Prepare-se para ficar indignado: Evidências desmascaram as ações fascistas de Maria Clara Bubna

44
164

7-evidence-work

No dia 24 de junho publiquei o post “Maria Clara Bubna: mais um exemplo do fascismo da extrema-esquerda”, mostrando como um ser humano pode ser baixo no ataque a um professor somente por ele não atender à agenda marxista. Claramente, uma ação fascista, com base em intimidação de indivíduos.

Mesmo assim, alguns leitores ainda se deixaram impressionar pelo dramalhão causado por Maria Clara (recomendo ler aquele post, junto aos comentários, para tirar as dúvidas).

Nada melhor, então, do que trazer as evidências do comportamento de Maria Clara Bubna em relação ao professor, expondo-a como culpada por difamação e calúnia (contra Bernardo Santoro), além de manipulação do Conselho de uma universidade (que já não aparentada ser tão confiável assim). Como bônus, temos evidências de que a tal “menina sensível” não se sente corada em pedir morte e mutilação de adversários políticos.

Vejamos o primeiro printscreen:

Clique para ampliar
Clique para ampliar

Aqui está mais claro do que a neve (mesmo que a imagem esteja com má qualidade): Maria Clara não apenas cobra ações do coletivo de mulheres contra seu professor, como também cobra resultados. Ou seja, ela deliberadamente usou uma postagem particular de seu professor, junto a declarações suas (sem nenhuma evidência, como apontei no post anterior) para tentar derrubar um profissional que não estava alinhado com o marxismo.

Note também quando Maria Clara diz “podemos fazer a nota juntas”, o que deixa bem clara sua responsabilidade na nota de repúdio contra o professor. O agravante neste caso é que o coletivo não assistia as aulas do professor, mas Maria Clara sim. Logo, a ação do coletivo foi feita para beneficiar politicamente Maria Clara (e os esquerdistas por tabela). Evidentemente, isso é manipulação do Conselho da universidade.

Claro que aqueles mais realistas poderão dizer que “o Conselho tinha orientação esquerdista, portanto estava querendo ser ‘manipulado'”. O problema é que temos evidências aqui sobre Maria Clara, e o intuito deste post é discutir evidências. É contra ela que o professor está lançando um processo judicial, com forte amparo de evidências.

Clique para ampliar
Clique para ampliar

As duas mensagens sublinhadas em vermelho comprovam que a ação coletiva resultaria de “comportamentos machistas do professor em sala de aula”. Logo, esta alegação é uma difamação vinda a partir de Maria Clara (e esta alegação influenciou o Conselho). Sem um vídeo comprovando essas declarações machistas (em sala de aula), notamos mais uma instância gravíssima de calúnia e difamação.

Clique para ampliar
Clique para ampliar

Aqui a afirmação “ele tem ficado conhecido por comentários machistas em sala de aula”, dita por uma participante do coletivo, comprova que a calúnia de Maria Clara já gerava seu capital político.

Clique para ampliar
Clique para ampliar

Aqui já temos mais incentivos a barbarismo, mostrando que de  “sensível” a tal maria Clara não tem nada. Lembremos que o manifesto dela era focado em usar frases para que o público a percebesse como “uma mulher sensível, oprimida”. No entanto, trata-se de uma pessoa que pede a morte de seus opositores políticos. Nota-se que este tipo de gente não é tão “sensível” assim.

Clique para ampliar
Clique para ampliar

Posso dizer que me diverti muito com a imagem acima. Me surpreendeu a arrogância do blog CromossomoX, que teria comprado a briga de Maria Clara, que, como sabemos, é uma briga da extrema-esquerda. Ver os posts Maria Clara Bubna: sobre o silêncio ou manifesto pela voz (onde ela encena a “garota sensível”) e Post machista de Bernardo Santoro irrita feministas de todo o Brasil.

Veja o que diz a blogueira do CromossomoX, Paula Berlowitz: “Entrei, então, em contato com Maria Clara Bubna pelo facebook e fizemos um Hangout no qual ela me contou a sua história, e dentre diversas outras coisas, falou que anda sofrendo represálias e recebendo ameaças, teve suas contas de email e facebook hackeadas e conversas particulares expostas publicamente e que ela tem se sentido amedrontada, conforme ela relata em seu manifesto.”.

Ou seja, ela ouviu um monte de historinhas, mas não trouxe evidência alguma.

Agora, veja o que segue dizendo Paula: “O link que Bernardo sugere no final do seu post machista “de zuera”, é a única parte de seu post que vale a pena. Um texto da advogada Rachel Burger, sobre Feminismo Libertário, que explica bastante do meu posicionamento enquanto Feminista, embora eu possa vir a ser chamada de “idiota útil” por isso…”.

Ou seja, uma feminista “libertária”? Sim, é possível que elas existam, e não tem a mesma agenda da extrema-esquerda (onde pertence a Maria Clara Bubna).

Das duas uma: ou Paula Berlowitz foi usada por Maria Clara (que parece ter alto potencial de manipulação das emoções alheias, além de uma capacidade de fingimento de “sensibilidade e sofrimento” que chega a ser macabra), ou então finge ser libertária.

Na primeira hipótese, Paula deve ser exposta ao ridículo pela afirmação de Maria Clara acima, onde esta última mostra que dá aos libertários o mesmo status que dá a um monte de merda. No mínimo, priceless!

Clique para ampliar
Clique para ampliar

Acima temos mais uma evidencia que dá sequência aos printscreens iniciais. A evidência é clara: a nota de repúdio dependia de “manifestações opressoras em sala de aula”, que não foram provadas.

Como o professor Bernardo Santoro apresentou evidências desse tipo, Maria Clara Bubna tentou fazer o papel de “menina sensível” (“estou chorando”, “pensei em desistir”, “estão me oprimindo” e o blá blá blá de sempre). Porém, veja mais um exemplo da “sensibilidade” desta garota abaixo:

10245330_228860123971676_1717190088_n

Depois da imagem acima, podemos claramente perder o respeito por todo aquele que cair no jogo desta menina.

Estamos falando de uma pessoa que usa incentivos a barbarismo e violência, alegações sem provas, manipulação até de adversários políticos (como libertários) e técnicas de convocação de massas, sempre amparadas por recursos fascistas.

As evidências estão aqui. A partir de agora, sua vulnerabilidade perante aos jogos de Maria Clara Bubna é apenas uma opção.

Anúncios

44 COMMENTS

  1. Luciano, mais uma para se dar uma olhada: o Reinaldo volta a bater na tecla do black bloc Rafael Lusvarghi, preso recentemente. Diz o blogueiro que o cara tem uma certa salada de diversas coisas, mas o principal da coisa é que, conforme o que está escrito, o cara pode ser o primeiro eurasianista preso entre esses militantes presos, como se pode ver pela admiração à Revolução Russa e a Vladmir Putin.
    Pode ser que boa parte da história que o detido diz seja cascata, mas ainda assim é de se prestar muita atenção.

  2. Espero que ele arranque tudo dela na justiça! Cansado de ver a Esquerdalha sempre saindo por cima depois de aprontar o que bem entender.

  3. Jordana Almeida escreveu: ”(…) Vontade de fazer um escracho na aula dele, com todo o coletivo, 30 mulheres entrando na sala de aula dele. O que acham?” Isso é fascismo puro, tal como fizeram aqueles carbonários que invadiram a aula de um professor na USP. Investir em humanas não é investir em ciência, investir em humanas é investir em ideologização – e das mais sórdidas. Não passarão!

  4. Essa fedelha só se manifesta na página dela no FB, onde ficam um monte de puxa-sacos fdps aplaudindo, que estão ali provavelmente porque querem comê-la

    Quero ver ela ser valente com gente que raciocina, ser valente no meio de um bando de esquerdistas que concordam com tudo o que ela diz é mole

  5. A GRANDE FALACIA DA GERAÇÃO TECNOLOGIZADA E ABOBALHADA (estupidificada).

    A propaganda vendeu a tecnologia como “O Primor” da inteligência e a salvação para todas as mazelas da humanidade. Com a tecnologia os seres humanos teriam uma vida melhor, com mais tempo para o desenvolvimento e o aprimoramento pessoal, visto que os dispositivos robóticos fariam a maior parte do trabalho, dariam conta da produção de bens, e o homem estaria mais livre para se dedicar ao desenvolvimento do tal “homem novo melhor” do “mundo melhor” no advento da “nova era”.

    Mas como não há nada de novo sob o sol (passagem bíblica dos livros sapientiaes), então os propagandistas da “technology-ware” esqueceram-se (convenientemente?) do duplo aspecto luminoso/trevoso de todas as coisas e não marketearam sobre o “lado negro da força”.

    E desse modo chegamos ao “mundo novo” da “nova era” da barbárie tecnologizada.

    O futuro da humanidade se afasta das estrelas e se aproxima das lava sob as placas tectônicas.

    ———-

    Um vídeo mostra uma crítica da imagem que as pessoas constroem de si mesmas nas redes sociais.

    Na história, o rapaz constrói uma ilusão que não reflete seu estado de espírito, mas sim o que as pessoas vão “curtir” em sua página. Porém sua vida, na realidade, está muito distante do que ele posta em seu perfil. Ao final, ele começa a dizer a verdade e pára de se auto iludir.
    ———-

    ▶ O que você pensa das redes sociais Video Dailymotionvia torchbrowser com

    http://www.youtube.com/watch?v=WhrX0vfyUu0
    ———-

      • Muito interessante o vídeo, Apolo. Eu, com cristã, sei que não estamos sozinhos no Universo. Porém uso a Bíblia como livro de base para meu entendimento. Só há dois tipos de seres fora de nossas fronteiras: os celestiais e os diabólicos. Os diabólicos têm o poder de se transformar em qualquer coisa para enganar a humanidade. Então, fiquemos atentos.

      • Jacqueline.

        Respeito seus pensamentos e sua abordagem bíblico-cristã da temática da existência de outras civilizações.

        Mas quero sublinhar que meu objetivo ao postar esse vídeo foi o de reforçar a mensagem crítica do texto original, a saber:
        “A GRANDE FALACIA DA GERAÇÃO TECNOLOGIZADA E ABOBALHADA (estupidificada).”

        O meu ponto é tentar “mostrar” que o “culto” inebriante e tresloucado à tecnologia tornou-se uma forma inusitada de “idolatria”, conduzindo uma parte considerável da humanidade a um atrofiamento espiritual, psíquico, intelectual, moral e ético.

        No primeiro vídeo vemos uma estória deprimente de um drama real, no qual é mostrado a desgraça de um indivíduo desnorteado, e esvaziado de si mesmo. Sem uma referência espiritual elevada que possa orientá-lo provendo sentido à sua existência, e saciando a imensa fome de sua alma.

        E tento, também, chamar a atenção para o grande engodo das “felicidades e utopias” da tecnologia, pois como tudo, sob o sol, possui uma dualidade de aspectos luminosos e trevosos, devemos estar sempre cônscios do perigo existente no “Lado Negro da Força”.

        Temos de respeitar e encarar a verdade, por mais dura que seja, garantindo desse modo a nossa lucidez e boa saúde mental. E existe uma referência bíblica (não me lembro qual profeta exatamente falou disso) advertindo-nos e preparando-nos para outra grande verdade:
        “A Sabedoria traz grande sofrimento ao seu portador ou possuidor.”

        Não sejamos tolos ingênuos. Sabemos perfeitamente da existência de grupos aristocráticos dinásticos elitistas e poderosíssimos, que objetivam eternizar seus impérios no planeta, subjugando o restante da humanidade aos seus particulares e específicos códigos morais e éticos. Os psicopatas são invariavelmente vagabundos, e, portanto, necessitam de escravos, mantidos sob rígido controle, como meros recursos e suprimentos de suas mordomias nababescas.

        Então temos agora a tecnologia “maravilhosa e sedutora”, que pode perfeitamente, de modo astuto, ser adequada, adaptada e usada cruelmente, como um “chicote de capataz”, para controlar rígida e rigorosamente os “integrantes” (nós?) da senzala da nova era.

        CONTROLE É PODER, e a TECNOLOGIA FAVORECE e FACILITA o CONTROLE.

        TEMOS QUE FICAR ESPERTOS AO CUBO (espertos * espertos * espertos).
        ———-

      • Claro que a tecnologia não tem nada de inocente. Ela pode ser instrumento de dominação, sim. Vide a TV: está imbecilizando as massas sem dó. Esconde, manipula e distorce a verdade. A internet, se mau usada, nos leva para a mesma idiotização. Não são poucos os relatos de que muitos dos segredos da eletrônica foram “dicas” de entidades malignas para os homens. Vigiemos sempre.

    • O PT e os ESQUERDISTAS são uma MÁFIA, uma QUADRILHA DE PSICOPATAS.

      Como, então, definir os “EMPRESÁRIOS” CÚMPLICES e FINANCIADORES do esquerdismo?

      Esses “EMPRESÁRIOS” seriam, por acaso, BRASILEIROS REPUBLICANOS PATRIOTAS?

      De quem é, afinal, a grande RESPONSABILIDADE pela DESGRAÇA BRASILEIRA?

      Somente os psicopatas esquerdistas seriam os culpados responsáveis?

      Há mais mistérios entre direita e esquerda do que pode sonhar a nossa boa vontade.
      ———-

      DÍVIDA EXTERNA versus DÍVIDA INTERNA.

      Como o PT faliu o Brasil – Olavo de Carvalho.
      ———-

      http://www.youtube.com/watch?v=0iKcYVePDDY
      ———-

      • Os “EMPRESÁRIOS” CÚMPLICES e FINANCIADORES do esquerdismo são isso que você disse: cúmplices.

        O que não significa que TODOS os empresários contribuíram para jogar o Brasil no Buraco.
        Mas todos os esquerdistas contribuíram sim.

        Por isso quem é de direita luta pela redução do estado.
        Quando menor o estado menor será o estrago causado por políticos corruptos associados à empresários corruptos.
        É bem simples. Só não entende quem é de esquerda. Ou finge que não entende.

      • O vídeo propõe CALOTE para solucionar os problemas.
        Bem, a Argentina deu o calote e se deu mal.
        Calote não resolver nada.

        O que resolve é simplesmente copiar o que foi feito nos países que estão no topo dessa lista:
        http://www.heritage.org/index/ranking

        Liberalismo econômico!
        Quanto mais melhor. Tá na lista.
        Só pra ficar bem claro: Os países que estão no topo dessa lista não deram nenhum calote.

      • André.

        Preste atenção!

        Quando me referi aos “empresários” cúmplices, usei o ARTIGO DEFINIDO do gênero masculino no plural: “OS”. Querendo logicamente me referir aos ESPECÍFICOS “empresários” cúmplices, endereçando minha opinião exatamente a esse grupo cúmplice, e portanto NÃO a TODOS os empresários.

        E também, veja lá André, coloquei entre aspas o termo “empresários”, insinuando com isso que aqueles cúmplices NÃO SÃO VERDADEIROS empresários ou empreendedores.

        Se eu quisesse me referir a todos os empresários indiscriminadamente, indistintamente, André, eu usaria o ARTIGO INDEFINIDO do gênero masculino no plural: “UNS”.

        Ficou claro o meu ponto linguístico André?

        Você disse, André:
        “O que não significa que TODOS os empresários contribuíram para jogar o Brasil no Buraco.
        Mas todos os esquerdistas contribuíram sim.”

        OK André! Parabéns!
        Estou alinhado a essa sua opinião.

        Abs.

        Apolo.

      • André.

        Assista ao vídeo novamente e preste atenção!

        O vídeo NÃO propõe CALOTE.

        O vídeo propõe AUDITORIA da DÍVIDA.

        Caro André, uma AUDITORIA é um processo DISTINTO ou DIFERENTE de um CALOTE.

        Quero crer que você saiba a diferença.

        Abs.

        Apolo.

      • Apolo,

        auditoria é algo que deve ser feito o tempo todo.
        E não de vez em quando com várias décadas de espaçamento.

        Mesmo assim não entendo em que uma auditoria iria ajudar.
        O mecanismo de endividamento do governo é por títulos públicos.
        O governo emitiu títulos públicos no passado.
        Alguém os comprou e espera ser pago no futuro.

        O que exatamente essa auditoria iria pegar?
        Existem títulos públicos fantasmas que corruptos inseriram no sistema?
        Só se for algo desse naipe.

        O que parece no vídeo é que estão usando o termo auditoria no lugar de calote.
        Assim como os esquerdistas usam o termo democracia no lugar de ditadura.

      • André.

        Eu entendi (este é apenas meu singelo entendimento) que a proposta de auditoria, daquela senhora economista no vídeo, seja exatamente a de uma AUDITORIA CONTÍNUA (inédita, como nunca antes na história “deztepaiz”, hehe), objetivando o aumento e o fortalecimento da transparência na gestão pública.

        Bem… Pelo menos, assim foi o meu entendimento da mensagem dela no vídeo.

        Abs.

        Apolo.

      • André.

        Permita-me mais uma observação.

        Não existe coisa tal como um país com dívida total (interna + externa) igual a zero.

        Sempre haverá a tal “dívida”.
        Sempre haverá, em maior ou menor grau a necessidade de captação financeira.
        O problema é o correto e responsável gerenciamento da tal “dívida”.
        A auditoria contínua permite controlar o ímpeto irresponsável de governantes inescrupulosos.

        Lembre-se do que disse certa feita o Grande Presidente John F. Kennedy:

        “Toda grande jornada inicia-se pelo primeiro passo.”
        ———-

    • AI, OLHA AI MARCOS VALÉRIO! — AI, OLHA AI PIOLHO CADEIERO!

      FICA ESPERTO E QUIETINHO, SENÃO TU VIRA PRESUNTO!

      SE DENUNCIAR OS COMPANHEIROS A COMPANHEIRADA “PASSA” VOCÊ!

      MALANDRAGEM AQUI NO PARTIDO É MATO! — JUSTIÇAMENTO É NOSSO TRIBUNAL!
      ———-

      O Brasil é o galinheiro futebolístico mais hilário e feliz do mundo.

      Os brasileirinhos galinhas felizes não percebem, e NÃO QUEREM PERCEBER, que são ESCRAVOS ESTÚPIDOS mantidos reclusos no “GALINHEIRO da MATRIX MENTAL”.
      Então dominados e controlados pelos seus predadores raposas espertas, rumam felizes para o abatedouro, buscando a paz social dos cemitérios.

      E cantam felizes com muitíssimo orgulho de sua vergonha e desgraça:
      “Sou brasileiro…ooo, com muito orgulho…ooo, e com muito amor…rrrrrr…”
      ———-

      URGENTE: LULA confessa que ELE e o PT são os CHEFES do MENSALÃO [#ForaPT 2014]

      http://www.youtube.com/watch?v=PkKoMPIOBmQ
      ———-

    • A letra da nova música do Lobão: “A Marcha dos Infames.”
      ———-

      O nosso Grande Reinaldo Azevedo publica a letra da música.
      E mostra também quem são aqueles paridos por Cuba:

      “(…) Chico & Seus Miquinhos Amestrados (…) foi Cuba que os pariu. (…)”
      ———-

      EM PRIMEIRA MÃO:
      A MÚSICA DE LOBÃO PARA A LISTA NEGRA DE JORNALISTAS CRIADA PELO PT.
      DIVULGUEM!

      http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/em-primeira-mao-a-musica-de-lobao-para-a-lista-negra-de-jornalistas-criada-pelo-pt-divulguem/
      ———-

      EM PRIMEIRA MÃO:
      A MÚSICA DE LOBÃO PARA A LISTA NEGRA DE JORNALISTAS CRIADA PELO PT.
      DIVULGUEM!

      Vamos lá. O cantor e compositor Lobão, também colunista da VEJA, é um dos nove “malditos” que foram parar na lista negra do PT, assinada por Alberto Cantalice, vice-presidente do partido, divulgada no site oficial da legenda e propagada pelos blogs sujos, financiados por estatais. É a verticalização da infâmia, que os fascistoides costumam promover quando chegam ao poder: o estado, o partido e as milícias atuam como ordem unida. Só para lembrar: os outros oito da lista somos eu, Augusto Nunes, Diogo Mainardi, Demétrio Magnoli, Arnaldo Jabor, Guilherme Fiuza, Marcelo Madureira e Danilo Gentilli. Essa é apenas a fornada inicial do nacional-socialismo petista. Se o partido vencer a eleição, certamente a lista será ampliada. A “Repórteres Sem Fronteiras”, a mais importante entidade internacional de defesa da independência jornalística, expressou o seu repúdio. Janio de Freitas, por sua vez, preferiu repudiar a… “Repórteres Sem Fronteiras”. Entenderam?

      Adiante! Lobão fez uma música retratando, digamos assim, a alma profunda dos “companheiros” e evidenciando o espírito destes tempos. Chama-se “A Marcha dos Infames”. Ouçam e divulguem. Na sequência, publico a letra e um breve comentário a respeito.

      A MARCHA DOS INFAMES

      Aqueles que não são
      E que jamais serão
      Abusam do Poder,
      Demência e obsessão.

      Insistem em atacar
      Com as chagas abertas do rancor,
      E aos incautos fazer crer
      Que seu ódio no peito é amor

      Tanto martírio em vão,
      Estupro da nação,
      Até quando esse sonho ruim,
      esse pesadelo sem fim?

      Apedrejando irmãos
      E os que não são iguais,
      A destruição é a fé,
      E a morte e a vida, banais.

      E um céu sem esperança,
      A Infâmia cobriu,
      Com o manto da ignorância,
      O desastre que nos pariu.

      E o sangue dos ladrões
      De outros carnavais
      Na veia de vilões,
      tratados como heróis.

      E até quando ouvir
      Cretinos e boçais
      Mentir, mentir, mentir,
      Eternamente mentir?

      Mas o dia chegará
      Em que o chão da Pátria irá tremer,
      E o que não é não mais será
      Em nome do povo, o Poder.

      Retomo
      Adequando o comentário a estes dias, gol de placa de Lobão, na letra e na melodia! Reparem que o autor recorre a uma marcha propriamente, de caráter marcial mesmo, evidenciando o espírito da soldadesca sem uniforme do petismo — afinal, essa gente é uniformizada por dentro, não é mesmo?

      Na letra — que, é claro!, faz uma denúncia da maior gravidade —, Lobão apela a um tom a um só tempo grandiloquente e meio farsesco, como a evidenciar a truculência cafona e vigarista dos fascistoides de plantão.

      Há dois trechos que chamam particularmente a minha atenção:
      “E o sangue dos ladrões
      De outros carnavais
      Na veia de vilões,
      tratados como heróis.”
      Na mosca! O poder, hoje, no Brasil mistura o sangue do velho patriomonialismo — que forjou ao menos uns dois séculos de atraso — com o do novo patrimonialismo, que pretende liderar o atraso dos séculos vindouros. E gosto particularmente da última estrofe:
      “Mas o dia chegará
      Em que o chão da Pátria irá tremer,
      E O-QUE-NÃO-É não mais será
      Em nome do povo, o Poder.”

      Tomei a liberdade de escrever em maiúsculas e usando hífen “O-QUE-NÃO-É”. É preciso que se entendam essas palavras como uma unidade semântica para que se perceba o seu caráter de sujeito do verbo “será”. “O-QUE-NÃO-É” dispensa predicativos; trata-se do falso, do engodo, da trapaça histórica, da vigarice, da mentira em si.

      Divulguem por todos os meios a música de Lobão. Aí está o retrato de uma era. É uma canção de protesto destes tempos. Afinal, os “protestadores” de carteirinha do passado — Chico & Seus Miquinhos Amestrados” — estão calados diante de listas negras. Eles criavam metáforas contra a ditadura militar no passado não porque fossem, por princípio, contra ditaduras e perseguições. Opunham-se àquela ditadura em particular, mas não a outras. E julgavam que o regime não podia perseguir “as pessoas erradas”. Quando persegue “as certas”, tudo bem!

      Não por acaso, nunca se opuseram a ditadura cubana. No fim das contas, foi Cuba que os pariu. A música de Lobão expõe farsantes do presente e do passado.

      Por Reinaldo Azevedo
      ———-

  6. Que criatura desequilibrada…Fiquem querendo agir como gentlemen e ladies com uma criatura dessas para ver que fim levarão. Por isso, o professor sofreu dano.

  7. A esquerdalha nacional é um covil de loucos. Está aí o casal Suplicy que não me deixa mentir. Loucuras exemplificadas pelos atos desta destrambelhada black bloc (ou mané do Todynho), têm início na desestruturação familiar e na lavagem cerebral executada nas universidades. Tudo regado com altas doses dos mais variados estupefacientes químicos, pagos com a ralação dos pais que são justamente a ‘elite branca’ que eles próprios odeiam. A geração pós-1985 deu nisso! … Sem futuro.

  8. Hahahahahahahaha!!!

    Os amigos não deixam de ser engraçados.Em especial este:

    “Neoliberais que pedem o Estado mínimo, mas fazem questão de estudar em universidades públicas”

    Alguém tem que avisar ao gênio que as universidades públicas são pagas por todos.Logo, não há contradição nenhuma em um liberal estudar em uma universidade que ele paga.
    Agora, o que não há nexo e a população inteira ter de pagar pelos vandalismos e greves que as esquerdas vivem fazendo nas universidades.
    Para terminar, é bom lembrar que os liberais defendem que as universidades públicas cobrem mensalidades para alunos ricos (muitos desses se encontram em cursos de humanas),A esquerda que adora usar essa idéia tola de universidade gratuita (como se isso fosse possível).

    http://veja.abril.com.br/noticia/educacao/universidade-gratuita-para-aluno-rico-e-uma-aberracao-brasileira

  9. Isso não é movimento social. Isso é uma quadrilha! Um bando especializado em derrubar os outros através da calúnia e da difamação. Cadê o Ministério Público????

    • Ela não seria filho de policial civil, policial ou bombeiro militar, de inspetor de segurança ou da administração penitenciária, mortos ou incapacitados em razão do serviço?

Deixe uma resposta