PT investe cada vez mais em censura: calando Paulo Eduardo Martins, José Neumanne Pinto e Rachel Sheherazade

48
324

censurapt

Por que para os socialistas é tão importante inchar o estado a qualquer custo? A resposta já deveria ser óbvia para qualquer um que não esteja em transe hipnótico: usar o poder estatal para manter-se no poder. Atualmente, a censura soft (ler um pouco aqui) é a maneira pela qual os socialistas conseguem implementar uma ditadura sem precisar colocar o exército nas ruas. Basta criar regras para que o governo possa usar dinheiro estatal para propagandas e ameaçar as emissoras prometendo parar com o envio de verbas. A pressão econômica fará automaticamente com que as emissoras passem a dar uma forcinha ao governo.

Um exemplo claro pôde ser visto recentemente no CQC, mostrando como um programa da mídia é completamente aparelhado em favor do governo:

Pela censura soft, pode-se notar que a ameaça ditatorial torna-se muito mais danosa, exatamente por ser dissimulada de forma projetizada.

É óbvio que a censura soft está por trás da retirada do jornalista Paulo Eduardo Martins do Jornal da Massa, conforme podemos ver no texto do NaTelinha:

O jornalista Paulo Eduardo Martins, comentarista da Rede Massa, afiliada do SBT no Paraná, participou nesta sexta (28) pela última vez do “Jornal da Massa”, apresentado às 7 da manhã.

Em sua conta no Facebook, ele anunciou sua saída do matutino: “Amigos, hoje (28) fiz minha última participação no Jornal da Massa. Por uma decisão legítima da direção da Rede Massa, o telejornal não mais contará com comentaristas. Agradeço aos que acompanharam e compartilharam o programa, aos colegas de bancada Denian Couto, Ogier Buchi, Ruth Bolognese e também a todos da emissora por terem sustentado o formato que nos proporcionou fazer o debate e enfrentar as amarras culturais que envolvem a imprensa brasileira. Sigo como colunista do telejornal SBT Paraná. A vida segue”.

No estado, a informação é de que ele teria sido afastado do noticiário por pressão do governo federal, que ameaçou retirar os patrocínios de estatais do programa. Paulo Eduardo é um crítico ferrenho do governo do PT, que ele chama de “comunista” e “ditatorial”. […]

Por fim, Paulo Eduardo Martins declara que não foi demitido do canal, já que ele continua com uma coluna no noturno “SBT Paraná”: “Eu continuo com a coluna no SBT PR, que é o telejornal noturno da emissora. Não fui demitido. Fui afastado do JM, que é o telejornal matutino. Ficou claro que um comentarista deve estar intelectualmente e emocionalmente preparado para realmente dizer e sustentar o que pensa, sem se assustar com bandos organizados e barulhentos que não compreendem a liberdade de expressão e ainda, que é preciso ter coragem e entender que a realidade dói e que a dor sempre causa reação”.

Procurada pelo NaTelinha, a assessoria de imprensa da Rede Massa não retornou os contatos até o fechamento desta matéria.

E devemos relembrar o que José Neumanne Pinto disse ao ser demitido do SBT, afirmando que a emissora tem alianças com o PT:

Na sexta-feira passada, dia 7 de fevereiro, após gravar os comentários para os três jornais do SBT, fui comunicado pelo diretor de jornalismo, Marcelo Parada, que o “comitê de programação do SBT” havia decidido extinguir comentários na emissora.

Parada mantinha [e não tem porque deixar de manter] uma relação cordial comigo, mas sempre superficial e esporádica.

Ricardo Melo nunca demonstrou atenção especial pelo “Jornal do SBT”, que era ancorado por Carlos Nascimento, nem pelo “Jornal do SBT Manhã”, comandado por Hermano Henning. Concentrava-se no “SBT Brasil”, apresentado por Rachel Sheherazade e Joseval Peixoto.

Depois da crise provocada pelo jornal policial tirado da grade por falta de audiência, nunca mais os comentários que eu gravava para o SBT Brasil foram ao ar, apesar de religiosamente gravados, inclusive na sexta [7], quando fui sumariamente demitido sem nenhum aviso prévio, nem tentativa de evitar que meu trabalho prejudicasse a dinâmica do noticiário, como vi alegado nas notas publicadas pela imprensa.

Espero que a informação tenha sido mal interpretada por quem a deu. Não acredito que a cúpula do jornalismo do SBT fosse deselegante como foi comigo com colegas como Carlos Nascimento e Hermano Henning. Melo não faz mais parte dela porque seu estilo franco e desabusado o levou a se exceder numa discussão com um funcionário do RH e isso provocou sua demissão na segunda-feira, 3 de fevereiro.

Também não acredito que suas notórias ligações societárias com Rui Falcão possam ter interferido na decisão de demitir quem ele sempre chamou de “amigo”. Fica, de qualquer maneira, a consequência a lamentar mais institucional do que pessoal: o ano eleitoral começa com a demissão de um crítico contumaz de Dilma Rousseff, favoritíssima à reeleição, mas ainda assim temerosa de que ela não ocorra.

Como se nota o SBT é a bola da vez, por ter permitido a presença de comentaristas em seus jornais. Alguns desses comentaristas, no entanto, não agradaram o PT.

Para tirarmos as dúvidas de que tratamos de fato de uma censura soft direcionada pelo governo, temos uma terceira evidência, e novamente envolvendo o SBT.

Segundo o Pure People, a Procuradoria Geral da República aceitou a denúncia contra Rachel Sheherazade, e agora os “vídeos do SBT serão avaliados”. Veja mais:

A Procuradoria Geral da República (PGR) aceitou nesta quinta-feira (27) a representação feita pela deputada federal Jandira Feghali (PCdoB/RJ) contra a jornalista Rachel Sheherazade, do SBT. A parlamentar solicita uma investigação, alegando que a âncora do “SBT Brasil” cometeu na bancada do telejornal o crime de apologia e incitamento à tortura e ao linchamento, caracterizado no artigo 287 do Código Penal.

De acordo com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, os vídeos que mostram a opinião exposta por Rachel no “SBT Brasil” sobre o caso envolvendo um grupo que puniu um menor infrator no Rio de Janeiro serão avaliados. “Não se pode pregar contra o Estado democrático. Isso é muito sério”, opina Janot. “Se você faz um discurso de ódio para a sociedade, não há como controlar o que ocorre depois por aí”, completa.

Em nota enviada ao Purepeople, Jandira Feghali explica que seu pedido de investigação se justifica. “As pessoas não podem se sentir legitimadas por um discurso neofascista e sair por aí julgando e executando outros cidadãos. E, no geral, os executados em sua maioria são os mais pobres e negros”, diz. “Não queremos que se crie um paradigma na televisão de incitação à violência na busca da audiência e do lucro. É preciso repensar o que está sendo feito”, critica.

A intimidação por pessoas presentes em órgãos públicos, especialmente a PGR, é outro sintoma da censura soft, que fica mais evidente ainda no trecho abaixo:

A representação protocolada por Jandira Feghali também responsabiliza o SBT. A deputada sugeriu à Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom) que interrompa o repasse de verbas oficiais ao SBT durante a investigação da Procuradoria Geral da República.

As verbas são repassadas às emissoras de rádio e TV por causa das propagandas e campanhas do governo federal exibidas nos canais. Em 2013, por exemplo, o SBT recebeu R$ 150 milhões da União. Jandira pediu ainda, em último caso, caso não haja uma resposta firme da emissora sobre o assunto, uma análise da concessão do canal de Silvio Santos.

Jandira, do PCdoB (partido aliado do PT), é clara ao usar duas formas de coação (retirada de verbas públicas, retirada de concessão) como forma de pressão para calar Rachel.

Enfim, é claro que o governo não esconde mais que usa seu aparelho para censurar a opinião divergente, criando uma nova era onde estamos de fato lutando contra uma ditadura. Isso deveria nos tornar mais motivados, pois já somos parte da história: um período em que direitistas precisam lutar contra uma ditadura socialista.

David Horowitz e Saul Alinsky são vitais para a guerra política. Hoje em dia, no entanto, para a direita eles não são mais suficientes. Precisamos também aprender com Gene Sharp a partir de agora:

Anúncios

48 COMMENTS

  1. O que acha de chamar de censura financeira ou censura sutil ao invés de censura “soft”? Falo isso por que essa censura me parece mais radical do que a censura tradicional, ela só é mais sutil. O processo me parece o seguinte: vai se financiando de forma Estatal algum serviço e restringindo financiadores fora do Estado por lei, até um momento que só o Estado pode financiar, e portanto, escolher quem pode ou não prover o serviço. Estão fazendo o mesmo com o tal financiamento público de campanha e talvez façam com a internet. Basicamente, é uma forma de socialismo terceirizando os serviços(PSDB fez coisa semelhante) ou uma forma de minarquismo socialista em que ao invés de acontecer como no minarquismo clássico, em que o Estado funciona bem, pois divide a responsabilidade pela sociedade com os indivíduos, este Estado funcionaria melhor, por que divide a responsabildiade pela sociedade com os COLETIVOS.

      • Dinheiro do contribuinte na mão de esquerdista é vendaval:

        “dinheiro na mão é vendaval, é vendaval
        na vida de um sonhador, de um sonhador”

    • Adote Rachel Sheherazade
      Posted: 17 Apr 2014 12:54 PM PDT
      sheherazade silvio santos
      Paulo Nogueira, DCM
      Não poderia ter sido mais bizarra a maneira encontrada por Sílvio Santos para lidar com o caso Sheherazade.
      Nem mandou embora e nem manteve tudo igual.
      Ela continua no SBT, mas para ler apenas o que escrevem, e não para gritar teatralmente suas opiniões arquiconservadoras.
      Foi um prêmio de consolação para Sheherazade, que mesmo numa mudez parcial continuará a receber seus 90 mil reais mensais.
      Foi, também, uma vitória da civilização, porque houve consequências para a abjeta incitação ao crime feita por Sheherazade ao elogiar os delinquentes que amarraram um jovem negro a um poste.
      Sobraram as lamúrias falaciosas de Sheherazade e súditos segundo as quais a liberdade de expressão foi agredida.
      Ora, liberdade de expressão absoluta não existe. Ou então poderíamos, por exemplo, dizer que foi injustiçado o apresentador do SBT do Paraná que chamou dias atrás um jogador de macaco.
      A melhor definição para os limites da liberdade de expressão veio, no passado, de um juiz americano.
      Suponha, disse ele, que numa sessão de cinema lotada alguém irrompesse e gritasse “fogo” no auditório.
      Seria um caos com consequências imprevisíveis.
      E se o autor do berro invocasse depois a liberdade de expressão? Foi esta a especulação que o juiz fez, para chegar à conclusão de que você não pode dizer tudo que quer.
      O arranjo que Sílvio Santos encontrou para Sheherazade é obviamente provisório. Para ela, não é satisfatório, a longo prazo, se limitar ao papel de apresentadora.
      E para o SBT, em algum momento, vai ficar claro que é um salário muito alto para alguém que apenas lê o texto do telejornal.
      Mas por ora a situação é satisfatória.
      Com o silêncio parcial de Sheherazade, ou a voz restrita, Silvio Santos consegue mitigar o risco de ver crescer a discussão em torno dos 150 milhões de reais por ano que o SBT recebe em verbas publicitárias do governo.
      Tanto dinheiro assim para promover justiçamentos e crime?
      Quanto a Rachel Sheherazade, vale para ela o que ela disse para sobre o jovem acorrentado.
      Você que a admira está com pena? Leva pra casa, então. Adota.
      O post Adote Rachel Sheherazade apareceu primeiro em Pragmatismo Político.

  2. realmente só não ver o socialismo/comunismo no Brasil quem não quer, o aparelhamento já chegou ao nível nefasto de praticamente se torna uma arma contra qualquer um que não for a favor dos seus jogos… e o pior não é nem o aparelhamento ou o exercito de zumbi vermelho mas sim o direitista derrotista que vejo dizendo frases como “agora com o marco civil aprovado só nós resta escolher um novo país para morar” esse tipo de pessoa realmente é pior e mais danoso á direita do que os próprios esquerdistas. Mas a solução é simples mas exige um pouco de coragem e humildade que é a União dos direitistas, apenas a união pode dá uma chance de ter uma oposição no Brasil.

    mas gostaria de perguntar a você Luciano, quem seria a pessoa ou partido mais indicada para ser uma oposição ao pt?

    • Eu não pensaria em partidos no momento, mas na criação de uma consciência de direita no Brasil.

      Tendo isso em boa quantidade, existirá pressão suficiente, e o surgimento de um partido efetivamente de direita se tornará inevitável.

      Abs,

      LH

      • Luciano,

        Não acha que um partido político seria um meio de aglutinar pessoas de direita e consequentemente porta vozes dessas idéias? Também acho que primeiramente se muda culturalmente,mas um partido político agindo em conjunto de forma paralela dará voz a direita na midia e nas organizações civis?

      • Eu entendo que um partido político de direita surgirá por DEMANDA de uma parte da sociedade (de direita) que estiver com um DISCURSO ORGANIZADO que dê sustentação a este partido.

        Por isso entendo que não devemos pensar em um partido de direita neste momento, mas pressionar os partidos que já temos. (menos a extrema-esquerda, é claro, composta pelo PT, PCdoB e PSOL)

  3. Luciano, no Face a coisa está bombando. Observe o tanto de rajada contra a atitude em questão está sendo dada na postagem da página da Rede Massa, na página do Paulo Eduardo Martins e nesta e nesta outra postagem da página oficial do Jornal da Massa.
    Está interessante ver que, a exemplo de boa parte da história brasileira, reviravoltas estão vindo do Sul para depois se espalharem pelo país. Tivemos os estudantes comuns desmoralizando os profissionais e os maconheiros puros e simples e os obrigando a sair da reitoria da UFSC. Pode ser que a coisa vá ganhando corpo e transborde, em que pese já termos mostras importantes de cansaço com o marxismo-humanismo-neoateísmo em outras partes do país (vide a derrota de todos os postes do Lula nas eleições municipais, exceto em São Paulo). Falando em cansaço com o MHN…

    • O método de Gene é extremamente abrangente, formidável.
      Então, usando uma das técnicas descritas no documentário do Gene Sharp, a famosa “lavando a roupa suja”, sugiro usar a técnica do “Faça um bom-negócio”, tal como é usado neste link:

  4. ATENÇÃO LUCIANO…

    O SBT NÃO SOFRERÁ NENHUMA SANÇÃO POR PARTE DOS PETISTAS — NOTE QUE NÃO É O SBT QUE SERÁ INVESTIGADO, E SIM A RACHEL SHEHERAZADE — simplesmente porque hoje 29/03/201 – por volta das 02:11, o SBT realizou uma campanha televisiva em prol da esquerda ao falar da ditadura militar, mostrando os tais guerrilheiros “anistiados” como heróis da democracia. Inclusive um deles falou com muito orgulho sobre o sequestro,que realizou, os bandidos que libertos , e dos militares que humilhou.

    O SBT está seguindo a cartilha do PT, ao desligar do jornal matutino o jornalista Eduardo martins…porém venho reparando que a Rachel está aparecendo em diversos programas do SBT, e isto ao meu ver é apenas uma maneira de ir tirando a rachel do jornal e preparando outra espécie de programa pra ela….ou pior ainda colacá-la na geladeira….

    O que nada mais é (junto com a contratação do jornalista Kennedy Alencar) um conchavo para o ganho de território dentro da emissora, e logicamente a censura midiática dos oponentes.

    Se Rachel não entrar com um processo por denunciação caluniosa contra aqueles que a acusam, estará apenas se defendendo, e quem se defende….PERDE.

  5. Excelente documentário. Fiquei impressionado ao ver um sírio com esperança de conseguir vencer na Síria pacificamente e fiquei envergonhado por eu ter pensando que tudo já estava perdido aqui no Brasil.

  6. Paulo Eduardo Martins tinha um programa matinal inteiro com boa audiência para se manifestar. Deixaram-lhe um minuto noturno num jornal inexpressivo.
    No mesmo dia, Rachel Sheherazade entrou em férias – Por livre e espontânea vontade? – e volta(?) na segunda metade de abril.
    Reinaldo Azevedo aprovou o Marco Civil da Censura da Internet e assume-se eleitor de José Serra (Mais comunista do que Lulalelé!) no passado, no presente e no futuro.
    A guerra-cultural se intensifica e as baixas são do lado conservador. Os revolucionários mostram sua costumeira competência alavancada pelas muitas décadas de atuação e experiência.
    Mangas arregaçadas, mãos à obra, suor aos litros, eu continuo atacando a esquerTRALHA no G+. Eu quero é ver essa canalhada tomar no fuleco.

  7. Engraçado ver essa matéria querendo colocar de certa forma a culpa somente nos ptralhas, não sei se esse canal é apartidário ou só é mais um manipulado ajudando esse “joquinho” dos dois partidos (a culpa é dos ptralhas… não a culpa é dos tuknalhas), desviando o foco do que é importante para o Brasil.
    A quer uma prova… pois bem segue aqui.
    http://www.conjur.com.br/2004-jun-10/kajuru_critica_autoridades_demitido_tv_bandeirantes
    A mesma emissora que você critica por ela falar mal do PSDB é a mesma que demitiu um jornalista a pedido do então candidato a presidente pelos tuknalhas.
    Pra mim esses dois partidos são farinha do mesmo saco e ficam inventando essas “briguinhas” pra desviar o foco do que realmente é importante…

    • Acho que você não prestou atenção. O que vimos aqui é o uso da censura soft (ou sutil, com sugeriu um leitor) a partir da ameaça de CORTE DE VERBAS PÚBLICAS. Como o PSDB não estava no poder em 2004, não podia fazer essa ameaça.

      Assim, sua comparação não serve.

      Abs,

      LH

    • Caro “brasileiro”, você esta caindo na besteira e no maniqueísmo de achar que uma pessoa que critique o Governo atual possui algum partidarismo. Além disso, parece que você não entendeu o texto do Luciano, uma coisa é uma empresa demitir um funcionário a pedido de algum amigo ou sócio. Outra coisa é usar da Máquina pública de propaganda para chantagear emissoras de TV a demitir ou afastar um funcionário. A máquia pública como o nome mesmo diz é PÚBLICA, é dinheiro do POVO e não do Partido que esta no poder.

      • Longe de defender o atual governo, eu acredito que, a ideia de que emissora A ou B afastou um jornalista por causa de opinião é mera especulação; Se este fosse o caso eu não acreditaria que jornalistas da envergadura e de respeito moral como Paulo Eduardo e Raquel se absteriam de expressar seus reais pensamentos a cerca deste “afastamento”. O que acontece é que um telejornal deve apenas narrar os fatos com total imparcialidade e razoabilidade; não deveria atacar partido A ou B, isso é puro marketing e sensacionalismo jornalístico. As emissoras deveriam se pautar em seguir padrões éticos e morais de comunicação, e a interpretação
        ficaria a cargo exclusivamente do telespectador.

      • O nível de contradição em teu discurso é assutador.

        Se a interpretação deve ficar a cargo EXCLUSIVAMENTE DO TELESPECTADOR, é este mesmo que decide se quer ou não comentaristas na TV.

        Além do mais, temos as seguintes evidências:

        1. os jornalistas censurados estavam em um modelo que fazia sucesso
        2. logo, a retirada deles não faz sentido em nenhum modelo comercial
        3. estão provadas as alianças de pessoas dessas emissoras com o governo
        4. ao mesmo tempo, o SBT está sofrendo pressão por ter pessoas que fazem opinião contra o governo

        Assim, constatar a censura promovida pelo PT não é “mera especulação”, mas o apontamento de um fato.

        Abs,

        LH

  8. Esse foi um dos posts mais emblemáticos que já vi. Quem possui conta no face, independente do tamanho de sua rede social, deveria indicar o link do post massificadamente. A coisa “tá” ficando séria, precisamos ir pra cima com mais garra. Que futuro queremos deixar para nossos filhos ou netos? Se não temos forças pra lutar por nós mesmo, sejamos fortes por aqueles que amamos…

  9. “A ditadura perfeita terá as aparências da democracia, uma prisão sem muros na qual os prisioneiros não sonharão sequer com a fuga. Um sistema de escravatura onde, graças ao consumo e ao divertimento, os escravos terão amor a sua escravidão.” (Aldous Huxley)

    Vargas Llosa y la dictadura perfecta

    • As outras nove partes deixei aqui e considero o que fizeram os estudantes normais da UFSC simplesmente genial, pois chegaram lá em um número muito superior ao dos marxistas-humanistas-canabistas lá acampados. Logo, mostraram para eles que não aprovavam nem um pouco aquilo, o que fez os MHCs que usaram a brenfa como pretexto para um protesto que já começava a guinar de pauta terem de se retirar por não encontrarem eco na comunidade em que atuam.

  10. Luciano,

    Excelente post!

    Seguindo a linha da censura soft, NMHO, o próximo a ser “escanteado” pode ser o
    também excelente Luiz Carlos Prates do SBT de SC.

    Governo VS Copa
    http://www.youtube.com/watch?v=tFtz3ovZDX4

    Com certeza os comentários dele também não agradam o PT.

    Aproveito para indicar outro excelente video:

    O Brasil nos arquivos de espionagem do bloco soviético
    https://www.youtube.com/watch?v=Dbt1rIg8FbI

    Outro “hype” da esquerda, que conta, exaustivamente, que os EUA participaram na
    organização do golpe de 1964 mas, esconde o quê os comunas tramavam desde 1935.

    Notem que:

    1. A documentação está sendo catalogada e disponibilizada na internet pelo
    governo da Tchecoslováquia através do instituto de estudos dos regimes
    totalitários.

    2. Estes documentos são do Serviço Secreto Comunista da Tchecoslováquia (STB)
    encarregado pela KGB (URSS) de espionar o Brasil.

    3. Serão disponibilizadas mais video-aulas sobre esse tema através do canal

    Historia Heroica
    https://www.youtube.com/channel/UCiZoxp05rBA9wdBT2Gelzkg

    Facebook
    https://www.facebook.com/pages/Hist%C3%B3ria-Heroica/431552873646487

    Abs,

  11. Eu estava tento problemas sérios em ver pornografia na internet. Um Vício terrível. Para melhorar as coisas procurei um programa contra á pornografia na internet e o baixei gratuitamente. È um destes aqui.
    https://br.search.yahoo.com/search;_ylt=AuFj.oYyI8y1RSIuPj.0zvqU7q5_?p=programas+++contra++pornografia&toggle=1&cop=mss&ei=UTF-8&fr=yfp-t-707 È este aí do urubu ,o meu programa. O anti-porn 19282.

    Está sendo uma desgraça ! A minha internet ficou super lenta. já testei não para os sites pornográficos. Somente alguns. A minha maior surpresa barra o site do bol, tenho conta de email no bol. Pior não sei porque barrou o vídeo “Gene sharp Brasil documentário contra a ditadura…….. o segundo vídeo desta página sua Luciano.

    Também barrou no Midia@mais. http://www.midiaamais.com.br/?c=ver_noticia&codigo_noticia=2956 Quando pego link para o Implicante org este site é barrado pelo programa anti-porn

    Veja: A pagina do implicante barrada. http://www.implicante.org/artigos/o-marco-socialista-da-internet-vladimir-putin-e-o-futuro-da-nossa-liberdade/

    Veja o aviso : “” A página solicitada foi bloqueado porque contém alguns conteúdos impróprios.””

    Agora não sei como vou sair desse desgraçado de programa anti-porn.

    Luciano ! Vejo má intenção dos projetistas de programa anti-porn . Para mim eles censuram páginas,sites,vídeos direitistas ou noticias por pura má intenção.

    Eu tenho imaginação fértil que dá criar uma censura oculta na internet barrado sites “inimigos” num programa anti-porn ou outra coisa que as pessoas não queiram ver.

    Como diz o ditado : “Estamos comprando gato por lebre”

    Observação ” No Programa Telecentro do Governo Federal, Aqueles dos computadores de graça para população de baixa renda. Tem um programa que não deixa baixar sites direitistas. O site do Julio severo não pega de jeito nenhum. Visite uma sala de um Telecentro e veja você mesmo.

  12. As pessoas não estão enxergando à verdade, que é o Brasil vai ser a nova Venezuela. Quando tiverem tirado a liberdade de todos, a coisa vai ficar e feia. Cuidado Brasil, logo tiram sua liberdade.

  13. O programa anti-porn barra mais trêis sites direitistas. Os sites Homem Culto e o do Júlio Severo. Entrei no site da Veja , consegui conectar,mas para minha surpresa quando tentei entrar no blog do Rodrigo Constantino. O programa ante-porn impediu ebloqueiou. Como se a página de Rodrigo Constantino fosse uma página pornográfica. Estou achando coincidência demais que esses treis sites tenham sido só bloqueados por falha do programa ante-porn. Porque um programa contra sites pornográfico bloqueia tantos sites direitistas e conservadores assim ? Alguém tem uma resposta ?

    • Sim, eu tenho. E é muito simples e lógico.
      Todos esses sítios que você citou expõem sem pudores as ações da esquerTRALHA. E são atos sempre pornográficos, onde os cumunas (sic) entram com a trolha mortadelesca e os brasileiros com o fuleco já vaselinado pela mídia.

  14. Quando comentar esse assunto, Luciano, não se esqueça jamais de incluir no pacote uma movimentação em sentido oposto, qual seja, além das referidas demissões, a contratação do ultraesquerdista, ultragovernista, ultra-chapa branca, ultra sugador de bolas de Lula e Dilma, Kennedy Alencar. Não fosse pelo SBT, ele seria candidatíssimo à esgotosfera. Agora ficará em Brasília dando o lead e comentando as notícias políticas diárias para o Jornal do SBT com sua “isenção” costumeira. O SBT acovardou-se, ajoelhou-se, acocorou-se à pressão do Planalto.

  15. Mais do que nunca as emissoras estão, não diria reféns, mas compactuadas com projeto esquerdopata. O que nos resta é dar retorno nas urnas em outubro……………Mas como foi provado e se essas ‘coisas” estiverem realmente fraudadas …….? Será o estopim ou os homens e mulheres irão acordar e ir as ruas novamente querendo mudanças.

  16. Boa noite Luciano, vendo seu post sobre a censura soft lembrei desse vídeo q eu vi compartilhado pelos esquerdistas em junho tentando dizer que o que deu errado pra eles na revolta dos 20 centavos era financiada pela Cia https://www.youtube.com/watch?v=_ai293d3mm8 , gostaria que futuramente continuasse a aprofundar no assunto e explicando e rebatendo a algumas ponderações desse vídeo, que me deu a entender na época que o uso dessa estratégia do Gene também não foi assim muito liberal ou direitista, mas por interesse de corporações, mas bom, temos que estudar a respeito. Desde já agradeço e parabéns pelo trabalho.

  17. Steps clássicos:
    1- povo dependente do estado( populismo assistencialista)
    2- exército enfraquecido e sucateado( para evitar surpresas)
    3- leis e normas que controlam a população
    4- controle da mídia e censura
    5- legislativo, judiciário, polícia e MP comendo na mão do executivo
    6- aumentar mandatos do executivo de 4 para 6 ou 8 anos
    7- Deus sabe o quê?????

    OBS: Lembrem do ítem 4, esses comunistas já estão criando meios de controle da NET, marco civil, milícias virtuais, ABIN, e outras coisas mais que são apenas DOI-CODIs rejuvenescidos, daqui a pouco vão pegar o IP de quem faz comentários contrários e vão bater nas nossas portas ou nos nossos empregos.

Deixe uma resposta