A BLOSTA se supera: Paulo Nogueira tenta validar fraude na Wikipedia criticando elogios à Miriam Leitão

13
70

miriam_min_fde-988716

É momento de reconhecermos o esforço deste pessoal. Ter que defender dois escândalos do governo ao mesmo tempo (Wikipediagate e Fraude na CPI da Petrobrás) não é fácil. Eles devem estar sobrecarregados. Provavelmente até com stress. Os blogueiros da BLOSTA estão entrando em parafuso.

Só isso explica o baixo nível dos últimos textos de Paulo Nogueira, do blog Diário do Centro do Mundo.

No último, acreditem se quiser, ele tenta inocentar os fraudadores do perfil de Míriam Leitão dizendo que atualmente há muitos elogios por lá.

Você pode estar se perguntando: o que tem a ver elogios presentes na página atual de Míriam Leitão da Wikipedia com a validação do que os fraudadores do Planalto fizeram inserindo críticas na mesma página? Bem, na cabeça de Nogueira isso deve ter algum significado. Caso contrário, ele não teria gasto tanto esforço criando seu “caso”.

Veja o cerne da empulhação:

O caso Wikipedia me fez ler, por curiosidade, o verbete sobre Míriam Leitão. Logo vi o seguinte: só a própria Míriam poderia tê-lo escrito. Ou sua mãe, tamanha a profusão de elogios e a ausência de qualquer crítica. Em verbetes sérios da Wikipédia, sempre existe o contraponto, a área de críticas. No caso de Míriam, não há nada. E convenhamos: se tem admiradores, Míriam Leitão é, também, uma das pessoas mais suscetíveis de reparos no jornalismo brasileiro. Ela ficou associada ao catastrofismo econômico para uma enorme parte do público que consome notícias. Mas isso está ausente no seu verbete na Wikipédia. Isso quer dizer o seguinte: quem alterou o texto prestou, de alguma forma, um serviço à verdade.

A mente desse pessoal é tão moralmente deformada que posso apostar que até esse momento nem ele e nem sequer os seguidores do Diário do Centro do Mundo conseguiram ver algo de estranho nessas declarações. Observando a caixa de comentários daquele blog vemos alta taxa de endosso dos leitores em relação ao texto.

O que ninguém lá percebeu? É que o fato de existirem elogios à Miriam Leitão ou críticas à ela não são o assunto sob discussão, mas o uso de computadores do Palácio do Planalto para inserir críticas. E se ela fosse governista e os elogios viessem dos mesmos computadores, teríamos o mesmo problema ético.

Só que quando o assunto é ética a mente do pessoal da BLOSTA definitivamente  entra em colapso. Mas que Paulo Nogueira superou seus companheiros em termos de mendacidade, quanto a isso não temos a menor dúvida.

Anúncios

13 COMMENTS

  1. PONEROMAQUIA.

    Está na hora de uma verdadeira reflexão geral de nossa mentalidade política e social, como fundamento prioritário em nossa nova “guerra mundial” da nova era de ilusões, na qual sucumbe a humanidade.

    Discurso de Cantinflas sobre “Direita x Esquerda” ou “verdes x Vermelhos”.

    Su Excelencia – Discurso Cantinflas.

    https://www.youtube.com/watch?v=DMMrs9HZ5-k
    ……….

  2. Para mim são duas fraudes. Esta Miriam Leitão também é outra fraude que é divulgada como pessoa capacitada.
    Durante anos fez avaliações econômicas ridículas, e agora que a crise já está sendo esfregada que começa a tratar o negócio com mais seriedade.

    • Concordo totalmente. Eu não sou um especialista em Miriam Leitão, mas eu acompanhei os seus programas na Globo News desde 2012, quando percebi a mansidão, a subserviência e a cumplicidade dela e de todo jornalismo da Globo com as muitas fraudes e descalabros dessa tropa de ocupação que s apossou do Estado.

  3. Acredito que uma das motivações para a falta de percepção sobre os meios que se utiliza para realizar algo é que a esquerda não está acostumada a pensar na legitimidade dos meios que se utiliza. Ela pensa de forma simplista que os fins justificam os meios, então discutir que meio é legitimo é “muito barulho por nada”.

  4. Paulo Nogueira: em termos de esconder, disfarçar, maquiar e elogiar ações criminosas, até que tenta. Mas não consegue. Você pode enganar uma meia dúzia de asnos que lêem teu blog, Cagaço do Cu do Mundo, Paulo Caganeira, mas a nós (nós = todo o resto tirando esses 6 infelizes asnos) VOCÊ NÃO CONSEGUE, FILHO DA PUTA.

  5. Visualizei mais um erro a ser explorado:

    > Como é possivel em pelo ano de 2014, o governo não controlar o uso da sua rede, de seus equipamentos ?

    > Isto já é realizado pela iniciativa privada há pelo menos 14 anos através de controle de inventário, controle de acesso e “black list de sites / IPs” através de firewall, etc, etc,

    > Um governo que não consegue nem manter a segurança da própria rede como vai se defender da NSA ?

    Na pseudo-lógica do “Paulo Nojeira”:

    “Bandido que mata bandido vira policia”.

  6. Luciano, eu agradeço a pessoas, que como você, ajudaram a tirar as escamas de nossos olhos. Desejo a todos, bênçãos sem medidas que só o Todo-Poderoso pode derramar sobre as nossas vidas. Muito, muito, obrigada mesmo.

      • O momento é de emergência. Sei que a direita é mais heterogênea que mosaico de gelatina, mas precisamos somar forças agora. Depois (que tempestade passar) a gente briga, tá?

  7. Luciano, não levem em conta os meus erros de pontuação. O problema é com a rede elétrica que toda hora desliga o computador. Eu fico sem tempo para revisar os textos. Tive que rodar a baiana com a concessionária para que o problema fosse resolvido. Isso levou mais de uma semana. E não garanto nada. Há picos de tensão repentinos que obrigam o estabilizador (o execelente MIE G3) a desligar. Desculpa, aí.

Deixe uma resposta