Dilma nega estatização do futebol. Que tal aplicarmos nela uma goleada argumentativa de 7×0?

18
92

dilminha

Prestem bem atenção no título desta matéria do UOL: “Dilma nega estatização do futebol, mas defende mudanças na gestão”. Em termos de guerra política, este tipo de discurso é ótimo para nós, pois ela está na defensiva. E, como já nos diz Horowitz, o ataque é a melhor defesa na seara política.

Dilma se enfureceu por que Aécio criticou as propostas socialistas do PT para o futebol:

O futebol brasileiro precisa, é claro, de uma profunda reformulação. Mas não é hora de oportunismo. Principalmente daqueles que estão no governo há 12 anos e nada fizeram para melhorá-lo. E nada pode ser pior do que a intervenção estatal. O País não precisa da criação de uma ‘Futebrás’.

Os frames foram perfeitos, pois ele também propõe reformulação, mas jamais a partir de um governo como o do PT, além de associar a proposta petista à Petrobrás, que enfrenta escândalos de corrupção.

Como resultado, ela teve que se defender. Disse ela:

Os que queriam transformar a Petrobras em Petrobrax, desvirtuam, agora, nossa posição de apoiar a renovação do nosso futebol. O Brasil não quer criar a Futebrás. Quer, sim, acabar com a Futebrax e deixar de ser um mero exportador de talentos.

Isso mostra o nível da “competência” do PT para “gerir futebol”. Ela está tratando de um problema (a eliminação do Brasil da Copa) atacando o fato do Brasil ser “exportador de talentos”. Mas uma coisa não tem nada a ver com a outra, pois a seleção pode contar com todos os jogadores exportados. Qualquer criança já sabe disso.

Ela acabou de nos provar que não sabe absolutamente nada do que está falando, e que a tal “renovação” proposta por ela não faz o menor sentido.

O governo não quer comandar o futebol, pois ele não pode, nem deve ser estatal. Queremos ajudar a modernizá-lo. Contem conosco para isso. O futebol, que é atividade privada, precisa ter as melhores práticas da gestão privada, nas áreas comercial, financeira e futebolística.

Ué, se o futebol deve buscar as melhores práticas da gestão privada, como elas podem surgir de “intervenção estatal”? Lembrando que o governo só consegue ser competitivo nas áreas em que tem monopólio, exatamente ao contrário das empresas privadas, que estão acostumadas à competição.

Dilma apela à estimulação contraditória, pois até sua proposta entra em contradição com intervenção estatal.

Na verdade, intervenção estatal significa criação de ministérios, cargos e mais aparelhamento estatal, sem qualquer necessidade de entregar algo que preste. É o oposto do que precisamos para o futebol.

Continuemos com o besteirol:

Somos uma das maiores economias do mundo e podemos ser uma das maiores bilheterias do futebol. Devemos ampliar oportunidades para nossos craques jogarem no Brasil, dando a eles as mesmas condições do mercado internacional […] As oportunidades devem ir das divisões de base ao nível profissional. Só assim garantiremos que jogadores de excelência fiquem no Brasil. Temos um imenso talento e amor pelo futebol. Temos agora os melhores estádios. Com renovação, teremos sempre o melhor futebol do mundo.

É por isso que o socialismo nunca fez qualquer nação evoluir. As propostas dessa gente nunca são pensadas para resolver o problema tratado, mas para ampliá-lo, pois o fim dessas implementação é um só: ganhar poder no estado.

Já é possível notar os erros lógicos, contradições e lorotas nas propostas destas figuras deprimente logo de cara. Vamos lembrar só alguns pontos, goleando-os em termos argumentativos:

  1. O Seleção Brasileira conta com todos os jogadores do exterior, portanto a proposta falando em “retenção de jogadores no Brasil” não tem absolutamente nada a ver com evitar fracassos como o Mineiraço.
  2. A retenção forçada de jogadores no Brasil só pode ocorrer a partir da limitação da oportunidades no exterior. Mas isso desestimularia a geração de novos craques (que obtem oportunidades a partir das vagas “liberadas” pelos jogadores que foram jogar no exterior). Quer dizer: retenção forçada de jogadores (a partir de intervenção estatal) é oposta à geração de oportunidades para os novos craques.
  3. O fornecimento de “mesmas condições do mercado internacional aqui no Brasil” só poderia ocorrer a partir do enriquecimento do Brasil (lê-se por aumento do PIB), e não tem nada a ver com intervenção no futebol. Na verdade é um efeito causado no futebol a partir do desenvolvimento do livre mercado, o único capaz de enriquecer um país. E para ser mais inimigo do livre mercado que o PT, só o PCdoB e o PSOL.
  4. O PT é um partido atuante na criminalização do trabalho adolescente, o que, se levado à cabo com sucesso, reduzirá inevitavelmente o potencial de geração de craques nas divisões de base.
  5. Os petistas (assim como demais socialistas) jamais gostaram de futebol, pois sempre o chamaram de “ópio do povo”. Mas mesmo que aprendessem a gostar, isso não muda o fato de que não entendem absolutamente nada do riscado. Tanto que os cronistas do PT (basta pesquisar o que eles diziam pela BLOSTA antes do Mineiraço) dã um verdadeiro show de vergonha alheia quando tratam do assunto.
  6. Alias, se eles sequer prestassem atenção ao que é futebol, saberiam que o Brasil é o atual campeão da Copa das Confederações, cuja última edição ocorreu há meros dois anos. Alias somos um país penta-campeão do mundo, sendo que dois destes títulos ocorreram nos últimos vinte anos (nenhum deles na gestão do PT, diga-se, de passagem). Esses dados não nos levam à conclusão de que há problemas na “renovação de craques”, mas nas escolhas erradas de um técnico.
  7. E para completar a goleada, basta lembrarmos que eles poderiam demonstrar conhecer um pouco de futebol, identificando o problema “Felipão” logo à partida. Não fizeram. Demonstraram que a única ação útil e cabível  (protestar contra Felipão e Parreira) eles não foram capazes de fazer. Sinal de que quanto mais longe o estado petista (assim como qualquer um deles) estiver do futebol, melhor.

E olhe que, assim como no caso dos jogadores alemães, pode-se dizer que eu poderia ampliar o placar, mas, por questões de tempo, vamos ficar só em 7, por enquanto.

A proposta de intervenção do estado no futebol é não só imoral como descabida. Quem quer que defenda esses tipo de ideia e não estiver de má fé (como, por exemplo, querer mamar nas tetas do estado) com certeza deve ser questionado se está em seu juízo perfeito.

Para piorar, tudo é de um oportunismo rasteiro, em uma tentativa canhestra de manipular a opinião pública. Mas com a pressa por resultados, além de atordoados, os petistas começaram a colar expressões como “renovação de craques” e “intervenção estatal” como solução para evitar que o Brasil seja eliminado de copas do mundo.

Só que o discurso que usaram é tão cretino que, se ficarmos no ataque, os faremos novamente ficar na defensiva, pois, em termos lógicos, o que eles propõem é completamente insano e descabido, além de oportunista e baixo. É hora de aproveitarmos o show de delírios petista e partirmos para o ataque.

Anúncios

18 COMMENTS

  1. BRASIL x HOLANDA

    Pois é!

    No more TOIS, now is TROIS, Trois a Zero!

    Brasil, o país do futuro, agora tem o futebol do futuro.

    Jamais imaginei que viveria o suficiente para contemplar tamanha ENORMIDADE.

    ———-

    “A gente somos inútil!”
    “A gente escreve livro e não consegue publicar!”
    “A gente joga bola e não consegue ganhar!”
    “A gente somos inútil!”

    Ultraje a rigor – Inútil.

    https://www.youtube.com/watch?v=dJRd2WabLvQ
    ———-

    • ATAQUE ABERTO.

      http://ataqueaberto.blogspot.com.br/

      Dr. Milton Simon Pires.

      —————————————————————————————————-

      BRASIL x ALEMANHA

      http://ataqueaberto.blogspot.com.br/2014/07/brasil-x-alemanha.html

      BRASIL x ALEMANHA

      Seleção da Alemanha:

      Goleiro – Johann Wolfgang von Goethe
      Zagueiros – Immanuel Kant, Gottfried Leibniz, Arthur Schopenhauer
      Laterais – Ludwig van Beethoven, Johannes Brahms
      Volantes – Thomas Mann, Johannes Gutenberg
      Armador – Johann Sebastian Bach
      Atacantes – Heinrich Rudolf Hertz, Max Planck

      Técnico – Albert Einstein

      Seleção do Brasil

      Goleiro – Macunaíma
      Zagueiros – Chico Buarque, Frei Betto, Marilena Chauí
      Laterais – Gilberto Gil e Paulo Coelho
      Volantes – Marta Suplicy, Pablo Capilé
      Armador – Caetano Veloso
      Atacantes – Valesca Popozuda, Jean Willys

      Técnico – Lula

      Milton Pires.

      Porto Alegre, 7 de julho de 2014

      —————————————————————————————————-

      “VERGONHA”

      http://ataqueaberto.blogspot.com.br/2014/07/vergonha.html

      “VERGONHA”

      Insistem em me falar sobre “vergonha nacional” por causa do 7 x 1..Pois bem: Vergonha é ser governado 11 anos pela organização mais vagabunda e corrupta de toda América Latina – o PT. Vergonha é ter entregado a nação nas mãos de um analfabeto alcoólatra e de uma ex-assaltante de cofres.Vergonha é ver toda Universidade Brasileira na mão de vagabundos que roubam dinheiro do CNPQ sem publicar coisa alguma que preste…Vergonha é viver numa ditadura de veados histéricos que levam no bolso o dinheiro que o partido rouba da saúde, segurança e educação e entrega para suas ONGS de fachada… Vergonha é ser médico aqui e ser humilhado por cubanos. Vergonha é ser professor que apanha de aluno e policial que mora ao lado de traficante.Vergonha, seu bando de imbecis, não é ser brasileiro e perder a Copa em casa..Vergonha é ser brasileiro e perder o comando da própria casa para o maldito PT !

      Milton Pires.

      —————————————————————————————————-

  2. Sou obrigado a parabenizar
    a seleção brasileira!

    Pela primeira vez,
    em nossa história,
    a seleção conseguiu
    demonstrar como nosso país é realmente!

    – Mal administrado

    Nosso técnico, representa nossa Presidanta!
    Acha que está sempre correto,
    não admite erros,
    coloca a culpa nos outros (árbitros)
    roubar não é problema (cavar penaltis).

    Nosso técnico monta uma equipe,
    da mesma forma, que o PT,
    monta seu quadro…
    Para Ministro…. este é meu amigo
    Para Ministro…. este é gente boa
    Para Ministro…. este é da coligação
    Para Ministro…. este também rouba!!!!

    Pois é povo brasileiro,
    confesso que pela primeira vez,
    senti orgulho de nossa seleção,
    pois esta,
    mostrou exatamente como é nosso país!!!!!

    E se você tem orgulho de ser brasileiro,
    tem que se orgulhar, e muito desta seleção!!!!!!

    • Pelo que entendi desse ‘marco’ das OSCs, é algo como dar mais poder aos MST´s e ONG´s da ‘nomenklatura’ comunista, travestidos de ambientalistas? Pois vi que o tal PV (Partido Verde – a casca verde da melancia comunista) está pressionando por urgência na aprovação desse ‘marco’.

      Ou seja, é mais uma tentativa de oficializarem sovietes aqui no Brasil, a la semelhança do famigerado Decreto 8.243.

    • O pior disse tude é ter que ler isso no final da matéria:

      “Por meio de notas, ONGs repudiaramamanha as prisões. Segundo a Justiça Global, o propósito da polícia foi amedrontar aqueles que têm feito da presença na rua uma forma de expressão e de luta por justiça social. A Anistia Internacional afirmou que o fato é “preocupante por parecer repetir um padrão de intimidação’’.

      Felipe Santa Cruz, presidente da OAB-RJ, também divulgou uma nota na qual manifestou preocupação com o fato de a prisão dos ativistas ter sido feita com base numa acusação de formação de quadrilha armada, ressaltando que a ação policial parecia “ter caráter intimidatório’’, já que havia uma manifestação marcada para este domingo. Marcelo Chalréo, presidente da Comissão de Direitos Humanos da entidade, afirmou que a ação não impedirá o protesto, às 13h, na Praça Saens Peña, na Tijuca:

      — A convocação foi reforçada. Não há um motivo para a prisão dessas pessoas.”

      Mais uma vez a OAB passando vergonha.Deveriam ter aprendindo depois daquele papelão que passaram no caso do Coronel.

      • É perturbador como o pré-comunismo sempre consegue o apoio de instituições que seguramente serão extintas (diga-se: aniquiladas) em um provável governo comunista. É o famoso ‘tiro no pé’ que, apesar de ter sido amplamente avisado e tido [vários] exemplos mundo afora, não impede o suicida de puxar o gatilho.

        Estranhamente é justamente a estratégia a OAB adotou. Estranhamente, pois se considerarmos que a OAB representa justamente aquele profissional que, teoricamente, saberia mais a respeito do direito do que o resto dos mortais, então torna-se um paradoxo o posicionamento de uma entidade destas à favor de um estado tirano e repressor. Se isto não é má fé, o que poderia ser? Possessão demoníaca coletiva?

  3. Hangout sobre o decreto para o Plebiscito Popular Constituinte convocado:

    “Você compreendeu o decreto 8243 da Presidente Dilma e suas implicações? Você sabia que esta previsto um Plebiscito Constituinte Popular em setembro e suas propostas?
    Estes serão os assuntos deste Hangout, muitos estão confusos com o decreto 8243 e muitos poucos sabem que há um Plebiscito Constituinte Popular previsto para setembro no Brasil.
    Para este Hangout teremos os convidados:
    Bene Barbosa
    Percival Puggina
    Prof. Rodrigo Mezzomo
    Alexandre Seltz”

  4. Além do controle da midia, o foro de sp já determinou que a presidANTA coloque em andamento outro ponto importante do projeto de totalitarismo.

    Dilma diz que polícias não devem ficar sob controle dos estados

    A presidenta Dilma Rousseff defendeu que os estados tenham menos controle sobre as policias em entrevista à rede de televisão norte-americana CNN exibida na última quarta-feira, 9. Em sua fala, ela afirmou que são necessárias mudanças na Constituição para que a segurança deixe de ser uma atribuição das unidades federativas.

    Depois de manietar, não dar condições de trabalho, pagar um salário ridiculo, demonizar perante a opinião publica acho que veremos um “spin” em favor das policias em breve.

    Uma policia fraca e maltratada pode se tornar um alvo fácil se afagada corretamente, e daí começar a defender esse absurdo é só um passo.

    Vem mais manipulação por aí!

    Olho no lance!

    Abs,

    PS: fonte e da revista “carta estatal”.

  5. Se a Dilma vai interferir na exportação de jogadores o arrecadamento dos clubes que dependem desse recurso para fechar cacha, vai registrar déficit, o que vai rescindir na despesa em que os clubes dispõem para a revelação, preparação e treino de divisões de base. Além disso, o impedimento da exportação de jogadores, impede os mesmos de se desenvolverem profissionalmente com novas formas de tática e técnica para agregar a seleção brasileira.

    No que tange o programa de reestruturação do futebol brasileiro, Dilma Roussef está correta ao propor o programa alemão como base, mas errado se essa for uma de suas soluções.

    O programa alemão se baseava entre incentivos fiscais e condições de empréstimo bancários para reformulação das divisões de base.

  6. Engraçado como esquerdistas que sempre gritaram e repetiram aos 4 ventos que “futebol é alienação”, “futebol é pão e circo”, “futebol é coisa da mídia golpista”, “precisamos investir na saúde e educação e não em futebol que não produz nada para a sociedade” e sempre dar nas entrelinhas que foi a ditadura militar que popularizou o futebol no Brasil (que todos sabem que não chega nem perto de ser verdade) estar apoiando agora a estatização do futebol brasileiro.
    É tanta canalhice, retórica e linguagem dupla que só mesmo o Luciano para desmascarar esses doentes.
    Eu não consigo discutir com mentirosos que defendem coisas opostas quase que em tempo simultâneo.

  7. Luciano eu acho que este texto da presidANTA é uma falácia, para gerar uma grande distração. O verdadeiro objetivo dessa, Cópula das Cópulas, como disse o Juca Chaves, foi um êxito para os esquerdopatas, que era trazer mais um avanço social para o Brasil; como nunca antes na história destepaiz. Os “intelequitauis” petistas planejaram essa conquista com a paciência gramsciniana, e agora podem dizer seguraramente que acabaram com o abismo que existia entre a cultura, educação, saúde e o nosso abençoado futebol. Com muito orgulho os “progreçista”, agora podem afirmar com toda convicção, que lhe é peculiar; que nossa saúde, educação, segurança; estão no mesmo nível do nosso futebol arte.
    É o Brasil saindo do brejo e entrando no pântano da floresta negra.

Deixe uma resposta