Feminista funcional mostra que Lyle Rossiter está correto ao tratar o esquerdismo como doença mental

16
155

attentionwhoring

Um post que está no Top 10 deste blog é “O Psiquiatra Lyle Rossiter nos comprova que o esquerdismo é uma doença mental”. E também é um dos posts que mais irrita os esquerdistas. Também pudera, pois a dimensão de quanto essa doutrina afeta o cérebro das pessoas é desnudada de maneira implacável.

Claro que devemos sempre separar os esquerdistas funcionais dos beneficiários. Aqueles do primeiro grupo realmente acreditam no que dizem e possuem fé nas expectativas lançadas pelos líderes esquerdistas. A elite esquerdista, que compõe o segundo grupo (composto de poucas pessoas), sabe que tudo não passa de engabelação para obtenção de poder a partir do estado.

Os grupos que promovem o marxismo cultural são ainda mais extremos no quesito “manipulação de funcionais”, não raro colocando-os em situações ridículas, como ocorre com grande parte das participantes da Marcha das Vadias. Sempre lembrando que as feministas são um dos grupos mais importantes para os marxistas culturais.

No vídeo ao final deste post, veremos o comportamento de uma feminista em um dos protestos ocorridos em São Paulo no movimento “Não vai ter Copa”, que, como sabemos, é realizado pela extrema-esquerda.

Como lembrou o leitor Cidadão, os 3 minutos de vídeo contém elementos divertidíssimos:

  • A maioria dos fotógrafos deixou a moça falando sozinha. Aliás, após 1 minuto e pouco, eles simplesmente saíram dali.
  • Dá para notar a expressão de policiais da Tropa do Choque tentando segurar o riso.
  • Momento terror: ela mostra o suvaco cabelo. E se orgulha disso (!).
  • Ela se achava a última bolacha do pacote. Só que seria preciso beber muito (muito mesmo) para encará-la.

Aliás, o leitor Cidadão também disse que, devido elementos como estes acima, a coisa é mais complexa do que avaliar o esquerdismo (especialmente o da extrema-esquerda) pela ótica de ação de psicopatas.

Discordo. Basta lembrarmos dos líderes feministas, que jamais se submeterão ao mesmo ridículo que essa aí, mas não tem pudores em fazer seus funcionais se exporem dessa forma. É preciso de uma sordidez absoluta para fazer isso com a mente dos funcionais. Enfim, se uma coitada se expôs ao ridículo desta forma (sem obter nenhum retorno por isso, como parece ser o caso), ela só fez por que líderes psicopatas a fizeram agir assim. Logo, esse é mais um evento esquerdista claramente explicado pelo estudo da psicopatia, embora a infeliz do vídeo seja claramente uma vítima histérica destes psicopatas.

Segue o vídeo abaixo:

Anúncios

16 COMMENTS

  1. Luciano, sobre o lance ser mais complexo que o de psicopatas influenciando histéricos e termos de pôr os narcisistas, falo do fato de os narcisistas terem a dependência da sociedade para que ela abasteça seus egos constantemente de “suprimento narcísico”. Eles não são antissociais como os psicopatas, ainda que também possam provocar danos ao tecido social. O tipo de showzinho a ser feito varia conforme o narcisista. Assim sendo, uma líder feminista com quadro de narcisismo não se exporia a esse tipo de ridículo da mulher do vídeo, mas poderia obter o “suprimento” de outra forma, como tentar obter elogios acadêmicos (imaginando-se que seja também cientista social, por exemplo) ou divulgando seus escritos diretamente na internet para ver um séquito de outras feministas a elogiando. No caso, o showzinho narcisista também poderia ser de outra maneira, assumindo a forma de algum arranca-rabo pela internet ou um debate acadêmico qualquer.
    Achei em um site especializado em psicopatas este link falando sobre as diferenças entre os dois quadros. Um resumo importante é o de que um psicopata é narcisista, mas nem todo narcisista é psicopata.

    Logo, creio sim que narcisistas podem ser considerados como o terceiro elemento da conta envolvendo o marxismo-humanismo-neoateísmo justamente por eles terem características que faltam nos psicopatas e nos histéricos e que são úteis para que se consiga o avanço da agenda em questão.

  2. Uma coisa que eu nunca consegui entender( racionalmente, já que patologicamente é fácil de entender) é o porquê das feministas fazerem passeadas com os peitos de fora e colocarem crucifixos dentro do ânus, a liberdade de uma pessoa não é medida por quanta roupa se usa, será que aparecer ao mundo como uma puta a torna mais valiosa à sociedade( o cachê de GP está fora disso); tudo é parte de uma dialética difícil entre a democracia e a liberdade, esses dois princípios são amigos mas precisam andar em harmonia senão surgem aberrações como estas, os Estados Unidos são o único país que ainda consigo ver um relance de harmonia entre esses dois princípios, a democracia é ampla mas a liberdade tem o limite lógico do bom censo, se deixar a coisa correr daqui à pouco esses imbecis vão estar fazendo sexo no meio da rua e nossos filhos vão estar vendo tudo, limites existem e devem ser seguidos, essa permissividade excessiva vai levar o nosso ordenamento jurídico ao arquivo morto e a moral ao fundo do poço, esse papo de deixar a exibicionista fazer o que quiser para não dar a ela a suposta vitória é balela tem que prender e processar com base nas leis vigentes. Essa história de que sempre é melhor a polícia ficar de longe me parece fazer parte de estratégia esquerdista de deixar a coisa correr solta.

  3. “•Momento terror: ela mostra o suvaco cabelo. E se orgulha disso (!).
    •Ela se achava a última bolacha do pacote. Só que seria preciso beber muito (muito mesmo) para encará-la”

    Vão rolar sérias acusações de machismo por causa disso. Hahahahaha!

  4. Nossa!O suvaco dela é mais cabeludo do que o meu.
    Vai ver depilação seja algo machista ou sexista (na cabeça desses tolos tudo é machismo).
    E para completar o ridículo continuam com esse bordão escroto de não vai ter Copa.A Copa praticamente acabando e esses trouxas com essa frase idiota.Excesso de maconha?

  5. Luciano, no mesmo canal do vídeo que deu origem a esta postagem, há esta outra em que vemos marxistas-humanistas-neoateístas sendo inocentes úteis no combate ao marxismo-humanismo-neoateísmo, no protesto de 26 de junho:

    http://www.youtube.com/watch?v=3bUZ82Y8QlM

    O pior é que se ouvirmos o que o tal petista esculachado pelos solidários a Fábio Hideki e Rafael Lusvarghi, veremos que ele diz algumas coisas aproveitáveis, como:

    1) O fato de que esses caras do Passe Livre só estão protestando porque sabem que não lhes vai acontecer nada de mais, em vez de fazerem o mesmo em uma ocasião em que corressem de fato risco de ser torturados ou mesmo perder a vida;

    2) O patrimônio, seja público ou privado, não deve ser depredado, como a banca em questão a que ele se referiu e que já foi quebrada sim;

    3) Perguntar a quem o chama de “fascista” sobre o que é de fato “fascista”, ao que ele inclusive ia usar o 3G para mostrar o que é;

    4) A passeata do Passe Livre que não foi “envelopada” pelos policiais teve aquela arruaça de black blocs que, entre outras coisas, arrebentou com uma concessionária da Mercedes;

    5) De fato o pessoal do Passe Livre fez bobagens e, portanto, justifica haver o tanto de policiais dessa última manifestação.

    Observe como o pessoal do Passe Livre fala de uma passeata em 15 de março que transcorreu com tranquilidade, mas não fala da penúltima passeata em que Mercedes viraram alvo de pedras e barras de ferro, em um prejuízo total na casa de R$ 2 milhões. E observe-se também como fica a impressão de que os MHNs no poder perderam legal o controle de suas criaturas e as mesmas começam a se voltar contra eles sem que tenha havido a criação do clima de conturbação necessário para o salto qualitativo.
    Também temos o brado de “não passarão” sendo proferido contra alguém cujo grupo, o dos marxistas clássicos, foi quem começou com a história de chamar de “fascista” todo aquele que não comungasse da tal religião política, mesmo que não comungasse nem um pouco da religião política criada por um italiano de nome Benito, em homenagem a Benito Juarez, que foi editor do jornal comunista Avanti.

  6. Vergonha alheia, noooossa.
    Por que feministas não podem ser FEMININAS ?
    Vejo essa jovem toda esculhambada, sem higiene, agressiva, tão jovem e com tanto descaso pelo corpo com essa barriga e seios precocemente caídos, pagando mico, servindo de chacota me dá pena.
    É tão bom ser mulher, feminina, agradável, nem precisa ser linda, mas ter amor próprio, se cuidar, buscar estar em constante aprimoramento pessoal e profissional, cuidar dos nossos, amar e ser amada.
    Não sabem o que estão perdendo.
    Acho que não sabem mesmo, dai ta explicado.

  7. “…ela só fez por que líderes psicopatas a fizeram agir assim.”

    Concordo Luciano, pois basta olhar a biografia de psicopatas como Charles Manson que não cometia os crimes mas influenciava seus seguidores a comete-los. Ele é um dos maiores psicopatas da atualidade e hoje cumpre pena de prisão perpetua. O interessante que apesar de todos os acontecimentos ele se deixa seguir por alguns admiradores, mesmo sabendo que pode influenciá-las a cometerem crime…Charles Manson e lideres esquerdistas estão nivelados quanto ao grau de sua psicopatia.

Deixe uma resposta