No último dia da Copa 2014, tivemos vexame atrás vexame por parte de Dilma

13
103

cara_da_dilma

Hoje Dilma só deu vexame.

Para começar, faltou à cerimônia de encerramento da Copa do Mundo no Maracanã. Na tribuna, estavam Vladimir Putin, Angela Merkel e outros convidados, que, constrangidos, não entendiam o sumiço de nossa presidente. Vários dirigentes e convidados comentaram a grosseria.

Durante o jogo (no qual a Alemanha se sagrou campeã, com 1×0 sobre a Argentina, na prorrogação) ela nem se dignou a aplaudir o gol alemão. Ficou sentada, com cara de poucos amigos, enquanto Angela Merkel, que estava ao seu lado, comemorava. Falta de tato de Dilma, no mínimo.

Por fim, depois de ouvir sem a menor esportiva mais algumas instâncias de vaias e o famoso VTNC, Dilma entregou a taça aos alemães com uma cara de poucos amigos, em uma postura deselegante.

Para um governo bolivariano que anseia estatizar o futebol, essa falta de esportividade por parte de Dilma mostra mais uma vez que futebol não é a praia da extrema-esquerda.

Se fosse para fazer esse papelão, melhor que ela tivesse ficado no Palácio da Alvorada.

Pensando bem, melhor ela ter ido mesmo. Pois senão, perderíamos as vaias e o VTNC, que fecharam a Copa 2014 com chave de ouro.

Anúncios

13 COMMENTS

      • Uma coisa que achei bem interessante no PDF em questão é que os clubes brasileiros, do jeito que estão em vez de serem clubes-empresa, ficam mais imunes a problema que possam acabar com suas existências devido a situações extracampo. Acaba sendo bem mais negócio criar uma empresa para cuidar dos licenciamentos e imagem do clube e manter o patrimônio futebolístico propriamente dito livre do esquema de empresa, até para não cair em uma espiral tributária alta.
        Logo, vamos considerar que as equipes futebolísticas brasileiras estão andando muitos passos à frente daqueles que as criticam.

    • Na verdade o negão comprimentou, só que não está no vídeo. Tem o vídeo completo aqui: http://www.folhapolitica.org/2014/07/jogador-alemao-que-deu-fora-em-dilma.html (desculpe, não consegui pegar o link isolado do vídeo, só o site). Na verdade há uma segunda tentativa da presidente de cumprimentar o jogador, mas este a ignora, gerando o vídeo.
      Quem postou o vídeo original o fez de má fé (ou provavelmente perdeu a primeira cumprimentada), e é importante que deixemos claro que, diante da nova evidência, o negão de fato cumprimentou a Dilma.

      Foquemos então em zoar a Dilma que deu um piripaque e tentou cumprimentar o jogador de novo ahuahuahuahuahuahauhau

  1. A Argentina da amiguinha bolivariana dela, a Christina, não venceu. Buáááááááá!!!!!!!!! Bem, finalmente venceu o melhor. Parabéns, Alemanha!

  2. Os cidadãos alemães fizeram bonito em Santa Cruz Cabrália. Aqui na Bahia, está todo mundo elogiando a humildade, simplicidade, respeito e gentileza com o que eles trataram os habitantes do lugar. Fiquei sabendo que doaram uma ambulância ao município, reformaram a escola pública local e mais outras coisas que não lembro. Gente finíssima.

  3. É paradoxal o comportamento desta mulher. Como pode alguém, em sã consciência, adotar uma postura antipática em uma necessidade urgente de simpatia? É síndrome obsessiva? Distúrbio bipolar? Possessão demoníaca? Depressão profunda? Já vi gente que manejou magistralmente situações vexatórias como a de Dilma, onde, em um primeiro momento encontrou uma platéia completamente hostil. Uma hora após, recebia ruidosas salvas de palmas, perante tamanha astúcia em relação às palavras e auto-controle. Dilma foi o contrário: piorou ainda mais a situação. Angela Merkel, ao lado de Dilma, deu um show de simpatia e carisma, e continuaria proporcionando simpatia mesmo que a Alemanha não tivesse ganho a copa.

    Dilma apresenta um comportamento análogo a você, um belo dia, se encontrar em plena savana africana, sozinho, desarmado e diante de você um leão. Qual sua atitude? Provoca o leão, ao invés de, silenciosamente, tentar subir em uma árvore.

    Enfim, confesso que não consigo entrar na mente dessas criaturas, mais precisamente desta mulher. Vejo as consequências deste comportamento como péssimas, tanto para ela quanto para os outros, inclusive para o partidão do qual ela é filiada.

    Será conhecida por um bom tempo como um dos piores presidentes da história deste país. E se tornará uma prisioneira de si mesma (se já não o é).

Deixe uma resposta