desarmamentista:

E ainda tivemos a ajuda da população, que evitou a prisão de Vivas:

A partir de agora,  há riscos para Vivas. Ele pode ser emboscado e morto. Mas pelo menos teve tempo suficiente para lançar uma mensagem poderosíssima contra um dos maiores dogmas do esquerdismo: o desarmamentismo.

E, mais ainda, ficou claro o motivo pelo qual eles são tão ávidos em desarmar a população.

Vivas constrangeu não apenas a tirania de Nicolas Maduro, como a todos os desarmamentistas do mundo.

Anúncios

16 COMMENTS

  1. Luciano, repare no vídeo que a instituição que está lá para prendê-lo é a tal de DGCIM (Direccion General de ContraInteligencia Militar). É uma instituição originalmente de inteligência que foi totalmente descaracterizada e aparelhada pelo chavismo, se transformando em uma milícia paramilitar que conta com agentes cubanos em seu quadro. Existe para espionar dissidentes e enquadrar oposicionistas. No twitter oficial da organizção (@DGCIMofficial) está escrito o seguinte: Bolivarianos, Anti Imperialistas, Socialistas y Chavistas. Eles sequer escondem sua intenção.

  2. As pessoas acham que o fundamento principal por trás da segunda emenda da Constituição America (the right to keep and bear guns) é o direito à legítima defesa. De fato é. Mas ela se refere primordialmente ao direito que estados e indivíduos tinham (e têm) de formar milicias para se defender do governo central. Essa é a principal ideia: Se proteger do Governo!!!

    Algum político da direita precisa assumir a bandeira da legítima defesa civil com armas, denunciando as seguidas fraude contra o resultado do referendo de 2005, que disse NÃO às tentativas de limitar as armas civis no país. É preciso também criar um excludente de ilicitude para o crime “disparo de arma de fogo” (quando for legítima defesa, em qualquer situação), bem como facilitar o acesso das pessoas de bem a elas.

    Uma forma boa de se tentar isso é defendendo uma reorganização do pacto federativo, permitindo que cada estado tenha sua legislação sobre o assunto. Basta dizer o seguinte: Cada estado tem suas características. Nós, que somos do Estado X, pensamos de uma forma, mas por que devemos obrigar o Estado Y a pensar assim também? Eles não têm direito de decidir? Por que você quer impôr uma regra a eles?

    Outra é provando por a + b que não existe relação entre facilidade de acesso a armas legais e criminalidade, comparando a criminalidade no Brasil, um dos mais restritivos, com outros países.

    E ainda dá para jogar para a galera quando for o caso, dizendo que não é financiado pela indústria das armas eque faz a defesa por princípio, mas se elas quiseram financiar algo, serão muito bem-vindas.

  3. Entrando no pitoresco da política brasileira e pegando carona em um aerotrem, vejam o que encontrei sobre a Venezuela:

    http://www.youtube.com/watch?v=YB1LPbIyBII

    http://www.youtube.com/watch?v=xCPcS8fsNx4

    E mais do Rambo caribenho:

    http://www.youtube.com/watch?v=4BuaqvL8Kqo

    http://www.youtube.com/watch?v=G71y66avPcs

    http://www.youtube.com/watch?v=H2Hm-iNv1go

    http://www.youtube.com/watch?v=2Fenmp6mMSk

    http://www.youtube.com/watch?v=CFHym0lqI1Q

    E mais coisas do que ocorre em nosso vizinho (e os manifestantes já estão ucraniando a coisa):

    http://www.youtube.com/watch?v=XvllUp9640o

    http://www.youtube.com/watch?v=17fFp0NY2UI

  4. Luciano, fora do tema…

    Tais sabendo do novo “Olavogate” promovido por uma suposta dissidência de ex-alunos do Seminário de Filosofia? Gostaria muito de saber sua opinião nesse novo qui-pro-có. A coisa parece que vai pegar fogo e haverá choro e ranger-de-dentes.

    Abs

  5. E aquelesw cretinos do movimento VIva Rio, todos de branco, e querendo desarmar o cidadao de bem. Qualquer pessoa com um minimo de honestidade sabe onde isso termina.

  6. Caro Luciano.


    Este comentário vem com o intuito de enfatizar a necessidade de exposição e desmascaramento dos poderes econômicos (empresariado) corruptos e corruptores, malditos pústulas traidores da Nação Brasileira, que alimentam e promovem o sequestro do Estado, promovendo e financiando o movimento revolucionário e o caos social, objetivando o mero favorecimento espúrio egoísta de seus interesses escusos, mafiosos criminosos e contrários à Nação Brasileira.

    Acredito ser urgentemente necessário bater forte no lombo desses malditos pústulas, que são os verdadeiros inimigos do livre mercado e da concorrência justa e saudável. A sociedade brasileira agradece.

    Acredito que não adianta apenas bater nas esquerdas revolucionárias sem bater mais forte no lombo daqueles que financiam essas esquerdas.

    Temos que combater as cobras, mas também, e principalmente, aqueles que alimentam e criam as cobras.

    Forte abraço Luciano.

  7. Luciano,

    Eu tb nem tava sabendo de nada, tô com meu face bloqueado a uns 6 dias. Um amigo virtual lá do ‘saindo da matrix’ me passou esse link http://libertoprometheo.blogspot.com.br/2014/02/olavo-de-carvalho-o-grande-palhaco-do.html… e aí mesmo no logo Brazilian Sites do seu blog pude constatar mais no Perspectivas (o Orlando Braga linkou a PARTE 2 e deu um pitaco breve http://espectivas.wordpress.com/2014/02/24/um-texto-bloco-de-esquerda/).

    Ao que parece temos uma trama rocambolesca e cabeluda dessa vez misturando eurasianismo, catolicismo, duguinismo, maçonaria, direitismos pró esquerda ocultistas e até anti-semitismo, tudo temperado com doses cavalares de muito mistério e aventura.

    Como o meu amigo disse, se isso for adiante, haverá choro e ranger-de-dentes. Não sei se o Olavo vai deixar barato dessa vez (porque as acusações são gravíssimas, pois ferem a própria reputação pessoal e profissional do Olavo e na sequência, do Seminário de Filosofia).

    • Anderson,

      O camarada citado no link que você postou, deixa bem claro em seu texto que a coisa incomodou mesmo quando Olavo chamou um integralista de “nazista filho da puta”.

      incomodado por uma afirmação do Sr. Olavo a respeito do historiador e integralista Gustavo Barroso, que ele acusou de ser um nazi filho da p…(sic), resolvi seguir a recomendação do próprio e lhe dirigi várias perguntas incisivas…

      Faz tempo que também to cantando essa bola, tem muitos que se dizem “direitistas” por aí que são anti-cristãos e anti-judeus.A única coisa em comum com a direita conservadora e religiosa (cristã) é o desprezo pela esquerda. Mas me parece óbvio que os citados são lados inversos do mesmo espelho ‘nacional socio-fascismo’.

      Faz tempo que os evolistas estão organizando um levante contra o Olavo de carvalho…nesse meio aí pode acrescenter muitos integralistas também.
      O pessoal do dextra (que se autodenominam Nova direita cultural) são opositores declarados de Olavo a tempos, arrebanhando também a sua parcela de incautos.

      —-

      Devo dizer, que não sou aluno de O.C. Tão pouco concordo com tudo que ele diz. Não sou simpático ao sionismo, tampouco ao anti-semitismo. Olavo é um filósofo por méritos próprios, tem uma visão histórica, política e filosófica interessante, e útil para aqueles que sabem tirar proveito. É também muito óbvio que Olavo tem objetivos e gostos pessoais, que ocasionalmente influenciarão sua maneira de perceber as coisas do mundo.

      É fato que existem assuntos sobre os quais Olavo não fala, e se fala, o faz superficialmente — O sionismo e a maçonaria são alguns exemplos.Por outro lado, é de direito dele assumir as posições que desejar. Isso não inutiliza as informações que ele passa, que claro devem ser checadas sempre por aqueles que primam pela verdade.

      —-

      Porém, esses “neo-nazi paganistas” já estão dando no saco, afinal só servem de ‘sparring’ para o pessoal da esquerda. Nenhum deles fez porra nenhuma enquanto o Brasil era inundado pelo esquerdismo — só ficavam carregando banderinha para lá, bandeirinha para cá, levantando a mãozinha e realizando gritos de ordem com seus uniformizinhos de escoteiros, negando o holocausto, e endeusando fascistas — assim como os esquerdistas negam os assassinatos comunistas e endeusam seus ditadores.

      Agora eles querem aproveitar o momento que a direita está se reerguendo para mais uma vez contaminar a mentes incultas com suas ideologia tão nojentas quanto as esquerdistas, em uma espécie de “nacionalismo exarcebado contra um mal comum”– “Nationalsozialismus”.

      Para a direita conquistar os espaços políticos que perdeu, é necessária uma higienização moral deste tipo de traste, e deste tipo de ideologia que ora se mistura com o esquerdismo, ora é parte significante do próprio globalismo.

      Não vejo isso como um golpe poderoso contra o seminário de filosofia, até porque considerando que a esquerda alcança um nível de penetração em todas as instituições brasileiras, não me admiraria que em um curso de filosofia, não só os esquerdistas como os nacional socialistas se infiltrariam também.

      Olavo deve passar o pente fino em seu próprio seminário.

      PS: Anderson, tome cuidado também com seus amigos do “saindo da matrix”, muitos masculinistas paganistas também estão por lá a aprontar das suas.

      Aprendi que o mundo é construído de uma blenda de mentiras e verdades. O meu trabalho é identificar quando a verdade é usada com propósitos nefastos para promover a mentira.

    • Caro Anderson.

      Com relação ao texto do primeiro link enviado pelo seu amigo do “Saindo da Matrix”, eu digo:
      Pode parar! Para com il-sso, deixa dil-sso!

      O cara limitou toda sua exposição textual a argumentos ad hominem, dizendo possuir provas, mas não mostrando as tais “provas”. O cara não fez questão alguma de adentrar ao contexto da contestação fundamentada, exibindo as tais “provas” e elaborando uma argumentação lógica baseada nessas tais “provas”.

      Assim é fácil! Todos aqueles que almejam alguma visibilidade midiática-internética, e alguma forma de aparecer como aparecida, e sem pendurar um colar de melancias no pescoço, então que ataquem alguém famoso de boa reputação com argumentos ad hominem estúpidos. Isso só já basta para conclamar para si as atenções dos brasileiros acéfalos e oriundos do complexo PUCUSP.

      Sei não my friend Anderson, mas sei que no Brasil malandragem é mato.

      Na dúvida, é melhor abstermo-nos.

      Forte abraço.

    • O Brasil é um conjunto de tribos bárbaras constituindo um aglomerado enfermo.

      Lembro-me daquela piada na qual um pai mostrando o mapa do Brasil ao filho, disse-lhe:
      Veja isso meu filho, veja o Brasil, e num belo dia… NADA disso será seu!

      Brasil Varonil tu és um imenso canil…

  8. Muitíssimo grato aos colegas Jack e Pecador pelos pitacos nessa matrix-socialista em que nos meteram.
    ;¬)

    A coisa me parece que é por aí mesmo… Se trata de um grupo (um levante) de supostos católicos tradicionalistas (que frequentaram por um tempo o curso do Olavo) que pretendem lutar contra a centralização do poder mundial (NOM) mediante um retorno ao medievo político cultural (onde eles encabeçam o bode chamado ‘máfia sionista ou judaica'(não o povo judeu como um todo) encabeçada pelos globalistas de sempre… Rothschilds , Rockefellers… e desenvolvem isso usando como “contra-bode” a figura do Olavo).

    Só tô esperando a hora da reação do Olavo. Eu quero ver choro e ranger-de-dentes.

    PS Pecador:

    “PS: Anderson, tome cuidado também com seus amigos do “saindo da matrix”, muitos masculinistas paganistas também estão por lá a aprontar das suas.”

    Nada. O pessoal lá é meio doido (acreditem, ali tem de tudo) mas a maioria que participa com mais regularidade é gente boa. É mais fácil eles lá tomarem cuidado com o “Mr. Anderson” aqui que percebeu naquele espaço várias notícias faltantes à respeito da realidade socialista-comunista (da mentalidade revolucionária) e que adora dialogar com a pluralidade espiritualista anti-católica e anti-semita.|¬)

    Bração a todos! Tenho aprendido muito aqui tb nesse espaço de coments, que é FELOMENAU!

Deixe uma resposta