Se eu votaria em Jair Bolsonaro para presidente? Sim, mas…

62
290

Jair-Bolsonaro

Parece que a pergunta “bola da vez” é saber se nós, blogueiros de direita, votaríamos ou não em Jair Bolsonaro. Me fizeram essa pergunta no Facebook no mínimo uma meia dúzia de vezes. É o momento de eu abordar a questão aqui.

Que eu saiba, Rodrigo Constantino foi  bastante criticado por não concordar com a idéia de Jair Bolsonaro ser presidente do Brasil. Não é por esse motivo que minha opinião é bem diferente da dele. É por questão de coerência em relação aos meus princípios mesmo.

Em suma, se eu votaria em Jair Bolsonaro para presidente? Muito provavelmente, embora eu ficasse indeciso entre votar nele e Denise Abreu, com predileção por esta última, especialmente por estar mais preparada para os meandros do combate político.

Mas vamos tomar como hipótese que eu não estivesse indeciso e decidisse votar em Bolsonaro. Antes, quero dizer que eu concordo com Constantino em relação à objeção que ele fez em relação ao fato de Bolsonaro apoiar vários cânones do culto ao estado inchado. Entretanto, sua oposição ao PT e aos socialistas é digna de mérito. O mesmo vale por suas posições contra os exageros do movimento LGBT e daqueles que adoram a impunidade de menores. Isso para mim já é motivo para votar nele. Ou ao menos colocá-lo na lista de votação.

Porém, há um detalhe: uma coisa é o que eu faria no momento de escolher o candidato para votar, outra completamente diferente é o que Jair Bolsonaro faria se fosse candidato.

Entendo-o como um sujeito íntegro e não concordo com algumas de suas ideias. Ele é um conservador e eu um liberal. Mas eleições não se vencem apenas com integridade, mas também com estratégia política. Isso não significa defender o abandono de seus valores morais, mas entender o jogo político por trás das eleições para enfim existir uma chance de se obter um resultado efetivo.

Acho que Bolsonaro seria uma vítima perfeita para as raposas da política, especialmente aquelas da extrema-esquerda. Não o vejo capaz de se desviar do amontoado de estratagemas que estas pessoas lançam. Um exemplo claro está em como ele foi uma vítima fácil de Rafinha Bastos no programa deste último. E olhe que Rafinha é um esquerdista com inteligência muito, mas muito limitada. Imagine diante de uma víbora com três dígitos de QI? Não estou questionando a inteligência de Bolsonaro, mas sua perspicácia em termos de guerra política.

Para que a direita seja bem representada por um candidato, é preciso que este saiba controlar o frame, manter uma postura combativa, saber ser pragmático em suas propostas (sempre pendendo à direita, naturalmente) e daí por diante. Para isso, é preciso, antes de tudo, de um pensamento orientado à estratégia política.

Eu particularmente duvido muito que Bolsonaro consiga se desvencilhar das artimanhas lançadas contra ele. Será que ele conseguiria aprender guerra política em três meses? Nesse caso, com certeza eu mudaria de ideia e apoiaria sua candidatura. Mas acho improvável. Assimilar os conceitos da guerra política não é algo que se faz do dia para a noite. Falamos de uma mudança de mindset e até mesmo da percepção em relação ao mundo que nos rodeia. Se Bolsonaro conseguir fazer isso em um trimestre, me surpreenderá. (Eu demorei mais de um ano para assimilar em termos subconscientes a nova forma de visualizar a política, por exemplo.)

No fim das contas, é melhor até para o próprio Bolsonaro que ele não seja candidato à presidência. E, é claro, para a própria direita. Um esmagamento público praticado por aves de rapina usando todas as estratégias possíveis contra ele atingiria não somente Bolsonaro, como também à toda direita.

Por isso, mesmo que eu pense em votar nele (dependendo da possibilidade do voto nele não atrapalhar oponentes de Dilma para levar a eleição para um segundo turno), não gostaria que ele fosse candidato.

Anúncios

62 COMMENTS

  1. Mudando um pouco o foco do post. E a candidatura do Pastor Everaldo Pereira do PSC, como você a vê? Meu voto possivelmente irá para ele.

    Já sobre essa Denise Abreu, acredito ela ser uma oportunista que viu uma oportunidade de ganhar votos com a direita e que tem sede de vingança com o PT, somente isso.

    • Eu também fiquei com essa impressão – de que Denise Abreu é oportunista. Assisti ao hangout dela com o Olavo e fiquei com o pé atrás. Por outro lado, conheço o Bolsonaro a muitos anos e sei que ele é, de fato, um conservador.

      Mas acho que ele não tem a mínima chance. O brasileiro médio é esquerdista – e nisso discordo da maioria dos pensadores da direita – e somente vocifera contra o PT porque se decepcionou.

      Enfim, o problema do Brasil é cultural. Não dou mais três eleições sem que tenhamos um presidente psolista. Enquanto a subversão não for revertida (coisa que acho improváve), eleições são inúteis.

      E, sim, eu sou aquilo que o Luciano chama de direitista depressivo; embora eu me considere realista, não depressivo.

      • Se bolsonaro é conservador Russell Kirk é o que então? eu rasgo A Política da Prudência a partir de hoje eu não sou mais conservador. Claro que eu votaria nele por ser um anti petista ferrenho, mas conservador passa é longe.

      • Quando eu falo em conservadorismo em um político, quero dizer que este se coloca em favor da família, da propriedade privada, da tradição judaico-cristã, em oposição ao acidental e anormal. Ele não precisa seguir à risca a cartilha de filósofos direitistas como Kirk ou Horowitz. O Marco Feliciano, por exemplo, eu já não consideraria conservador, pois ele apresenta diversos cacoetes que vão contra a propriedade privada. Ainda assim, somente pela defesa da família e do cristianismo, eu votaria nele. Agora, não falo como anti-petista, pois PT e PSDB, pra mim, é a mesma coisa. Eu prefiro me considerar anti-progressista/esquerdista.

  2. muito boa a matéria cara, hoje li a do constantino e achei bem interessante, a única coisa que fiquei chateado foi o constantino acusar o bolsonaro de ataque a postagem dele, mesmo assim eu também acredito que o bolsonaro faz um excelente trabalho, mas pra presidência seria um grande problema, a esquerda ia fazer de tudo pra massacrar ele, gostaria que ele continuasse do jeito que tá fazendo seu ótimo trabalho.

  3. A princípio vi com bons olhos sua candidatura (que ocorrerá muito dificilmente) pelo efeito prático: o discurso do Bolsonaro criaria simpatia de muitas pessoas, o que ajudaria a tirar votos da Dilma, principalmente por causa das pessoas que costumam votar em branco (de raiva) por não ter candidato. Isso ajudaria a levar pro segundo turno. Sua campanha teria pouquíssima grana e com horário eleitoral muito reduzido, mas mesmo assim uns 8 % dos votos acho que ele faria.

    Só que depois vi não seria bom: perderíamos uma voz importante na câmara pra no máximo jogar a eleição pro segundo turno entre a Dilma e outro, a meu ver sairíamos perdendo.

    Acho que o próprio sabe que suas chances de ganhar são pequenas, na entrevista pro Ratinho ele disse em um comentário rápido que teria poder de levar a decisão pro segundo turno. Ou seja, ele está querendo fazer um sacrifício.

    Somado a isto o seu argumento creio que o sacrifício definitivamente não valeria a pena.

    Talvez ele tivesse arquitetado uma campanha pro Senado desde antes, e talvez tentar subir seus filhos de deputado estadual (Flavio) para federal e de vereador (Carlos) para deputado estadual (este último não teria nada a perder mesmo).

  4. Luciano, você não acha importante ter um candidato franco atirador, que mesmo que ele próprio não tenha chances de ganhar, mas que faça o PT sangrar e perder votos para outros candidatos que se apresentem melhor como a Denise?

  5. Concordo, ele seria um alvo fácil de toda a esquerda. Nunca seria eleito ! E ainda a direita perderia um representante no congresso.
    Acho que nem ele nem a nossa sociedade estão preparados para alguém tão conservador chegar a presidência.
    Melhor ele no congresso. Melhor seria uns 30 congressistas com ideologia semelhante.

  6. Na boa ele ta na politica desde os anos 80, é pela 6º vez deputado federal, sim talvez lhe falte, vamos dizer malicia politica para debater com a esquerda, mas acredito nele, pois ele é experiente e sabe como funciona Brasilia mais q todo mundo, e se ele tiver uma boa equipe pode sim se sair bem…

  7. Luciano, gostaria de saber na sua opinião, se hipoteticamente tivéssemos alguém de direita ocupando a cadeira presidencial, isso mais ajudaria ou atrapalharia a direita em termos de batalha política? No estado atual das coisas, a militância esquerdista e o emparelhamento dos principais órgãos tornaria a vida desse representante num inferno…

  8. Penso que o Bolsonaro e a Dilma dividirão eleitores. Ambos têm seu foco no povão, só que a Dilma apela pela sede material que eles têm, enquanto o Bolsonaro apela pela sede moral. Eu sei que isso é ser excessivamente otimista, mas quem sabe essa competição não favoreça o Aécio ou o Campos, que devem se focar na classe média-alta

  9. Muito provavelmente, embora eu ficasse indeciso entre votar nele e Denise Abreu, com predileção por esta última, especialmente por estar mais preparada para os meandros do combate político (…) Acho que Bolsonaro seria uma vítima perfeita para as raposas da política, especialmente aquelas da extrema-esquerda. Não o vejo capaz de se desviar do amontoado de estratagemas que estas pessoas lançam.

    Não vejo qualquer diferença entre Bolsonaro e Denise Abreu no quesito “Preparação para os meandros do combate político.
    Duvido que denise abreu tenha metade do “pulso firme” de Bolsonaro para apontar as canalhices do PT na câmara………..fora da camera e do palanque político, nenhum dos dois se salva.
    Denise Abreu ainda tem um adicional de estar sobre processo criminal :http://www.estadao.com.br/noticias/geral,tam-procurador-pede-24-anos-de-prisao-a-denise-abreu,1150563,0.htm — o que também pode ser uma artimanha política para retirada da mesma para a corrida presidencial.

    Será que ele conseguiria aprender guerra política em três meses?
    Tudo dependerá do empenho dele, e do professor.
    A partir da minha perspectiva o maior problema de Bolsonaro não é aprender estratégias de guerra cultural, mas saber conter o seu gênio e seu comportamento corporal ao utilizá-las em DEBATE. No geral ele perde logo a paciência e parte para ofensa…..bolsonaro não sabe usar ironia e nem sarcasmo.

    Assimilar os conceitos da guerra política não é algo que se faz do dia para a noite
    Mas o período de aprendizagem pode ser drasticamente reduzido, a depender do material de estudo e da metodologia de ensino aplicada. Eu demorei menos de 6 meses — mas já tinha um background de diversos conhecimentos — e uma pré disposição natural para o debate, porém defendo a idéia da informação condensada em “pacotes” conceituais — que deu certo para esquerda até o momento.

  10. LUCIANO HENRIQUE! Tudo bem!

    Parece-me que os ditos direitista gastam muita energia para se auto depreciarem.
    Hoje é a vez de Rodrigo Constantino x Bolsonaro, ambos possuem seus méritos, Constantino possui boas ideias, é um bom sujeito, Bolsonaro possui a garra e determinação, exagera! mas é honesto e sincero quanto ao que diz, não se preocupa com a opinião da mídia, quanto ao julgamento que fazem dele pelo posicionamento por ele defendido, fala o que pensa, não ter medo de ser criticado pelo adversário, esquerda, isso já é um bom sinal na guerra política, falta malícia, jogo de cintura, raciocínio rápido para contra-atacar o adversário nos debates.

    O Bolsonaro precisa o mais rápido possível de um marqueteiro, alguém que possa refiná-lo, poli-lo e sem dúvida, que possa o ajudá-lo a ter auto-controle, não sou fã dele, mas nessa guerra é preciso, as vezes, fazer como vc acertadamente disse: “Entendo-o como um sujeito íntegro e não concordo com algumas de suas ideias. Ele é um conservador e eu um liberal. Mas eleições não se vencem apenas com integridade, mas também com estratégia política. Isso não significa defender o abandono de seus valores morais, mas entender o jogo político por trás das eleições para enfim existir uma chance de se obter um resultado efetivo.”

    Lembro de um vídeo que vi no youtube sobre, A Arte da guerra política, David Horowitz. Tendo como palestrante o Silvio Medeiros, publicitário e ganhador de vários prêmios internacionais de propaganda, inclusive ele cita vc como um cidadão honesto e íntegro. Você não acha que o Bolonaro deveria buscar um homem desse para ajudá-lo a compreender a guerra política? O Silvio Medeiro é conservador, pelo menos é o que parece. Ele poderia contribuir e muito com o Bolsonaro para dar o mínimo que ele precisa para não sair do debate perdedor.

    https://www.youtube.com/watch?v=KNCAUfQUvJA

    Desde já, tenha um bom dia.

  11. Qual a sua opinião sobre o Rodrigo Constantino ter desativado os comentários no ultimo post sobre o Bolsonaro? era melhor ele não fazer o post , essa postura não seria contrario a etica de um liberal ? Ele se declara liberal em economia e moral .

    • Cristiano,

      Eu não vejo problemas em alguém desativar os comentários em seu blog. Um liberal deve defender que o ESTADO não aplique a censura. Mas bloquear comentários em seu blog não é uma ação estatal. Portanto, isso não conspira contra o liberalismo.

      Abs,

      LH

      • Quanto a censura eu já tinha entendido que ele pode rejeitar cometários é seu direito,mas ficou entranho ver um liberal correndo do debate dessa forma , por isso que achei que era contrario a ética liberal e não a moral liberal ,de qualquer forma parece que foi um frame errado na guerra politica.Ele proibiu todos os comentários alegando que tem militantes do Bolsonaro atrapalhando o debate, mas deu a impressão que ele correu do debate ,ja colocou outros post se defendendo do bloqueio , tem gente falando sobre Bolsonaro em outros post dele ser ter nada a haver com assunto, ta criando um confronto entre ele o Bolsonaro,

      • Cristiano,

        Como eu tenho blog, entendo os motivos do Rodrigo. Uma forma de fazer com que alguém deixe de postar é garantir um ataque em bando, para que o blogueiro fique mais tempo se defendendo na caixa de comentários do que postando artigos novos. Se ele tomou essa decisão, não tem nada a ver com deixar de ser um liberal ou não. Um liberal não é aquele que precisa parar suas atividades para ficar discutindo questões que ele não entende ser necessárias.

        E se ele evita os comentários neste caso, é para reduzir o confronto, ao que parece. Essa é a forma que entendi, ao menos.

        Abs,

        LH

      • Sinceramente, ele desativou os comentários por perceber que falou algo que não agradou muita gente e ficou sem argumento consistente pra defender sua posição. E tem mais, todo e qualquer post que intencione desestimular os simpatizantes do Sr. Jair Messias Bolsonaro vai ser fatalmente considerado como “coisa petista ou esquerdista” querendo baixar o ibope dele, principalmente se não aceitar comentários contra. Mas isso é uma tremenda burrice, afinal quem apoia o Bolsonaro não se deixa levar pelas opiniões de blogueiros com argumentações fracas, inconsistentes e nem se deixa influenciar pelas pesquisas que a mídia fabrica. Entendam uma coisa: quem apoia o Bolsonaro não está preocupado com quantos mais votarão nele. Quem apoia o Bolsonaro o faz por moral, por decência, por ética, por estar de saco cheio de ver aquele bando de raposas articulando em Brasília defendendo interesses que não são os nossos e nem visam o progresso na nossa Nação.

  12. Eu gostaria que ele fosse senador e que o Aécio fosse presidente, acho mais realista e melhor para a direita nesse momento. E aí em 2018 podemos pensar em alguém melhor que o esquerdismo light do Aécio. Aos poucos à direita, essa é a estratégia correta.

    • Pensei dessa forma também. Aécio na presidência, desinchando a máquina publica e o Bolsonaro no senado. A Denise Abreu deveria tentar o senado também ao invés da presidência. O perigoso do Bolsonaro é que administrativamente ele defende tudo de mais atrasado no país. Seria um desastre gigantesco! O PT plantou uma bomba relógio na economia, mais notadamente no setor imobiliário (que já começa a ter deflação!!!), o esquema Ponzi da previdência social, a carga tributária elevada, possível bolha no BNDES, dívida pública passando dos 2 trilhões de reais, fuga de investidores, parasitas em excesso em cargos comissionados e um início de bolha na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil. A equipe econômica do Aécio deverá ser Armínio Fraga ou Gustavo Franco, ou ambos. Eduardo Campos/Marina são a oposição fake do Foro. O negócio é o Aécio mesmo, que já sinalizou uma forte reforma econômica com redução do tamanho da máquina estatal.

  13. Eu voto em Bolsonaro para presidente sem pestanejar. É a melhor opção no momento. Quanto à possibilidade de ele se sair bem na guerra política restando apenas três meses para as eleições, isso não é problema, Luciano.
    Ainda dá tempo de o Bolsonaro aprender muita coisa com teu blog e eu darei um jeito de fazê-lo chegar ao nosso futuro presidente. Um abraço.

  14. concordo plenamente……mas votaria tambem em bolsanaro….unco politico com coragem para falar o que deve ser dito na Camara……de qualquer maneira começa a surgir gente capaz de mostrar o que temos de ignorantes no governo, explorando a ignorancia do eleitorado….

  15. Eu ainda acho que neste respeito – a direta estar pronta para o poder – quem tem razão é o prof. Olavo de Carvalho. Ela não está e não é – em minha opinião – o momento para se despender esforços nisto.

    A direita brasileira foi desmantelada- em minha opinião, graças principalmente aos militares e à Revolução de 64 – e a recuperação é lenta e requer muito trabalho e esforço de todos os que hoje têm uma visão mais realista do que está em andamento na política brasileira.

    Face o exposto, não acho que a direita tenha que se preocupar em assumir presidência mas, sim, derrotar o socialismo radical que assumiu o controle da América Latina e do Brasil. Ou seja, nossa premissa deveria ser derrotar (ou pelo menos começar a derrotar) nas próximas eleições, o PT-PSOL-PCdoB-PSTU-PSB-PDT todos partidos integrantes do Foro de São Paulo e ganhar tempo para tentar reverter os cenário que se instalou no Brasil desde a revolução de 1964 a partir da qual a esquerda brasileira doutrina o povo na música, no teatro, no cinema, na televisão, nas igrejas e nas escolas.

    Enquanto a esquerda, se exibia para a nação como o belo Prometeu que “lutou contra a ditadura” a direita brasileira, salvo raras e honrosas exceções, cuidou de sua vida e nem percebeu que os hábitos, as mentes e corações brasileiros estavam sendo tomados e corrompidos pelas doutrinas e promessas irreais do socialismo.

    No momento, o que se ouve, por parte da população, é uma revolta contra a corrupção e os gastos exorbitantes do Governo ao mesmo tempo em que o povo sofre nos hospitais, não tem uma educação decente, e não tem segurança pública.

    Todas essas reivindicações são sérias, mas estão vinculadas à superfície “que se vê”: o resultado da administração socialista e não à sua própria base que é a filosofia que governa esse resultado.

    Em minha opinião, a direita só deveria dispender esforços para conquistar o poder no Brasil quando tiver formado na opinião pública uma massa crítica verdadeiramente direitista que rejeite o pensamento socialista pelo que ele é de fato e não apenas por seus fracassos imediatos.

  16. Acho que Bolsonaro contrubui para a democracia fazendo o que sempre tem feito. Dando nome aos bois e batrendo com vontade. Se se candidatar a presidente a receita pode desandar. Mas contra dilma votaria nele fácil!

  17. O Bolsonaro tem méritos que pra mim são essenciais: ele se posiciona, não fica em cima do muro, não tem um discurso para cada tipo de público, não teme não ser politicamente correto. Talvez isso o prejudique, mas, independente disso essas qualidades são, pelo menos para mim admiráveis.
    Fico enojado com esses políticos que têm um discurso para cada plateia.

  18. Concordo. Teria que ter uma postura mais controlada para concorrer a Presidente. Nunca abrindo mão de suas idéias e combatividade. No programa televisivo citado, acho que foi um sucesso, mantendo a postura diante da ironia do apresentador. Mas até onde sua postura atual não é para fazer tipo? Além disso, com um staf inteligente secundando poderia ser lapidado. Se um animal como lula pode, porque um Homem íntegro como Bolsonaro não poderia?

  19. Lá pra cima é coisa de cachorro grande, coisa para animais políticos, gente que mente, gente que bate e depois beija, gente que se alia aos ideologicamente odiados, gente que fecha os olhos para falcatruas; o Bolsonaro não é nada disso, é um cara que não rouba, que diz o que pensa, que não é politicamente correto, que odeia seus adversários ideológicos; seu lugar é no Congresso e não no trono do Príncipe; a vantagem de sua candidatura é que os seus 5-10% de votos no 2o turno seriam com certeza canalizados para o Aécio e jamais para o PT. Falando em canalização de votos, vcs lembram do Ciro Gomes que no 2o. turno canalizou os seus votos para o PT e depois foi até ministro do Lula; vcs não visualizam uma semelhança com o Edu/Marina, essa candidatura cheira falcatrua e engodo, só serve para tirar votos do Aécio, acredito que o Eduardo está de conchavo com o PT e está usando( ou esquematizando) a Marina, sua candidatura divide a oposição e ao meu ver os que votam na Marina( serão a maioria dos votos dessa dupla) tem muito mais tendência de esquerdismo e podem em um 2o. turno penderem muito mais pro lado do PT, a Marina já foi amiguinha do LULA no passado; sei não, mas tudo isso cheira mal, só sei de uma coisa pra tirar esses petralhas voto até no seu Creisson ou macaco Tião.

    • Sobre Eduardo Campos e Marina, a resposta mais simples disso é que o PSB também é parte do Foro de São Paulo. No lado do Aécio a coisa também não é muito simples, pois quem olhar para os apoiadores históricos do PSDB notará que há o PPS de Roberto Freire, que também faz parte do Foro. Ainda assim, no caso do Aécio há o fato de o PPS não ter tanta projeção assim quanto teria um PSB (que historicamente é forte no Nordeste). De partidos do Foro também temos o PDT, que normalmente é oscilante em seus apoios e é de onde saiu a Dilma.
      Talvez optar pelo Aécio seja aquela situação em que o Brasil fica “menos Foro” pelo fato de o Foro não estar encabeçando a coisa toda, o que é melhor do que coligações encabeçadas por PT e PSB (em que aí sim fica totalmente Foro). Seria um Brasil que continuaria sendo marxista-humanista-neoateísta, mas aí na via fabiana, que é um pouquinho mais lidável e que pode servir mais para gerar solo no longo prazo para uma candidatura anti-MHN de fato.

      Outra atenção fundamental é em relação ao Legislativo, pois ele na prática é que tem mais poder em nossa divisão tripartite. Aqui dá para sossegadamente votar em candidatos contrários ao marxismo-humanismo-neoateísmo, pois os mesmos existem em maior número e sortimento (ainda que com o inconveniente de que se os mesmos estiverem em coligação com partidos MHNs, poderá haver transferência de votos que eleja representantes do MHN que não conseguiram índice). Caso haja um Legislativo com forte presença de anti-MHNs, planos forísticos ficarão mais difíceis de serem concretizados (especialmente aqueles que envolvem emendas à Constituição, que exigem uma maioria maior que a simples). Claro que nosso Executivo tem o poder de trancar a pauta do Legislativo ao obrigar a votação de Medidas Provisórias, mas ainda assim um Legislativo menos MHN tem poder maior de recusá-las.
      Portanto, a maior atenção a quem votar neste ano tem de ser no Congresso, justamente por causa dessa natureza do governo federal, podendo ser passada essa escala para os estados da Federação quando se for pensar nos Executivo e Legislativo locais. Haverá também o problema do Judiciário, pois STJ e STF receberam diversos indicados que poderão ficar por lá anos e anos, havendo pouca margem para novos indicados pelo fato de poucos serem os ministros que irão sair desses tribunais por aposentadoria compulsória.

  20. kkkkkkkk país elege dilma e lula, aécio neves … cara vem me dizer que bolsonaro nao tem preparado. PQP!!!!!! Outro blogueiro direita psdb …

  21. Dá um livro “A arte da Guerra” pra ele, uai! Eu gostaria que ele se candidatasse para tirar a oposição da zona de conforto. Essa gente parece amigo de infância. Eu, hein!

    • Mas . . que oposição? A esquerda não tem oposição no Brasil! Todos são de esquerda. Oposição somos nós que estamos aqui debatendo. O que precisamos no momento não é de um Presidente de direita mas de mais gente pensando como nós!

      O que pode um presidente da direita quando todo o Legislativo e o Judiciário é esquerdista?

  22. ” … Denise Abreu, com predileção por esta última, especialmente por estar mais preparada para os meandros do combate político … ”

    Não concordo com essa frase, já que Denise participou do governo petralha, no executivo, e foi facilmente abatida pela “máquina de assassinar reputações” quando foi colocada como “para-raio” dos problemas decorrentes da aviação civil, especialmente o acidente de Congonhas.

    Foi nocauteada aos 2 segundos do primeiro round.

    Todo profissional deve se lembrar que:

    “Cada um deve buscar e permanecer na atividade onde sua capacidade/competência seja util e adequada.”

    Assim sendo, Bolsonaro presta um enorme serviço ficando no Congresso Nacional.

    Perdi as contas de quantos excelentes técnicos de TI viraram péssimos gestores.

  23. Mesmo que fosse eleito Presidente, o Bolsonaro não iria conseguir governar sozinho, pois não possui apoio de nenhum partido (que são todos esquerdistas), e porque a esquerda já montou toda uma defesa antidireitista dentro do sistema, através da fabricação e o financiamente de idiotas úteis, infiltração nas instituições políticas, na educação e na imprensa. As chances de ele ser caluniado pela mídia e por esses movimentos fabricados não espontâneos, que vão pedir o Impeachment dele nas ruas, são muito altas.

    E cada vez mais eles vão usando os idiotas úteis para limitar as liberdades básicas de toda a população:

    • Não sei se notou, mas há cabeças da hidra marxista-humanista-neoateísta se mordendo nesse vídeo, mais precisamente na parte em que há o enfrentamento das militantes lésbicas com o pessoal da igreja para homossexuais. Aliás, nos últimos tempos tem ocorrido muito disso nas hostes MHNs (vide petistas pegos com a boca na botija dizendo que irão jogar tudo no ventilador, black blocs sendo chamados de “direitistas” para logo depois se descobrir ligação deles com o PSOL e outras tantas coisas). Em eles se atacando, como já disse em outras ocasiões, acabam poupando muito trabalho dos anti-MHNs.

  24. Li um comentário de uma conhecida muito querida nossa (sua também) em que ela dizia sobre Denise Abreu ser “até ontem” amiga de Zé Dirceu. E mais: sobre ela ser “conservadora de ocasião”. E mais um pouquinho: sobre ela “querer se livrar do ônus do processo do acidente da TAM.”

  25. Se Bolsonaro fosse presidente iriam arranjar um impeachment aos moldes dos idiotas úteis de cara pintada no caso do Collor, pode ter certeza disso, a não ser que o cara aloprasse e fizesse um esquema a lá 64.

  26. Meu caro colega, você acha que Denise Abreu tem chance de ganhar? Pois eu não. Não é hora de ficar dividindo votos, vocês parecem na maioria das vezes com esses comentários idiotas “esquerdistas disfarçados” se alguém ainda tem alguma dúvida, quero então que venha no meu post e indique uma pessoa que tem a cara da direita, e a defende ela como se estivesse defendendo sua vida.

    É lógico que muitos não vão aceitar o jeito do Bolsonaro, outro os pensamentos…Mas ninguém pensa igual, e temos que ter e saber o único objetivo: FORA PT. Não é hora de ter discussões tolas, que não vai nos levar a nada. E sim, organizar, orientar os pensamentos das pessoa da direita, que nesse momento se encontra confusa com tanto blablabla.

    Vocês querem o que realmente?
    Pois ora bola, eu quero tirar o PT, não aguento mais ter que aguentar esses discursos fajutos da Dilma, que engana trouxa. Então não nos juntar, e tirar ela de la. POIS POR ENQUANTO AINDA SOMOS UM PAÍS DEMOCRÁTICO.

  27. Até concordo com seu ponto de vista. Mas será que ele vai à luta sozinho? Ou terá uma assessoria adequada? Será que ele é o único com coragem de defender sua posição de direita? Será que os direitistas não tem capacidade pra se unir e eleger um candidato?
    Se sua resposta é sim, então o que eu posso esperar de uma ideologia que não convence nem mesmo diante da esdrúxula realidade social que estamos vivenciando? Vai ficar fazendo contagem regressiva pro Armageddon e esperando Jesus vir te buscar?

  28. Você certo sobre esse seu ponto de visita sobre o Bolsonaro, a unica parte que não concordo é o final que diz que seria melhor para ele não se candidatar, acho que é muito importante a participação da direita numa eleição, pois somente assim a eleição começa a ter um pouco de democracia, pois só assim irá existir ideia e proposta contrárias. Apesar de eu não concordar com muitas coisas e algumas atitudes do Bolsonaro, eu votaria nele e acredito que ele fará justiça ao povo brasileiro, mesmo que haja problemas em sua gestão.

  29. Na boa, acho que votar em outro candidato que não seja o Aécio, é ter o perigo de levar Eduardo Campos (cujo partido é do Foro de São Paulo) para o segundo turno com a Dilma. Então, o lance é concentrar os votos no Aécio.

  30. Não sei muito bem como classificar o Bolsonaro. É como eu já disse aqui: o Bolsonaro já defendeu controle estatal de natalidade. Não sei se ele pensa assim ainda, mas se pensa, então ele é tão conservador quanto um membro do Partido Comunista Chinês

  31. Pelos comentários abaixo do vídeo da entrevista, a maioria achou que o Rbastos sa saiu muito mal. Bem, podem dizer, são os seguidores do JBolsonaro que estão postando as respotas. Bem, e os amigos e fãs do entrevistador que não estão postando ? Sem falar que as palmas são orquestradas pelo programa, como em qualquer programa de auditório. Sem falar que o JB enfrenta programas de entrevistas que nenhum político enfrenta.

  32. Luciano, acabou de sair este vídeo aqui de um professor goiano:

    http://www.youtube.com/watch?v=iCxItFR7KG0

    Ainda que haja algumas coisas aproveitáveis, como o tal lance de ter de se pensar mais em 2018 e deixar 2014 para medidas que na prática criem o ambiente adequado para o combate mais incisivo ao Foro de São Paulo, considero haver uma certa dose de direitismo depressivo na obra, ainda mais após as pesquisas mostrando a queda de Dilma e o aumento de sua rejeição.

  33. O esquerdismo no Brasil é uma praga de mais de 60 anos de infestação, o PT é esquerda podre, o PSDB é oposição mas é de esquerda, o Eduardo Campos é neto do Miguel Arraes( talvez o maior esquerdista que o Brasil já teve); é ilusão achar que essa infestação vai ser resolvida com uma única dedetização, serão anos de luta mas creio que retirar o PT do governo é a prioridade absoluta para esse pleito eleitoral, o lance é votar no oposicionista que estiver mais próximo da Dilma, depois é ver o que acontece e nunca parar a mobilização de divulgação direitista.

    • Alex,
      Qual a relação que há entre o PSDB e Eduardo Campos, que pertencia ao PSB – e por esse partido, foi candidato à presidência da República?.- Entendo o seu equívoco. Em um país que tem 32 partidos políticos, essa confusão pode ocorrer, com quem não acompanha a vida política nacional. Tudo bem!. E o fato de Eduardo Campos ter sido neto de Miguel Arrais, o obrigaria a ser de extrema esquerda? Qual foi a pregação socialista que esse cidadão fez, senão a moderada de seu partido, que de socialista tem muito pouco? Você já fez uma pesquisa para listar os políticos brasileiros que apoiaram a Ditadura, desde 1964, e, atualmente, se dizem ardorosos democratas? – Se não fez, será útil fazê-la e verá quanto há de hipocrisia nos políticos brasileiros, mas, com tudo isso, Eduardo Campos foi um político digno e idealista. O Brasil perdeu com a sua morte. Digo-lhe isso e não fui seu eleitor, Você tem razão, quando coloca como prioridade a derrubada do petismo cubano-venezuelano de Dilma e sua corja, sem esquecer que o brasileiro deve votar com consciência e não movido por esmolas de programas supostamente sociais, mas meramente eleitoreiros…

  34. Luciano,
    Achei extremamente ingênuas algumas opiniões/posicionamentos que li na mídia sobre essa suposta candidatura do Bolsonaro à presidência. Uma candidatura que ao meu ver, diga-se de passagem, tem poucas chances de ser materializada neste pleito, por diversos motivos. Uns dizendo que ele não deveria passar de um simples deputado, outros falando que ele é inimigo das minorias e dos direitos humanos e, até mesmo lançando dúvidas sobre o possível caráter fascista de algumas opiniões emitidas por ele. Isso me lembrou o grande OdC. Enquanto os esquerdistas tem ao seu dispor uma tropa de choque de militantes a defender o indefensável. Bastou um direitista botar a cabecinha de fora e já foi praticamente trucidado pasmem, pelos próprios direitistas.
    Não precisou nem os MAV’s esquerdistas serem acionados. E ainda ficam reclamando que não existe oposição. O próprio RC fez campanha pela união da direita e estendeu a conciliação ao OdC. Desse jeito fica difícil…!

  35. Bolsonaro ficou desacreditado depois de ser ridicularizado por programas como CQC e do tal Rafinha Bastos. Ele nunca deveria ter ido nesses programas. Muita gente só conhece ele a partir da opinião destes pseudos críticos-comediantes de meia tigela!

  36. Sim eu votaria nele mesmo sabendo que ele não tem chances desta vez. Mas se ele jurar que vai mudar o código de lei penal, atualizar para os dias de hoje. Investir em prisões, leis que se cumpram, investigação policial para elucidar homicídios e diminuir impostos em itens de primeiríssima necessidade como comida.
    JAIR BOLSONARO! Dar mais valor ao povo trabalhador e honesto e parar de passar a mão na cabeça de criminosos. Promete isso aí e meu voto e da minha família será seu.

  37. Bolsonaro tem todo o direito de adotar uma posição de direita. Vivemos, no Brasil, em uma democracia. Dilma, o Apedeuta e o resto vivem por aí defendendo o regime comunista de Cuba, Vezuela e outros dinossauros da esquerda e poucos se dão conta do que isso contraria os interesses do Brasil. No mínimo Bolsonaro é um mal necessário. De mais a mais, muitas de suas idéias políticas servem aos interesses nacionais. Muitos que, hoje, o combatem se empanturraram nos banquetes da Ditadura Militar, e, agora, descaradamente, apresentam-se como democratas. Quer um exemplo? – Dou dois: Sarney e Maluf.

  38. Eu acho que o Sr. Jair Bolsonaro, nas suas falas pelo Brasil a fora e muita sincera e demonstra pleno equilíbrio da sua faculdade mental para ser presidente do Brasil! Se ele tirar os petralhas do poder, já vai ser um grande favor para o nosso pais. Essa cambada que tá no poder só quer dividir o povo brasileiro a qualquer custo, para poder dominar com as suas ideologias para privar a nossa liberdade. A intenção desta corja de comunistas vagabundos, e se perpetuar no poder! Já não basta, de tanta roubalheiras, agora ficam os pseudo-intelectualoide de plantão escrevendo mentiras contra o Sr. Jair Bolsonaro para criar imagens negativa para a opinião publica!
    Temos que colocar um governante Honesto e acima de tudo um patriota no planalto e remover esse bando de lesa pátria, e manda-los para Cuba,Venezuela ou para o Astral Inferior Junto do Capeta!!!

  39. Vejo que para você o importante é que o Bolsonaro tenha inteligencia para se desviar de estratégias políticas. (Sua opinião) A minha é de que ele nem entre em guerras políticas, apenas decida as coisas de forma correta visando o melhor para a população, porque o país precisa disso, de pulso firme, todos que entram e tentam jogar o jogo acabam se labuzando, o melhor é nem entrar no jogo, Porque o jogo só serve para beneficiar os próprios políticos.

Deixe uma resposta