A mordaça fascista imposta sobre Rachel Sheherazade e a dinâmica da censura sutil nas leis de mídia propostas pelo PT

51
411

rachel

Segundo o Portal 100 Fronteiras, finalmente os fascistas do PT, PCdoB e PSOL conseguiram: a opinião de Rachel Sheherazade está formalmente censurada no SBT. E em pleno 2014 tudo isso ocorreu à luz do dia! Veja o texto:

O SBT decidiu cortar de seu principal telejornal os comentários pessoais que a apresentadora Rachel Sheherazade costumava fazer.

Em comunicado enviado nesta segunda (14), a emissora avisa que Sheherazade continuará dividindo a bancada com Joseval Peixoto no comando do SBT Brasil, mas que os comentários serão feitos em forma de Editorial.

De acordo com o comunicado, “essa medida tem como objetivo preservar os apresentadores”.

A apresentadora virou alvo do Ministério Público após fazer um comentário em que apoiava a ação de justiceiros no Rio de Janeiro.

Na ocasião, um grupo de jovens tinha acorrentado a um poste um jovem acusado de praticar um roubo.

Leia abaixo o comunicado na íntegra:

Em razão do atual cenário criado recentemente em torno de nossa apresentadora Rachel Sheherazade, o SBT decidiu que os comentários em seus telejornais serão feitos unicamente pelo Jornalismo da emissora em forma de Editorial.

Essa medida tem como objetivo preservar nossos apresentadores Rachel Sheherazade e Joseval Peixoto, que continuam no comando do SBT Brasil.

Bem, pelo menos o SBT não escondeu que foi vítima de censura. Senão, por que eles deveriam “preservar” Rachel?

Já aviso de antemão que nem sequer darei atenção à comentários advindos do direitismo depressivo, que aproveitarão a oportunidade para dizer que “tudo está perdido”. Meu foco é nos direitistas pragmáticos, que devem usar esse evento como uma oportunidade para expor definitivamente o PT como um partido ditador, junto a seus aliados PCdoB e PSOL.

Mais importante que isso é aproveitar o momento para explicar exatamente o que o PT e seus aliados socialistas querem com as famosas “leis de mídia”, que, segundo eles, são para “democratizar a mídia”. Mas, como já vimos no caso de Rachel, todas as intenções do PT se baseiam em censurar a dissidência. Sempre foi assim na Rússia, China, Cambodja e Cuba. Por que agora seria diferente?

Um dos principais itens da lei de mídia que o PT lutará para aprovar se baseia em “quebrar monopólio das grandes empresas de comunicação”. Como qualquer pessoa intelectualmente honesta sabe, não existe monopólio, e hoje temos várias opções de empresas de comunicação e mídia.

Na verdade, as tais leis de mídia pregam o seguinte:

  • Retirar poder das empresas de comunicação e imprensa, deixando-as sempre com um tamanho reduzido
  • Com isso, elas são cada vez mais vulneráveis à pressão estatal
  • A partir dessa vulnerabilidade à pressão estatal, o governo decide o que vai ser divulgado nessas empresas

Toda proposta petista não é nada mais do que isso. O essencial é explicarmos para a população que aquilo que o PT e seus aliados conseguiram fazer contra Rachel é o que eles querem fazer contra todas as empresas a qualquer momento. Essa é a tal censura sutil (ou soft censorship, em que ao invés da censura ser feita a partir de um órgão estatal que formalmente diz o que pode ou não ser publicado, o governo utiliza o dinheiro de anúncios governamentais para exercer essa pressão de forma sutil)

De forma mais didática, a coisa funciona assim. Para pressionar o SBT, os socialistas do PT, PCdoB e PSOL usaram 150 milhões anuais da verba publicitária destinada ao canal. (Aliás, está aí mais uma das serventias da Petrobrás: ter seus anúncios usados como instrumento de chantagem em prol de uma censura feita pelo governo)

Agora, imagine se ao invés de umas quatro ou cinco empresas grandes de mídia, tivéssemos umas 20 a 25 empresas, a partir da limitação do número de estações que cada uma possa ter. Imagine que a verba destinada a cada uma delas varie entre, vá lá, 20 a 60 milhões.

Quanto menor a empresa, maior a vulnerabilidade se ela perder uma fatia dos anúncios estatais, que serão usados pelo governo para definir o que vai ser publicado ou comunicado nessas mídias. Simples assim.

Claro que o cidadão humilde poderá perguntar: mas o que eu perco com isso? É, meus amigos, depois de Alinsky, temos que estar cientes de que temos que apelar ao auto-interesse humano na hora de explanar nossas propostas.

Se já sabemos que a lei de mídia do PT é focada em censura, é preciso agora explicar de forma simples e compreensível para o cidadão comum como a censura prejudica a vida do povo, especialmente o trabalhador mais humilde.

É fato que em um país sob censura (como ocorre na Argentina e na Venezuela), o povo demora muito mais para saber a real situação econômica de seu país. Veja os benefícios para um governo socialista ter a mídia amordaçada:

  • É mais fácil esconder os atos de corrupção do governo
  • É mais fácil esconder temporariamente os indicadores econômicos ruins
  • É mais fácil, enfim, distorcer quase todos os fatos a favor do governo

Enfim, com a censura sutil implementada de maneira formal, o povo demora muito mais para reagir à crise. E, em consequência, vai sofrer muito mais, como está acontecendo na Venezuela e na Argentina. Eles só chegaram nessa situação por que foi fácil para seus governos socialistas esconderem a crise por um bom tempo a partir da censura à imprensa.

Se o PT, o PCdoB e o PSOL estão tão dedicados à implantar a censura no Brasil, é claro que chegou a hora deles roerem o osso e levarem o país ao mesmo destino que Venezuela e Argentina. A única coisa que pode evitar esse colapso é sabermos da situação real da economia, da segurança e de outros fatores a partir de uma imprensa livre. É por isso que ter uma imprensa livre é tudo que o governo não quer.

Em síntese, é preciso criarmos um senso de urgência mostrando que não há agenda mais importante do que demolir as pretensões totalitárias do PT e seus aliados. Pretensões estas que serão mais facilmente alcançadas se eles conseguirem censurar a mídia.

Rachel Sheherazade se torna um exemplo vivo disto que afirmei. O PT e seus aliados continuam não dando a mínima para quase 60.000 assassinatos ocorridos por ano no Brasil. Mas agora a vida deles ficou mais fácil pois eles conseguiram censurar Rachel Sheherazade, uma das raras jornalistas que se preocuparam com a segurança dos cidadãos humildes.

Agora, com Rachel calada, muito provavelmente outros terão medo de criticar a violência excessiva cometida contra civis. Agora quem sabe o povo só se rebele quando o Brasil tiver, vá lá, uns 50% de todos os assassinatos do mundo. Aí nesse momento não vai ter censura de imprensa que esconda o fato. Até por que quando chegarmos neste estágio quase toda família humilde terá uma pessoa vítima de um latrocida ou estuprador, por exemplo.

Será que você quer deixar a coisa chegar nesse ponto? Se não quer, você pode ajudar divulgando para o máximo de pessoas quanto possível a urgência de lutarmos contra a censura governamental sobre a mídia.

(Créditos da imagem deste artigo ao Portal Libertar)

boicote1

Anúncios

51 COMMENTS

  1. Rachel a sua lição foi ouvida. Não vão calar aquilo que já marcou profundamente nos corações das pessoas de bem e querem este país transformado em orgulho nacional. Estou solidário, o seu silêncio indignado vai transmitir muito mais e chegar aos ouvidos daqueles que ouviram e ouvem através das gravações feitas no youtube. Força do mal não dura, quando o bem for maior.

  2. “Democratizar” a mídia, alegam os esquerdistas? Orwell explica. A Stasi reinava sobre a República Democrática Alemã, enquanto eu, ainda criança, achava que a Alemanha Federalista é que era uma tirania comunista.

  3. Minha TV só era ligada no horário do SBT Brasil, como eu disse, era…
    Como ela não pode expor suas opiniões na TV, porque ela não o faz na Internet?, acho que um vídeo blog dela seria como acertar a esquerda com uma bomba nuclear.

  4. Eu já boicoto toda a mídia, televisão, jornais e revistas.
    Só leio noticias de blogs independentes como esse aqui.
    Recomendo isso à todos.

  5. UM video que postei, engraçadíssimo, no seu último artigo foi tirado do ar poucas horas depois. Nele, um congressista suiço (?) se escangalhava de rir, não se continha, ao final de cada fala. A “tradução” na legenda falava sobre LUla, dilma querendo dar lições de economia a europeus, copa, itaquerão, etc. Tem pobrema não!
    A gente segue postando.
    Sugiro a Scherazade fazer um blog junto com Paulo Martins e desancar o governo e falar a verdade, doa a quem doer. Sílvio poderia patrocinar este blog por baixo dos panos, que tal?

  6. Situação lamentável, mas previsível. Senor Abravanel é empresário pró-governo desde sempre.
    Primeira providência. Riscar o tal jornal do mapa. Audiência zero!
    Segunda. Boicote ao S.B.T. e seus anunciantes. Menos aos do The Noite, que deve ser, se não estou enganado, o que restou.
    Terceira. Divulgar a censura por todos meios possíveis.
    Quarta. Engajar-se no debate político, escalpelando a esquerTRALHA sem anestesia. Essa “vitória” deles tem de custar caro.
    Quinta. Especificamente para a Rachel. Ela tem um canal no YouTube. Ela deve fazer boletins opinativos diários ou periódicos e pessoais sobre as notícias. Vários jornalistas fazem isso. Diego Casagrande. Políbio Braga.
    Sexta. A Radio Vox deve convidar a Rachel para participar da equipe.
    Sétima. Todos reaças devem convidar a Rachel para hangouts. Censura é o tema!
    E por aí vamos.

    P.S.: Alguém sabe se o mesmo aconteceu com o Paulo Eduardo Martins?

  7. A direita, hoje, tem a faca e o queijo na mão, se souber se utilizar das situações que vem ocorrendo ultimamente. Censura, corrupção, estagnação econômica, violência nas alturas, tudo isso que é a cara da esquerda. A esquerda flerta com a violência, com a censura, corrupção e aparelhamento do Estado. Se a direita souber jogar isso para a população, há chances de vitória em outubro.

  8. Luciano, o que acha da parte da direita pedindo pena de morte? Isso não poderia se voltar contra a própria direita no atual estado de coisas?

  9. Perfeita a matéria, mas tenho uma dúvida quanto ao boicote.

    Será que atacar o SBT, sem saber como pretende implementar a tal divulgação por meio de Editorial, é um boa estratégia? Além disso, será que todo o problema do o SBT é a perda da propaganda estatal? Há alguns anos o Sílvio Santos andou pelos gabinetes do Planalto pedido ajuda, se não me engano, para Banco de sua propriedade.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia,silvio-santos-coloca-sbt-como-garantia-de-emprestimo-ao-panamericano,42791,0.htm

    Supondo que o boicote dê certo, sem telespectadores o SBT fecha. Fechando, é menos um grande órgão da mídia que, diferente de quase todos os demais, ainda tentou lutar contra os poderosos.

    • Supondo que o boicote comece a dar certo, o SBT terá 2 opções:

      1º Retornar com Rachel Sheherazade, e ver se o PSOL e PCdoB vão levar adianta a ameça deles,

      2º Continuar permitindo a censura à Raquel Sheherazade e perder telespectadores, o que também significa redução de investimento de propaganda da parte de empresas privadas,

      Se o SBT optar pelo primeiro caso, desafiará o PSOL e PCdoB. Estes por sua vez se agirem na forma como prometeram (o que eu duvido), estarão pondo em prática a censura, e o SBT deverá DENUNCIÁ-LOS à todos os seus telespectadores, o SBT deve abrir uma forma de denunciação como se fosse um RECALL industrial e botar pra quebrar na denunciação do “RETORNO DA CENSURA”. Deve também se unir em uma ação judicial com Rachel Sheherazade acusando os tais partidos de “denunciação caluniosa”.
      O resto é com o povo.

      Se o SBT optar pelo segundo caso, terá uma mancha eterna em seu histórico, muito pior do que o ocorrido com o Panamericano. Perderá audiência, e correrá o risco de ser fechado, pois mesmo a verba de propaganda estatal só funciona SE TIVER QUEM ASSISTA O CANAL.

      Se o SBT fechar por escolher a segunda opção, servirá de exemplo para as outras emissoras.

      Nem é preciso comentar, que o SBT deve escolher a primeira opção, e todo o brasil estará com eles.

    • Oi, Jacqueline. Acho que é mais ou menos por aí mesmo. O SBT acatou para que não se voltasse a tocar na questão do Panamericano.

      Mas uma parte do favor já tava paga… Lembra daquela novelinha escrota que o SBT produziu endeusando a guerrilha? Aquilo foi favor pro governo também, para deixarem quieto o caso Panamericano.

  10. Luciano

    Ainda não está claro, para mim, porque você diz que a Rachel Sheherazade se preocupa com a segurança dos cidadãos e famílias humildes. Não seria, também, dos humildes? Parece que a maioria dos casos de agressão relatados nos noticiários, se refere a pessoas de alguma posse, turistas, saidinhas de banco, assaltos no trânsito, etc., e que os de fato humildes, são principalmente vítimas de efeitos colaterais à repressão da violência.

    grato

    • Quando uma pessoa humilde sofre violência raramente sai na mídia.
      Um dia eu vi um bandido atirar num motorista em um assalto, acho que acertou na cabeça dele, não vi direito.
      Liguei para a polícia para avisar, sendo que outras pessoas devem ter ligado também.
      Depois disso cacei por vários dias no noticiário alguma notícia sobre o ocorrido e não encontrei NADA.

      Por ano são mais de 50 mil homicídios, muito menos do que isso é noticiado.

  11. Terrível!
    Mas o pior é que até a censura eles dissimularam: ao invés de demitirem a Rachel e o Paulo Martins o que daria muito na cara, eles mantiveram os dois mas mandaram calar a boca.
    Mas vamos levar muito a sério a eleição deste ano. Se nós perdermos o congresso, ai sim é hora de se mudar pro Paraguay.

  12. Perfeita a tua análise, Luciano.
    Só uma observação: no trecho “Veja os benefícios para um governo socialista ter a censura amordaçada”, creio que você queria dizer pensamento divergente amordaçado ou imprensa livre amordaçada.
    Parabéns pelo blog! Entre nele todos os dias.

  13. quem aqui senhores do governo federal
    vem me censurar seus filha da puta
    quem paga esse investimento de 150milhoes anuais ao SBT é do meu bolso .

    esquece disso não seus ditadores de uma merda
    um bando de bosta achando que pode travar alguem de fazer o seu trabalho digno , e mostrando o que voces realmente fazem com o pais … por isso querem censurar.
    GOVERNO FDP
    tomara que na copa vocês sofram o pior com a manifestação do povo brasileiro
    ai quero ver quem manda nesse pais.

  14. O que me deixa irado é o fato do governo federal gastar 150 milhões por ano só com mídia na SBT, imagine os gastos na Globo, sei lá mas deve ser mais de 3 bilhões; será que o povo prefere assistir propaganda de governo ou ser melhor tratado em hospitais, ter seus filhos em melhores escolas, asfalto sem buracos, transporte público de qualidade; é amigos vivemos em uma fantasia midiática financiada por nós mesmos. As emissoras de TV não deveriam ser tão dependentes do Estado, como dependem dessa censura financeira estatal, ficam obrigadas a comer na mão dos censuradores corruptos, mesmo que isso seja contra os princípios delas próprias.
    Minha tristeza recai no fato de que uma notícia dessas, algo de mais horrendo em um estado democrático, indicativo da derrota do pilar democrático básico que é a liberdade de opinião; se vista por 100% da população, menos de 5% tem a capacidade política de entender a gravidade disso a médio e longo prazo. Mas uma coisa me deixa feliz é o fato de que quando esse câncer vermelho for curado no Brasil, eles próprios vão provar do gostinho da censura criada por eles próprios, é uma bruta burrice criar armas que poderão ser usadas contra eles mesmos.
    AONDE VOU, EM TODO ASSUNTO QUE DISCUTO, EM TODOS OS MOMENTOS NÃO PERCO A OPORTUNIDADE DE CRITICAR ESSA DEGRAÇA QUE ESTA ACONTECENDO NO BRASIL, TEMOS QUE SER DIVULGADORES DIUTURNOS DE TUDO ISSO.

  15. Luciano, aproveitando que você citou os direitistas depressivos em oposição aos direitistas pragmáticos, reparo que, de uns tempos pra cá, tem aparecido um outro tipo de direitismo, uma espécie de meio-termo (que eu chamo de “direitismo teleológico”): aquele que realmente acha que a direita vencerá no fim, mas acredita que isso só ocorrerá após a esquerda chegar ao auge e a situação piorar muito (algo que lembra um pouco o “trabalho do negativo” hegeliano). Tenho visto nego dizendo coisas como “Deixa os petistas fazerem merda o quanto quiser, uma hora a situação estará tão insuportável que vai ficar insustentável pra eles”, “Os petistas sairão do poder e tudo voltará ao normal, mas só depois de uma guerra civil” e a clássica “Vai piorar muito antes de melhorar”.
    São frames potencialmente perigosos, eu diria.

    • São perigosos sim, além de serem contraprodutivos. Esse é o tal fatalismo, que Gramsci já eliminou da esquerda em 1920, antes de escrever os CAdernos do Cárcere. 84 anos depois, precisamos eliminar o direitismo fatalista tb.

  16. Oi Júlio, às vezes me sinto um pouco desse tipo “meio-termo” entre o tipo depressivo e pragmático, mas uma coisa que me faz sentir satisfeito com minhas idéias e atos é que diferentemente de muitos que vivem em um mundo teórico restrito a alguns sites muito específicos, eu continuamente atuo em sites de grande visibilidade dando minhas opiniões, bem como assumo minha posição direitista em discussões, me sinto um divulgador do direitismo conservador aos que estão em dúvida ou que por dentro são direitistas mas que preferem assumir o papel de politicamente corretos. Todos tem dentro de si um pouco de depressividade quando se vê tanta barbaridade que acontece, mas o importante é divulgar e fazer crescer a idéia de que podemos dar nossas opiniões direitistas sem medo, os sites específicos como este são bons para aprendermos mais e mais bem como interagirmos, mas a efetividade de ação surge na divulgação aos que ainda estão em cima do muro, talvez uma espécie de “teologia” mesmo mas apenas no príncipio da divulgação e “pregação” de idéias e princípios. Muita gente discute e pensa muito mas na hora de arregaçar as mangas e dar a cara a bofete no mundo real acabam mostrando-se verdadeiramente do tipo depressivo de direitista.

  17. http://copadomundo.uol.com.br/noticias/redacao/2014/04/15/jornalista-dinamarques-se-decepciona-com-fortaleza-e-desiste-de-cobrir-copa.htm

    Jornalista dinamarquês se decepciona com Fortaleza e desiste de cobrir Copa

    Até aonde você iria por um sonho? O jornalista dinamarquês Mikkel Jensen desejava cobrir a Copa do Mundo no Brasil, o “país do futebol”. Preparou-se bem: estudou português, pesquisou sobre o país e veio para cá em setembro de 2013.

    Em meio a uma onda de críticas e análises de fora sobre os problemas sociais do Brasil, Mikkel quis registrar a realidade daqui e divulgar depois. A missão era, além de mostrar o lado belo, conhecer o ruim do país que sediará a Copa do Mundo. Tendo em vista isso, entrevistou várias crianças que moram em comunidades ou nas ruas.

    Em março de 2014, ele veio para Fortaleza, a cidade-sede mais violenta, com base em estatísticas da Organização das Nações Unidas (ONU). Ao conhecer a realidade local, o jornalista se decepcionou. “Eu descobri que todos os projetos e mudanças são por causa de pessoas como eu – um gringo – e também uma parte da imprensa internacional. Eu sou um cara usado para impressionar”.

    Descobriu a corrupção, a remoção de pessoas, o fechamento de projetos sociais nas comunidades. E ainda fez acusações sérias. “Falei com algumas pessoas que me colocaram em contato com crianças da rua e fiquei sabendo que algumas estão desaparecidas. Muitas vezes, são mortas quando estão dormindo à noite em área com muitos turistas”.

    Desistiu das belas praias e do sol o ano inteiro. Voltou para a Dinamarca na segunda-feira (14). O medo foi notícia em seu país, tendo grande repercussão. Acredita que somente com educação e respeito é que as coisas vão mudar. “Assim, talvez, em 20 anos [os ricos] não precisem colocar vidro à prova de balas nas janelas”. E para Fortaleza, ou para o Brasil, talvez não volte mais. Quem sabe?

    Confira na íntegra o depoimento:

    A Copa – uma grande ilusão preparada para os gringos

    Quase dois anos e meio atrás eu estava sonhando em cobrir a Copa do Mundo no Brasil. O melhor esporte do mundo em um país maravilhoso. Eu fiz um plano e fui estudar no Brasil, aprendi português e estava preparado para voltar.

    Voltei em setembro de 2013. O sonho seria cumprido. Mas hoje, dois meses antes da festa da Copa, eu decidi que não vou continuar aqui. O sonho se transformou em um pesadelo.

    Durante cinco meses fiquei documentando as consequências da Copa. Existem várias: remoções, forças armadas e PMs nas comunidades, corrupção, projetos sociais fechando. Eu descobri que todos os projetos e mudanças são por causa de pessoas como eu – um gringo – e também uma parte da imprensa internacional. Eu sou um cara usado para impressionar.

    Em março, eu estive em Fortaleza para conhecer a cidade mais violenta a receber um jogo de Copa do Mundo até hoje. Falei com algumas pessoas que me colocaram em contato com crianças da rua, e fiquei sabendo que algumas estão desaparecidas. Muitas vezes, são mortas quando estão dormindo à noite em área com muitos turistas. Por quê? Para deixar a cidade limpa para os gringos e a imprensa internacional? Por causa de mim?

    Em Fortaleza eu encontrei com Allison, 13 anos, que vive nas ruas da cidade. Um cara com uma vida muito difícil. Ele não tinha nada – só um pacote de amendoins. Quando nos encontramos ele me ofereceu tudo o que tinha, ou seja, os amendoins. Esse cara, que não tem nada, ofereceu a única coisa de valor que tinha para um gringo que carregava equipamentos de filmagem no valor de R$ 10.000 e um Master Card no bolso. Inacreditável.

    Mas a vida dele está em perigo por causa de pessoas como eu. Ele corre o risco de se tornar a próxima vítima da limpeza que acontece na cidade de Fortaleza.

    Eu não posso cobrir esse evento depois de saber que o preço da Copa não só é o mais alto da história em reais – também é um preço que eu estou convencido incluindo vidas das crianças.

    Hoje, vou voltar para Dinamarca e não voltarei para o Brasil. Minha presença só está contribuindo para um desagradável show do Brasil. Um show, que eu dois anos e meio atrás estava sonhando em participar, mas hoje eu vou fazer tudo o que estiver ao meu alcance para criticar e focar no preço real da Copa do Mundo do Brasil.

    Alguém quer dois ingressos para França x Equador no dia 25 de junho?

    Mikkel Jensen – Jornalista independente da Dinamarca

    O Tribuna do Ceará entrou em contato com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) para comentar acerca da possível “matança” comentada pelo jornalista dinamarquês, mas até a publicação desta matéria não foi enviada a resposta.

    (*) A pedido de Mikkel, este artigo foi publicado com o jornalista já na Dinamarca.

  18. Da mesma forma que as Organizações Globo já apoiaram o regime militar (que diga-se de passagem fez mais estrago do que boas coisas, portanto gerou problemas ao canal), o Silvio Santos com o SBT tem a chance de se promover como defensor do povo e ter grandes retornos em pouco tempo. O povo humilde do Brasil deseja sinceridade mais do que tudo, quando é encontrada uma coisa rara dessas todos dão valor. Não creio portanto, que se o SBT ficasse ao lado da gente de bem, o primeiro seria fechado, o retorno de Paulo Eduardo Martins já demonstrou que a população organizada tem muito mais força que o governo.
    Reitero, t’aí a chance do SBT promover-se moralmente e economicamente. A honestidade do povo estaria em ressonância com a honestidade da emissora, poderia facilmente se equipar às maiores emissoras do país…

  19. Luciano, você viu este texto descendo a lenha no Lobão e acusando o roqueiro de, entre outras coisas, estar “espanhando niilismo coxinha e faturando com a idiotização do país, a polarização burra”. Bom, como sabemos, o uso do termo “coxinha” é prova de que a pessoa no mínimo é propagadora inconsciente de gramscismo, mas com altas possibilidades de ser marxista-humanista-neoateísta de fato. E obviamente vamos entender que “niilismo coxinha” como a guinada à direita que Lobão deu e que o fez virar alvo preferencial da MHNzada e acusado de traidor e outras coisas. Aliás, sem querer o cara acabou mostrando uma face importante do marxismo-humanismo-neoateísmo: se você era dessa religião política e deixa de nela acreditar, você passa a ser um apóstata a ser eliminado, se possível até fisicamente.
    E se lermos o mesmo textinho, veremos também que ele apoia os Racionais e vai contra o Lobão quando este chama o grupo de “braço armado do PT” ou “rebeldes chapa-branca”. E aí vemos esta frase:

    Greil Marcus, considerado por muitos o maior crítico musical americano, definiu o ethos do rock como “uma afronta à entropia” e “um combate contra a mesmice”. Talvez esses elementos estejam no ímpeto das suas críticas, Lobão, mas te falta uma noção básica de hegemonia e contra-hegemonia, para saber que hoje é você, e não o Mano Brown, quem está do lado mais poderoso, do lado daqueles que dão as cartas mais valiosas no país e no mundo, valendo-se do controle da economia e da mídia. Não, Lobão, os comunistas não mandam no Brasil. Você ainda não percebeu?

    E aí é que um anti-MHN nada de braçada, pois:

    1) Se o rock é afronta à entropia e combate à mesmice, podemos considerar então que Lobão esteja afrontando a entropia MHN de matiz gramscista e o combate à mesmice politicamente correta que o Brasil experimenta atualmente;

    2) Quer dizer que é o Lobão e não o Mano Brown que está do lado mais poderoso do país? O autor do tal texto não viu a programação do Camping Digital para formação de MAVs do PT. Quem quiser saber do que estou dizendo, bastará clicar End no teclado e ver quem está fechando o evento. Ué, mas se eles são contra o sistema, que me digma o que fazem em um evento do sistema, sistema esse que está R$ 88 milhões mais rico para sua campanha. Logo, lamento dizer, mas o cara não notou que poderes político e econômico unidos não só são MHN como também o lado mais poderoso do país;

    3) Sobre controle da mídia e da economia, como podemos qualificar a ameaça de não só tirar a verba estatal como também cassar a concessão do SBT por causa dos comentários de Rachel Sheherazade?

    4) Se os comunistas não mandam no Brasil, podemos considerar que estejamos vendo na realidade o upgrade deles, que tem inspiração eurasianista?

    5) Se o Lobão ainda não percebeu, não é o que parece após ver os hangouts dele.

    Aliás, estamos estranhando um bocado o Lobão não ter mais feito hangouts e estar bem silencioso nos últimos tempos. Estará ele sendo perseguido por MHNs?

  20. Achei essa pérola na internet, no site IG que ao meu ver é altamente voltado ao esquerdismo mau caráter, já fiz vários comentários no blog do Jean Willis e nenhum deles foi publicado, trata-se apenas de um aparelhamento eleitoreiro desse gayzista, mas o que me chocou foi o fato de um jornalista ser à favor da censura, de leis controladoras da mídia, da necessidade de concessão governamental para uma emissora de TV funcionar( ranço brutal da censura esquerdista ditatorial); e de quebra ainda colocam um gayzista para ficar com aquele blábláblá do ressurgimento de “reacionários”. Só digo uma coisa, eles estão sentindo na pele que o povo está acordando, que o que a Rachel falou foi fichinha em repercussão quando comparado à pressão da censura sobre a mídia aberta, a discussão de hoje em dia não é mais de bandido preso em poste, isso é pano de fundo, a discussão de hoje é a pressão dos esquerdistas para censurar a mídia.

    http://www.revistaforum.com.br/blog/2014/04/sheherazade-sbt-laurindo/#comment-23222

  21. Botei o comentário no outro post, mas acho que ele fica melhor aqui.

    Hoje o SBT anunciou covardemente que retirou os comentários de Rachel Sheherazade do SBT Brasil. Claro que alegaram estar preservando a jornalista, mas é claro que se trata de capitulação à intimidação. Assim, é bom usarmos de cidadania e criarmos um frame contra essa mordaça absurda capitaneada pela esquerda: PELA LIBERDADE DE EXPRESSÃO, BOICOTE A TODOS OS ANUNCIANTES DO SBT BRASIL ATÉ QUE SEJAM RESTABELECIDOS OS COMENTÁRIOS DE RACHEL SHEHERAZADE. Além do boicote ao Jornal em si, o boicote a seus anunciantes também precisa ser feito.

    Tomei o cuidado de anotar todos os anunciantes na edição de hoje, 14/04. Foram dois blocos de anúncios. O primeiro, entre 20:07 e 20:11 teve anúncios de Trésemme, CAIXA (lógico!), Casas Bahia, Omo (Unilever), Extra Supermercados, Decolar.com e Loceryl (Remédio do laboratório Galderma). O segundo, entre 20:13 e 20:17 teve anuncios de Trésemme, Friboi, Seda (Unilever), Becel (Unilever), Imovelweb, Decolar.com e CAIXA. O oferecimento é, que novidade!, da CAIXA.

    Assim, julgo ser importante pregarmos, em nome da liberdade de expressão, o boicote a:

    – Trésemme
    – CAIXA
    – Casas Bahia
    – Unilever (Todas as suas marcas: Omo, Seda, Becel etc)
    – Extra Supermercados
    – Decolar.com
    – Laboratório Galderma
    – Friboi
    – Imovelweb

    Bem como o estímulo ao consumo de todos os seus concorrentes até que os comentários de Rachel Sheherazade sejam restabelecidos. Essas marcas precisam sentir o boicote e pressionar o jornal a pôr de volta no ar o seu principal carro-chefe, que são os comentários de Sheherazade.

    Taí uma campanha que vale à pena encampar.

    • Eles já perder uma parcela significativa da audiência. Boicotar essas marcas é uma boa ideia, inclusive cancelar os cartões de crédito dessas lojas. O meu cartão do Extra já vai dançar.

  22. Dilma gasta R$ 2,3 bi com publicidade em 2013 e bate recorde

    Verba de propaganda do governo federal é superior à da Ambev
    Reportagem da Folha de S. Paulo:

    O governo federal gastou R$ 2,3 bilhões para veicular propaganda em 2013. O valor é o maior já registrado desde 2000, quando começou a ser divulgado esse tipo de dado.

    Até o atual recorde estabelecido pela presidente Dilma Rousseff, o maior gasto havia sido o de 2009, sob o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com R$ 2,2 bilhões.

    Essas informações foram divulgadas nesta semana pela Secretaria de Comunicação Social do Palácio do Planalto. Todos os números foram corrigidos pelo IGPM, da FGV, o indicador mais usado no mercado publicitário.

    Em relação ao ano de 2012, o gasto do governo federal com propaganda aumentou 7,4%, acima da inflação oficial do período, que foi de 5,91%, segundo o IPCA, calculado pelo IBGE.

    Os valores incluem toda a administração pública direta e indireta. Ou seja, as grandes estatais estão nesse bolo de R$ 2,3 bilhões. Quando são considerados só os órgãos e entidades da administração direta (ministérios e Palácio do Planalto, por exemplo), o total de 2013 foi de R$ 761,4 milhões, também um recorde na última década e meia.

    De 2012 para 2013 os gastos totais do governo com pessoal, custeio e investimento subiram 7,2%, já descontada a inflação do período.

    Em 2010, ano em que Lula estava interessado em eleger Dilma como sucessora, os gastos da administração federal direta com propaganda foram de R$ 576,7 milhões.
    http://www.implicante.org/noticias/dilma-gasta-r-23-bi-com-publicidade-em-2013-e-bate-recorde/
    (…)

    Os R$ 2,3 bilhões gastos colocam o governo federal na quarta colocação do ranking dos maiores anunciantes brasileiros em 2013. O primeiro lugar ficou com a Unilever (R$ 4,6 bilhões), seguida por Casas Bahia (R$ 3,4 bilhões) e o laboratório Genomma (R$ 2,5 bilhões).

    Os dados das empresas são divulgados pelo Ibope, que monitora esses gastos verificando o que é publicado. Há distorção no que é apurado, pois o levantamento considera os preços de tabela dos veículos de mídia -e, nesse mercado, há descontos altos, às vezes superiores a 50%.

    Já no caso do que é apurado pelo governo, trata-se de uma cifra muito próxima ao que aconteceu de fato. O valor investido por Dilma supera até a gigante do ramo de bebidas Ambev, que, segundo o Ibope, gastou R$ 1,8 bilhão.

    Quando se observa o tipo de veículo preferido pelo governo, a TV ganha com 65% do total. Os meios rádio, jornal, revista e internet ficaram com 7,6%, 7%, 6,3% 6% do bolo, respectivamente. Os anúncios estatais na web tiveram em 2013 aumento de 22% em relação a 2012.

    (grifos nossos)

    Meus comentários: Vejam a imensa fortuna gasta em publicidade,com essa dinheirama só do ano de 2013 dá para fazer centenas de quilômetros de estradas,a Globo pegou quase 500 milhões deste total,por isto a emissora segue tão fiel o politicamente correto,promovendo desavergonhadamente o homossexualismo nas suas novelas.
    Li num livro de um pastor bulgaro torturado pelos comunistas, ele afirma : Os nazistas são crués,mas os comunistas são cruéis e diabolicamente astutos.
    De fato os comunistas são diabolicamente astutos ! Pois não é que inventaram uma Censura que não precisa de lei ou orgão repressor,mas apenas uma dinheirama, afinidade dos jornalistas com sua ideologia,complacência e colaboração da própria Mídia,a censura a noticias é feita pelos que deveriam divulgar essas noticias,os jornalistas dissidentes são acuados e amordaçados pelos próprios companheiros de profissão.

    Os comunistas com o exemplo desta Censura são ou não são diabolicamente astutos?

    O testemunho do pastor bulgaro está no livro : Torturado por sua fé.

  23. Todos conhecemos a ditadura Cubana, e os moldes dela que o PT quer implantar no BRASIL. Mas quando se fala na ditadura da Coreia do Norte poucos sabem o inferno que é viver lá, TENHO UMA DICA DE LIVRO:
    Fuga do Campo 14 de Blaine Harden,
    editora intrínseca.
    Blaine Harden conta a história do norte-coreano Shing Dong-hyuk, nascido e criado dentro de um dos campos de concentração da Coréia do Norte. Ele foi o único que conseguiu fugir do Campo 14, primeiro em direção à China e depois para os Estados Unidos, onde trabalha e vive.
    O autor, Blaine Harden, conheceu Shin, convenceu-o a contar sua história e o caso virou um best seller mundial. O autor foi chefe da sucursal do The Washington Post em Tóquio.
    Como existe escassa literatura sobre a ditadura dinástica norte-coreana e seus crimes genocidas, o livro é recomendado para quem quer saber mais sobre o País, o único onde sobrevivem campos de concentração. Neles são alojados os inimigos do regime e seus familiares, mesmo nenês como Shing, condenados a viver até morrer em condições de trabalho e de vida de escravidão.

  24. Thomaz, acredito na sua tática mas acho que a disputa de poderes é muito desigual, a SBT recebe a super quantia de 150 milhões por ano de publicidade governamental, ainda tem o risco de perda de concessão de funcionamento da emissora, são pressões insuportáveis para uma empresa que vive em um cenário capitalista, pelo menos eles tentaram lutar contra os malfeitores, se se renderam foi por pura pressão pesada financeira; pior são as outras emissoras como a Globo que nem sequer tentam, apenas assinam embaixo do “politicamente correto”, se vamos boicotar algo que sejam as que nem sequer tentaram. Acho que nos tempos de hoje onde a Polícia investiga só o que os corruptos poderosos querem, o MP denuncia o que os vermelhos mandam e o judiciário é todo comprado pelos esquerdistas; em um tempo desses tudo é possível, até mesmo aberrações jurídicas sem fundamentos com o fim político de calar os oposicionistas; acredito que devemos atuar na divulgação da censura, no combate à intolerância, na proatividade contra o fim da liberdade de expressão e outras coisas mais; querer punir o soldado que apenas tenta sobreviver em batalha é um ato compatível com os extremos esquerdistas que tanto combatemos, devemos preservar esse soldado que poderá ser útil no futuro.
    É minha opinião, aberta a todas as críticas possíveis.

  25. Essas marcas são a favor da censura:

    Trésemme
    – CAIXA
    – Casas Bahia
    – Unilever (Todas as suas marcas: Omo, Seda, Becel etc)
    – Extra Supermercados
    – Decolar.com
    – Laboratório Galderma
    – Friboi
    – Imovelweb

  26. Estamo voltando e vivendo a ditadura, isso é uma vergonha a democracia Brasileira, mas o povo está de olho, não adianta dizer que a popularidade do PT esta em alta, eles tem que aceitar que estão em queda, o PT é uma vergonha para o Brasil,,,,,,,,,,,

    Estamo voltando e vivendo a ditadura, isso é uma vergonha a democracia Brasileira, mas o povo está de olho, não adianta dizer que a popularidade do PT esta em alta, eles tem que aceitar que estão em queda, o PT é uma vergonha para o Brasil,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

  27. só pra esclarecer alguns, os pontos do ibope são medidos através de amostra pelo Brasil, ou seja, se você deixa ou não a televisão ligada tanto faz. A menos que na sua casa tenha um dos aparelhos do ibope ^^

Deixe uma resposta