Os 10 principais estratagemas vistos no comportamento petista na questão dos VTNC merecidos à Dilma

34
145

troglo

Espero, com esse texto, encerrar a série de posts onde comento o comportamento patológico dos petistas no ridículo patrulhamento ideológico que praticaram por que vários torcedores decidiram mandar a presidente tomar naquele lugar, em vários jogos da Copa (não apenas no Itaquerão).

O que pude notar, em todas as interações petistas a respeito do assunto, não é o lançamento de comentários honestos a respeito do tema, mas a execução de uma série de jogos políticos e estratagemas, todos eles desonestíssimos. Dito de outra forma, não há legitimidade alguma no discurso petista contra as vaias à Dilma, mas apenas jogo sujo. É como sempre digo: a linguagem para nós é uma ferramenta, mas para a extrema-esquerda é uma arma.

Hora de vermos, então, quais os jogos e estratagemas do PT para compor seus discursos no caso do VTNC do Itaquerão:

1. SIMULAÇÃO DE GUERRA DE CLASSES

Este é o jogo padrão marxista, que aqui foi jogado em duas configurações: pobres X ricos, brancos X negros. Obviamente, a culpa das vaias foi lançada sobre “a elite branca”. Mas como já vimos aqui, em um show do rapper Falcão, poucos dias atrás (antes do jogo no Itaquerão), um público miscigenado, com muitos pobres e negros na plateia, também disse “Dilma, vai tomar no c…”. Ou seja, a distinção criada pelo PT é mais falsa que menstruação de travesti, além de ser um caso gravíssimo de racismo, onde cabe processo.

2. AUSÊNCIA DELIBERADA DE SENSO DE PROPORÇÕES

Este é um jogo típico, no qual o jogador perde, de forma deliberada, todo e qualquer senso de proporções. Ninguém em sã consciência transformaria um VTNC em uma “abominação”, mas foi exatamente isso o que o PT tentou fazer. Como vimos aqui, Lula chamou o VTNC lançado contra Dilma da “maior vergonha que o país já viveu”. Isso vindo de um ex-presidente que chamou Itamar Franco de “filho da puta” e defende o barbarismo do MST (que chegou a agredir 30 policiais, deixando 8 deles em estado grave). Alias, é um presidente que não se furta em chamar os opositores de cretinos. Nesse caso, Rodrigo Constantino colocou Lula em seu devido lugar. Alias, recomendo muito o texto “A cretinice de Lula”, onde podemos até ver um vídeo onde, a mando de José Dirceu, militantes do PT, não apenas xingaram, como agrediram Mário Covas, que na época estava doente de câncer. Também devemos lembrar que Dilma Rousseff apoiou de forma integral a Marcha das Vadias, que em uma de suas manifestações chegou a até a fazer uma encenação com a inserção de um crucifixo no ânus de um deles, com a intenção de ofender os católicos. Diante disso tudo que o PT promoveu, um simples VTNC é uma “abominação”? É claro que estão com fingimento, pois para eles esse tipo de xingamento é a parte “polida” das conversas. Isso nos leva ao próximo jogo…

3. VITIMISMO ARTIFICIAL

É claro que nenhum petista entende o VTNC como uma “baixaria”. Para eles, como já disse, essa é a parte “polida” das conversas. Basta observarmos o comportamento do MAV na Internet para ver que o padrão se resume a ataques com base em violência psicológica extrema e ameaças de morte. Como eles sabem que um VTNC para eles é “carne de vaca”, precisam se fingir de ofendidos. Até por que uma presidente que financiou uma Marcha que insere crucifixo no ânus apenas para provocar católicos jamais se ofenderia com um VTNC. Lembre-se: essa é a linguagem deles. Eles não possuem limite moral algum, então é natural que eles não encontrem limites quando decidem ofender seus adversários. Por que se ofenderiam com um VTNC? Não, eles não se ofenderam. Estão apenas se fingindo de vítimas.

4. DUPLO PADRÃO

Todo e qualquer discurso deles nessa questão se baseia em duplo padrão. Assim, eles só tomam como ofensas aquilo que é feito pelos adversários. Já tudo que foi praticado por eles é automaticamente certo. Se você acha que isso é sintoma de um “transtorno mental”, pode até estar correto, mas muito mais provavelmente é uma estratégia política: agindo assim, eles sub-comunicam para a plateia que estão acima do bem e do mal. Logo, eles entendem que podem fazer o que quiserem. Eles podem ficar o dia inteiro ameaçando pessoas de morte, usando violência psicológica e todos os palavrões que a mente humana conseguir criar. Se você fizer 1% contra eles (em relação ao que eles fizeram contra você), eles protestarão, alegando serem “vítimas de violência verbal”. É por isso que ao olhar o histórico de ofensas praticadas por Lula e Dilma, não nos deixamos impressionar pelo vitimismo dessa turma em relação aos xingamentos contra Dilma no Itaquerão. Mas se você não é petista (ou aliado) e se deixou impressionar (falando algo como “é, eu sou contra Dilma, mas isso que fizeram no estádio é inadmissível”) então foi vítima deste jogo, junto com o anterior. Caso você tenha se deixado influenciar pois este jogo, pode ter certeza que o petista está rindo na tua cara neste momento.

5. “MACHISMO” POR CONVENIÊNCIA

Na visão da extrema-esquerda (adepta do marxismo cultural), sempre que alguém diferencia um homem de uma mulher na hora do tratamento, está sendo machista. É por isso que eles tratam as gentilezas que fazemos com as mulheres como “machismo”. Se eles acreditam nisso, por que usam o discurso dizendo que “uma senhora não pode ser ofendida assim”? É por que sabem que este discurso mexe com as emoções de algumas pessoa da direita. É claro que eles não acreditam que “uma senhora não pode ser ofendida”. Dilma Rousseff atuou em organizações terroristas nos anos 60-70. Você acha que ela é uma pessoa que vive pelos padrões de uma sociedade tradicional? Claro que não. Ela muito provavelmente ri quando alguém fala que “é errado falar palavrões para uma senhora”. Para ela, isso é “machismo”. Mesmo assim, muitas pessoas de direita se deixaram impressionar por este jogo.

6. RESPEITO À AUTORIDADE FINGIDO

Quem é de direita tem uma maior tendência à valorizar a autoridade formal, incluindo o respeito às leis. Claro que respeito às leis é uma coisa e desrespeito à autoridade formal é outra. O fato é que o PT, assim como no jogo anterior, quer usar essa valor da direita para beneficiar a esquerda, pois eles também não acreditam que devemos respeitar a autoridade. Todas as manifestações que eles sempre defenderam são baseadas em desrespeito extremo à autoridade. Na ótica de partidos como PT, PCdoB e PSOL, policiais e bandidos devem ser tratados no mesmo nível. Se um batalhão policial for proteger uma propriedade de invasão, ele deve dar satisfação aos invasores. É claro que o respeito à autoridade não existe para o PT. Por que eles estão fingindo “resgatar” esse valor? Pois, assim como no jogo anterior, eles sabem que podem enganar algumas das pessoas da direita com isso. Portanto, sempre que algum petista (ou aliado) disser que “não se pode vaiar uma autoridade assim”, chame-o de hipócrita, pois ele não acredita nisso. E a ofensa de Lula contra Itamar Franco, como vimos há pouco, serve como evidência de que “autoridade não pode ser ofendida” é uma expressão totalmente vazia para eles.

7. COLETIVISMOS ARTIFICIAIS (“OFENDEU A DILMA, OFENDEU AO POVO”)

Até que eles usaram pouco este jogo. Mas usaram. Aqui a ideia é dizer que “se ofendeu a Dilma, ofendeu ao povo” ou “se ofendeu a Dilma, ofendeu a todos seus eleitores”. Puro jogo sujo, pois uma coisa é a presidente Dilma Rousseff, outra coisa são seus eleitores. E, alias, muitos deles estão desanimados com ela, o que podemos ver no baixo nível de aprovação atual da presidente. Sendo assim, a tentativa dela se esconder atrás de um coletivismo artificial (“o povo pobre”, “os eleitores de Dilma”) não passa de uma técnica para levantar o moral da tropa da extrema-esquerda. Mas é só enrolation, além de uma canalhice absurda.

8. IMPUTAÇÃO DE ÓDIO NO DISCURSO DIALÉTICO DO OPONENTE

Nenhuma pessoa intelectualmente honesta chamaria um VTNC de discurso de ódio. Alias, a pesquisadora Melisa Mohr disse que “palavrões são perfeitos para manifestações e protestos”. Sabem onde ela disse isso? Na Carta Capital, revista do aparelho petista. Claro que esse tipo de ofensa geralmente explica que alguém está indignado com alguma situação, mas daí chamar essa manifestação de “discurso de ódio”? O fato é que os petistas resolveram chamar não só o VTNC contra Dilma de discurso de ódio, como fazem o mesmo diante de toda e qualquer argumentação desmascarando os jogos e truques petistas. O mais ridículo usuário deste jogo, como não poderia deixar de ser, é José Trajano. Ele disse: “Só foi dizer que o Reinaldo Azevedo é semeador do ódio que ele já fez dois posts me odiando e convocou sua trupe para me xingar nas redes”. Ou seja, você não discute mais com essa gente. Basta apresentar um argumento em contrário que eles começam com o chilique: “É discurso de ódio! É discurso de ódio!”. Mas basta ler os textos de Reinaldo Azevedo sobre Trajano para ver que o primeiro refutou dialeticamente todos os estratagemas do último, inclusive desafiando este para um debate ao vivo. Coisa que Trajano não aceitará, obviamente.

9. XINGAR SEM LIMITES

Para além de reagir chamando de “discurso de ódio” todas as refutações elegantes feitas pela direita, outro truque deles é começar a xingar sem parar. Daí vale tudo, até escrever “Se Deus quiser, seu câncer voltará, Reinaldo”, no blog de Reinaldo Azevedo. Os xingamentos são múltiplos e as ofensas também: racista, homofóbico, fascista, nazista, etc. Alguém há de perguntar: não é essa turma que reclama de um VTNC? Mas lembre-se dos jogos anteriores: ausência deliberada de senso de proporções, vitimismo artificial e duplo padrão. Para eles vale tudo: ameaçar de morte, usar violência psicológica, apoiar genocídios. Por que xingar sem limites não pode? Mas só eles podem fazer isso, pois se você os xingar de volta (principalmente em um estádio), eles dirão que você “é elite branca” e praticou “a maior vergonha que este país já viveu”.

10. SHAMING

Shaming é o truque onde alguém tenta fazer o outro se sentir culpado ou inferiorizado por algum comportamento que tenha praticado. O discurso petista é projetado para fazer qualquer um que tenha concordado com as vaias à Dilma (ou apoiado-as) se sentir culpado. Mas culpado por que? Eu apoio a vaia contra Dilma, pois tudo que ela já apoiou e praticou é fichinha perto de um VTNC. O fato é que quando estamos diante de petistas, principalmente os líderes, estamos diante de pessoas que não tem nenhum padrão moral. Eles comem xingamentos com farinha, pois vivem de praticá-los. Pior: para petistas, ofensas vem junto com ameaças de morte e técnicas de violência psicológica. Assim, quem se sentiu “envergonhado” por algum discurso petista dizendo “que feio isso que vocês fizeram com nossa presidenta [sic]”, apenas foi vítima deste jogo, amparado por vários outros vistos até aqui. Eu não me envergonho de apoiar o VTNC contra Dilma, mas me envergonharia de ser vítima de truques feitos por eles.

Enfim, nos 1o jogos e estratagemas vistos, podemos notar que a dialética a ser usada contra os petistas deve ir para outra esfera: a do desmascaramento de jogos e rotinas, e não mais a discussão do fato em questão. Se os petistas conseguirem transformar o VTNC contra Dilma no assunto principal, é por que você não desmascarou esses jogos em quantidade suficiente, ridicularizando-os por fazer isso. Até por que mesmo que eu use todos os palavrões do mundo para xingar a presidente, jamais eu vou me igualar a gente que apoia ditaduras genocidas, quer implementar o controle de mídia (ou seja, implementar uma ditadura aqui também) e usa técnicas sujas para inviabilizar o debate sobre qualquer questão. Ao nos defrontarmos com os petistas, basta saber que estamos diante de trogloditas incapazes do convívio social.

Anúncios

34 COMMENTS

  1. Achei admirável a precisão e concisão do Olavo em seu enunciado. Falando pouco ele diz tudo.


    Por que estão xingando a Dilma?
    O governo petista habituou a população a desrespeitar TUDO: a Ordem, a Família, a Moral, as Forças Armadas, a Polícia, as Leis, O Próprio DEUS. Se esperava sair ileso e ser aceito como a ÚNICA coisa respeitável no meio do esculacho universal, então é até mais louco do que parece.
    —- Olavo de Carvalho —-

    ———-

    • ATAQUE ABERTO.

      “O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso.”

      — Hannah Arendt (1906-1975) —

      ———-

    • Que silencio ensurdecedor!

      Por que o Apedeuta não processa por calúnia o Dr. Tuma Jr?

      Por que o Apedeuta não desmente as acusações do Dr. Tuma Jr?

      Por que o Apedeuta aceita em silêncio a alcunha de Barba-X9?

      Por que o Apedeuta não esclarece ao povo o caso Rose-Gate?

      Hei Barba-X9 Apedeuta, respondas seu sem vergonha! Cadê Rosemary Noronha?

      ———-

    • “TUDO O QUE ESTÁ OCULTO SERÁ REVELADO.”

      — O Grande Mestre —

      ———-

      O Barba-X9 Apedeuta canalha terá de enfrentar, cedo ou tarde, inexoravelmente, o GRANDE JULGAMENTO da LUZ.

      E quando seu pseudo carisma desvanecer à luz da consciência plena da população, sua blindagem cairá, e os tribunais serão, então, o seu justo palanque da vergonha.

      Getúlio Dornelles Vargas era um grande canalha, e ao se suicidar deixou um bilhete dizendo:
      “Saio da vida para entrar na história.”

      Lula Apedeuta é um pífio canalha, mas uma vez canalha, sempre canalha. O Apedeuta canalha será exposto ao Brasil, e finalmente entrará na história, mas sem sair da vida, pois covarde ele é.

      O Barba-X9 Apedeuta canalha terá de enfrentar, cedo ou tarde, inexoravelmente, o GRANDE JULGAMENTO da LUZ.

      ———-

      “TUDO O QUE ESTÁ OCULTO SERÁ REVELADO.”

      ———-

    • ATENÇÃO!!!

      O PT JÁ INICIOU CAMPANHA DE TERRORISMO AO JORNALISMO INDEPENDENTE.

      A campanha terrorista do PT insufla de modo oblíquo o ataque FÍSICO PESSOAL aos Jornalistas independentes como Reinaldo Azevedo e outros. O modus operandi é mais radical que o método usado contra o Ministro Joaquim Barbosa.

      Denuncia feita por Reinaldo Azevedo. Leiam em seu blog.

      ———-


      AJUDEM A ESPALHAR: CHEFÃO DO PT PEDE ABERTAMENTE A CABEÇA DE JORNALISTAS NA PÁGINA DO PARTIDO. ESTOU NA LISTA. NÃO SEI O QUE FARÃO OS OUTROS. ESTOU ANUNCIANDO AQUI QUE VOU PROCESSAR O SR. ALBERTO CANTALICE POR CALÚNIA E DIFAMAÇÃO. CABE INDAGAR SE CHEFÃO PETISTA NÃO ESTÁ DANDO UMA ORDEM PARA QUE ESSAS PESSOAS SEJAM AGREDIDAS NAS RUAS. É PRECISO CUIDADO! ELE É DO PARTIDO A QUE PERTENCIA CELSO DANIEL!

      http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/ajudem-a-espalhar-chefao-do-pt-pede-abertamente-a-cabeca-de-jornalistas-na-pagina-do-partido-estou-na-lista-nao-sei-o-que-farao-os-outros-estou-anunciando-aqui-que-vou-processar-o-sr-alberto-cant/

      ———-

  2. Republicou isso em Arwen Releiturase comentado:
    Adorei o texto.
    Não acredito no cretinismo não só do nosso governo mas também das mídias.
    È direito do cidadão se manifestar livremente sobre o que acha certo ou errado. Nossa constituição garante o direito de expressão desde que se respeito o limite do outro – bem a questão de limite se torna mais complexa quando uma pessoa se coloca em um cargo politico – prefeito, governador, deputado, senador, presidente – pois neste caso todas as sua ações se tornam sujeitas a avaliação do povo que o colocou no poder, ou seja, seu limite pessoal se torna menor.
    Uma presidente ser vaiada no estádio ou ouvir de uma multidão “vai tomar no cu” não é uma ofensa a pessoa mas ao trabalho. Ao fato de estar investida de um cargo de fé publica (não confundir com religião” para o qual recebeu a confiança do povo através do voto e no período em que esteve investida do cargo fez um péssimo trabalho.
    Então é hipocrisia das mídias – vendidas claro – dizer que foi falta de educação ou de civilidade sendo que a reação foi justamente o oposto. Vaiar a presidenta no estádio foi uma das ações mais coerentes que se poderia esperar de um cidadão insatisfeito.
    Mesmo que o futebol seja o opio do povo, talvez o brasileiro não esteja tão anestesiado como em outros tempos.
    Concordo com o texto do blog quando fala da simulação da guerra de classes, é um discurso desagregado, claro que temos uma minoria tão rica que chega a ser obsceno, mas essa minoria rica é justamente quem está por trás de PT,PMDB etc… fazendo que nosso país não tenham nem direita e nem esquerda só situação e falsa oposição.
    O falso machismo / feminismo do PT é mais um discurso vazio como o discurso do MST que invade terras exige a desapropriação para depois vender na base da grilagem e repetir o processo ad infinito –
    Se queremos mudanças a primeira deveria ser rever todo nosso processo eleitoral. Fala-se muito em dar a resposta nas urnas, sua favor do voto as claras – ou seja vote nulo ou não vote e poste isso no face no dia das eleições. – Vamos comparar o quanto nosso processo eleitoral é sério vendo quantas pessoas afirmam votar nulo e não votaram e quantos as mídias vão informar.

  3. Faltou somente uma parte Ayan. Dilma disse em discurso, logo depois, que as vaias/palavrões não podiam ser ouvidas por crianças e famílias. Mas o que é um VTNC perto de um Kit Gay pra crianças de 6 anos?

  4. Luciano, você vacinou muita gente ingênua com esse texto. Não vão mais cair nesses truques baratos. Eu já não caio a algum tempo porque leio e vejo os vídeos do Olavão.

  5. Apenas como registro, já tivemos um episódio parecido no jornalismo esportivo.

    Em 1997, foi concedido a Milton Neves (Rádio Jovem Pan) direito de resposta por ter sido citado por Roberto Avallone (TV Gazeta). Milton foi até o programa Mesa Redonda e houve discussão calorosa.

    Abaixo o link do programa onde foi exercido o direito de resposta (já esta posicionado na fala do Milton)
    http://www.youtube.com/watch?v=NEX-ehNmAWY#t=300

    .

  6. Parabens , Luciano que texto excelente , muito realista . Concordo com todas as letras . O PT não tem escrúpulo , sempre cede ao lado que é conveniente . Contorcendo valores para sua conveniencia .

  7. O PT e os partidos de esquerda, agem como psicopatas sem freios. Eles sao os piores tipos de gentalha perversa e manipuladora, e é como o professor Olavo de Carvalho sempre nos orienta à fazer: DESMASCARE A SUA MÁ FÉ. Nao trate um bandido que vá estuprar a tua filha com polidez. Você vai levar cafezinho para o estuprador? NAOOO! Trate na mesma proporcionalidade, eles sao terroristas e bandidos.

  8. Luciano, mais sobre o VTNC:

    1) Você leu esta postagem do Facebook do Leandro Narloch em comentário à coluna de Eliane Cantanhêde? Segue o texto do autor dos guias politicamente incorretos:

    Sei que o assunto é tão antigo quanto cigarros de chocolate PAN, e que estamos todos cansados de tanta política no futebol, mas preciso dividir um último comentariozinho sobre as vaias à Dilma. O João Santana, marqueteiro do PT, é um gênio, é o mestre mundial do gerenciamento de imagem, crises e escândalos. Organizou toda a reação às vaias e conseguiu fazer a Dilma se beneficiar do episódio. Dias desses eu pedi aqui sugestões de fatos da política brasileira que lembram a série House of Cards. Pois esse é um exemplo excelente. Fico imaginando como foi a coordenação do João Santana. “Dilma, faz um discurso se fazendo de vítima, compara as vaias à tortura”. “Lula, arranja algum lugar pra discursar e diz que foi coisa da elite.” Vai ver houve até combinações com blogueiros aliados ao governo. Não fosse a cara de abatida da Dilma no Jornal Nacional, o sucesso seria total. Pouco depois do jogo, quem apoiou as vaias já estava na defensiva no Facebook. De repente esquecemos que quase todos os presidentes foram vaiados em estádios, até o Getúlio e os militares, e que a Dilma é o político mais boca-suja da história do Brasil. Quem trabalha em Brasília conhece o bordão “vai tomar no *, Patriota”, que surgiu de tanto a Dilma usar esse xingamento com o ex-ministro Antonio Patriota.
    Há um temor entre os petistas sobre o que vai acontecer com o partido depois do Lula. Pra mim, a questão é outra: o que será do PT sem o João Santana?

    Depois de ler isso, pensei em uma hipótese: a de que os VTNC no primeiro jogo do Brasil na Copa possam ter sido ataque de falsa bandeira, em que foram posicionados multiplicadores em pontos estratégicos do estádio falando o coro que já havíamos ouvido no show d’O Rappa de maneira a se criar um pretexto para que tanto a Dilma falasse em tom mais exaltado como também o Lula aparecesse. Se essa hipótese for correta, seria o gerenciamento de uma crise controladamente criada pelos mesmos que se dizem ofendidos pelo tal brado que também retumbou em Belo Horizonte, Cuiabá e Curitiba, podendo aí significar que pessoas contrárias ao marxismo-humanismo-neoateísmo foram usadas de inocentes úteis para que o marxismo-humanismo-neoateísmo pudesse se promover em um momento no qual se encontra extremamente desmoralizado.
    Se formos por esse prisma, teríamos o tal VTNC em um ambiente propício a que ele fosse dito (aqui usando o que Yuri Bezmenov explica sobre uma nação só ser subversível se estiver disposta a ser subvertida) para logo em seguida um monte de jornalista marxista-humanista-neoateísta, seja ou não do ramo esportivo, falarem contra o ocorrido para depois também haver uma certa solidariedade daqueles que defendem a unhas e dentes o respeito à figura presidencial, mesmo que a ela se oponham e tudo isso criar um clima minimamente adequado para os discursos de Lula e Dilma. Como Dilma não falou mal de ninguém e é o “poste” do Lula, a este ficaram reservados os discursos mais baixaria, que incrivelmente repetem a mesmíssima coisa que repetiram os jornalistas MHNs anteriormente. E nessa, pode ser que tenham criado os próprios pretextos de que acusam a tal “elite branca” e os paulistas (uma vez que interessa ao PT ganhar a eleição para o governo de São Paulo);

    2) Elite branca falando contra Dilma:

    http://www.youtube.com/watch?v=FsdHDQ78AHY

    http://www.youtube.com/watch?v=oAua4QpVcco

    3) Pode ser que Reinaldo Azevedo tenha caído em uma armadilha feita de forma orquestrada após responder ao José Trajano, como se pode ver nesta postagem cheia de tu quoque do Diário do Centro do Mundo;

    4) O pós-VTNC pode piorar muito, pois agora temos gente dizendo que os xingamentos foram uma declaração de guerra classista. Veja o que estão evocando além da luta de classes;

    5) Ainda no pós-VTNC, temos o novo slogan do PT, que é o de “a esperança vai vencer o ódio”, fazendo-me suspeitar ainda mais de que o ocorrido da polêmica possa ter sido provocado pelos mesmos que se dizem ultrajados pelo que ouviram. Observe-se que o slogan foi apresentado quando do lançamento oficial da candidatura de Alexandre Padilha ao governo paulista, que sabemos ser estratégico para o Foro de São Paulo. Também sabemos que pode ser algum triunfalismo que tente erguer a combalida candidatura de Padilha, pois são coisas que ficam parecendo estranhamente sob medida, ainda mais que não vemos um estádio inteiro gritar o coro como vimos acontecer com a plateia do show d’O Rappa;

    6) Enquanto temos o Lula dizendo que haveria ódio da elite contra o povo trabalhador (disfarce para o sentimento de revolta do povo contra o PT), vemos Fernando Henrique respondendo ao que Lula disse;

    7) Observe-se também Joaquim Barbosa sem querer ajudando Dilma Rouseff ao condenar um VTNC que pode ter sido originalmente provocado.

  9. Mandar tomar no c* foi POUCO! Muito pouco para a quantidade de cagadas, falcatruas, inconstitucionalidades, roubalheiras, perseguições, foros de são Paulo, tentativas de censurar a imprensa, revanchismo, decreto 8.237, etc, entre tantas atrocidades cometidas pela nossa “presidenta” e pelo seu antecessor.
    Por mim, ela e o apedeuta deveriam ter o mesmo fim de Mussolini.

  10. Eu acho muito importante refutar inteligentemente as técnicas dos esquerdistas, já que isso nos coloca sem dúvida em um patamar intelectual e lógico muito superior ao deles, mas isso não atrai a massa que pouco entende sobre tudo isso, a massa se compadece facilmente com o vitimismo esquerdista e com o blablabla de direitos humanos usado como fumaça para enganar incautos; o Reinaldo citou uma pesquisa que teria chegado a conclusão de que a maioria das pessoas tem princípios conservadores, partindo dessa premissa(creio ser verdadeira) se verifica que a massa embora seja conservadora está entorpecida por essa hipnose esquerdista, falta a coragem da pessoa se soltar dessas amarras e liberar seu verdadeiro eu mais conservador e direitista, nisso a falação do Danilo Gentili foi bem interessante quando ele falou que as piadas escrachadas fazem as pessoas sentirem que também podem liberar o verbo contra o sistema; dessa maneira além da boa conduta intelectual de refutação das canalhices, devemos também soltar o verbo, escrachar a canalhada, achincalhar, esculhambar, xingar, nunca perder a oportunidade de escrotizar essa gentalha; vejam o exemplo do VTNC, uns começam e logo todos liberam sua vontade profunda de também soltar um sonoro VTNC.

  11. Aconteceu um fato interessante em Búzios-RJ onde aquele humorista que imita a Dilma foi fazer um show e foi expulso por agressores, o interessante é que o site esquerdista IG que veiculou a notícia afirmou que o humorista teria sido agredido por um elemento chamado Robinho que seria o chefe de gabinete do prefeito, verifiquei que esse prefeito é esquerdista com a Coligação: Reage Búzios (PT / PSC / PHS / PC do B), logo é claro que seu chefe de gabinete reza na cartilha do esquerdismo, resumindo o humorista foi expulso a pontapés por um esquerdista pelo provável motivo de estar fazendo piadas sobre a Dilma, isso por si só já mostra a completa incapacidade dos esquerdistas aceitarem críticas ou piadas; mas a canalhice maior é do próprio site que veiculou que o tal chefe de gabinete agressor era um discípulo do Padre Ricardo, vejam que a canalhada age de forma agressiva e autoritária e ainda tenta imputar a agressão a um suposto discípulo de um direitista com o único objetivo de criar a acusação de fundamentalismo religioso ou “fascismo” de direita; que coisa mais ridícula e absurda dizer que um esquerdista é discípulo do Padre Ricardo que é um teórico de direita dos mais renomados. Mas para quem lê essa falácia, de imediato imagina uma espécie de censura religiosa do humorista.
    Vejam o site:
    http://gente.ig.com.br/2014-06-16/humorista-do-agora-e-tarde-e-agredido-em-buzios-por-chefe-de-gabinete.html

  12. Só fazendo uma correção sobre o Padre Ricardo que citei, verifiquei que em Búzios existe um padre Ricardo( não o Padre Paulo Ricardo que é de Cuiabá) mas dá na mesma o fato é que tentam jogar a culpa da agressão a um suposto religioso discípulo de um padre e não a um esquerdista.

  13. Luciano, olhando o item 10, veio-me à cabeça uma dúvida que considero importante: como deixar bem claro para o público leigo a diferença entre um shaming de fato para aquilo que marxistas-humanistas-neoateístas chamam de tal mas que são apenas invenções deles para ganho político (aquelas bobagens de fat shaming ou “gordofobia” e slut shaming, por exemplo)?

  14. Luciano, realmente esta Copa conseguida por um governo marxista-humanista-neoateísta está servindo para… desmoralizar o todo do marxismo-humanismo-neoateísmo. Veja o que os torcedores de Gana fizeram no shopping Midway, em Natal, onde a seleção deles jogou hoje:

    http://www.youtube.com/watch?v=jSJxq9Dw8K8

    Notou a diferença do fuzuê saudável deles para os rolezinhos que os MHNs diziam que impedir a realização seria prova de racismo e preconceito de classe? Gana é um país pobre, com população negra e muito mais problemas que o nosso. Porém, observe como eles deixam claríssimo tanto em abordagem como em interação com o público ao redor que eles estão lá na paz, curtindo a onda deles numa boa e, mesmo que não entendamos lhufas do que estão dizendo, está extremamente claro que não há qualquer intenção de gerar pânico no público em geral, que até gosta do que vê. Claro que haverá MHN tentando comparar isso aos rolezinhos feitos por brasileiros, mas qualquer um vê que é coisa completamente diferente.

  15. Muito bom este artigo, serve não só para esse como também para vários outros casos.

    Luciano, queria uma dica para enfrentar um dos argumentos dos esquerdistas.

    Se dizemos que o comunismo matou milhões, eles dizem que o capitalismo matou mais (via fome, doenças, guerras etc. , causados pela pobreza, que teria sido causada, segundo eles, por causa do colonialismo, de políticas econômicas “neoliberais”, influência das empresas multinacionais ou de países ricos, durante a Revolução Industrial etc.). Como refutar este argumento?

    Algumas das minha ideias de contra-argumentos:
    – para cada pessoa que morreu “por causa” do capitalismo, dez deixaram de morrer devido ao aumento da produtividade agrícola, ou da produtividade econômica em geral (que permitiu um melhor sistema de saúde, p. ex.)
    – estes países não tinham uma estrutura legal/social/política própria de um regime capitalista avançado (falta de direitos de propriedade, burocracia escorchante etc.). Mas aí eles podem falar da revolução industrial (supostamente liberal), ou que tais países possuem leis trabalhistas frouxas, baixos impostos e serviços públicos (estatais) em pouca quantidade.
    – há uma diferença entre “matar de propósito”, via execuções políticas, e uma morte que aconteceu pela ausência de algo (comida ou saúde), porque o país não consegue produzir e/ou distribuir o suficiente, ou como uma consequência não-intencional das ações humanas. Mas aí eles podem querer tirar o “Grande Salto Para a Frente” do Mao da contabilidade, deixando de matar uns 35 milhões de fome (e o Holodomor também)…
    – o capitalismo, ao contrário do comunismo, não é um regime político, mas sim econômico, e pode coexistir com vários regimes políticos (ditaduras ou democracias) – enquanto que o comunismo, por colocar praticamente toda a produção econômica nas garras do Estado, possui menos “graus de liberdade” – levando em conta a natureza humana, i.e., Rousseau estava errado – para se associar a diferentes tipos de governo, pois o excesso de poder estatal (para não falar de toda a violência do processo revolucionário e o próprio plano cretino de criar “uma sociedade sem Estado e classes” a partir de uma “ditadura do proletariado” liderada pela “vanguarda” do partidão) leva quase que deterministicamente a uma ditadura de controle total da sociedade pelo Estado (e que certamente vai perseguir e matar opositores).
    – ao invés de implantar o comunismo, dá para “amenizar” os supostos “excessos” do mercado via políticas sociais-democratas mantendo o capitalismo, a estrutura da sociedade de forma geral etc. sem precisar fazer as merdas do comunismo (esta aceita perder para a centro-esquerda, mas o meu foco é contra os anticapitalistas, não contra os sociais-democratas, mesmo que discorde deles).

    Tens algum artigo já sobre isso? Ou algum outro contra-argumento?

    Obrigado!

  16. Luciano, só para constar, se no jogo anterior no Itaquerão houve VTNC para Dilma, no mais recente (Uruguai 2 X 1 Inglaterra) houve gritos de “Trajano vendido”:

    http://www.youtube.com/watch?v=yjoXsM1uuPs

    O mais engraçado de tudo é a sensibilidade artificial histérica que ele recebe, dizendo que não vai dar para continuar transmitindo da sede paulistana porque há torcedores o perseguindo. O detalhe é que no Itaquerão há uma entrada específica para a imprensa e as cabines de transmissão estão fisicamente separadas da plateia.
    Quem diria que indiretamente Dilma ajudaria a desmoralizar dois figurões do jornalismo esportivo que pressionaram um monte para que se adotasse no Brasil coisas como pontos corridos, Brasileirão com 20 clubes e achatamento de estaduais, que eles diziam que era o caminho para que o futebol brasileiro ganhasse em qualidade mas que na prática estão prejudicando sobremaneira a modalidade por estas terras.

Deixe uma resposta