Marcelo Matias é um juiz que sabe das coisas: “Black blocs são esquerda caviar”. Enquanto isso, Greenhalgh delira.

12
118

i57656

Boa parte da direita se acostumou a preservar nossos oponentes esquerdistas, enquanto eles jamais pensaram duas vezes na hora de descarregar rótulos pejorativos sobre nós. Claro que isso torna a guerra política desproporcional em favor deles.

O fato é que sempre devemos chamar um vigarista do que ele realmente é. Não sei se o juiz Marcelo Matias Pereira é um direitista. Não importa. O que importa é vê-lo usar adjetivos adequados ao se referir à extrema-esquerda. No caso, o juiz negou um pedido de liberdade feito pelos black blocs Fábio Hideki Harrano e Rafael Lusvarghi, presos em 23 de junho.

Segundo matéria da Folha de São Paulo, o juiz Marcelo Matias, da 10ª Vara Criminal, colocou em sua sentença na última sexta-feira, dia 1/8, o seguinte:

Além de descaradamente atacarem o patrimônio particular de pessoas que tanto trabalharam para conquistá-lo, sob o argumento de que são contra o capitalismo, mas usam tênis da Nike, telefone celular, conforme se verifica nas imagens, postam fotos no Facebook e até utilizam uma denominação grafada em língua inglesa, bem ao gosto da denominada esquerda caviar.

É assim que se fala mesmo! São membros da esquerda caviar, portanto um exemplo da hipocrisia de um bando de sujeitos doutrinados por professores marxistas, e que hoje só pensam em mamar nas tetas do estado. Ou seja, é gente que toma a “luta pelo socialismo” como um grande negócio.

Sabendo que não tinha como contra-argumentar os fatos, o advogado da dupla, Luiz Eduardo Greenhalgh (foto), protestou:

Isso [declaração do juiz] me lembrou a época da ditadura militar, da lei de Segurança Nacional, sem nenhum fundamento.

Isso que ele disse acima é algo tão bizarro que transcende qualquer capacidade de avaliação.

Provavelmente os Black Blocs contratam seus porta-vozes com o seguinte anúncio de classificados: “Procura-se embusteiros para falar em nome de grupos de extrema-esquerda. O salário é bom, e tem ótimos benefícios. Requisitos para o cargo incluem mentir com a maior cara de pau e seguir os scripts do partidão”.

Que raios tem a ver uma sentença de um juiz identificando um agravante de dois vândalos com “ditadura militar”? Absolutamente nada.

Alias, o Sr. Greenhalgh é do PT. É como eu disse: está cada vez mais difícil para os petralhas tentarem se “descolar” dos Black Blocs…

Anúncios

12 COMMENTS

  1. Luz no final do túnel?

    Isso mostra que nem todos os que estão em ‘círculos superiores’ estão de acordo com a política do PT. Ao que parece o dinheiro sujo do partido não consegue comprar todo mundo. Tampouco sua ideologia louca consegue contagiar à todos.

    Imagine quantos não ficam no silêncio por medo de represálias, mas com uma vontade enorme de mostrar ao mundo a hipocrisia desses militantes pseudo-comunistas e seus senhores.

    Bravo Sr Juiz, falou o que está entalado na garganta de uns 75% da populaça desse país.

    No site do Terra tem essa notícia, e pra variar, a militância petista condenando o Juiz nos comentários.

  2. Confesso que ando meio enojado desse messianismo e desse falso bom mocismo da esquerda brasileira. Chegou a um ponto de saturação, mas parece que a ficha dos caras não caiu, pois agem como se fossem os combatentes da democracia quando tentam, na verdade, sabotá-la.

  3. Sugestões para a categoria rotinas esquerdistas:

    Rotina esquerdista:Ser socialista não é fazer voto de pobreza (duvido que alguém daqui nunca tenha lido essa falácia)

    Rotino esquerdista:Black Bloc não é um grupo terrorista mas sim uma tática.

      • “Ser socialista não é fazer voto de pobreza.” Isso remonta a uma entrevista de Pablo Picasso a um jornalista, onde ele deu uma resposta similar ao ser indagado por não usar sua fortuna para ajudar as pessoas.

        A resposta foi mais ou menos assim: “sou comunista e não preciso me fingir de cristão”.

        Infelizmente, já faz tempo que li sobre isso e não consegui achar o link com a transcrição dessa entrevista. Vale uma investigada.

  4. Essa é a tática da esquerda em qualquer discussão: se alguém disser o que você não concorda, então esse alguém é seu oponente e obviamente é um nazista, machista, fascista e alguém da época da ditadura militar. Parecem papagaios que só sabem repetir meia dúzia de palavras.

  5. É uma pena que Juízes como esse jamais chegarão aos tribunais superiores novamente, porque nunca um desses ai será escolhido por um político desses que nós temos, afinal, qual deles iria colocar um juiz que ataca hipócritas e cumpre seu dever quando casos de esquerdistas “esquerdando” chegam ao seu gabinete?

    E viva o “ekylibril” entre os “porretes”…digo, “poderes”.

  6. Este advogado do bigode de Groucho Marx não é aquele deputado da Campanha do Desarmamento, que almejava ser presidente do congresso e não foi nem reeleito, mas está rico graças as indenizações do “Bolsa Ditadura” ? Este me faz lembrar do filme Advogado do Diabo.

  7. Hahahaha. Boa. Tem que achincalhar, humilhar, ridicularizar.
    E isso fica mais fácil quando o babaca do advogado de sobrenome de louco ainda chega e fala uma baboseira dessas, que até me causou uma gargalhada quando li.
    Bobinho, mal preparado… assim fica muito fácil achincalhar vocês, vermelhada. Vcs já foram melhorzinhos. Mas vosso tempo tá acabando e não vejo a hora da areia parar de cair na ampulheta…

  8. sakamotearam a decisão do juiz e a compararam com alhos e bugalhos para ver se conseguem desmoralizá-la. Porém, desmoralizado foi o blogueiro com os seguintes comentários:

    Carlos Frasson 4 horas atrás

    Da mesma maneira que existe péssimos juízes, temos também péssimos e tendenciosos jornalistas que é o seu caso.

    Tiago Sabor 1 hora atrás

    Ao Ricardo Almeida, parabéns pelo seu português, mas a mensagem foi passada e entendida perfeitamente (que é a função de qualquer meio de comunicação). E aos demais, não entendo a crítica quanto ao Sakamoto. Ele tem um ponto de vista que defende e ninguém é obrigado a ler o que ele escreve. Diferentemente de um juiz, onde seu entendimento influência diretamente o resultado de um julgamento o consecutivamente a vida de pessoas.

    Ricardo Almeida 3 horas atrás

    Além de tendencioso, o jornalista também estupra a língua portuguesa, ao escrever “há juízes que preferem entender a Constituição Federal de 1988 e as liberdades ali presentes DO QUE basear suas sentenças em sociologia de botequim”. O verbo preferir sempre exige a preposição “a”. Sempre se prefere uma coisa *a* outra, e não *do que* outra. Incrível é saber que esse cara fez doutorado… é realmente a evidência da morte da educação no Brasil. Argumenta misturando alhos com bugalhos e ainda estupra a língua portuguesa.

    Olavofcb 4 horas atrás

    Tirou as palavras do meu pensamento. Esse Sakomoto expressa opiniões sobre qualquer assunto, até dos mais inúteis e sem importância nenhuma, sempre pagando de grande intelectual e pensador progressista da sociedade. Pior que tem muita gente, que acredita que ele só expressa pérolas de sabedoria…

    fariseu2005 4 horas atrás

    Parabens a este juiz que conseguiu diferenciar um militante baderneiro e depredador do patrimonio alheio de um militante politico. Excelentes as palavras dele chamando-os de esquerda caviar, como outros tanto que adoram desfilar com a camiseta do Che e usam macbooks e passeios a terra do tio Sam, aproveitando para fazer umas comprinhas. Brilhante esta tua colocaçao de juizes de toga com capa de super herois, isso cai muito bem aos juizes do trabalho que consideram as empresas privadas como imperialistas e o pobre do trabalhador como explorado, ou ate entao membro da policia federal ou Ministerio da Justiça que insistem em prevaricar insistindo em nao apurar ou abrir inquerito a membros do governo que insistem em se utilizar de bens publicos como se fossem particulares. tentando inclusive criminalizar aqueles que denunciam tais mal feitos (ou crimes num linguajar direto). Excelente teu outro artigo que tenta desqualificar pessoas com formaçao forjada com estudos, logica e trabalho daqueles analfabetos como sendo grandes pocos de inteligencia. Isso cai como uma luva a maioria dos jovens formados e professores das Faculdades de Historia e Filosofia que se acham os reis da cocada, otimo exemplo seria a professora Marilena Chaui que se acha a melhor. Quanto a analfabetos inteligentes o que dizer de Lula que tem orgulho que sua mae nasceu analfabeta e ele conseguiu enriquecer toda a familia nos ultimos 12 anos sem que ninguem fosse preso por maracutaia, esse sim é bom, apesar de receber aposentadoria por invalidez, bolsa ditadura, ter sido presidente sem nunca ter estudado. Otimo artigo japonesinho.

    menosvalia 4 horas atrás

    Doeu né? Nem vai poder mais tirar foto com o Mac air na mesa. Falar a verdade neste país não pode?

    Absalão Bussamra 2 horas atrás

    Juizão meteu o dedo na ferida com vontade, daí a ira do ilustre blogueiro.

    Cioraneto 2 horas atrás

    “’Black Blocs’, que passaram a promover todo tipo de arruaça, depredação, destruição e horror, vergonha nacional e mundial (…) ” Se isso é mentira do juiz ou não é argumento para prender é o que? Só um cego para insinuar que o embasamento para a prisão se fundou na passagem da `esquerda caviar` – bem divertida, aliás. Foi só a cereja do bolo. Os que julgam assim – estes sim superficiais, ignorantes e preconceituosos – são os mesmos que acham que incitação criminosa (Artigo 286), associação criminosa (Artigo 288), resistência (Artigo 329) e desobediência (Artigo 330) não justifica prisão.

    PauloHP 2 horas atrás

    Gostei do juiz. As outras frases foram absurdas, e não entro nem no mérito dessa decisão, já que não conheço o processo, mas a frase atingiu em cheio muita gente que se identificou com essa “esquerda pop” (no sentido “popstar” do termo)

    FADL 2 horas atrás

    É incrível… No que pese alguma sentenças de juízes serem realmente contestáveis, embora devam ser respeitadas e acatadas, o blogueiro achincalha aqueles que vão contra seus ideais, mas enaltece aquele que, “coincidentemente”, lhe deu ganho de causa…

    billy bones 30 minutos atrás

    saka, vc que é doutor, esclarece a gente do andar de baixo: por que os nossos universitários e professores gostam tanto de depredar patrimônio público (que também é deles) e dos outros??? que revolta é essa, bicho, eles tem raiva de que??? de não serem pobres? de não serem explorados??? citando o filósofo roger: “como é que eu vou crescer sem ter com quem me revoltar…”

    billy bones 24 minutos atrás

    saka, eu leio vários blogues assim do porte do seu e não entendo: vocês, jornalistas, são topetudos, criticam juiz, polícia, senador, deputado, o papa, deus, ronaldinho, pelé, todo mundo. agora eu nunca vejo vocês criticando o LULA (faz e acontece nesse país, nomeia filho, amigo, prima da nora da ex-cunhada pra ganhar 30 mil mole no SESI…), muito menos o PCC (mata , barbariza, queima ônibus, compra arma no exterior, vende cocaína), nem o FIDEL, que a família dele está no poder desde 1959, tempo do bambolê e do guaraná de rolha. isso diz alguma coisa sobre as opiniões de vocês??? fala aí, amigo, esclarece esse negócio pra mim.

    No Face, comentam mais os marxistas-humanistas-neoateístas e alguns já começam a evocar lembranças de que Marcelo Matias é o mesmo juiz que absolveu Danilo Gentili da acusação de racismo, como se ele fosse obrigado a condenar o comediante em questão porque um bando de MHNs quer porque que ele seja condenado.

Deixe uma resposta