O projeto de lei que proíbe anúncio infantil e suas boas intenções. Só que não…

37
177

mauricio-sousa-turma-da-monica-20130226-01-size-598

Até Mônica de Sousa, filha de Mauricio de Sousa, está reclamando do projeto de lei 5921/2001, aprovado há três meses, trazendo a proibição de publicidade voltada para o público infantil.

Em entrevista ao Globo, Mônica diz:

A resolução quer, de alguma maneira, sumir com todos os personagens infantis. Estende-se a embalagens, que não podem ser coloridas, bonecos, que não podem ter som… É muito radical. Podemos trabalhar em conjunto com as instituições para chegar a um denominador comum. A sociedade está consumindo mais, a doença do século é a obesidade, mas isso tem que ser trabalhado com educação, não proibição.

Seu entrevistador era bem maroto, lançando a pergunta “Proibir não é o melhor para proteger a criança?”. Eis a resposta:

Se você proíbe uma criança de ver alguma coisa, a está deixando mais alienada. Ela tem que crescer e saber discernir entre certo e errado. A família tem que passar isso. É simplista proibir comerciais de televisão e personagens. Isso vem de uma sociedade que está com problema emocional. Pais e mães estão substituindo o convívio por dar presentes. Isso não é culpa da publicidade, e sim dessa sociedade, que está carente dessa relação.

Enquanto isso, o papel dos pais na educação dos filhos é desprezado. O estado passa a se tornar o definidor do que as crianças devem ou não assistir. Não passa de um totalitarismo descarado.

Ironia das ironias: os socialistas, que dizem proteger os pobres, criaram uma lei que prejudica o público mais humilde, que depende das TV’s abertas. Para quem tem condições de pagar TV a cabo, os programas infantis continuam existindo. Fico imaginando Milton Friedman rindo em seu túmulo numa hora dessas. Ele sempre nos avisou de que quando o estado interfere dizendo “ajudar o povo”, é melhor sair correndo que é armação…

Em outra matéria do Globo, Isabella Henrique, diretora do Instituto Alana, ONG que se empenhou na aprovação da resolução, não dá a mínima para todos os problemas causados. Sempre vendendo ao público um caudal de “boas intenções”, Isabella diz:

É uma mudança de cultura. Quando a legislação proibiu propaganda de tabaco, disseram que a TV aberta ia acabar. O mercado se adaptou.

Claro que o mercado se adapta… a depender mais ainda de anúncios estatais. Ou será que esses estatólatras acham que nascemos ontem?

Anúncios

37 COMMENTS

  1. Devia estar escrito; “Proibir não é o melhor para proteger a criança”.

    Tenho 79 anos e aos 13 anos meu pai entre as informações que passava aos 4 filhos me explicou o que era maconha e como se podia notar a diferença entre um cigarro comum e o de maconha.
    Numa aula de latim meu professor notei que meu professor fumava um cigarro que devia ser de maconha, ao terminar de fumar apagou o cigarro no tablado da sala de aula.
    Sem nada comentar com os colegas peguei a “guimba” levei para meu pai que ficou de mandar examinar, mas não soube do resultado…
    Ele não me dava atenção, eu deixei de me interessar pela matéria e fiquei de 2ª época…
    Final do ano, apenas eu e ele para fazer a prova, me sentindo injustiçada tive coragem de dizer o que eu havia feito com o cigarro dele… Rispidamente me perguntou quanto eu precisava pra passar eu disse; 8, ele me deu 8 e como era meu último ano naquela escola eu nunca mais o vi…
    Não entendia porque era perseguida por esse professor e muitos anos depois imaginei que poderia ser por eu ser protestante e ele ex-seminarista católico. (?)

    • Anésia, não estou te chamando de mentirosa, mais convivi anos com protestantes e percebi aos poucos que alguns (não a maioria) inventam as histórias mais absurdas para possarem de bons moços e os católicos de malvados.

      A sua história se encaixa nessas historinhas de “protestantes perseguidos” e “católicos perseguidores”.

      Se a história que você contou é verdadeira ou não, que a sua consciência com o tempo diga isso.

      • Jeferson, a minha resposta pra a Sra. Anésia é no fundo um alerta para os católicos.

        Começo muitos “testemunhos” de pessoas que se diziam perseguidas por católicos (eu mesmo por muito pouco não fui uma dessas pessoas que poderia agora estar inventando esses “testemunhos” contra a Igreja), e quando averiguei os supostos casos, eram cada armação que não tinha como se sustentar devido a tanta loucura.

        Para servir de alerta para os católicos, não vejo como desnecessário o meu comentário.

  2. ATAQUE ABERTO

    VIVA O BRASIL

    “Somente um país governado por vagabundos petistas possibilitaria que imbecis criados a Big-Mac e Nescau pudessem ler Trotsky, combinar incêndios através de iPhone-4 e depois pedir asilo político na nação maconheira mais próxima. Viva o Brasil !”

    Milton Pires.

  3. VIDE VERSUS — Vitor Vieira

    ( http://poncheverde.blogspot.com.br/ )

    http://poncheverde.blogspot.com.br/2014/07/ministro-do-supremo-intima-governo.html

    quarta-feira, 23 de julho de 2014

    MINISTRO DO SUPREMO INTIMA GOVERNO PETISTA NA AÇÃO QUE PEDE ABERTURA DOS DOCUMENTOS DOS EMPRÉSTIMOS PARA CUBA.

    O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, relator do mandado de segurança impetrado pelo senador Álvaro Dias (PSDB-PR) contra os empréstimos sigilosos do BNDES aos governos de Cuba e de Angola, fez um pedido de informações, nessa quarta-feira à tarde, à Presidência da República, ao ministro do Desenvolvimento, Mauro Borges, e ao presidente do BNDES, Luciano Coutinho. O relator pede, no despacho, que a Advocacia-Geral da União (AGU) seja avisada para que, “querendo, ingresse no feito”. O ministro também determina “que seja aberta vista, por 10 dias, ao Ministério Público.” Alvaro Dias entregou o mandado de segurança ao presidente do STF, Joaquim Barbosa, na segunda-feira. Um dia depois, o magistrado designou o relator. No mandado, o senador pede que sejam abertos os empréstimos secretos. O parlamentar já havia tentado obter esclarecimentos sobre o caso por meio da Lei de Acesso à Informação, mas a resposta que recebeu foi a de que a informação não poderia ser concedida devido à política de sigilo dos países em questão. “É uma afronta à Constituição, que exige transparências nos atos públicos. O governo brasileiro está escondendo da Nação essas informações”, afirmou.

    Postado por Vitor Vieira às 02:37:00 AM – 7 / 23 / 2014
    ……….

  4. Blog do Aloízio Amorim.

    Jornalismo politicamente incorreto.
    ……….

    O ATAQUE BRUTAL DO SOCIALISMO DO SÉCULO XXI CONTRA A CIVILIZAÇÃO OCIDENTAL, SUAS ORIGENS E ESTRATÉGIAS.

    http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2014/07/o-ataque-brutal-do-socialismo-do-seculo.html
    ……….

    A Escola de Frankfurt e o Marxismo Cultural.

    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=UhPzl2zE6LA
    ……….

    Marxismo Cultural.

    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=aUQfkXQFVUU
    ……….

  5. Blog do Aloízio Amorim.

    Jornalismo politicamente incorreto.
    ……….

    O CASO DO AEROPORTO MINEIRO. OU: QUANDO O JORNALISMO É DOMINADO POR PSICOPATAS E HISTÉRICOS.

    http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2014/07/o-caso-do-aeroporto-mineiro-ou-quando-o.html
    ……….

    (…)

    FOLHA DE SÃO PAULO, UM VIVEIRO DE PSICOPATAS.

    MEU COMENTÁRIO:

    O que não deixa de causar espécie é que essa história do aeroporto de Cláudio, cidade do interior de Minas Gerais, foi manchete da Folha de S. Paulo deste domingo, o que significa que a direção do jornal reputou como a matéria mais importante da edição.
    Para um jornal que contrata como colunista o chefete do movimento sem teto do PT como articulista semanal, sabendo-se que esse elemento conduz a invasão de propriedades públicas e privadas em São Paulo, não é de admirar.
    Lamentavelmente tudo indica que a Folha de S. Paulo foi terceirizada pelo PT para produzir os famigerados “dossiês” contra a Oposição.
    A campanha eleitoral está apenas começando e desta feita o PT conta com os préstimos daquele que é considerado um dos principais jornais da grande mídia brasileira.
    A propósito, a mesma Folha de S. Paulo, correu mais do que depressa para entrevistar uma das figuras mais asquerosas, mentirosas, um psicopata completo que esteve recentemente no Brasil. Refiro-me ao tiranete bolivariano do Equador, Rafael Correa, que dentre os seus maiores feitos como presidente daquela republiqueta foi instituir a censura à imprensa, depois de uma perseguição implacável contra os jornalistas, obrigando-os fugirem do país.
    A entrevista foi realizada pela jornalista Mônica Bérgamo, colunista da Folha, com o seguinte título: “Restauração conservadora ameaça ciclo progressista”. De autoria dessa semovente, como dos demais semoventes da Folha, jamais se lerá uma linha de condenação à deletéria regulação da mídia, ou controle social da mídia, leia-se “censura”, como deseja o Lula, o psicopata-mor, o chefete da horda de comunistas vagabundos que compõem o PT e do Foro de São Paulo.
    Por aí se pode concluir que boa parte jornalistas brasileiros é a favor, pasmem, da censura à imprensa! Aliás a Fenaj e os todos os sindicatos de jornalistas do Brasil transformaram-se em departamentos do PT. Eles pretendem, inclusive, ser mais comunistas do que qualquer comunista que já apareceu na face na Terra!, afinal, são excrescências que brotaram sob o adubo dos cursos de jornalismo, locus que reúne o maior número de psicoptas e histéricos que já apareceu no meio universitário. É de lá que saem os profissionais com a missão do partido de montar dossiês contra a oposição democrática e dar voz a tiranetes criminosos como Rafael Correa, depois que conseguem infiltrar-se nas redações dos veículos de mídia.
    Por tudo isso, é imperioso que o PT seja alijado do poder para sempre, já que a ciência demonstrou de forma cabal que a psicopatia é incurável e todos os petistas e esquerdistas de todos os gêneros são psicopatas.
    E as provas estão aí ao vivo e em cores. Até porque não estou revelando nenhuma novidade. A Folha de S. Paulo é o exemplo concreto, na verdade um viveiro de psicopatas. Todavia a direção da Folha de S. Paulo sabe muito bem que o dia em que tentarem impor a censura a esse jornal serei o primeiro a me levantar para defendê-lo, procedimento que tomarei em relação a qualquer veículo de mídia.

    Postado por Aluizio Amorim às 7/23/2014 02:36:00 AM
    ……….

  6. Hmmmmmmmm… Acho que entendi o busílis da coisa: o mercado publicitário vai sendo estrangulado aos poucos para que o leviatã tome mais e mais espaço. Vade retro!

  7. O que mais me chama a atenção é a duplicidade de pensando na cabeça de certas pessoas de esquerda ou simpatizantes. Conheço algumas que são a favor da liberação da maconha, mas bateram palmas para essa lei. Que acham proibir as obras de Monteiro Lobato foi uma decisão acertada por que ela é racista e ao mesmo tempo dão video-games para seus filhos passarem o dia inteiro jogando jogos violentos, ou seja, ler um livro pode te deixar racista (como se alguém lesse alguma coisa nesse país), mas jogar jogos violentos não causa transtorno nenhum. Acreditem, tem gente que pensa exatamente assim e acha que uma coisa não tem nada haver com a outra.

  8. Que lixo de projeto de lei. A vida de quem inventa uma bosta dessas deve estar muito tediosa pra ficar pensando em acabar com propaganda infantil… sendo que tem muita criança que só come maçã “porque é da Mônica”. Plano pra que indústrias comecem a vender menos, e ruir, e as prateleiras dos mercados ficarem vazias?

    Luciano, gostaria se possível que falasse a respeito do Plano Diretor do Haddad (creio que você mora em São Paulo também). Assim como o Marco Civil, a proposta parece “legal”, mas como partiu da bandidagem vermelha, pé atrás.

  9. Lógica socialista: Livre mercado é escravidão. O Estado dizendo o que você deve assistir, o que deve comprar, quanto deve pagar a seus funcionários e o quanto deve produzir é liberdade.

  10. Luciano, o que você acha da exposição desse professor sobre conflito palestina x Israel?
    https://www.youtube.com/watch?v=fI0esAVfw3U

    Eu achei boa, associou os esquerdistas ao fanatismo islâmico e ainda os acusou de totalitarismo. É uma pena que o formato da resposta do professor não se encaixa na maioria dos quadros de entrevistas em TV q temos hoje.

  11. O General Paulo Chagas é presidente do Grupo TERNUMA – Terrorismo Nunca Mais.

    O Grupo TERNUMA acredita e conclama que nenhuma ditadura é boa para o Brasil.

    O General Paulo Chagas é contra uma intervenção militar, e acredita que a sociedade brasileira ainda tem meios de reverter a situação, pelos instrumentos institucionais vigentes.

    O General Paulo Chagas acredita ser mais eficiente que a sociedade exija urnas auditáveis, e portanto confiáveis. O esforço para monitoramento é menos eficiente que a implantação de urnas auditáveis.

    Ela esclarece isso e outras “cositas mas” no hangout com a Denise Abreu.
    ……….

    Denise Abreu entrevista o General Paulo Chagas.

    http://www.youtube.com/watch?v=u3tfCOhm_zw
    ……….

    • O MMDC e A Revolução Constitucionalista de 1932.

      MMDC = Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo.
      ……….

      O Estado de São Paulo.

      Fernão Lara Mesquita – O Estado de S.Paulo

      O 9 de Julho, de Getúlio ao PT

      http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,o-9-de-julho-de-getulio-ao-pt-imp-,1532715
      ……….

      OPINIÃO

      Fernão Lara Mesquita – O Estado de S.Paulo

      23 Julho 2014 | 02h 04

      O 9 de Julho, de Getúlio ao PT

      São Paulo comemorou este mês o 82.º aniversário da Revolução Constitucionalista de 1932, que muito pouca gente, neste Estado e no resto do Brasil, sabe o que foi. É impróprio, aliás, usar verbos no passado para tratar deste assunto, pois a luta de 1932, que começara pelo menos 50 anos antes com o Movimento Abolicionista, que desaguou na República e se confunde com a história deste jornal, é exatamente a mesma de hoje.

      Gira em torno da seguinte pergunta: onde se quer instalar a sociedade brasileira emancipada, no campo da civilização ou no da barbárie? No Estado de Direito, com a lei igual para todos, ou nas variações do caudilhismo populista, onde fala quem pode e obedece quem tem juízo? Numa meritocracia, em que só a educação e a dedicação no trabalho legitimam a diferença, ou no sistema em que a cooptação e a cumplicidade com a corrupção são os únicos caminhos para o poder e para a afluência?

      O Movimento Abolicionista é o primeiro na História do Brasil a surgir nas ruas, não nos palácios, e a tomar o País inteiro numa avassaladora mobilização cívica. Nasceu sob inspiração direta da Revolução Americana. Muitos de seus principais líderes brancos e negros frequentaram as mesmas “lojas maçônicas” lá, nos Estados Unidos, onde a elite do Iluminismo fugida do absolutismo monárquico europeu, regime sob o qual viviam o Brasil e o resto do mundo de então, iniciou o debate que resultaria no desenho das instituições da democracia moderna.

      Tratava-se de uma humanidade escaldada por 2 mil anos dormindo sob o risco de sua majestade acordar de mau humor e mandar torturá-la até a morte sem ter de dar explicações a ninguém. Para garantir que nunca mais fosse assim aqueles conspiradores estabeleceram os princípios fundamentais da democracia que até hoje não se instalou por aqui: o império incontestável da lei, inclusive e principalmente sobre os governantes; a vontade popular, democraticamente aferida, como única fonte de legitimação dessa lei, e o mérito no trabalho como única fonte de legitimação do poder econômico; a descentralização do poder para garantir a fiscalização mais direta possível dos representados sobre os representantes, concentrando nos municípios todas as decisões e os serviços públicos que pudessem ser prestados no âmbito deles; nos Estados, apenas as que se referissem aos assuntos que envolvessem mais de um município; e na União, só as que não pudessem ser resolvidos por essas duas instâncias, mais as relações internacionais.

      Para reduzir ainda mais o espaço para que as tentações do mando não produzissem os efeitos que sempre produzem no caráter dos homens, determinou-se que cada uma dessas instâncias de governo fosse dividida em três Poderes autônomos e independentes entre si, uns encarregados de fiscalizar os atos dos outros.

      Não foi à toa, portanto, que os brasileiros oprimidos que testemunharam esse verdadeiro milagre se tivessem encantado a ponto de dedicar sua vida a fazê-lo acontecer também no Brasil.

      Foi em nome desses princípios que nasceu a República. E foi para preservá-los que foram feitas a Revolução de 1930, a Revolução de 1932, a redemocratização de 1945, o contragolpe de 1964 e a redemocratização de 1985.

      Getúlio traiu, como Lula, a bandeira da “ética na política”, que levou os dois ao poder, em 1930 e em 2002. Getúlio, adiando a convocação de uma Constituinte e nomeando títeres como governadores dos Estados até que São Paulo se levantasse contra a sua ditadura não declarada, em 1932; Lula, aliando-se a todos os “carcomidos” da política, que se elegeu atacando, para se perenizar no poder.

      Foram 87 dias de uma guerra desigual contra os Exércitos da União. São Paulo foi derrotado militarmente, mas teve uma vitória moral tão indiscutível que Getúlio, depois de devolver o governo do Estado a lideranças paulistas (na pessoa de Armando Salles de Oliveira), sentiu-se constrangido a convocar finalmente a Constituinte que deu ao Brasil, em 1934, a única Constituição verdadeiramente democrática que o País teve.

      Tão democrática que o caudilho não conseguiu conviver com ela e “fechou” o País, em 1937, impondo a sua própria lei e reinstalando a ditadura. Um movimento semelhante ao que o PT repetiu agora com o Decreto 8.243, que segue vigendo, recorde-se, e determina que nossas leis passarão a ser feitas não mais exclusivamente por um Congresso legitimado pelo voto de todos os brasileiros, mas pelos “movimentos sociais” que o partido escolher.

      Um dos primeiros atos da ditadura varguista foi queimar cerimonialmente as bandeiras dos Estados da Federação. O PT também trata de centralizar o poder, mas por meio de uma sucessão de medidas provisórias e outros expedientes sub-reptícios que, passo a passo, vão tirando atribuições e fontes de arrecadação dos Estados e municípios, de modo a deixá-los totalmente dependentes da União.

      Getúlio fechou o Congresso; o PT subornou o Congresso. Getúlio instalou um Poder Judiciário teleguiado; o PT criou um Poder Judiciário colonizado. Getúlio instituiu o regime em que “para os amigos, (o Estado dava) tudo; para os inimigos, (o Estado aplicava) a lei”; o PT instituiu o sistema dos vazamentos seletivos para a imprensa dos “podres” de seus adversários políticos, verdadeiros ou falsos, de par com as suítes especiais nos presídios para os poucos “amigos” condenados antes da desmontagem do Poder Judiciário. Getúlio criou a indústria de base e a distribuiu entre os “amigos” que financiavam o regime; o PT reverteu a economia democratizada que recebeu na política dos “campeões nacionais” donos de monopólios financiados com dinheiro público, hoje os maiores contribuintes de suas campanhas. Getúlio seduziu o povão com a outorga de direitos sem a contrapartida de deveres; o PT seduziu o povão com os salários sem a contrapartida do trabalho. Getúlio criou os sindicatos pelegos sustentados pelo Estado; Lula e o PT são o produto direto deles.

      São Paulo resistiu sozinho a Getúlio; São Paulo vem resistindo quase sozinho ao PT. A luta de 1932, portanto, ainda não acabou. E em outubro próximo haverá mais uma batalha decisiva.
      ……….

      FERNÃO LARA MESQUITA É JORNALISTA, ESCREVE EM http://WWW.VESPEIRO.COM
      ……….

  12. Luciano, queria mesmo por favor que você falasse a respeito do Plano Diretor, que foi sancionado hoje inclusive. Li esse artigo na página de um senador petista que “explica” o texto, e achei a parte contra os espigões em bairros residenciais ótima, mas todo o resto há algumas partes que parecem ser maracutaia disfarçada.
    Se puder, agradaria muito de ver seu parecer.

    http://cidadeaberta.org.br/entenda-questoes-importantes-do-plano-diretor-estrategico-2/

    Abç,
    Cauê

  13. A polícia brasileira realmente mata? Vamos ver:
    http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/crimes/2013-11-05/policia-brasileira-mata-cinco-por-dia-e-e-uma-das-mais-letais-do-mundo.html
    Este é o link com os dados de alguns países. Vamos então fazer uma conta bem simples de proporção entre mortos pela polícia e população nacional.
    Brasil= 0.00000940145 ou 9,4.10^-6
    Venezuela=0.00002436598 ou 24,3.10^-6(já é maior que o do Brasil)
    México=0.00001395328 ou 13,9.10^-6 (maior de novo…)
    África do Sul= 0.00001412245 ou 14.10^-6
    Assim fica fácil demais véi, eles parece que nem tentam

  14. Prezado Luciano,
    Abaixo descrevo simples, e objetivamente os dados, que os brasileiros infelizmente não tem noção!
    Considero importante a divulgação deste!
    Na realidade, eu originei as classes sociais, como considero corretas… e, não como o PT acha que são!

    Lembre-se sempre,
    você comprou algo… pagou imposto!!!!

    Comprou remédio? Pagou imposto
    Comprou gasolina? Pagou imposto
    Pagou a conta de luz? Pagou imposto

    Você sabe, quanto é arrecadado em impostos neste país????

    Abaixo demonstro facilmente a situação,
    deixo claro que o valor real, é bem superior ao que anuncio,
    pois deixei muitos como se não pagassem,
    ou seja exagerei propositalmente,
    para você se surpreender, e não acreditar,
    que o valor anual arrecadado é realmente este
    (o valor com certeza é superior, ao que apresento)

    Vamos lá….

    População do Brasil: 202 milhões de pessoas (IBGE 04/07/2014)

    Começamos fingindo que 82 milhões de pessoas, sejam menores
    de 17 anos, não trabalhem, não sejam traficantes, e não sejam assaltantes,
    portanto nunca viram dinheiro,
    então esqueçamos estes.

    Sendo assim,
    a população nacional,
    com situação de trabalho seria de 120 milhões de habitantes.

    Miséria total
    Fase 01:
    20% destes possuem renda média mensal de R$ 300,00.
    E, vamos fingir que todos não compram absolutamente nada,
    nem roupas, nem comida, e nem bebida,
    assim… estes não geram arrecadação,
    ou seja, pagam de impostos… NADA !!!!!

    Extrema pobreza
    Fase 02:
    20% destes (120 milhões de hab.) possuem renda média de R$ 650,00.
    Estes, você pode dizer que consomem, compram remédios,
    comida, vestuário, pagam luz, água, etc…
    Ou seja, estes pagam IMPOSTOS indiretos, ou seja, EMBUTIDOS
    em tudo que compram.
    O que na realidade significa que pagam 15% de seus rendimentos
    em impostos!!!!
    Então:
    24 milhões de pessoas (20% da população) pagando 15% de impostos
    sobre seu ganho mensal de 650,00 (R$ 97,50).

    24.000.000 x 97,50 = 2 bilhões 340 milhões / mês
    Anualmente: R$ 28 bilhões e 080 milhões de reais

    Pobres
    Fase 03:
    14% da população (16.800.000 pessoas) possuem renda média mensal
    de R$ 1.000,00.
    Estes consomem mais, e gastam mais, ou seja acabam pagando
    uma média de 20% em impostos diretos e indiretos, o que totaliza
    R$200,00 de impostos por pessoa.
    Então:
    16.800.000 pessoas x 200,00 = 3 Bilhões 360 milhões / mês
    Anualmente: R$ 40 bilhões 320 milhões de reais.

    Fora da linha da pobreza
    Fase 04:
    10% da população (12 milhões de pessoas) possuem renda média mensal
    de R$ 2.000,00.
    Aqui, as pessoas já pagam IPTU, e outros tributos, além dos impostos
    embutidos que a pessoa não vê, e não sabe que pagou, ou seja,
    nesta fase os impostos juntos levam 35% do salário da pessoa
    (R$ 2.000,00 x 35% = 700,00).
    Então:
    12.000.000 pessoas x R$ 700,00 = 8 bilhões 400 milhões / mês
    Anualmente: R$ 100 bilhões 800 milhões

    Classe média/baixa
    Fase 05:
    18% dos brasileiros (21 milhões e 600 mil pessoas)
    possuem renda mensal de R$ 3.000,00.
    Estes pagam todo e qualquer tipo de imposto,
    sabendo ou não, pagam 35% de seu salário só
    em impostos!!!!!
    Então:

    21.600.000 pessoas x R$ 1.050,00 = 22 bilhões 680 milhões / mês
    Anualmente: R$ 272 bilhões 160 milhões de reais.

    Paro aqui para lembrar que,
    está sendo feito uma mostra, do que é arrecadado,
    ou seja TODOS, todos os impostos juntos,
    tanto municipais, estaduais e federal.
    O que está sendo divulgado é simplesmente,
    a arrecadação anual de IOF, IR, IPTU, ITCMD,
    ICMS, IPVA, ISS, Laudenio, etc… (todos os impostos,
    existentes no país).

    Classe média
    Fase 06:
    09% destes (10.800.000 pessoas)
    possuem renda mensal de R$ 6.000,00.
    Seus gastos mensais geram arrecadação
    relacionada a 45% de impostos.
    Então:

    10.800.000 pessoas x R$ 2.700,00 = 29 bilhões 160 mi. / mês
    Anualmente: R$ 349 bilhões 920 milhões de reais.

    Classe média/alta
    Fase 07:
    08% da população (9.700.000 pessoas) possuem renda mensal
    de R$ 35.000,00. Estes pagam 60% de seus salários em impostos
    (R$ 21.000,00).
    Então:

    9.700.000 pessoas x R$ 21.000,00 = 203 bilhões 700 milhões / mês
    Anualmente: R$ 2 trilhões 444 bilhões 400 milhões de reais.

    Ricos
    Fase 08:
    01% da população (1.200.000 pessoas) possuem renda média mensal
    de R$ 200.000,00, e estes são o que mais pagam impostos no país
    (70% de seu salário é gasto em impostos).
    Então:

    1.200.000 pessoas x R$ 140.000,00 ( 70% de 200.000,00) = 168 bilhões / mês
    Anualmente: R$ 2 trilhões e 016 bilhões de reais.

    Finalizando,
    não coloquei nada por pessoa jurídica,
    pois englobei os salários aos impostos,
    por isto, classe média / alta, e
    ricos tem uma taxa de impostos tão violenta.

    Mostrei acima, que a arrecadação em impostos anuais
    são de (no mínimo) R$ 5 trilhões 251 bilhões 680 milhões de reais.
    Ah….
    e a sonegação????
    Este número é bem inferior a realidade,
    ou seja,
    pode considerar a sonegação embutida!

    Você tem noção do que é arrecadado anualmente,
    em impostos????

    Juntando todos impostos:

    ITCMD, ICMS, IR, COFINS, ISS, IPVA,
    IPTU, IOF, ITBI, COSIP, e todos os outros…

    Dão uma arrecadação de :

    R$ 5.000.000.000.000,00 (5 trilhões) / ano

    Ou seja,
    Se você dividir estes 5 trilhões,
    por 200.000.000 habitantes,
    pois o imposto é para a nação!
    Dará um média de R$ 25.000,00 / por pessoa / ano!

    Então…

    Uma cidade como Londrina (PR) (530.000 habitantes)
    Pode e deve ter renda anual de 530.000 x R$ 25.000,00
    Totalizando: R$ 13 bilhões 250 milhões / ano.
    ou
    R$ 1 bilhão 104 milhões de reais / mês

    Para você entender bem,
    como é fácil administrar uma cidade
    como Londrina (PR),
    exagerei nos valores (infelizmente, pois são os valores
    que realmente deveriam ser pagos de salário) e mostro
    que é fácil, e simples termos
    saúde, educação, segurança e estradas!

    Então, vamos simular

    População – 530.000 habitantes

    8.000 professores pagos pela cidade,
    para
    Universidades públicas, colégios públicos e berçários (creches)
    R$ 10.000,00 para todo professor (que sonho hein?)
    Totaliza-se: R$ 80.000.000,00 (oitenta milhões) /mês

    12.000 policiais para garantir segurança
    para cidade com salário médio mensal
    de R$ 10.000,00 (que sonho… “novamente”)
    Totaliza-se: R$ 120.000.000,00 (120 milhões)/mês.

    Hospitais e pronto socorros:

    4.000 enfermeiros recebendo salário mensal
    de R$ 5.000,00 (utopia???)
    Totaliza-se: R$ 20.000.000,00 (vinte milhões)/mês.

    1.500 funcionários recebendo salário mensal
    de R$ 3.000,00
    Totaliza-se: R$ 4.500.000,00 / mês

    1.000 médicos recebendo salário digno mensal
    de R$ 30.000,00.
    Totaliza-se: 30.000.000,00 (30 milhões) / mês

    Medicamentos distribuídos gratuitamente pelo SUS
    R$ 5.000.000,00 mensais
    preço justo e sério, sem negociatas dos políticos

    Gastos com ultrason / Tomografias / Raios x etc… (mensalmente)
    R$ 10.000.000,00 mensais
    preço justo e sério, sem negociatas dos políticos.

    07 carros novos para polícia/Mês : R$ 500.000,00

    05 ambulâncias + 02 carros bombeiros/ mês: R$ 5.000.000,00

    85 km asfaltados todo mês (asfalto de primeira) R$ 50.000.000,00

    3.500 funcionários da prefeitura com salário médio de 3.000,00/mês
    Totaliza-se R$ 10.500.000,00 (10 milhões e 500 mil reais)

    Total acima R$ 335.500.000,00 (335 milhões e 500 mil reais / mês)

    Podendo ainda investir 2 milhões reais em reforma de uma escola
    todo mês.

    Investindo 4 milhões de reais mensais
    em reformas e construção de postos de saúde.

    Pagando 5 milhões de reais / mês
    com merenda escolar.

    Gastando 20 milhões / mês
    com material didático, carteiras,
    mesas, cadeiras, canetas, e tudo necessário
    para manter as escolas e postos de saúde.

    5.000 garis, margaridas e coletores de lixo,
    recebendo salário de R$ 2.500,00 / mês.
    Totalizando: R$ 12.500.000,00 / mês.

    Total de itens acima R$ 348.031.000,00 / mês

    Considerando que o principal e mais caro está descrito acima,
    e sabendo que arrecadação de impostos totais (municipal/estadual/federal)
    mensal corresponde a R$ 1 bilhão 104 milhões / mês

    Sobra ainda R$ 755.969.000,00 (setecentos e cinquenta e cinco milhões de reais)
    para pagar outras coisas que não foram inseridas acima.

    DEU!!! Chega!!!! O povo cansou….
    ninguém mais quer ser estuprado…
    ou acabamos com os políticos,
    ou eles acabam com a gente…

Deixe uma resposta