“Como falar com a extrema-esquerda (se você precisar)”, por Valter Nagelstein

18
204

valter_cais

Alguém sabe o que há na dieta do vereador porto alegrense Valter Nagelstein (do PMDB)? Será leite de leoa? Espinafre concentrado? Aditivo Bardhal? Seja lá o que for, ele podia dar dicas de nutrição para o pessoal da direita, que anda precisando de mais assertividade. (Sim, eu sei que muitos leitores daqui são assertivos, mas, em termos de quantidade geral para ajudar a direita, ainda há muito trabalho a ser feito nesse sentido)

O PMDB, como todos sabem, é um partido fisiológico, que sempre se orgulhou de bandear entre direita e esquerda. Tudo com muita moderação, claro. Para uns, o partido é servo do PT. Para outros, é o único que tem evitado a implementação do totalitarismo. Por enquanto.

Mas Nagelstein meteu o dedo na ferida dos esquerdistas, dando nome aos bois: PT, PSOL, PCdoB. A escória de sempre.

O resultado é uma verdadeira aula de assertividade, com doses maciças de shaming, técnica pela qual demonstramos ao público o quão vergonhosa é a atitude de nosso oponente. Questão sob discussão? O conflito Hamas X Israel e as lamentáveis manifestações de anti-semitismo por parte daquela turba que você já conhece.

Com créditos ao Pecador pela dica, o vídeo abaixo tem caráter didático:

Anúncios

18 COMMENTS

  1. Parece que nem tudo está perdido, afinal.

    E, mais uma vez, parabéns pelo blog, que, sem dúvida, tem sido uma excelente ferramenta para a guerra cultural e política contra a esquerda.

    Abraço!

  2. Nagelstein mitou demais nessa. Foi linda a aula que ele deu pros esquerdistas, mais ainda a gozada na cara dos mesmos, citando, sem medo, o nome de cada partido e vereador defensor desses bandos de terroristas islâmicos.

    Mas o que eu mais gostei mesmo, foi a intimidação e assertividade pra cima da Melchionna(a Fernanda que ele cita várias vezes, vereadora do PSOL). A tempos que queria ver alguém espinafrando ela de verdade!
    Pessoal daqui do Sul sabe o quão ela é a típica ativistazinha do PSOL: hipócrita e vulga defensora dos direitos das mulheres. Nome fortíssimo nas áreas de humanas da UFRGS, PUC, vive militando por aquelas bandas… Mas, como sabemos: uma terrorista e amante de regimes ditatoriais enrustida!

    Abraços!

  3. Mitou!!
    Simplesmente sensacional, retórico, cultural, empolgante e sinceramente visceral!

    Para mim, lavou a alma, ver esquerdistas serem trucidados e serem desmascarados por estarem defendendo discursos de ódio contra Israel!

    Adoro ver o frame falacioso, dito feminista, ser aniquilado com tanta facilidade…
    As feministas nunca foram tão bem expostas no non sense, visto que são ativistas escatológicas contra as tolerantes igrejas cristãs, mas se borrariam todas diante de uma lei da sharia islâmica… Pra mim, feministas extrema-esquerda são réles discursozinhos de parasitas atrás de sua subvençãozinha esperta pra ONG de sustento de esquerdista.
    Os psolentos e petebas, miram em Israel pra atingir os EUA, o que nos tornar tão relevantes quanto um peido de anão, no contexto geopolítico mundial e mostra o quanto eles são sem noção.

    Parabéns! Foi um achado!

  4. Esse cara mandou muito bem!

    Alguém deveria mandar esse vídeo para o asno do Pirulla. Quem sabe assim ele para de ser um idiota útil da esquerda.

  5. Luciano, mais uma boa para ser destrinchada, que vem do Geledés. O pior de tudo é que há um comentário ao texto que diz o seguinte:

    Eu acho uma levianidade e quem sabe até mau-caratismo alguém branco falando que se todos tem as mesmas capacidades, portanto não seria necessário cotas. Estes que proferem esse besteirol não acham estranho a composição étnica das classes sociais, além da discrepância óbvia nos mais diversos nichos da sociedade, seja universidades ou penitenciárias. Ou seja, na opinião velada deles, acreditam que o negro não é capaz (ao contrário do que dizem) ou “são preguiçosos”. Ignorância travestida de mau-caratismo.

    Como pode observar, o comentário acima diz ser leviano que brancos saibam da capacidade das pessoas de origem africana de vencer por seus próprios esforços, tal qual fizeram Machado de Assis, Lima Barreto, Cruz e Souza, André Rebouças, Teodoro Sampaio, Ernesto Carneiro Ribeiro e tantos outros. O cara acha leviano que alguém de ancestralidade africana vença por seus talentos, pois isso seria mau-caratismo de alguém branco (ou mesmo de alguém de ancestralidade africana que seja contrário à esmola estatal). Acha leviano e de mau-caráter que alguém de ancestralidade africana descubra por si só um nicho não atendido, faça algo a esse respeito e fature alto devido à demanda reprimida, como o caso da Zica, que inventou o Super Relaxante. E poderíamos seguir com outros tantos exemplos de pessoas de ancestralidade africana que fizeram exatamente o mesmo que fizeram pessoas bem-sucedidas de outras ancestralidades. E nessa, os marxistas-humanistas-neoateístas falam ao mundo que se alguém tiver ancestralidade africana, tem de ser obrigatoriamente dependente do estado e agir de um jeito que não seja considerado de branco, sob pena de ser um traidor. Enquanto isso, os brancos é que são hipócritas e de mau caráter quando apontam eventuais problemas que prejudicam igualmente pessoas de todas as cores, como desestruturação familiar, escolhas erradas e vitimismo. Vamos dizer que fez em texto algo equivalente a isto.

  6. Luciano, acho que podemos considerar como uma vitória no combate ao marxismo-humanismo-neoateísmo: STF arquiva denúncia contra Marco Feliciano por racismo. Não esqueçamos que essa polêmica toda surgiu quando da posse nas comissões da Câmara dos Deputados, em que a Comissão de Constituição e Justiça teria as posses de José Genoino e João Paulo Cunha, enquanto a de Direitos Humanos não tinha muita importância. Não esqueçamos que um dos caras que fomentou os protestos contra o também pastor foi um ex-assessor da deputada Erika Kokay (PT-DF), que também andou perseguindo o agora ex-ministro do STF Joaquim Barbosa.

  7. Denúncia – Crime à apurar

    Organização criminosa em Porto Alegre utiliza dispositivo de envio de voz para o crânio humano para torturar pessoas, o equipamento permite a escuta e o monitoramento neural constante dos pensamentos com captação de imagens visuais, atacando diretamente o crânio com emissão de sons da fala 24 horas online segundo a segundo. Os criminosos utilizam uma conexão através de ondas curtas de rádio frequência com o cérebro, proporcionando o acompanhamento constante e vigilância silenciosa. Eles podem ouvir o que ouvimos, vemos e até mesmo ler nossos pensamentos, vigilância total de qualquer um, em qualquer lugar do globo terrestre. Essa patente americana que foi muito usado por militares em época de guerra, está sendo usado como instrumento de tortura não rastreável e arma não letal. Ao interagir com o cérebro, os operadores podem transmitir sons inexplicáveis, vozes, imagens, cheiros e gostos, e causar numerosas dores e sensações por todo o corpo. Estas incluem a sensação de corrente elétrica e as vibrações zumbido nos ouvidos sensação de clicks intracraniano. As vítimas são submetidas a privação do sono e intensa tortura física e psicológica em uma tentativa de empurrá los ao suicídio ou violência. Esse serviço pode ser alugado, estes grupos operam no mundo todo, esse método é uma forma de terrorismo e é utilizado para reduzir a qualidade de vida de uma pessoa, assim o alvo poderá ter um colapso nervoso, tornar se encarcerado institucionalizado a experiência de dor mental emocional ou física constante, tornar sem teto ou cometer suicídio. Ele é feito usando acusações bem orquestradas, mentiras, rumores investigações falsas enquadramento intimidação ameaças abertas ou veladas vandalismo furto sabotagem e tortura humilhação terror emocional e assédio em geral, é um sistema criminoso destrutivo construído sobre o engano que existe para servir as intenções de alguns que estão conscientes de todo o horror que a vítima é obrigada a aguentar. Esse tipo de crime é realizado por sociedades secretas criminosas, como essa a que me refiro que está agindo no Sul do país utiliza dispositivo de envio de voz para o crânio humano para torturar suas vítimas. Seus números e enorme alcance sugerem o envolvimento do governo e de financiamento de ricos empresários possivelmente com o aparato de segurança interna com ligações com o crime organizado utilizando táticas semelhantes à nazistas. Milhares de pessoas em todo o mundo são vítimas de perseguição organizada e tortura e tem os seus direitos constitucionais e humanos sob ataque suas carreiras relacionamentos saúde e vidas destruídas atrocidades indescritíveis estão sendo cometidas crimes contra a humanidade tal como definido pelas Nações Unidas. Sugiro uma investigação imediata para averiguação dos fatos busca e apreensão do equipamento e punição dos culpados e que seja sancionada uma lei proibindo esse tipo de crime hediondo em nosso país.

    marisanogueira123@yahoo.com.br
    vítima desde 2007

Deixe uma resposta