A ótima reação de Rachel Sheherazade contra a escória dos censores governistas

58
189

wallace

Na guerra política, se for para morrer, é melhor morrer atirando. Essa deveria ser uma regra para grande parte da direita. Hoje em dia Rachel Sheherazade resolveu encarar esse princípio.

Ciente de que a escória moral do Brasil se juntou para tentar censurá-la, ela resolveu abrir a boca na hora certa, ou seja, antes dos seus inimigos conseguirem seu intento.

Veja abaixo matéria da Folha de são Paulo:

A apresentadora do “SBT Brasil”, Rachel Sheherazade, negou rumores de que foi afastada de seu posto no telejornal e de que sofre retaliações no SBT. Em entrevista por e-mail à Folha, disse que a emissora “sempre apoiou a liberdade de pensamento e expressão”.

Sheherazade não aparece na bancada do telejornal do SBT desde 28 de março, quando anunciou suas férias até o dia 14 de abril no Twitter. Ela ficou conhecida por seus comentários de teor conservador e causou revolta quando disse compreender o comportamento de pessoas que amarraram um assaltante a um poste no Rio.

A apresentadora diz que sofre retaliação fora do SBT. “Há uma pressão política muito forte para que eu seja calada. PSOL e PCdoB entraram com representações contra meu direito de opinião e tentam cercear minha liberdade de expressão chantageando a emissora onde trabalho”, disse.

Ela diz que os partidos “ameaçam cortar verbas publicitárias estatais e até pedir a perda de concessão da emissora”.

“É clara a tentativa de censura por meio de intimidação. Não é possível que, em plena democracia, a mordaça prevaleça sobre a liberdade de expressão”, afirma a apresentadora.

Sheherazade se refere a representações movidas pelos partidos políticos na Procuradoria-Geral da República. Em fevereiro, a bancada do PSOL no Congresso protocolou uma representação para que SBT e Sheherazade respondam civil e criminalmente por apologia ao crime.

Em março, foi a vez do PCdoB. A bancada do partido na Câmara entrou com representação também contra a apresentadora e a emissora por crime de apologia e incitamento ao crime, à tortura e ao linchamento.
Liderada pela deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), a recomendação pediu ainda à Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República que reveja as verbas publicitárias repassadas pelo governo ao SBT.
“Nós não queremos calar a Sheherazade. O que a gente não admite é que o SBT dê guarida à incitação ao crime. Uma coisa é a liberdade de expressão e de opinião. Outra coisa é cometer apologia ao crime”, disse Feghali à Folha.

O Ministério Público Federal em São Paulo confirmou que avalia a parte da representação que diz respeito às verbas publicitárias da União.

Em entrevista ao site Congresso em Foco, falando em tese e ressaltando não conhecer bem o caso, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, disse ver com “muita preocupação” a denúncia contra a apresentadora.

Agora é momento de averiguarmos a “lógica argumentativa” da extrema-esquerda. Eu espero que Jandira Feghali seja muito melhor produzindo esfirras e kaftas em seu restaurante árabe (onde uma Coca Cola custa R$ 8,90) do que elaborando argumentos, pois, em termos lógicos, ela é tão intelectualmente desonesta quanto simplória.

Veja como funciona a heurística que ela repete em ritmo bate-estaca:

  • Não temos nada contra Sheherazade emitir sua opinião
  • Logo, ela tem liberdade de expressão
  • Mas a liberdade de expressão não vale se a opinião for de apologia ao crime
  • Compreensão das atitudes de quem ataca um criminoso violento é apologia ao crime
  • Compreensão das atitudes de criminosos violentos não é apologia ao crime
  • Logo, Rachel Sheherazade cometeu apologia ao crime
  • Da mesma maneira, todos os esquerdistas que chamam os criminosos de “vítimas sociais” não cometem apologia ao crime
  • Assim, Rachel Sheherazade não apresentou opinião, apenas apologia ao crime (que não é opinião)
  • Ao mesmo tempo, esquerdistas que defendem impunidade de criminosos apresentam opinião
  • Por isso, não há censura contra Sheherazade, pois o que ela disse não é nem opinião

O discurso da extrema-esquerda, propagado por Jandira, se resume a isso e nada mais.

Claro que tudo é de uma cara de pau patológica, criando uma situação onde somente criminosos violentos podem ter seus atos compreendidos, mas o mesmo direito não existe para quem reagir a esses criminosos violentos.

O número de crimes morais da extrema-esquerda é astronômico. Vejamos só o começo:

  1. Criação de uma categoria privilegiada, que não pode ser alvo de críticas (criminosos violentos)
  2. Proibição de direito de defesa (mesmo em opinião) contra quem reagir a criminosos violentos – logo, os bandidos são santificados pela extrema-esquerda
  3. Prática de crime de denunciação caluniosa contra qualquer jornalista ou intelectual que tentar sequer entender as ações de quem reage a criminosos violentos
  4. Uso de chantagem a partir do dinheiro público para censurar a opinião de pessoas que defendam opiniões lúcidas e coerentes, mas que desagradem aos apologistas dos criminosos violentos
  5. Uso de intimidação pelo estado para defender um grupo político que transforma a apologia aos criminosos violentos em um negócio

Já passou da hora de tratarmos tudo o que PT, PSOL e PCdoB vem fazendo em relação à imprensa como um crime moral, que deveria ser convertido em crime inafiançável. Qualquer pedido de censura à imprensa não deveria ser tratado de forma diferente da apologia ao nazismo.

Enquanto Rachel diz que “não é possível que, em plena democracia, a mordaça prevaleça sobre a liberdade de expressão”, surge uma oportunidade para que seus admiradores iniciem uma série de manifestações tomando-a como símbolo da luta pela democracia, com base na liberdade de imprensa, contra qualquer forma de censura.

A comunicação com a opinião pública deveria ser clara, usando frames conforme os seguintes:

  • Pense em cada vez que você viu alguém sofrendo por ter um familiar abatido ou atingido por crimes como latrocínio, estupro e sequestro
  • Se você for um ser humano razoável, terá o menor traço de empatia pelas vítimas
  • Essa empatia não é compartilhada por essa laia que tenta censurar Rachel Sheherazade
  • Eles já tomaram como prioridade que o criminoso violento (a verdadeira máquina de moer carne humana) não pode ser objeto de crítica
  • Já para as vítimas destas bestas humanas, a turma do PSOL, PT e PCdoB não apresenta o menor traço de empatia
  • Enfim, se você é um cidadão humilde que não tem dinheiro para morar em condomínio de luxo ou dirigir carro blindado, saiba que essa escória não dá a mínima para você
  • Para piorar, mesmo que você seja vítima potencial de crimes, aqueles que ficarem ao seu seu lado serão alvo da censura dos governistas, que usarão o seu dinheiro para chantagear a mídia
  • Não dá para imaginar crueldade maior que essa: Jandira e sua turma não estão satisfeitos apenas em proteger os criminosos violentos, como querem também censurar qualquer um que emita opiniões que desagradem a esses criminosos
  • Enfim, se a censura é nojenta e abominável, ela consegue ser ainda pior quando é usada para censurar qualquer um que se posicione a favor dos civis, vítimas potenciais dos criminosos violentos

Depois de usar frames assim, devíamos partir para o ataque moral contra aqueles que, aí sim, fazem apologia da violência. Um bom exemplo vem da petição lançada por Flavio Morgensten pedindo a responsabilização criminal de Sakamoto por incitação ao crime. Veja o template da mensagem a ser enviada ao MP:

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) PROMOTOR(A)

Nós, abaixo assinados, requeremos a apuração de fatos imputados ao Sr. LEONARDO MORETTI SAKAMOTO, jornalista colunista do Portal UOL (http://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/), pelas razões de fato e direito a seguir:

I – DOS FATOS

1. É público e notório que o jornalista Leonardo Sakamoto utilizou a sua página no Portal UOL para promover a apologia aos crimes de furto e roubo, além de imputar às vítimas a culpa pela violência sofrida. Para o jornalista, não apenas deveria haver o perdão ao crime praticado pelo bandido, como também a responsabilização criminal da vítima.

2. O jornalista, em seu artigo “Ostentação Deveria Ser Crime Previsto no Código Penal” (18/06/2012), após dizer que não temia ser assaltado pois não possuía bens materiais de valor, escreveu que “Ostentação em um país desigual como o nosso deveria ser considerado crime pela comissão de juristas que está reformando o Código Penal. Eles não estão propondo que bulling seja crime? Ostentação é mais do que um bulling entre classes sociais. É agressão, um tapa na cara.”

3. Ainda nesse artigo, o jornalista foi além: defendeu a existência de um suposto direito do bandido ao ato de roubar, e arrematou levantando a bandeira do ódio à polícia: “(…) sabemos que, dessa forma” (ou seja, através do roubo), “o jovem pode ajudar a família, melhorar de vida, dar vazão às suas aspirações de consumo – pois não são apenas os jovens de classe média alta que são influenciados pelo comercial de TV que diz que quem não tem aquele tênis novo é um zero à esquerda. Ganhar respeito de um grupo, se impor contra a violência da polícia”.

4. Por fim, o jornalista emitiu uma sentença que soa como uma grave ameaça à sociedade: “Ou a cidade será boa para todos ou a aristocracia que sobrar após o caos não conseguirá aproveitar sua pax paulistana.”

5. Sendo o jornalista titular de uma coluna em um dos maiores portais do Brasil, muito mais grave se afigura essa apologia ao crime, tamanho o alcance da mensagem veiculada.

II – DO DIREITO

Ao escrever o mencionado texto, o jornalista incorreu no crime de apologia e incitamento ao crime, tipificado no art. 287 de nosso Código penal, que reza:

“Art. 287. Fazer, publicamente, apologia de fato criminoso ou de autor de crime:

Pena – detenção de 3 (três) a 6 (seis) meses, ou multa.”

III – DO PEDIDO

Isso posto, solicita-se à Vossa Excelência que requeira a instauração do competente inquérito policial ou proceda diretamente ao inquérito sobre os fatos acima relatados, para que, posteriormente, possa ser promovida a persecução penal contra o Representado, ou seja, o jornalista LEONARDO MORETTI SAKAMOTO, em face do crime de apologia de fato criminoso, praticado em 18 de junho de 2012 através de artigo publicado no link http://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/2012/06/18/ostentacao-diante….

Nestes termos,

Espera-se o deferimento.

Brasília, 5 de abril de 2014.

Enquanto isso, aproveito o post para uma boa notícia relacionada ao tema, mostrando que as manifestações contra a censura geram resultado. Segundo o Natelinha, o Jornal da Massa voltará a ter a opinião de jornalistas, o que significa o retorno de Paulo Eduardo Martins aos comentários no jornal. Méritos? Daqueles que protestaram contra a censura a ele. Vejam:

Depois de uma grande polêmica, onde os comentaristas do “Jornal da Massa”, da Rede Massa, afiliada do SBT no Paraná e de propriedade de Ratinho, teriam sido afastados por ordem de estatais, que ameaçaram tirar anunciantes do canal, o jornalístico voltou a ter opinião.

O anúncio foi feito pelo próprio apresentador e dono do canal, em seu programa noturno no SBT. A novidade foi comemorada pelo apresentador do jornal, Denian Couto: “Ratinho disse ontem em seu programa no SBT que o Jornal da Massa retornará ao formato que o consagrou, com debate e comentários. Grande!!!”.

Com isso, os debatedores e opinadores do noticiário, Ogier Buchi, Ruth Bolognese e Paulo Eduardo Martins, o mais polêmico de todos, voltarão a opinar no jornalístico matinal.

O motivo seriam dois: a pressão do público nas redes sociais, que não gostou das mudanças, e uma queda de audiência, reflexo da insatisfação do povo com a mudança do formato. Ainda não há uma data exata para a volta do jornal no formato antigo.

Procurado pelo NaTelinha, Paulo Eduardo Martins confirmou seu retorno ao “Jornal da Massa” e comentou: “É uma decisão que faz de todos os envolvidos, vencedores. Os comentaristas, que recuperam o espaço; o público, que volta a acompanhar os comentaristas; a empresa, que volta a agradar o público; e até o governo, que pode melhorar se souber ouvir os críticos”.

“O momento que o país atravessa requer que profissionais preocupados em compreender e explicar para o público o que acontece tenham espaço nos veículos. A reação do próprio público demonstra isso. Eu fiquei feliz pelo fato da empresa reconsiderar a decisão de fazer um jornal sem comentários”, finalizou.

Entenda o caso

No último dia 28 de março, a mudança do formato do “Jornal da Massa” foi anunciada pelo jornalista Paulo Eduardo Martins: “Amigos, hoje (28) fiz minha última participação no Jornal da Massa. Por uma decisão legítima da direção da Rede Massa, o telejornal não mais contará com comentaristas. Agradeço aos que acompanharam e compartilharam o programa, aos colegas de bancada Denian Couto, Ogier Buchi, Ruth Bolognese e também a todos da emissora por terem sustentado o formato que nos proporcionou fazer o debate e enfrentar as amarras culturais que envolvem a imprensa brasileira. Sigo como colunista do telejornal SBT Paraná. A vida segue”.

No estado, a informação é de que ele teria sido afastado do noticiário por pressão do governo federal, que ameaçou retirar os patrocínios de estatais do programa. Paulo Eduardo é um crítico ferrenho do governo do PT, que ele chama de “comunista” e “ditatorial”.

Porém, em entrevista exclusiva ao NaTelinha, o jornalista negou esta informação e disse que sempre teve liberdade nos comentários: “Sempre fui um crítico severo do governo do PT, mas não posso atribuir a mudança a uma intervenção do governo. Não tenho informação de nenhum movimento nesse sentido. Seria leviano da minha parte afirmar algo assim”.

Que esta notícia sirva como motivação adicional para lutarmos de forma cada vez mais assertiva contra a escória governista que só pensa em censura.

Para quem já lutou pelo fim da censura no Jornal da Massa e ajudou a reaver várias páginas derrubadas por governistas no Facebook, agora é o momento de ter um exército anti-censura para defender Rachel.

Anúncios

58 COMMENTS

  1. O advogado de Sheherazade agora terá que pagar a Ayan pelos direitos autorais deste post, pois acho difícil ele fazer uma defesa melhor que essa.
    Imbatível.

  2. É ótimo ver notícias com essa e a do post anterior sobre o abaixo assinado contra a Jandira Feghali e ver que a direita está tomando alguma atitude!

    Continue assim!

  3. Este vídeo é uma pedadra……é o tipo de vídeo que eu estava dizendo que ela deveria ter feito….E MELHOR fem isso em Tribuna da camêra….

    PONTO POSITIVO RACHEL!!!!

    AGORA É HORA DE RAQUEL FAZER O MESMO DISCURSO MAIS ACERTIVO, NO SENADO……

    É HORA DA OPOSIÇÃO LEVAR RACHEL PARA FALAR EM BRASÍLIA…..

    na mesma casa que seu algozes proporam a CENSURA.

  4. Eu considero a reportagem da Falha (sic) de São Paulo um produto da esquerTRALHA.
    O texto termina com quatro parágrafos detalhando a ação de seus detratores. Ora, a última palavra (ou o frame) é a que fica.
    E a foto abaixo do texto safado é questionando a veracidade do que ela diz. . A imagem a mostra passando lápis nas pálpebras. A legenda diz que ela o faz após o trabalho de um maquiador profissional e dizendo que não é vaidosa. A imagem que fica é que ela mente. Pontaquepartiu!
    Se a Rachel e o Paulo voltarem afiados como antes, eu considero isso duas batalhas vencidas pelos reaças na guerra-cultural.

      • Antes de mais nada, os esquerdistas deveriam aprender que o “sic” significa “assim mesmo”. Portanto, o Marcos Ronald usou muito corretamente a partícula em apreço, informando aos leitores que a escrita do nome do jornal era daquele jeito mesmo, logo proposital.

  5. Fiquei com a impressão que estes comentaristas saíram de férias ou foi retirado neste período para não comentar sobre o Regime Militar, dizer a atrocidade cometida também pelo os grupos de guerrilheiros que queria por a ditadura do proletariado, que não lutava pela a democracia coisa nenhuma.

  6. Sim, Luciano, você percebeu o jogo que sempre existiu, porque é da natureza das pessoas buscar se dar bem ou se dar mal.

    Sheherazade pertence à categoria das coisas imponderáveis, isto é, absoluta exceção à regra dentro do sistema em que vivemos. Daí, o ataque feroz daqueles da matilha que alcançaram posição de poder por pertencer a agremiações, e não por méritos, a essa ameaça. Historicamente sabemos que indivíduos mudam a história, isto é, os grupos no poder.

    Duas ações ocorreram enquanto lia seu texto para exemplificar como funciona o sistema, pois é disso que se trata, não?

    1. Telefonema do Banco Santander oferecendo cartão de CRÉDITO GRÁTIS. Isto significa que precisamos entender o que é dinheiro, quem é o dono dele, e para que ele serve. Por ex., é meio na troca de mercadorias? Claro que não! O vídeo “Dinheiro é dívida” explica o saque, a partir dos bancos, da verdadeira prosperidade e riqueza das pessoas que realmente trabalham e produzem coisas. E isso só é possível porque nosso sistema representativo – a democracia – foi inventado por predadores justamente para comprar políticos e partidos políticos inteiros para acomodar seus interesses e perpetuar sua posição de poder, afinal, eles não são leões/lobos, é só uma fantasia!!!!

    2. Recebi um texto em espanhol que fala justamente desse sistema em que vivemos: o campo de ação dos predadores onde vale a lei natural do mais forte; e o campo da massa, na qual me incluo, onde só vale a lei moral do bem e do mal, também inventada pelos mesmos “predadores”. Dá prá ver quem sempre vence a batalha, não?

    Enquanto alguns brasileiros continuarem “encantados” sob o manto de agremiações – também inventadas pelos mesmos “predadores” – contrárias aos interesses de todos os brasileiros, para início de conversa, nada alterará o sistema.

  7. Se expulsarem Rachel do jornalismo, nós a colocaremos na política (de preferência como ou Deputada federal Senadora), aliás, falta Mulher lá. É somente você querer Sheherazade!

  8. É verdade, a foto da Sheherazade no fim do texto é para denegri-la por ser vaidosa e ter dito que não era. como se isso fosse muito mais importante e grave do que ser comunista e morar no Leblon e se hospedar no hotel mais caro de Paris.

    Pena que tem que ser assinante da Folha para esculhambar o autor da foto. Por isso, só por isso, ele escapou de poucas e boas.

    Mas o vídeo postado aqui é um soco no estomago da Feghalli. 🙂

    • Mas o fato dela estar sendo maquiada para entrar no ar não implica necessariamente em que ela seja vaidosa. Então, no que tange a ela, nada supõe, a priori, a incoerência que a reportagem pilantramente quis insinuar.

  9. Luciano,

    Excelente post !

    Uma verdadeira “vacina para os direitistas depresssivos” (estou repassando para alguns que conheço).

    Fatos assim indicam que não perdemos guerra politica nenhuma porque até o momento apenas um lado, a esquerda, combatia.

    Fica provado que:

    . O “ativismo jurídico é uma arma fundamental” na guerra politica

    . Toda falsa imputação de crime deve ser combatida através dos meios legais

    Mais um exemplo:

    Mais uma vitória
    http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/televisao/diretor-da-globo-vence-acao-contra-apresentador-da-record-2/

    Abs,

  10. Concordo integralmente com o Luciano, e afirmo que a batalha da vez é por Rachel Sheherazade. É pela Rachel, que é uma jornalista inteligente e competente, e merece de fato a posição que tem, mas também pela defesa da liberdade de expressão. A batalha da vez é por Rachel, amigos, que aliás acho que estamos ganhando. E vamos vencer: Rachel vai continuar no SBT dizendo suas opiniões de forma livre . Parece que o Silvio Santos já deu sua resposta.
    https://scontent-b-mia.xx.fbcdn.net/hphotos-prn2/t1.0-9/10171082_10203737004169629_381915224326632681_n.jpg

  11. Gostei da entrevista que a Rachel deu para Veja São Paulo em que ela também dispara contra os que tentam censurá-la, acusando-os de representarem contra a liberdade de imprensa; chama PSOL e PCdoB de “dois pequenos partidos de esquerda”; fala dos planos totalitários da esquerda de implantar uma ditadura socialista aos moldes de Cuba e Venezuela no Brasil; “esfrega” a Constituição na cara de seus censores, demonstrando que eles não respeitam os princípios constitucionais; fala a respeito da mobilização do povo para defendê-la; demonstra estar cada vez mais forte e confiante na luta contra os que querem amordaçá-la, enfim. Reproduzo aqui duas das perguntas e suas respectivas respostas da entrevista de Rachel:

    Em algum momento você soube de alguma pressão por parte dos patrocinadores para afastarem você do SBT Brasil conforme foi publicado no UOL?

    A única pressão sobre minha liberdade de expressão parte de dois pequenos partidos de esquerda: PSOL e PCdoB, que ingressaram com representações contra a liberdade de imprensa e meu direito de livre expressão. Estão pressionando o SBT para me afastar, me calar, sob pena de suspensão de publicidade estatal e perda de concessão! Onde eles pensam que estão? Em Cuba? Na Venezuela? Ainda bem que acima da fúria censora há uma Constituição que garante o livre pensar e o trabalho livre da imprensa.

    Como você avalia a campanha que muitos internautas fazem para que você volte ao ar o quanto antes?

    Sinto-me mais forte e mais confiante ainda no trabalho que venho desenvolvendo. Fico comovida com a manifestação dos internautas em meu favor, em favor da liberdade de expressão e da imprensa livre. Quando o sindicato dos jornalistas se cala, o povo fala!

    Fonte: vejasp.abril.com.br

    Creio que nada foi tirado do contexto, pois a própria Rachel compartilhou no twitter a entrevista:

    Rachel Sheherazade: “Fico comovida com a manifestação dos internautas em meu favor” http://t.co/ecrxdGQuTG via @vejasp— Rachel Sheherazade (@RachelSherazade) April 9, 2014

  12. Luciano, seguem notícias com alto potencial de gerar comentários:

    1) Efeito Venezuela se manifestando? Greve geral na Argentina contra o governo de Cristina Kirschner. Porém, há coisas que me preocupam na história toda, como os tais partidos trotskistas na jogada e ganhando popularidade. E trotskismo, como sabemos, tem ambições mundiais, enquanto a maioria dos marxistas-humanistas-neoateístas vai por uma linha mais stalinista (no sentido de deixar a coisa mais restrita a um país);

    2) O governo ucraniano promete anistia aos rebeldes que depuserem armas. Talvez seja uma forma de identificar quantos dos rebeldes na realidade são russos para lá deslocados em vez de habitantes locais;

    3) Fernando Henrique diz que é de esquerda, mas ninguém acredita. E, de fato, ninguém acredita, de tanto que disseram que eles eram “a direita”, em vez de socialistas fabianos;

    4) Pode ser que Paulo Cezar Caju esteja com bom grau de contaminação por marxismo-humanismo-neoateísmo, ainda mais quando o vemos dizer que Pelé tem culpa pelo racismo no futebol. Esqueceram-se que Pelé pode ser negro, mas não é obrigado a ser militante de alguma coisa. E pela história do Rei, vê-se que ele provavelmente nunca se sentiu discriminado, seja por seu pai, Dondinho, que quando jogador era colega de Júlio Viotti, cujo sobrenome denota evidente origem italiana, seja pelo fato de que quando era criança era amigo de diversas crianças de diversas cores (em que o Maurício de Souza se baseou para fazer a Turma do Pelezinho), seja por achar que há coisas mais importantes para militar (vide a dedicação do milésimo gol às crianças do Brasil). Caju acabou caindo em algo parecido àquilo que estão fazendo com o Joaquim Barbosa, como que obrigando alguém que tenha uma determinada cor de pele a fazer determinada coisa;

    5) Para rir um pouco e mostrando a esquerda de caráter nazifascista, temos este escândalo envolvendo o Partido Nacional Democrático alemão em que temos o secretário geral sendo fotografado em uma festa com um bolo em formato de pênis, uma integrante da agremiação que fez filme pornô com um ator negro e um secretário cujo sobrenome é Marx. O único erro da notícia foi mesmo em dizer que o tal NPD seria “ultradireita”, quando na realidade é uma vertente neonazista organizada.

    • E falando em Joaquim Barbosa, você viu que descobriram quem é o cara que está por trás dos contínuos achincalhes ao ministro do STF? Além disso, ele é o cara por trás da hostilidades a Yoani Sánchez e Marco Feliciano. Segue o videozinho do cara praticando escracho:

      http://www.youtube.com/watch?v=8Lcht9OesDA

      Sim, já não bastava aos marxistas-humanistas-neoateístas irem à casa de quem praticou torturas na ditadura militar (com direito a danificar imóveis e vilas de quem não tinha nada a ver com o fato de ter tal tipo de vizinho). Agora temos esse cara fazendo isso. Porém, como pode notar pelo que vemos no Brasil, os caras esbarram na dificuldade de conseguir arregimentar o povo, pois quando os protestos aumentam, a pauta vai contra o marxismo-humanismo-neoateísmo e aí eles ficam que nem o Kiko do Chaves, apenas trocando “gentalha” por “coxinha”.

  13. “Um bom exemplo vem da petição lançada por Flavio Morgensten pedindo a responsabilização criminal de Sakamoto por incitação ao crime.”

    Luciano, no ano passado não foi essa ideia que eu dei aqui no seu site?

    Lembra quando eu disse que já estava na hora de começar a colocar esse tal Sakamoto como incitador de crime?

    Me lembro que você e o Pecador escreveram que não daria certo porque iria dar credito (???!!!) ao criminoso do Sakamoto.

    E agora, por que a ideia do Flavio Morgensten é boa e a mesma ideia que eu tive no ano passado era ruim?

    • Eu não me lembro o contexto em que escrevi, mas posso muito bem ter cometido um equívoco. Sendo assim, méritos para sua proposta, se ela foi igual a de Morgensten.

      Lembro que a proposta dele é focada em liberdade de expressão, mas em punição para um ato explícito de apologia ao crime. Se você pensou nisso e eu te repreendi, eu reconheço meu equívoco.

    • “E agora, por que a ideia do Flavio Morgensten é boa e a mesma ideia que eu tive no ano passado era ruim?”

      Pelo que me lembro (mas posso estar enganado) eu não disse que a idéia era ruim, disse que o resultado dela poderia ser ruim, e que não funcionaria.
      Mas há uma diferença fundamental entre a aplicação da sua idéia quando você a propôs, e a aplicação da idéia agora:

      A diferença é Rachel Sheherazade….ou seja, o contexto….

      – Rachel Sheherazade, não cometeu incitação ao crime, e foi acusada por partidos de esquerda de incitação ao crime….

      – Sakamoto, cometeu incitação ao crime, mas para partidos de esquerda ele emite apenas opiniões de dialética contraditória….

      No momento a ação contra sakamoto, é uma inversão ao que acontece com Rachel Sheherazade, não apenas isso — é uma forma de RESPOSTA aos eventos ocorridos com Raquel.

      Ao meu ver,

      – Como resposta ao ocorrido com Rachel:
      é boa….

      – Já em termos de adesão:
      (acho 2.000 pessoas um número baixo) com tendência à baixa repercussão (propagação midiática) — e (espero estar enganado) poderá não acontecer nada.

      No momento os esquerdistas não podem usar a acusação de incitação de crime contra sakamoto como CENSURA, porque é justamente o que eles estão fazendo com Rachel — isso mantém a vantagem do frame.

      A sua idéia é boa, e funcionaria em um país de pessoas conscientes que automaticamente a levariam à um sistema de justiça que funcionasse de fato. Por outro lado sua idéia está sendo usada agora apenas como um ataque retórico (se não funcionar) — quando todos queríamos que funcionasse de fato.

      Se eu disse que a idéia (como conceito) era ruim, eu errei. Mas mantenho meu ceticismo com respeito aos seus resultados.

      • Pecador, eu aposto que se começar a mostrar como os Sakamotos da vida são incitadores do crime para toda a sociedade, as pessoas irão se conscientizar e aos poucos os Sakamotos irão cair no ridículo: Aconteceu a mesma coisa com as pessoas que defendiam absurdos no passado e hoje em dia são endeusados.

        Um exemplo: O Brasil sempre foi um país moralista (por mais que muitos digam o contrário). Grupos, movimentos políticos ou ideologias politicas que tentassem criar coisas que atentavam contra a moralidade da sociedade brasileira eram desmoralizadas pela própria sociedade. A esquerda percebeu isso, então…todos nós sabemos: infiltração em instituições, mídia, meios de comunicação,…o resto todos nós sabemos o resultado.

        Invertendo a situação, pode ter certeza, teremos resultados.

      • Em relação a Rachel Sheherazade, na época que começou essa perseguição a jornalista, eu não quis comentar aqui porque tinha percebido que muitas opiniões estavam carregadas de emoções. Mas na minha opinião a Rachel cometeu na época um erro estratégico! O erro da Rachel é até ACEITÁVEL, visto que na época ela pode ter se empolgado, pois eu me lembro que semanas antes ela tinha conseguido desmascarar o picareta do Paulo Ghiraldelli.

        Como a Rachel não tem noção da guerra que nos encontramos, ela provavelmente achou que podia agora fazer tudo. Repito: o erro da Rachel é normal, ela foi apenas inocente.

        Ela sabe que os meios de comunicação estão aparelhados, incluindo o canal de televisão do patrão dela. Quando ela for fazer um comentário, ela tem que ser esperta o bastante para ao mesmo tempo falar tudo o que a população quer mais ao mesmo tempo desmascarar a esquerda.

        Pelo que pude perceber dela, parece que ela não tem ainda essa manha.

      • Pecador, eu aposto que se começar a mostrar como os Sakamotos da vida são incitadores do crime para toda a sociedade, as pessoas irão se conscientizar e aos poucos os Sakamotos irão cair no ridículo

        Ok, renato….mas há uma diferença em MOSTRAR/ DENUNCIAR publicamente o sakamoto como incitador de crime (coisa que blogs de direita e pessoas de direita fazem constantemente com ele), e DEMANDAR UMA AÇÃO JUDICIAL para puní-lo pela incitação.

        No primeiro temos um dano moral contra o adversário: Cair no rídiculo.
        No segundo somos dependentes de uma justiça viciada e aparelhada — que não fez absolutamente nada contra incitadores anteriores (vide Giraldelli).

        Quando você lançou sua proposta ela se baseava na segunda hipótese (assim como a de morgenstein, atualmente).

        Vou dizer novamente, não há nada de errado em praticar as duas ações, mas esperar um resultado satisfatório da segunda, é ingenuidade — principalmente quando não se considera os critérios que venho repetindo EXAUSTIVAMENTE aqui:

        Aderência, Assertividade, Linguagem de massa (forma da comunicação) — e agora acrescento mais uma — USO DAS INSTITUIÇÕES e dos partidos de oposição.

        Veja só, para calar a Raquel aquela mulher do pcdob foi lá em brasília, pra fazer uma queixa pública e convocar a máquina estatal para chantagear uma emissora de tv.

        No entanto para apontar o crime de sakamoto a gente faz um link com a assinatura de 2000 pessoas. E depois esse papel vai parar na mão de quem? E o que ele fará?

        Consegue perceber a diferença de proporção? a ação deles tem mais força política, porque eles costumam usar a ferramenta política (mesmo que a aderência deles seja inexistente — pois a mulher do pcdob teve que fingir que estava com a “maioria” em seu discurso)

        Sabemos que os partidos de oposição não representam a direita, nem o povo, nem porra nenhuma — mas TEMOS OBJETIVOS EM COMUM — e eles tem acesso a veículos de comunicação em massa, e maior acesso a instituições — se somar isto à nossa aderência (que é real) junto à ações de denúncia pública — alcançaríamos a melhoria dos resultados.

        Então eu pergunto….onde está o deputado de oposição, ou pessoa comum do povo que foi até brasília pra ler o texto em que sakamoto faz sua incitação ao crime, acusá-lo e pedir providência???? Onde estão as instituições comerciais que vão propor boicote até que a demanda de investigação seja atendida???

        Enquanto comunistas discursam em brasília e pedem ações à justiça com o adendo de usar de estratégias comerciais para maior resultado de suas demandas, os opositores como Bolsonaro vão a programas de televisão para ser achincalhados e ridicularizados por apresentadores de talk show semiletrados.

  14. Por ser bonita, estudante é espancada em escola de Limeira (SP) http://risosfrases.blogspot.com.br/2014/04/por-ser-bonita-estudante-e-espancada-em.html

    Meus comentários :”””O pai informou ainda que tentou resolver o problema com a diretora da escola, mas que ele teria sido ofendido por ela. “Ela me disse que, se eu tivesse dado educação para a minha filha, isso não teria acontecido”, disse.”””

    “””Ele disse ainda que, ao comentar que levaria o caso à imprensa, foi expulso da escola pela diretora. “Ela me tratou muito mal. Como fui tratado mal, ameacei chamar a imprensa. Nessa hora, ela me mandou sair da escola”, contou.”””

    Certa vez fui reclamar de uma agressão contra um sobrinho meu e uma inspetora deu uma bronca em mim e até me ameaçou de me processar por desacato á autoridade. Acredite você reclama da violência nas escolas ! Aí ! Diretores,professores,funcionários e até pessoas comuns acham que você é que é o errado,chato, o malfeitor.
    Eu entendo o tratamento dado ao senhor José Carlos Roque Junior pela diretora da escola pois já recebi tratamento semelhante. Infelizmente diretores,professores,funcionários das escolas gostam muito de amenizar os casos de violência nas escolas e por fim a tudo rapidamente. E são muitas vezes insensíveis,frios,indiferentes, apáticos com as vitimas desta violência.

    È a turma do “deixa prá lá”.

    Luciano ! A Direita podia muito comprar a briga pelo fim da violência e impunidade dos agressores sejam menores ou não. Depois que meu sobrinho foi agredido na escola,eu pesquisei e aprendi muito sobre a violência nas escolas. Acredite ! A principal culpada é a mentalidade esquerdista nas escolas que protege os alunos malfeitores e agressivos.

    Veja a opinião dos “”especialistas” é só gogo esquerdista inútil que nunca vai na raiz do problema: a impunidade e falta de ordem e autoridade nas escolas. Alunos maus,agressivos,verdadeiras feras fazem o que querem e tem pouco a perder por isso. Veja a opinião de uma “especialista” http://educacao.uol.com.br/noticias/2013/12/17/a-escola-tinha-que-ser-de-protecao-e-nao-de-reproducao-da-violencia.htm

    Mais pesquisa no google :https://www.google.com.br/#q=Viol%C3%AAncia+nas+escolas
    Vejam a conversa mole esquerdista dos “especialistas”

    Luciano e a todos deste site estou super disposto a me unir a outros e lutar pelo fim da violência nas escolas.
    Gostaria de ter um contato pessoal com o pai da menina agredida,gostaria de ajuda-lo. Se alguém de alguma forma pode me ajudar a encontra-lo. Aceito a ajuda e agradeço.

  15. Luciano, voce têm tocado muito em relação a contra-argumentos e questões discursivas em relação aos esquerdistas, mas parece que não tem tratado muito de argumentos jurídicos para defender que algumas declarações esquerdistas são criminosas. Além disso, parece estar havendo algum movimento para começar um ativismo judicial, voce tem alguma orientação em relação ao campo juridico?

    • Eu tenho. E é simples. Qualquer reaça operador do Direito tem de utilizar o legítimo processo legal para processar sem pudores todos esquerTRALHAS que aprontarem suas canalhices.
      Um exemplo pode ser encontrado aqui:

      .
      Outro aqui:

      .
      E aqui:

      .
      Eu segui todas indicações do sujeito e dei minha contribuição. Se mil, cem mil, um milhão de pessoas fizessem o mesmo, não haveria como sermos ignorados. No meu caso, faltava-me o mapa do caminho das pedras, o que o reaça dono do canal forneceu.

  16. Pior que a Raquel estava certa em criticar nivel da criminalidade;
    ……………….
    A trágica e sangrenta falta de uma Política Nacional de Segurança no Brasil. Estudo da ONU mostra que 11,4% dos assassinatos do mundo são cometidos no país.

    Relatório da ONU desmente as políticas públicas do PT na segurança pública. O Brasil virou um mar de sangue.

    Primeiro, guarde este números. O Brasil representa 2,8% da população do planeta. No entanto, 11,4% dos assassinatos cometidos no mundo acontecem aqui em nosso país. É uma tragédia que demonstra, cabalmente, a responsabilidade dos governos do PT em relação a esta violência. Hoje a ONU divulgou o Relatório Global sobre Homicídios 2013. Foram 437.000 mortes em âmbito global. O Brasil registrou 50.108 assassinatos.
    http://coturnonoturno.blogspot.com.br/2014/04/a-tragica-e-sangrenta-falta-de-uma.html

  17. São tantos pecadores no mundo que parece razoável ignorar um pecador plagiando o “título legítimo” (virtual) de outro pecador mais Nobre neste espaço.
    Colega de comentário (Pecador), nós da antiga aqui neste blog, temos outro comentarista PECADOR ORIGINAL. Mude o título meu filho, seja um “Pecadeiro”!. Deixe de cometer este pecado. Falta de Criatividade e usurpação eu sei que não é meu compadre! Você é da gente… Não é esquerdopata…
    Luciano, os charás aqui deveriam alterar identificações, proponha-os! Que tal, por exemplo: Pecador, Pecador pegador, PECador, Pecador pescador e assim por diante? Não obstante, sempre defenderei o direito ao pseudônimo, em nosso caso, “fakes” por um direito virtual necessário, mas por uma razão imprescindível.
    PECADOR ( Veterano), queremos ouvi-lo (lê-lo), tens alguma coisa a dizer?

    Abcs, a galera… Vamos que vamos…. “Esmagai a infame!” Lembras?!
    rs

    • Hey, Linho….

      Na boa, eu não encontrei nenhum outro comentário de “pecador” por aqui, que não fosse eu mesmo.

      Será que o Luciano, retirou o comentário?
      Eu postei o vídeo, mas não o tinha assistido por completo, depois que assisti me empolguei e escrevi o comentário de que o vídeo foi uma pedrada….(inclusive errei na digitação — pra não perder o costume 🙂

      Me mostra aí onde está o tal do outro pecador — pra eu iniciar o meu sagrado FOGO AMIGO do dia.

      • Você é um comédia gente boa! rs
        Detalhe: O nosso “avatar” muda conforme o e-mail… Independente do nome… Tendeu?
        Um abraço. E continue mandando ver contra os esquerdalhas!

      • 🙂 claro que entendi, mas eu mudo o meu email a cada comentário….coisa que o CIDADÃO também faz….

        Então só por esse aspecto aí não dá pra dizer nada — mas vamos tocar o bonde que atrás vem gente — o importante é que o pessoal já sabe distinguir minha escrita.

        Se tem gente aí querendo me imitar, é porque tô tocando o terror no “puteiro”.

    • TIRO NO PÉ, TIRO NO PÉ, TIRO NO PÉ.

      Minha opinião: O discurso escrito estava bom — mas a forma do vídeo está ruim — pra não dizer péssima.

      O anti comunismo não é um movimento levado por homens, senhores de idade e brancos — com cara de integralistas, ou maçons.

      O discurso anti comunista não é feito por um homem a frente de todos os outros….o anti comunismo é de PESSOAS LIVRES….de todas as etnias, profissões, credos e sexo que tiveram a oportunidade de aprender do que a ideologia esquerdista é capaz.

      Se continuar nesse formato aí…..só vai capitalizar para a esquerda, com o joguinho de chamar o adversário de fascista.

      Sem contar que o esquema aí, tá com a maior pinta de PARTIDO POLÍTICO.

      Que comece o mimimi, e a zueira.

  18. Assistam esse lixo, essa esgotolalia e vejam como é deturpado o pensamento “democrático” desses esquerdistas.
    http://mais.uol.com.br/view/1575mnadmj5c/para-jean-wyllys-com-as-redes-sociais-os-fascistas-sairam-do-armario-04024D9A366CE0C94326

    Toda vez que vejo esse elemento abrir a boca e despejar um vulcão de lixo político nas palavras sórdidas que ele emite, me surge uma idéia imediata que o povo tem o que merece por votar em uma pessoa dessas: criador de discórdia, estimulador das diferenças, aliciador de idiotas que divulgam intolerância de todos os tipos; os atos dessa pessoa mostram o único interesse que é arrebanhar uma multidão de idiotas que acreditam que estão sendo representados por esse demagogo mas na verdade ele só deseja os seus votos com objetivo único de se reeleger e permanecer se locupletando com dinheiro público como seus coleguinhas esquerdistas pseudocomunas mas que na realidade são apenas representantes da CLEPTOCRACIA BRASILEIRA. Inicialmente culpo o povo por votar em gente desse tipo mas pensando melhor o povo é reflexo de um longo plano de ação maquiavélico que há mais de 50 anos vem sendo progressivamente implantado nesse País, que é a manutenção do povo em um status quo de ignorância educacional e política que o torna manipulável como marionete, o povo é atrasado politicamente porque o estado assim o tornou; atualmente com algum surgimento de democracia real onde as pessoas querem expressar suas idéias e usam a net para fazê-lo aparece um monstro como esse Jean ou como essa Jandira tentando alegar que expressar idéias contrárias aos esquerdistas é atentado à democracia, pelo amor de Deus desde quando censura faz parte de conceitos democráticos.
    Vejam os comentários desse vídeo e de outros do youtube, a grande massa é contrária a esses esquerdistas que estão afundando o País tanto economicamente com socialmente; nem os MAVs estão conseguindo se contrapor à grande massa de gente que cada vez mais visualiza o atentado progressivo à democracia e liberdade; a hora é essa de fazermos uma frente forte de combate à ditadura do proletariado antes que estejamos presos acusados de neocrimes criados por eles para barrar a oposição direitista, todos devem agir com intensidade e afinco, se ficarmos só em discussões acadêmicas e teóricas essa desgraça esquerdista vai dominar de vez aí amigos fu………..
    Sugestão: dediquem uns 30 minutos por dia para fazer comentários em sites e de vídeos, sempre que puderem discutam política com amigos ou colegas, as pessoas precisam ser informadas e terem acesso aos mais diversos pensamentos políticos para que possam sair do jugo da alienação imposta pela sedutora teoria comuna; eles estão altamente ativos com suas MAVs e grupos pagos para disseminar a merda teórica que eles dizem acreditar, sejamos ativos antes que, como a nobre deputada Jandira falou, peguem nossos IPs e batam nas nossas portas para passeios na ABIN ou algum outro DOI-CODI like.

  19. Prazer, Luciano. Embora nunca tenha comentado aqui, já fazem alguns meses que venho acompanhando as suas postagens neste blog e gostaria de agradecer pelos serviços prestados pelo senhor em prol da liberdade democrática deste país.

    Além dos agradecimentos, gostaria de compartilhar a seguinte notícia:

    http://oglobo.globo.com/sociedade/educacao/policia-impoe-disciplina-militar-em-escolas-publicas-de-goias-12112410

    Em determinado momento da entrevista, um dos críticos dos métodos implementados pela PM alegou haver ali uma forma de doutrinação. Acha correto afirmar isso?

    Desde já, agradeço.

  20. Consegui o facebook do senhor José Carlos Roque Junior https://www.facebook.com/josecarlos.roquejunior O pai da menina agredida numa escola de Limeira .
    http://risosfrases.blogspot.com.br/2014/04/por-ser-bonita-estudante-e-espancada-em.html

    Peço a todos amigos deste site que prestem solidariedade e apoio ao senhor Jose Carlos.
    Precisamos ajudar quem enfrenta um drama da grande por causa desta onda de violência nas escolas. Agradeço muito a todos.

  21. Sou do DF e li a reportagem que o Fabrício enviou e de imediato se verifica que o que falta nas escolas é simplesmente disciplina; o estudantes fazem o que querem: brigam, agridem, desrespeitam professores, usam drogas, usam armas e tudo quanto é de barbaridade imaginável, qual o futuro de gente assim: IML ou presídio; o que falta é disciplina seja ela imposta por PM ou não. A pergunta que lanço: é melhor um bando de lunáticos drogados ou um grupo organizado de pessoas bem vestidas e ordeiras?
    Mas nota-se que o Brasil ainda vive em um pensamento esquerdista generalizado( devido ao medo doas comunas do período militar) onde tudo que se relaciona com militares é preconceituosamente estigmatizado como “doutrinador” ou “alienante”, verifique que nos comentários até mesmo militares demonstram um forte doutrinamento esquerdista; o exemplo clássico de que pensar assim é um absurdo são os colégios militares do Brasil que formam ótimos alunos com valorosos princípios éticos e morais. Na verdade a disciplina, o nacionalismo e a moral são princípios pouco úteis aos esquerdistas, vejam o que fizeram assim que passaram a dominar a política, acabaram com as disciplinas de Moral e Cívica e OSPB, o resultado é que hoje em dia os feriados nacionais são apenas dias de vagabundos consumirem álcool mal sabem o significado desses dias que tanto significado histórico tiveram para o País, hoje em dia é comum jovem reclamar de terem nascido no Brasil e afirmarem o desejo precoce de sair do País, o nacionalismo foi banido e trocado pela descrença em dias melhores e pela intolerância generalizada. Sei que a PM tem inúmeros problemas mas quem é que fica entre o estuprador e nossas mulheres e filhas, o comuna discursador??, quem fica entre o lunático armado latrocida e o trabalhador, o comuna disfarçado de defensor dos direitos humanos?? não amigos é a polícia; mas existe uma enorme guerra orquestrada contra a polícia, a mídia financiada pela esquerda está em combate contínuo contra a polícia e quem é que perde com isso?? só a população.
    Será que tem algum idiota que acredita que a PM assumindo a direção de uma escola vai tentar fazer lavagem cerebral nos alunos com pensamentos “ditatoriais”, é fenômeno “espelho”, os comunas tem medo disso porque na mente deles se eles assumissem a direção de uma escola a primeira coisa que iriam fazer era arriar a bandeira do Brasil e colocar outra vermelha com um martelo-foice como estão fazendo em Santa Catarina onde aprovaram Diretriz de ensino público desde a pré-escola somente com conceitos esquerdistas de autores clássicos, até a chapeuzinho vermelho vai ter martelo-foice na roupa.
    POBRE BRASIL, POBRE POVO BRASILEIRO.
    NÃO TENHAM MEDO DE SE ASSUMIR CONSERVADOR E DIREITISTA, VOCÊ APENAS ESTARÁ EXPONDO SUA OPINIÃO, FAÇA ISSO ENQUANTO PODE, BREVEMENTE EXPRESSAR OPINIÃO SERÁ CRIME.

  22. NA VERDADE O QUE ESTÁ ACONTECENDO É UM FENÔMENO EM FRANCA EVOLUÇÃO NO JORNALISMO. RACHEL É A ESSÊNCIA DA CORAGEM E DETERMINAÇÃO. A CIUMEIRA RONDA SIM JORNALISTAS, PRINCIPALMENTE OS PROFISSIONAIS INSEGUROS. RACHEL ROUBA CENAS’ E TRAZ INEVITAVELMENTE SOBRE SI OS HOLOFOTES. FALA SIM O QUE VEM A CABEÇA – AINDA BEM – E NÃO AO BOLSO OU A INTERESSES MESQUINHOS. ATÉ AGORA SÓ SE FALOU SOBRE A INSATISFAÇÃO DO TRABALHO DELA COM RELAÇÃO A POLÍTICOS E COLEGAS CIUMENTOS. NINGUÉM PESQUISOU JUNTO AO ‘POVO’ SOBRE O QUE ACHAM DE RACHEL SHEHERAZADE. É ELE – O POVO – A PARTE BENEFICIADA COM ESTE VERDADEIRO HEROÍSMO. COM CERTEZA OS NÍVEIS DE AUDIÊNCIA SUBIRÃO CONSIDERAVELMENTE EM QUALQUER EMISSORA QUE RACHEL TRABALHAR. AFINAL SE ELA DEVE ALGUMA SATISFAÇÃO É PARA O POVO O SEU VERDADEIRO PATRIMÔNIO.
    BOM SERIA SE ELA SOBREVIVESSE EM BRASILIA.

    PARABÉNS RACHEL SHEHERAZADE !

Deixe uma resposta