8 fraudes em um único parágrafo: No caso da mulher inocente espancada e morta no Guarujá, mais uma instância do discurso psicopático da extrema-esquerda

72
128

Picture-11

Muitos radicais de extrema-esquerda, quando postam nas redes sociais, tem uma meta clara: mentir como o mais frio dos psicopatas. O nível de perfídia de suas mentiras e o grau de sordidez em sua dissimulação tende a ser visto como uma espécie de troféu por aqueles que estão ao seu lado. Esse é o fruto da moral psicopática, o sistema moral de pessoas que tomam a mentira como método.

Uma evidência do nível de falsidade desta gente está em uma página de apoio ao PT no Facebook chamada Política no Face II. Em sua tradicional campanha de ódio e calúnia contra Rachel Sheherazade, agora eles resolveram acusá-la pelo crime cometido contra uma mulher inocente, que foi espancada e morta no Guarujá. Aliás, uma das notícias mais revoltantes dos últimos dias.

Leia com um Engov à mão:

Mais uma inocente morre pela prática de justiçamento (1). Uma mulher foi acusada por engano de agredir crianças, através de uma postagem com uma foto sua na página Guarujá Alerta (http://goo.gl/SlzU1P). Após isso, foi atacada por justiceiros (2), amarrada a um poste (3) e brutalmente agredida até a morte, sem direito a defesa. Populares filmaram as agressões que estão no link da postagem. Linchamentos e justiceiros cresceram (4) após a jornazista (5) Rachel Sherazade defender a prática criminosa e ilegal numa TV (6), uma concessão pública (7). Fica a pergunta, e se fosse você o(a) confundido(a) e injustamente acusado(a) de um crime, amarrado(a) ao poste, o que diria para a Barbie Reacionária? (8)

Hora de isolarmos as fraudes intelectuais:

  1. Uso inadequado de termos (justiçamento). Aliás, a figura não foi capaz de perceber que até a distorção o complica, pois o justiçamento era um termo dado à condenação de morte feito por um tribunal revolucionário. Era uma prática de comunistas. Mas não se aplica ao caso, pois não existiu tribunal e nenhum tipo de formalidade. Foi uma ação de turba e só.
  2. Uso inadequado de termos (justiceiros). Também não foi uma ação de justiceiros. Segundo a Polícia, a ação foi tomada por vizinhos. Não existem justiceiros burros a ponto de praticarem ações de execução próximos de suas residências. O petista tentou o truque aqui para tentar confundir o leitor, pois no caso do bandidinho do poste tínhamos de fato justiceiros que agiam de forma organizada e com o apoio de boa parte da população (o que jamais vai existir no caso da morte da mulher do Guarujá). Os casos são completamente diferentes.
  3. Truque emocional ao usar a ênfase na expressão “amarrada ao poste”. O detalhe é que no famoso caso do bandidinho do poste, falávamos de um criminoso confesso (que foi preso de novo semanas depois). No caso do Guarujá, a mulher era inocente… A fraude é clara.
  4. Alegação sem evidências. Segundo o petista, “linchamentos” cresceram após o discurso de Rachel sobre o bandidinho do poste. Mas não apresentaram nenhuma evidência para isso. Na verdade, mesmo que os linchamentos crescessem, ainda não haveria prova de que o crescimento estaria associado ao discurso de Rachel. Muito provavelmente, tal crescimento hipotético estaria associado às provocações lançadas pela extrema-esquerda contra a população após o caso de Rachel Sheherazade. Mas, enfim, não há evidências de aumento de crimes. Mas, se tiver, podemos atribuir a responsabilidade à extrema-esquerda.
  5. “Jornazista”? Apelo de baixíssimo nível. Aliás, Rachel não pode ser nazista, por defender livre mercado. Ao contrário dos petistas…
  6. Denunciação caluniosa. Está mais do que evidente que Rachel não praticou nenhuma incitação ao crime ao compreender os motivos de quem amarrou um marginal confesso a um poste. Mas quando o petista do Política no Face II afirma que ela “defendeu a prática criminosa e ilegal”, abre oportunidade para um baita processo de denunciação caluniosa por parte de Rachel. Se ela quiser, é causa ganha.
  7. Truque de ameaça de censura. Já refutei essa fraude aqui. Ver o item 03, que menciona a fraude “Televisão é concessão pública, portanto o governo pode fazer o que quiser”.
  8. Jogando para a platéia. Por fim, um apelo emocional questionando “Se fosse você o(a) confundido(a) e injustamente acusado(a) de um crime, amarrado(a) ao poste, o que diria para a Barbie Reacionária?”. Eu já sei a resposta no caso do sujeito ser um petista e estiver disposto a mentir feito um psicopata:  com certeza a chamará de “culpada”. E, é claro, só merece ser respondido com um processo no meio das fuças.

A tese da moral psicopática descreve o mais básico fundamento “moral” da esquerda. Por esta base moral, o esquerdista se sente justificado (e incentivado) a mentir em quantidade colossal, desde que ele entenda que sua causa justifica a mentira. É por causa deste sistema moral que eles se tornaram campões em suporte a genocídios pelo mundo. Detalhe: a moral psicopática não diz que todos os esquerdistas são psicopatas. Alguns podem ser histéricos ou mesmo terem editado informações em sua mente por diversos motivos. Mas como o discurso que estes últimos usam é emulado a partir de discursos criados por líderes nitidamente psicopatas, debater com um deles é como se debater com psicopatas.

Alias, pessoas normais estão revoltadas com o que ocorreu com a dona de casa vítima desse crime brutal e intolerável. Psicopatas, ao contrário, tendem a não sentir absolutamente nada, e aproveitam eventos desse tipo para manipular a emoção alheia. Estamos realmente diante de uma monstruosidade que não encontra limites.

O que importa é o seguinte: quando nos preparamos para “debater” com um esquerdista deste tipo com o mesmo nível de preparo que nos preparamos para enfrentar um psicopata, somos mais precavidos. Talvez por isso tenha sido tão fácil achar oito fraudes intelectuais em um único parágrafo. Realmente, estamos diante de um prodígio.

politicanofaceII

Anúncios

72 COMMENTS

  1. A Rachel facilita a vida dos esquerTRALHAS. Deveria processar cada vírgula e ponto injurioso, calunioso e difamatório que esses canalhas produzem contra ela.
    Por que não exigir do Facebobocas a remoção dessa página? Não é o que os socialistopatas fazem o tempo todo?
    A não reação proporcional acaba funcionando como avalização, confirmação, concordância com os canalhas sinistros.
    É por isso que eu afirmo que pessoas como a Rachel podem até ser conservadores, mas não são reacionários.

  2. A fraude foi tão brutal que não só o Luciano fez um artigo homenageando, mas até o Flávio Morgenstern foi dar o ar das graças.
    Grande artigo como sempre, Luciano.

  3. Certíssimo, Luciano! Não tem que argumentar. Tem que processar! O tempo de discutir com esquerdistas acabou. Agora é só processo por calúnia e difamação

  4. Quando não tem argumentos… pode pelo menos criticar o português. Isso fica bem claro na sua pseudoanálise. Caso não saiba o que isso significa, procure na Wikipedia, que deve ser a sua fonte de noticias…

  5. Marido de mulher assassinada por “justiceiros” diz que vai processar página do Facebook
    Posted: 05 May 2014 03:10 PM PDT
    fabiane maria jesus guarujá assassinada
    Amigos de Fabiane Maria de Jesus estão inconformados com o seu assassinato covarde. Polícia diz que não há indícios de que mulher tenha cometido qualquer crime (Pragmatismo Político)
    O marido da mulher que foi assassinada por dezenas de moradores de Guarujá, no litoral de São Paulo, na tarde deste sábado (4), afirma que sua esposa foi agredida a partir de um boato gerado por uma página em uma rede social. De acordo com o porteiro Jaílson Alves das Neves, sua esposa Fabiane Maria de Jesus, de 33 anos, era inocente. Fabiane foi agredida após ser acusada de sequestrar crianças e praticar magia negra. Ela sofreu traumatismo craniano, foi socorrida e internada no hospital, mas não resistiu aos graves ferimentos e faleceu.
    Jaílson afirma que a página se confundiu ao colocar uma foto de Fabiane em seu perfil e isso motivou as agressões. “Começou com um boato na internet. Eles colocaram uma foto de uma pessoa parecida e todo mundo achou que era ela. Quando ela voltou para o bairro, a cercaram e começaram as agressões”, explica.
    Leia também: Jovem negro é espancado e apedrejado até a morte
    Sobre os agressores, Jaílson espera que a polícia identifique os criminosos por meio dos vários vídeos que foram gravados. “Quero que a Justiça seja feita. Cabe a polícia investigar. Eu não vi ninguém que eu conheço batendo nela. Vamos esperar as investigações e, acredito, os culpados serão punidos”, comenta.
    Após as agressões, várias pessoas se revoltaram pelas redes sociais afirmando que Fabiane é portadora de transtorno bipolar e que jamais fez mal a crianças. Jaílson confirmou o tratamento e afirma que a esposa nunca foi agressiva.
    O caso também gerou revolta por parte dos amigos de Fabiane. Uma das vizinhas da vítima, que preferiu não se identificar, diz que nunca viu nenhum comportamento agressivo por parte da agredida. “Nunca vi ela agressiva com ninguém, nem com as próprias filhas. As pessoas acreditam em tudo e acaba acontecendo uma tragédia. Eu não estava lá no momento do espancamento, mas se estivesse, defenderia ela imediatamente”, diz.
    Advogado culpa página pela morte de Fabiane

    O advogado da vítima, Airton Cinto, diz que Fabiane estava andando na rua quando começou a ser agredida. Algumas pessoas teriam visto, na página Guarujá Alerta, hospedada no Facebook, o retrato falado de uma mulher que estaria sequestrando crianças em Guarujá e pensaram que se tratava de Fabiane. “Ela foi espancada porque acharam que ela era uma pessoa de uma foto. Amarraram ela, arrastaram ela, levaram até o Morrinhos 4 e espancaram ela violentamente. Deixaram ela no mangue. A Polícia Militar preservou o corpo achando que ela estava morta”, afirma. Segundo ele, Fabiane não teve tempo de se defender das acusações e agressões.
    O advogado comenta que o autor da página na internet ainda não foi identificado, mas entende que o site foi responsável pelo crime. “Ele divulgou que tinha uma mulher que supostamente sequestrava crianças e criou uma comoção do bairro. Nós vamos responsabilizar o site por isso. Vamos pedir a quebra do IP. Vou solicitar a prisão temporária dele e de todos que foram identificados nos vídeos”, garante o advogado.
    com informações de G1
    O post Marido de mulher assassinada por “justiceiros” diz que vai processar página do Facebook apareceu primeiro em Pragmatismo Político.

  6. O bandidinho do poste estava tão, mas tão machucado, que fugiu do hospital na mesma noite para seguir roubando. Esses caras são mesmo uns canalhas!

    • As pessoas só estão se esquecendo de botar a culpa nos verdadeiros culpados. Isto só aconteceu porque o povo não confia mais na justiça. A polícia prende e a justiça solta. Os marginais que fazem leis e jurisprudências para proteger bandidos é que são os responsáveis por uma cena como esta. O povo faz justiça com as próprias mãos porque o Estado Comunista abriu mão do dever de proteger o povo. Não se tem mais polícia nas ruas, a polícia está falida. A política do governo é enviar viatura para a área em que a taxa de crime aumenta e deixar as outras sem policiamento. Com isto o bandido muda de área, vai para onde a polícia não está e a população nunca está verdadeiramente protegida. Quando por acaso prende um bandido a justiça solta. O resultado é este: Justiça pelas próprias mãos. A culpa é do mau governo que temos.

      • Boby, não confunda assim.. Quem solta não é a justiça, são as leis mal feitas que existem no Brasil. Os juizes(justiça) estão obrigados a seguir a lei, é um tal de estatuto da infancia e adolescência, lei disso lei daquilo, que infelizmente acabam protegendo essa corja de ladrões e assassinos que se escondem atrás da menoridade penal.

  7. 00:10

    Luciano,

    em outros comentários já trouxe um dos possiveis ideológos verdadeiros do socialismo na America Latina, o André Martin(mais um texto dele: http://conhecimentopratico.uol.com.br/geografia/mapas-demografia/25/artigo133508-2.asp), ao invés de Marilena Chauí’s e Ghiraldelli’s da vida.

    Encontrei um que parece ser o principal ideólogo do chamado ‘socialismo do século 21’, ele é o Hein Dieterich(http://en.wikipedia.org/wiki/Heinz_Dieterich), alemão que estudou em Bremen e Frankfurt e é considerado um dos pais fundadores do ‘socialismo do século 21’ e derivados(Ex: bolivarianismo). Ele é um dos fundadores também da chamada nova Escola de sociologia de Bremen.Criou o site rebellion.org(http://www.rebelion.org/)

    O texto a seguir é um resumo muito breve em inglês de suas idéias:
    http://www.wrpe.org/WAPE/WAPE%20papers%202009/DIETERICH.pdf

    O texto a seguir é mais longo e explica as principais idéias em espanhol:
    http://www.rebelion.org/docs/121968.pdf

  8. E o Boechat embarcou na mesma onda, sem falar nomes:

    http://www.youtube.com/watch?v=gTOaznW4EcE

    PS: Luciano, já te falei para dar uma olhada também nos narcisistas que fazem parte do marxismo-humanismo-neoateísmo. Vejo muitas das características descritas nos portadores desse tipo de transtorno de personalidade que se encaixam perfeitamente no comportamento de muitos esquerdistas caviar (ainda que também possam existir narcisistas no lado dos que combatem o marxismo-humanismo-neoateísmo). E também cai naquele lance de que podemos ter narcisistas que são histéricos, mas também há os que não são histéricos e são marxistas-humanistas-neoateístas e, como tal, capazes de fazer coisas absurdas, que não chegam aos pés daquelas feitas por psicopatas mas também são bem danosas (mas são constante fonte de abastecimento de seu suprimento de narcisismo).

  9. O ponto 4 aborda a fraude mais nojenta. O que nenhum esquerdista vai te falar, é que a mesma onda de “justiceiros”, também vem ocorrendo na Argentina (onde é governado pela esquerda e possui “democratização da mídia”). O seu texto foi certeiro, esse tipo de gente tem que ser combatido pela perspectiva psicopatológica e não pelo debate formal.

    Transformaram uma pessoa sozinha, em um bode expiatório de todos os males que eles mesmos ajudaram a causar no país. Os ideólogos da esquerda tupiniquim conseguiram o Emmanuel Goldstein que tanto sonhavam.

    http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/04/onda-de-linchamentos-preocupa-governo-na-argentina.html

    http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/04/140402_argentina_linchamentos_fn.shtml

    http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2014-04-03/onda-de-linchamentos-preocupa-governo-na-argentina.html

  10. Yuri deve ter tido violentos orgasmos espasmicos depois dessa noticia, e depois teve mais outros depois de saber que a lichada carregava uma bíblia.
    Esse é o momento em que a esquerda mostra a cara e diz a que veio, pouco importa a vítima para eles o importante é o quanto eles podem mentir usando a mesma como argumento.

  11. Luciano, eu acrescentaria mais uma fraude: comparar crime motivado por boatos e crime motivado por flagrante delito. O caso do rapaz do poste é incomparável ao caso da mulher linchada.

  12. Ainda há uma fraude implícita nessa história de culpar a Sheherazade pelos linchamentos, típica de mentalidades totalitárias(e esquerdistas), que é culpar quem fala dos problemas que deveriam se resolvidos ou amenizados pelo Estado, ao invés de culpar os governantes. O problema é falar do problema e da responsabilidade dos governantes, e não a falta de ação dos governantes.

  13. Já era de se imaginar todo esse estardalhaço em volta do caso, como de praxe, a mídia sempre faz sensacionalismo a fim de desviar o foco de temas políticos. Por não vemos na mídia acerca da dívida pública, do sucateamento de nossas polícias, da política de assistencialismo do governo etc?
    Mas esse caso é peculiar, pois bate de frente às opiniões da direita. Não era de se imaginar algo diferente, haja vista que, a esquerda é mestre em deturpar fatos e palavras para validar algum de seus discursos esquizofrênicos.
    O que me deixa boquiaberta é a condição de acusarem uma jornalista, por dar sua opinião, de ter induzido o acontecimento do ocorrido. Isso beira o absurdo! Quanta incoerência da esquerda. Se for assim, teremos que “linkar” a epidemia de HIV à homossexualidade, a depravação moral a Gramsci, a destruição da família à mídia etc.
    Por que não usam a lógica real do fato? Poderiam citar que, o bando que espancou a vítima, perfaz um grupo de sem educação, ignorantes e inescrupulosos que, provavelmente, muitos devem ser eleitores do PT e beneficiários do Bolsa Esmola! Se utilizarmos a “lógica” da esquerda, teríamos que relacionar vários elementos do caso à política esquerdista do governo.
    A esquerda, como sempre, não surpreende, apenas corrobora o que já sabemos.

  14. A página soltou o seguinte texto:

    A página Guaruja Alerta (http://goo.gl/SlzU1P) é igual a dezenas de outras que existem no Facebook. Parecidas com a TV Revolta, a falsa da Polícia Federal e páginas afins, que alternam mentiras, denúncias falsas, acusações bombásticas com imagens bonitinhas de cachorros e gatos perdidos precisando desesperadamente da sua ajuda.

    Talvez com a força de alguma postagem, você até já tenha compartilhado, levado por uma súbita indignação com a “notícia” dada. Você clica consternado, enquanto morde o lábio inferior e balança a cabeça em sincera reprovação. O seu sentimento é de asco, até de sujeira, você sente que precisa clicar, compartilhar, descarregar esse ódio insurgente.

    Pois Fabiane Maria de Jesus, de 33 anos, dona de casa e mãe de duas filhas, foi assassinada por causa de gente que compartilhou o ódio. Gente, até pela aparência óbvia da solução simplista, que assina embaixo da tese da justiça com as próprias mãos – na verdade uma falseta para descarregar a própria violência represada. Gente que acha linchamentos “até justificáveis”.

    Agora imagine se ao invés de compartilhar, você fosse o compartilhado. A sua imagem equivocadamente replicada. A fama indesejada sendo esparramada por centenas de telas enquanto você relaxa no cinema, passeia numa praça bonita que descobriu outro dia ou simplesmente olha com desaprovação as manchetes dos jornais numa banca de revistas à média distância. E ao chegar perto de sua casa ser reconhecido, apontado e atacado por gente com aquela implacável “sede de justiça”. Gente alimentada por aquele programa policial que faz sucesso na sua cidade e que você também muitas vezes prestigia. “Olha ele!”

    Imagine o ruído que provoca o deslocamento do vento no primeiro tapa que você recebe, a paulada inaugural, o tombo, o gosto de sangue na boca, o chute na virilha, a areia da rua cortando suavemente a sua língua.

    Nessa hora, se conseguir, lembre que você ajudou a criar o clima para isso. Que aquela raiva desmedida que você de forma tão inocente descarregou outro dia pode se voltar para qualquer um de nós.

    Até pra você.

  15. Gostaria de saber que tipo de punição foi (se foi) aplicada aos agressores. Afinal, uma vida foi ceifada. Um ser humano foi brutalmente agredido até a morte. Em nenhum lugar se fez referência ao crime e seus autores. Debito o ato do linchamento a total falta de confiança que se tem na polícia e justiça. Se estas fossem eficientes, bastaria a denúncia e o poder público faria a sua parte mas isso é minha opinião. Aguardo resposta

  16. A ESQUERDA é jogo sujo, todo mundo sabe disso. A direita tem que deixar de ser burra e atacar a esquerda com as mesmas armas. Nunca vi darem tantas oportunidades: ódio da classe média, bandido vítima social, roubo justificável, etc., tem uma cardápio completo, Cadê a direita pra mostrar a verdadeira face desses totalitários assassinos da esquerda ?

  17. Olha, a quantidade de idiotas úteis que vi dizendo que o número de linchamentos aumentou por causa da opinião da Rachel Sheherazarde sobre o menor do poste, foi imensa. Triste de se ver.

  18. Boa reportagem. Precisamos de total liberdade de expressão, bom senso e livres mercados pois o restante se ajusta. Quem discordar é pq é vagabundo que pensa no que o governo pode fazer por ele ao inves de pensar no que ele pode fazer pra gerar empregos e girar a economia.

  19. Linchamentos sempre existiram. Muitos antes de qualquer comentário da jornalista, os criminosos que provocavam comoção na sociedade iam para isolamento na própria cadeia.
    Além disso, o caso da mulher assassinada é muito diferente do pivete amarrado no poste, não apenas por ela ser inocente, mas porque ela foi ASSASSINADA, e ele não foi (e não foi porque aqueles que o amarraram não quiseram). Sei que isso deixa qualquer comentarista sentimental horrorizado, mas criminalmente são coisas distintas, além dos resultados terem sido distintos. Quem compara as duas coisas são os psicopatas que querem se aproveitar dessa desgraça para atacar inimigos e os seus idiotas úteis repetidores.
    Esse crime horrendo precisa ser acompanhado. Se ela foi morta por vizinhos é provável que a situação já tenha sido premeditada (não pela turba alucinada, mas por alguém). Até porque – sem querer subestimar a imbecilidade humana – é quase inacreditável que um retrato falado gere isso sem alguma maquinação. Enfim, espero que tudo venha a tona, que a justiça seja feita e que a verdade seja devidamente divulgada.

  20. Luciano,
    existe esse site aqui : http://www.18razoes.org.br/ referente ao assunto de redução da maioridade penal, e o site é contra.
    tem alguma matéria aqui no seu site que refute as ”razões” ou se possível, me indicar alguns textos que apoiam a redução etc.
    Alguma luz? rsrsrs

  21. Não vejo psicopatia ou qualquer outra alteração psíquica no indivíduo que escreveu essa besteira; o que vejo é um mau-caratismo imenso e uma ação orquestrada por uma pessoa que provavelmente participou do CAMPING DIGITAL do PT que ocorreu na páscoa ao custo de 400 mil reais para treinar MAVs nos ditames da guerrilha virtual e com financiamento na casa dos 10 milhões de reais para atuação de grupos virtuais para atuar na rede implantando informações falsas e virais de todo tipo; mas uma coisa me preocupa muito: o conteúdo desse texto é altamente direto e facilmente absorvido por desavisados, culturalmente fracos e pessoas de pouca instrução, resumindo por 90% da população do Brasil; quem tem capacidade de discutir e refutar as fraudes desse texto?? os poucos que entendem do assunto; por essas e outras que eu tiro o chapéu pra esses vermelhos, eles sabem como disseminar suas metástases com enorme eficiência, mas também nadando em dinheiro que financia seus exércitos virtuais; talvez o que falte na direita seja algum tipo de financiamento para divulgar as idéias direitistas, pois se isso não ocorrer teremos que esperar muitos e muitos anos até, quem sabe, a massa ter algum grau de estudo e consciência política que a permita diferenciar joio do trigo.

    • A tese da moral psicopática não prevê que todos seus adeptos sejam psicopatas. A tese prevê que, por causa da histeria e de outras falhas de caráter, tenhamos uma multidão se comportando feito psicopatas.

      Se o texto é altamente direto, TEXTOS DE ATAQUE devem ser altamente diretos também.

      Está na mão de todos nós retaliarmos com conteúdo com esse mesmo nível de assertividade, mas falando a verdade em todos os pontos onde eles mentem.

  22. Luciano, você achou que o Paulo Nogueira estava quietinho demais? Pois bem, eis que ele volta com mais uma daquelas, acusando de filhotes do Reinaldo Azevedo e da Rachel Sheherazade aqueles que deixam comentários desejando a morte do Genoino. E, como não poderia deixar de ser, ele usa o velho expediente de dizer que se alguém não é marxista-humanista-neoateísta, só pode ser nazifascista e, portanto, racista, homofóbico e outras coisas.

    • Esse texto é típico de um hominho, mesmo. O Paulo Nogueira afirma que os comentários virulentos no G1 são de gente que gosta de Reinaldo Azevedo e… nada de mostrar uma mísera evidência, pálida que seja, um print, nada. O pior é que ele gosta de dizer que o Reinaldo tem fixação por ele e não pára de mencionar Reinaldo para lá e para cá, como o exemplo de mau jornalismo que ele próprio faz e não percebe, ou finge não perceber. Talvez o Reinaldo só não processe por que o sujeito é muito coitado, mas creio que o cidadão tem razão. Ele merece.

    • Esse site Diário do Centro do Mundo é de uma podridão que faria até hippies-paz-e-amor vomitarem e muito. Além do que é um site censurador: censuram comentários que não condizem com vossa ideologia petista. Não duvido que hajam criminosos lá, gente envolvida com coisa pesada mesmo. Paulo Nogueira deve ter envolvimento até o rabo com o crime.

  23. Muito bom Luciano, só uma ressalva: o crime cometido na fraude 6 não é denunciação caluniosa, e sim calúnia. A calúnia é um crime contra a honra da vítima, ferida pela imputação de um crime de que o autor sabe a vítima ser inocente; a denunciação, contra a Administração da Justiça, forçada a gastar tempo e recursos na investigação e perseguição de um inocente. Se o autor do post tivesse ido a uma delegacia noticiar que a Rachel cometera incitação ao crime, seria denunciação caluniosa sem dúvida. Não é esse o caso. A intenção do autor é simplesmente manchar a reputação da Rachel imputando-lhe um crime que ela não cometeu. Logo, o crime em questão é a calúnia.
    http://jus.com.br/artigos/8520/a-diferenca-entre-calunia-e-denunciacao-caluniosa
    Abraços!

  24. Sobre ‘Diário do Centro do Mundo’, ‘Pragmatismo Político’ e ‘Brasil 171’ eu já disse e volto a dizer: enquanto estiver aberta a torneira do patrocínio estatal os blogs e sites sujos vão continuar aprontando. Se tivesse algum macho na oposição, já teria pedido uma CPI da SECOM há muito tempo. Só assim para esses safados pararem de denegrir e difamar

      • eu deixei alguns comentários na página dele. o pior é que esse aí é daqueles “punk-estrema-esquerda” do tipo que escreve “companheirXs” anulando o masculino das palavras. é um garotinho de apartamento, o máximo que ele deve fazer é pedir carona pra mamãe pra parasitar em passeatas feministas ou “vermelhas”.

  25. “Estamos realmente de uma monstruosidade que não encontra limites.” Só pra conferir, sou eu que não entendo essa frase ou tá faltando algo aí?

  26. Luciano e demais que acompanham aqui, acho que estamos deixando muito barato a coisa. Vamos denunciar essa página Política no Face II, massivamente, exaustivamente. Pode ser que como no caso da página Ruth Sheherazade nada seja feito, mas temos que sair desse armário, temos que seguir o exemplo do autor desse blog que fala as coisas, que dá a cara a tapa, sermos menos bundões, menos medrosos, ter menos medo de perder “amigos” que estão contaminados pela propaganda esquerdista.
    Rachel deveria denunciar. Mas creio que ela não perde tempo com gente suja e imunda como os petistas dessa página que estão difamando-a.

  27. Cheguei meio sem querer aqui e talvez eu seja achincalhado, mas enfim, vamos lá.

    Não sou Petista, nunca votei no PT, e jamais irei votar, mas admito que tenho uma certa queda pelo socialismo, mas não como forma econômica e política, mas sim como parte social.

    Mas enfim, isso não vem bem ao caso.

    Sobre o texto do Luciano – aliás, um rapaz deveras inteligente e ao qual não tenho capacidade de discutir alguns assuntos – discordo de alguns pontos.

    Não sou maluco de achar que a culpa do crescimento dos linchamentos – sim, estão crescendo – seja da Rachel.

    Mas também acho que uma pessoa conceituada e influenciadora como ela, precisa tomar cuidado com as palavras.

    Principalmente e justamente porque os alienados que cometem tais atos, não possuem condições de analisar nada.

    Simplesmente, baseado na porra de um boato, decidem fazer justiça com as próprias mãos.

    Tudo isso me lembra As Bruxas de Salém, e se amanhã algum vagabundo postar seu retrato no Facebook de que “este individuo é um matador de crianças”, estará correndo riscos, com certeza.

    A culpa é da Rachel? Não.
    Mas ela pode influenciar a massa anencéfala? Sim, com certeza!

    O que fazer?

    Honestamente, a curto prazo não sei, pois de fato a população está de saco cheio, temos inúmeros problemas sociais, educacionais, legislativos, políticos que acabam minando a paciência da massa, mas vocês, formadores de opinião e com um nível intelectual muito acima da média, precisam medir as palavras quando se direcionarem à massa.

    Enfim, não me levem a mal, e peço desculpas pela “invasão” e minha humilde e leiga opinião.

    • Não sou Petista, nunca votei no PT, e jamais irei votar, mas admito que tenho uma certa queda pelo socialismo, mas não como forma econômica e política, mas sim como parte social.
      Por isso, a proposta do neo-esquerdismo: http://lucianoayan.com/2013/04/30/glossario-neo-esquerdismo/
      Mas também acho que uma pessoa conceituada e influenciadora como ela, precisa tomar cuidado com as palavras.
      Eu vejo de outra forma. A não ser que você esteja cometendo um crime grave ou uma incitação direta ao crime, não vejo por que precisamos tomar cuidado com as palavras. Se alguém influenciador falar uma besteira, que seja rebatido por um oponente tão influenciador quanto.
      Simplesmente, baseado na porra de um boato, decidem fazer justiça com as próprias mãos. Tudo isso me lembra As Bruxas de Salém, e se amanhã algum vagabundo postar seu retrato no Facebook de que “este individuo é um matador de crianças”, estará correndo riscos, com certeza. A culpa é da Rachel? Não. Mas ela pode influenciar a massa anencéfala? Sim, com certeza!
      1. Qualquer pessoa pode influenciar a massa anencéfala
      2. Se ela não influenciou o caso da agressão ao Guarujá, associar este caso à ela chega a ser um crime moral
      O que podemos analisar aqui é que Rachel por enquanto não precisa tomar mais cuidado com as palavras dela do que já tem tomado.
      Honestamente, a curto prazo não sei, pois de fato a população está de saco cheio, temos inúmeros problemas sociais, educacionais, legislativos, políticos que acabam minando a paciência da massa, mas vocês, formadores de opinião e com um nível intelectual muito acima da média, precisam medir as palavras quando se direcionarem à massa. Enfim, não me levem a mal, e peço desculpas pela “invasão” e minha humilde e leiga opinião.
      Sim, mas qual o critério para dizer quem está “medindo ou não as palavras”?
      É por isso que, com exceção de prática de crimes materiais ou incitação direta a eles (e até calúnias que prejudiquem pessoas), não há nada que desabone a Rachel ou qualquer pessoa com relação à prática de linchamentos.

      • Só falta agora voltar aquelas discussões mortas sobre filmes de violência poderem ou não induzir violência, isso já se mostrou irreal; essas pessoas que cometeram esse crime são “animais” em bando dominados pela sensação de impunidade, ódio desmedido e puro reflexo de uma sociedade animalizada criada e mantida nesse status quo pelo regime esquerdista que domina esse país a anos, duvido que algum desses agressores tenha assistido a falação da Rachel, a grande massa só assiste novelas e jornais globais alienantes, abortistas, gayzistas, ateístas e manipulatórios.

    • Como o Luciano disse em resposta ao comentário, qualquer pessoa pode influenciar a massa anencéfala.
      Seu acerto é chamá-los de anencéfalos, pois precisa ser muito anencéfalo para não compreender o que Rachel Sheherazade disse: ela defendeu o direito do cidadão de PRENDER um bandido pego em flagrante e entregá-lo a polícia. PRENDER. Disse que é compreensível tal ação (que, inclusive, é garantida por lei).
      Se formos então dizer que ela está errada, qual a alternativa certa a se fazer quando se pega um bandido cometendo um crime? Ficar olhando? Chamar a polícia e só ficar olhando, deixando que o marginal fuja ou te roube ou te dê um tiro? Rachel foi muito clara: o cidadão precisa SE DEFENDER.

      Agora, sugerir que essa massa anencéfala que não consegue entender o que ela quis dizer é a mesma “massa” que cometeu esse crime pavoroso no Guarujá, há muita distância.

      • Cauê, isso que vc falou já é uma realidade, hoje em dia nem a polícia vai poder prender ninguém, já está sendo aprovada a lei que vai extinguir o auto de resistência, dessa forma a polícia não poderá fazer nada contra o malfeitor que se recusar a ser preso, qualquer morte nessa situação será homicídio doloso( já que hoje em dia todo homicídio virou doloso, rasgando a doutrina) e qualquer lesão física será lesão corporal, abuso de autoridade e provável demissão; é o desejo de criação do caos em um império do crime em todas as dimensões imagináveis.

  28. A capacidade da esquerda em distorcer as palavras de seu significado original é impressionante!

    Um dos argumentos utilizados pelos esquerdistas para acusar a Rachel é: “ele diz que é compreensível [que pessoas tenham atacado o marginal do poste], logo ela apoia”.

    Santo Deus, quer dizer que se uma pessoa chegar e falar a um amigo que está numa situação ruim algo como: “eu compreendo sua situação ruim nesse momento cara e torso que você saia dessa“, a pessoa está desejando que seu amigo fique numa situação ruim?

    Será que eles precisam de um dicionário para saberem a diferença entre apoiar compreender?

    Quando o Sakamoto e muitos esquerdistas aparecem com seus artigos “compreendendo” marginais adolescentes e bandidos em geral ou quando Boechat defendeu o vandalismo, ninguém da direita os acusou até porque isso não faz parte da direita e dos cristãos que é acusar falso testemunho contra o próximo, além disso ser anticientífico, pois para fazer esse tipo de acusação teríamos que entrevistar cada bandido ou vândalo, saber se eles conhecem o Sakamoto ou Boechat, quais artigos ou reportagens eles viram dos dois, etc.

  29. Luciano Ayan, não demorou para aparecerem “humanistas” como o ateu(des)informa para culpar a Rachel Sheherazade sobre esse caso de linchamento. Tem várias pérolas que renderiam ótimas análises e ainda a desonestidade intelectual do sujeito dá urticária. Ele tenta colar ainda na Rachel Sheherazade o discurso de que ele ela teria autorizado os linchamentos quando, na verdade, ela mencionou que era compreensível se prender o marginal ao poste como forma detê-lo, na ausência da autoridade policial, e não assassiná-lo. Aliás, ela reforçou esse comentário polêmico dela numa nota feita por ela e pelo Joseval Peixoto, a população tem o direito de se defender, ou seja, prender o meliante em flagrante delito, sendo que isso é permitido pela lei:
    http://youtu.be/o2oH-mrhbSQ?t=1m53s

    Vídeo do neoateu desinforma:

    • E cadê os humanistas, para lamentarem essas mortes e “justiçamentos”? Não, pera! Eles só são valentes quando lhes convém. De igual modo, cadê as feministas para protestarem contra o sequestro das moças na África? Cadê as valentonas invadindo mesquistas? Não, pera! Tal qual o vagabundo do Gregório Duvivier, a valentia deles é só contra cristãos.

  30. Luciano, segue uma coisa simples para que se pare de acusar Rachel Sheherazade de incentivadora de justiça com as próprias mãos: uma entrevista do portal da Unisinos datada de 2008 com o sociólogo José de Souza Martins, que há mais de três décadas estuda os linchamentos e já àquela época tinha em mãos 2 mil casos ao longo de 30 anos. Observe-se inclusive que o tal sociólogo, por sua conversa, aparenta ser marxista-humanista-neoateísta, mas o mesmo possui dados suficientes para mostrar que a prática de linchamentos é corriqueira no país, tudo isso em um ano no qual, se perigar, Rachel Sheherazade sequer era conhecida em sua Paraíba natal.

Deixe uma resposta