Eis a democracia norte-coreana: Kim Jong-un é eleito com 100% dos votos

16
150

Kim-Jong-Un-7

Esquerdistas agora vão propagar aos quatro cantos que o governo de Kim Jong-un é uma democracia legítima, pois ele foi eleito por voto popular, conforme nos diz o UOL:

A imprensa oficial norte-coreana anunciou nesta segunda-feira (10) a vitória, com 100% dos votos e sem abstenções, do líder Kim Jong-un nas eleições legislativas de domingo.

Em cada uma das quase 700 circunscrições do país havia apenas um candidato, apresentado pelo partido único, o que permite conhecer o resultado das eleições antes mesmo do processo.

A eleição, na qual os eleitores podem optar apenas entre “sim” e “não”, serve mais às autoridades para detectar as deserções no exterior.

A lei afirma que o voto é facultativo, mas a imprensa estatal destacou que todos os eleitores registrados compareceram aos locais de votação, com exceção daqueles que estão fora do país.

Na circunscrição de Kim, todos os votos foram atribuídos ao dirigente do país, que, além de deputado é comandante supremo das Forças Armadas e presidente da poderosa Comissão Nacional de Defesa.

De acordo com a agência oficial, “isso expressa o apoio absoluto do povo e sua profunda confiança no supremo líder Kim Jong-un”.

As eleições para Assembleia Suprema do Povo acontecem a cada cinco anos — estas foram as primeiras sob o comando de Kim Jong-un, que assumiu o poder após a morte do pai, Kim Jong-il, em dezembro de 2011.

Kim era o candidato único na circunscrição número 111, a do Monte Paektu. Esse monte tem uma dimensão sagrada para os coreanos e, segundo a propaganda, Kim Jong-il nasceu nesse local.

A assembleia se reúne apenas uma ou duas vezes por anos para confirmar as decisões tomadas pelo Partido dos Trabalhadores.

A votação serve ao regime para atualizar o censo, já que os funcionários responsáveis por organizar o processo visitam todas as residências para confirmar a presença ou ausência de eleitores registrados.

A lista de candidatos também serve aos analistas estrangeiros para conhecer as promoções ou punições de dirigentes do regime.

Com certeza, um nível acima da democracia bolivariana! Aliás, não é por outro motivo que o país se chama República Democrática Popular da Coréia do Norte.

Tudo respaldado pelo PT (Partido dos Trabalhadores) de lá. E a mídia também é “democrática”, nos moldes do que espera o PT daqui, ao publicar que “isso expressa o apoio absoluto do povo e sua profunda confiança no supremo líder Kim Jong-un”. Obviamente os conselhos de mídia não permitem que ninguém dê risada do absurdo de toda a situação.

O fato é que sempre que um esquerdista falar em “democracia”, basta termos noção de que ele está te enrolando. Mas justiça seja feita: os norte-coreanos se superaram.

Anúncios

16 COMMENTS

  1. Como é popular esse gordinho, hein? Cem por cento! Posso ver hordas de marqueteiros petistas indo lá para aprender como se faz para alcançar índices tão absolutos de popularidade!!!

  2. Mas o Lula já tinha dito que Venezuela, Bolívia, Equador são democracias plenas por possuírem eleições. Coreia do Norte também é uma democracia, na visão lulista é claro.

  3. Cai a popularidade do presidente norte-coreano Kim Jong-un: apenas 100% dos votos em vez dos 101% da eleição anterior. Eleito diz que entendeu o recado das urnas e que pretende aprimorar seu governo.

    • Não, ele não mata toda a família. Lá ele manda todos os familiares para os campos de trabalho forçado onde ficarão presos até à terceira geração.

      O relato indicado acima pelo Luiz Fernando é de um rapaz que nasceu no campo. Foi obrigado a testemunhar a execução da mãe e do irmão porque foram pegos tentando fugir do campo.

      Não consegui passar da metade do livro.

      • Faz sentido, dá mais lucro escravizar do que matar.

        E depois esses comunistas dizem que o lucro dos capitalistas, feito com trocas VOLUNTÁRIAS, é imoral.

    • Como é que um país RAPTA e MATA pessoas (fingindo que morreram de causas naturais)
      e isso não vira MANCHETE MUNDIAL!!!???

      Ah, lembrei, é que não foram os EUA que fizeram isso, e como a imprensa mundial
      é dominada por esquerdistas eles abafam essas notícias, ainda mais considerando
      que foi um país comunista que raptou essas pessoas.

      Quando descobriram aquelas três mulheres raptadas e presas em um apartamento nos
      EUA aí virou notícia mundial, já quando um país comunista rapta e mata pessoas…
      Silêncio sepulcral…

      Temos que espalhar isso por toda a mídia de direita, youtube, facebook, etc…
      Ao trabalho!!!

    • O abafamento dessa notícia pela imprensa mundial me fez lembrar de uma hipótese
      otimista na qual estive pensando:

      Graças ao capitalismo existem cada vez mais computadores, câmeras e acesso à internet.

      Com isso as pessoas pobres estão ganhando acesso à internet.

      A esmagadores maioria dos pobres é de direita.
      Ainda que alguns pobres apoiem assistência governamental eles o fazem por que querem se beneficiar
      da assistência e não por ideologia. Afinal de contas o sonho da maioria das pessoas pobres
      é se tornar, pelo menos, uma pessoa de classe média, através do trabalho e esforço próprios.

      Com essas premissas acima, eu concluo que os esquerdistas estão ferrados.
      Pois durante muito tempo, eles bombardearam o povo com esquerdismo, já que eles foram
      espertos e dominaram os principais meios de comunicação com a técnica da ocupação de espaços.
      É fácil dominar algumas centenas de meios de comunicação em cada país do mundo.
      É impossível controlar o que cada pessoa pobre, ou mesmo de classe média, divulga na internet
      por meio de blogs, blogs, redes sociais, etc…

      Portanto, a derrocada da hegemonia esquerdista será cada vez mais rápida conforme o acesso à internet aumenta.
      Por isso que o Sakamoto e o Carta Capital são fulminantemente bombardeados com posts cada vez que bostejam.
      E isso só tende à aumentar!!!

      Agora os pobres tem cada vez mais voz, e os esquerdistas verão como sempre foram desprezados pelo pobres!

      Não estou dizendo que todo o esquerdismo irá acabar, é óbvio. Mas a hegemonia deles vai acabar, isso é certo.

Deixe uma resposta