A “dialética” de Marcelo Tas na questão do conflito Hamas X Israel

28
165

cqc-marcelo-tas-julia-chequer-g

Depois que mostrei uma coleção interminável de fraudes intelectuais de Marcelo Tas para ajudar o PT na questão dos médicos cubanos, perdi qualquer expectativa neste senhor.

Mas essa gente é sempre capaz de nos surpreender, não é mesmo? Com surpresas negativas, evidentemente.

Conforme nos lembra o blog Pletz.com, na última segunda-feira, 4/8, um grupo da comunidade judaica de São Paulo foi à TV Bandeiras, em São Paulo. Nessa visita aos estúdios da emissora, foram buscar uma discussão respeitosa com Tas. O objetivo era questioná-lo à respeito das reportagens que foram nas últimas três semanas sobre o conflito em Gaza.

Observe a elegância da postura de Tas:

Notaram a dialética? A receita dele é simples: (1) Demonizar o oponente, (2) Recusar-se a ouvir a outra parte, (3) Fazer encenação para lançar shaming nos outros.

Sempre foi assim quando ele entrou para defender a agenda do PT. Por que agora seria diferente?

Pelo menos vamos deixar registrado para a posteridade mais um comportamento “dialético” da extrema-esquerda.

Anúncios

28 COMMENTS

  1. Tendenciosa é pouco, a reportagem sobre o conflito Israel X Hamas foi primaria! Ou se é humorista ( e pra isso tem que ser engraçado) ou se é reporter . Um palestino entrevistado pelo enviado do cqc afirmou que os 3 meninos mortos por terroristas eram soldados, e o enviado cqc nem pra retrucar que dois deles tinham 16 anos e o outro era cidadão americano , portanto nenhum deles era soldado de Israel, ou o enviado não sabia, o que é pessimo, ir fazer uma investigação sem nem se inteirar do assunto antes, ou deixou rolar na maldade mesmo. Eu já não gostava muito do programa , agora não assisto mais, e farei campanha de boicote dos seus patrocinadores e do seu pseudo humoristico . Deve ser daí que vem o antissemitismo do cqc, são todos sem graça nenhuma , nada como um judeu pra ser humorista!

    • Eu sou o tal do Maxwell que fez o comentário, se quiser pode fazer um print. Só uma coisa que faltou no ponto 3 é que a reforma iria acabar com propriedade privada RURAL.

  2. Luciano.

    Sabemos muito bem que esse bunda mole, Marcelo Taz, é um… beneficiário.

    Enquanto certa parcela da população não se interessar pelo Brasil, por sua vida e seu futuro, preocupando-se apenas com seus umbigos e com futilidades televisivas, esse careca bunda mole vai continuar fazendo seu show lucrativo de petista beneficiário.

    Parte da responsabilidade também é dos “empresários” que são putas do petismo, e como bom exemplo temos ai os “empresários” da Rede Bandeirantes de Televisão. O problema com esses “empresários” bárbaros cafajestes, putas idiotas, é que eles já venderam suas mães e agora estão empenhados em vender o Brasil.

    Se não fosse por esses “empresários” um bundinha pulha, como o Taz, não teria visibilidade na sociedade.

    A maior podridão do Brasil está nas elites. A merda cai na sociedade, vem de cima pra baixo.
    ……….

    • Discordo, Apollo. A nossa sociedade é totalmente inclinada para a falta de caráter, vide o jeitinho brasileiro. Mas claro que se as pessoas que tomam decisão, formam opinião são vendidas, a coisa só tende a piorar. Não culpo só a “zelite”, não.

  3. Não custa nada eles manipularem a matéria sobre Israel e Gaza, afinal, eles já tinham feito isso com o Bolsonaro.

    E o Marcelo Tas posando dando uma desculpa de bom moço, parcial e injustiçado; comportamento típico dos canalhas, cínicos e covardes.

  4. Eles deveriam colocar o vídeo na íntegra.Assim da brecha para qualquer cretino “argumentar” que eles estavam provocando o Tas.
    Sobre o mesmo, não me espanta muito, vindo de uma pessoa que já chamou, nesse programa “humorístico”, o psdb de direita.

  5. Luciano, esse Tas foi um dos artísticas que cederam sua imagem para apoiar o Marco Civil da. Internet. E depois ele se vangloria que ele criou um personagem, um repórter fictício, para burlar a ditadura militar: Ernesto Varela. Fica como sugestão usar esta hipocrisia contra ele no próximo artigo que vc escrever sobre este hipócrita. Já pensou? “Marcelo Tas x Ernesto Varela: o que mudou em 20 anos?”. Eu aprendi que o que deixa os esquerdistas mais histéricos é expor a hipocrisia deles e seus líderes. Vide o caso do termo “esquerda caviar” que realmente os deixa possessos, muito mais do que termos mais agressivos, pois estes eles já usam diariamente contra os outros.

  6. Nunca entendi que tanta graça acham nesse CQC.
    Programa chato e lambedor de bolas do PT.

    Um dia vi uma notícia “Restart xinga Lobão e Tico Santa Cruz no CQC” e curioso fui ver. Abriu um vídeo recente do programa mostrando um super quadro novo que era de se esconder embaixo da cadeira de tanta vergonha alheial. Consistia em fazer “tarefas” na rua do tipo: perguntar horas pra um desconhecido; adivinhar a cor do carro que ia passar… parecia quadro de programa infantil mas com palavrões ao final.

    Tempos ruins esses, hein, CQC?

  7. Boa tarde Luciano.

    Sou editor do site MÍDIA@MAIS e gostaria de saber se você poderia dar uma entrevista para o site.

    Grande abraço e obrigado!

  8. A discussão em torno do conflito Israel X Hamas perde completamente o sentido quando o próprio filho de um dos fundadores do Hamas vem a público para dizer que Israel é o certo da história. Uma coisa é ouvir a ‘versão’ defendida pelo Luciano, Felipe Moura Brasil, Rodrigo Constantino, Pondé, Reinaldo Azevedo etc. Outra coisa é ouvir essa mesmíssima versão, inclusive com os mesmos argumentos, da boca de quem nasceu na Palestina, é filho do fundador do grupo terrorista e tem todo um background acerca do assunto. A propósito, vale muito a pena ver os vídeos que estão na página do Felipe Moura Brasil (Veja) com as declarações do ‘filho do Hamas’, todas devidamente traduzidas.

    Fico imaginando o ‘Firulla’ tentando usar de suas refutações contra um vídeo desses. Deve ser patético!

  9. Com mais esse episódio, nmho, fica claro:

    Jamais deveriam “misturar” humor e jornalismo no mesmo programa!

    Essa “nova mania da tv aberta” gera como resultado:

    . humor sem graça, muitas vezes grotesco/estúpido e
    . jornalismo vagabundo, com a profundidade de conhecimento equivalente a uma tampinha de refrigerante.

    Com relação ao apresentador, é mais um que habita “o rol de tartarugas na árvore”.

  10. Luciano, segue a nova grita dos amiguinhos do Hamas: a Garnier israelense mandou presentes para as mulheres que servem no exército local, por meio da ONG Stand with Us (especializada em enviar ajuda aos militares de lá). E aí começaram aquelas falácias de costume, sobre se os produtos serviriam para limpar as mãos sujas de sangue de palestinos mortos (que estavam servindo de escudo do Hamas) ou se não era mais importante mandar água e alimento para os palestinos em vez de cosméticos para as mulheres em questão (a famosa falácia do “por que não usam esse dinheiro para salvar as criancinhas da África?”).
    E agora estão querendo boicotar a Garnier (não que vá ter muito efeito), mas é de se perguntar se não poderá acontecer um efeito parecido com o da consultoria Empiricus, que acabou aumentando a clientela após ações censórias marxistas-humanistas-neoateístas. Olhando nos comentários da notícia, ficou patente que os hamasetes tomaram uma piaba das boas.

  11. o que tem que fazer é ver quem são os patrocinadores e enviar email pedindo para não financiarem esta porcaria que tinha potencial para ser muito bom mas desandou. o mesmo vale para o tal esquenta, flip e outras estrovengas que estão ajudando a enterrar o país.

  12. Decepcionei-me com o CQC desde aquela propaganda pró-aborto mal-disfarçada de reportagem: http://www.youtube.com/watch?v=43A07Shh7gU

    Fui assistindo cada vez menos e hoje já não perco mais meu tempo. Essa reportagem infame foi um marco no declínio desse programa, que já fez até coisas interessantes como o “Proteste já” e a zueira do ET de Corguinha, mas percebi que eles eram por demais dependentes do humor de Gentili, Rafinha Bastos e Rafael Cortez, ainda que muitas vezes com tiradas de mau-gosto.

  13. pela guerra audiência, as emissoras colocam qualquer porcaria no ar.. sinceramente, a qualidade da tv está descendo dentro do poço, só não creio que vá chegar ao fundo, pois creio que haja alguém cavando lá no fundo, até o Fantástico voltou a exibir exorcismo..que lástima.

  14. Um vídeo de 33 segundos? Pra ter uma opinião real, é preciso ver o que veio antes desse momento. Não tenho nenhuma simpatia especial pelo Tas, mas isso aí pode muito bem ter sido manipulado e editado. Acho que não cabe estar nem a favor nem contra de algo que não se mostra na íntegra.

Deixe uma resposta