E lá vamos nós de novo com mais uma teoria da conspiração de Maduro: Venezuela rompe relações diplomáticas com Panamá por alegar “conspiração”

13
109

maduro

Nesse mundo só temos três certezas: morte, impostos e teorias da conspiração socialistas. Mais uma vez Nicolas Maduro nos presenteia com uma dessas teorias, agora contra o Panamá:

O presidente Nicolás Maduro informou nesta quarta-feira (5) que a Venezuela rompeu hoje relações com o Panamá, segundo ele, porque o país está “conspirando” contra o governo venezuelano. Ainda de acordo com Maduro, o trato econômico entre ambos está suspenso.

“Decidi romper relações políticas e diplomáticas com o governo atual do Panamá e congelar todas as relações comerciais e econômicas a partir deste momento”, declarou Maduro em um ato de homenagem ao falecido presidente Hugo Chávez.

O líder venezuelano rotulou o governo do Panamá de “lacaio” e dirigiu duras palavras contra o presidente, Ricardo Martinelli, a quem acusou de não ser “digno de seu povo” e de ter estado “ativamente agindo contra a Venezuela, criando condições para que a OEA e outros organismos abram passagem para uma intervenção” no país sul-americano.

“Ninguém vai conspirar impunemente contra nosso país para pedir uma intervenção contra nossa pátria”, gritou em uma jornada marca pelos atos de homenagens a Chávez, nos quais participaram os presidentes de Cuba, Raúl Castro; Nicarágua, Daniel Ortega, e da Bolívia, Evo Morales.

O presidente venezuelano fez o anúncio perante o caixão de Chávez no dia em que se lembra o primeiro aniversário da morte do criador do “Socialismo do Século XXI”, no Quartel da Montanha, em Caracas.

A medida de Maduro é uma resposta à proposta dos panamenhos de uma reunião com o Conselho Permanente da OEA (Organização dos Estados Americanos), que inclui países do Norte e os latino-americanos, sobre a crise política na Venezuela. O encontro está marcado para amanhã (6), em Washington (EUA).

Por telefone, dos EUA, ao canal panamenho “TVN”, o embaixador panamenho, Arturo Vallarino,confirmou a reunião: “efetivamente”, na noite anterior, “circulou a convocação para que amanhã às duas da tarde se reúna o Conselho Permanente aqui em Washington com o propósito de analisar a situação na Venezuela”.

Vallarino adiantou que o Conselho Permanente pode decidir “convocar os chanceleres, enviar uma missão observadora para fazer um relatório, ou pode ser decidido ditar uma resolução enérgica com relação ao tema, chamando a um diálogo ou buscando um mecanismo que possa ser fiador do diálogo que supostamente começou na Venezuela”.

‘Nem agora nem nunca’

Se dirigindo ao secretário-geral da OEA, José Miguel Insulza, sobre possível envio de uma missão à Venezuela, Maduro declarou:

“Na Venezuela não pisa nenhuma delegação da OEA sem nossa autorização, sem nosso convite”. “A OEA não entra na Venezuela nem agora nem nunca”, acrescentou.

A Venezuela atravessa uma onda de protestos desde o último dia 12 de fevereiro, que terminaram em incidentes violentos nos quais morreram 18 pessoas.

Há um detalhe importante: a cada teoria da conspiração que esses energúmenos inventam, fazem uma acusação. Se calhar, países como os Estados Unidos podiam fazer um concurso compilando as teorias da conspiração lançadas por republiquetas como Venezuela e Cuba contra eles. Em seguida, podiam acioná-los no Tribunal de Haia por tantas acusações e exigir que os socialistas exibissem provas de suas acusações. Como não apresentariam provas, podiam resolver a questão em termos mais fortes.

O fato é que a facilidade com que socialistas encontram conspiradores no mundo externo a eles é impressionante. A mente deles é treinada para achar conspiração onde não existe.

A sociedade de livre mercado é, para eles, uma conspiração onde os poderosos se juntam para oprimir os fracos. Só que qualquer pessoa em sã consciência nota que esses tais poderosos estão competindo entre eles. A incapacidade dos socialistas de perceber detalhes como esse já é um agravante para toda a situação.

A verdade é que o único regime onde um grupo conspira contra os pobres, direcionando a economia para aniquilar estes pobres, é o socialismo. É no socialismo onde existe um mercado direcionado por um grupo de pessoas… os burocratas do governo. Ou seja, a origem da mania socialista de achar conspirações onde não existe está em mais uma instância onde eles acusam os outros daquilo que eles mesmos fazem.

Com este direcionamento econômico dos burocratas, o resultado é sempre o desastre. Nada mais óbvio, pois se os burocratas não perdem nada com o fracasso de suas iniciativas (desde que controlem a mídia, é claro), basta usarem discursos adequados. É completamente diferente de um empresário que, se fracassar sua empresa, perde com isso. O dono de um estado inchado no máximo perde popularidade, mas, com o controle adequado da imprensa, isso não significa muita coisa.

Como o socialismo é feito para demolir economias (mas melhorar a vida dos burocratas), eles precisam arrumar culpados para os fracassos econômicos do país. Como sempre a resposta é óbvia: tudo resulta de “conspiração” dos outros contra eles.

A postura ridícula de Maduro chamando o Panamá de “conspirador” é apenas mais um sintoma da mesma doença socialista de sempre.

Por que não estou surpreso?

Anúncios

13 COMMENTS

  1. E já que falou sobre conspirações, há quem diga que os responsáveis pela baderna que se formou na Ucrânia são George Soros, a UE e os EUA, que financiaram grupos neonazistas para iniciar os tumultos e fazer com que o presidente Viktor Yanukovich (que fora eleito legitimamente) fugisse.
    (Informação com base em posts do blog do Julio Severo, que traduz posts de outros blogs)

    Com relação a Venezuela, ainda há páginas brasileiras que estão tentando minimizar os danos que estão sendo feitos pelo Sr. Maduro, como por exemplo a da Revista Fórum.
    http://www.revistaforum.com.br/blog/2014/02/midia-traz-uma-venezuela-caricata-completamente-deslocada-da-realidade/

  2. Orwell já tinha avisado. Só não imaginou que 30 anos depois da sua distropia que se passava em 1984 ainda teríamos que aturar esses débeis mentais (os militantes) garantindo a boa vida dos poderosos. E a mordida dos caras é pior que de pitbull, pra largar o osso és fueda!

  3. O Panamá não tem nada que se envergonhar por causa das acusações de Maduro.
    Pois se Maduro e cia estão abominando o Panamá e o acusando injustamente,por outro lado a população venezuelana que sofre com o governo do caudilho e protesta nas ruas vai olhar o Panamá com muito mais carinho a partir de agora. Estudantes como está jovem deste vídeo https://www.youtube.com/watch?v=c1XwuZHYY3I Vão ser imensamente gratos ao Panamá pelo que tem lutado em favor deles.

    Por outro lado esta jovem ( e todo venezuelano) não vão ter sentimentos nada bons com relação a um imenso país da América do Sul.

    Vejam a Vergonha brasileira.

    Dilma manda votar contra o envio de missão da OEA à Venezuela e respalda, de novo, as ações de um governo assassino, que prende opositores e censura a imprensa.

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/dilma-manda-votar-contra-o-envio-de-missao-da-oea-a-venezuela-e-respalda-de-novo-as-acoes-de-um-governo-assassino-que-prende-opositores-e-censura-a-imprensa/

    Agora o que o Panamá é que ganha destaque, a coisa só serve para os venezuelanos saberem qual o país é verdadeiramente amigo e bem intencionado. Quais povos são guiados por altos ideais e quais os medíocres.

  4. Como você falou em um post, mais ou menos assim: perseguições feitas por esquerdistas a pessoas como Olavo de Carvalho entre outros lhe dão ares de mais credibilidade, como vem ocorrendo no caso de filmes que foram censurados antigamente. Pode ser que o Panamá saia maior desse episódio. É o único país com coragem para dizer a verdade que todo mundo vê, mas, por militância e falta de senso de moral, negam-se a enxergar como o Brasil de Dilma, Lula da “Rose Noronha” e Marco Aurélio “Top Top” Garcia.

  5. Porque Maduro não corta relações (econômicas) com EUA também ? aproveita o embalo de todo esse malabarismo retórico e conspiracionista , quero ver até onde vai a $ANIDADE desse senhor

  6. Luciano Ayan, quando vc tiver tempo, por favor, faça uma artigo sobre o ativismo vegano/ecofacista. Eu pensei nisso depois de ver a repercussão da frase do Roger, do Ultraje a Rigor:

    https://www.facebook.com/roxmo/posts/10151989811052196?comment_id=29714134

    e dps desse artigo que eu encontrei em um site esquerdista:

    http://www.vanguardapopular.com.br/portal/comentario-popular/202-o-vegetarianismo-total-como-passo-inicial-rumo-ao-socialismo-perfeito

  7. Luciano, você viu Mario Vargas Llosa desancando o chavismo? Valeu até comentário do Rodrigo Constantino. Observe-se que o escritor peruano descreve como é um regime fascista antes que alguém o venha acusar de tal adjetivo e só depois disso é que mostra o quanto que o chavismo é… fascista. Aliás, é uma estratégia boa para desancar marxistas-humanistas-neoateístas, quando esses vêm acusar alguém de fascista, perguntar se a pessoa a quem eles acusam defende algum dos aspectos típicos ou mesmo simplesmente perguntar se essa pessoa tem provas consistentes de que fulano seria fascista, uma vez que cabe o ônus da prova a quem acusa. Normalmente eles se calam.

Deixe uma resposta