Quanto mais PT, mais censura: Tarso pressiona Band para não divulgar pesquisa com vitória acachapante de Ana Amélia

14
81

tarso-genro2

É por isso que sempre digo que nossa prioridade zero deve ser tirar o PT do poder, junto com seus aliados PSOL, PCdoB e PSTU. Esse quarteto, liderado pelo PT, pensa dia e noite em censura de oponentes. Por isso o artigo de Polibio Braga, que cito abaixo, é extremamente conveniente como ilustração. Simplesmente Tarso Genro (governador petista do Rio Grande do Sul) pressionou a Band para não divulgar pesquisa onde a sua opositora Ana Amélia estava muito a frente.

Leia mais, a partir de Políbio Braga (em dica do leitor Julian):

O governador Tarso Genro mandou todo o seu pessoal de imprensa e propaganda pressionar a Band TV, as rádios da Band e o jornal Metro, ameaçando a rede paulista com retaliações caso fosse divulgada a pesquisa realizada pelo Instituto Methodus e disponibilizada hoje de manhã, 10h30min em ponto, pela revista VOTO no seu próprio site.

A pressão, iniciada na parte da manhã pelo Palácio Piratini, intensificou-se durante o dia. À tarde, o assessor de imprensa de Tarso, Guilherme Gomes, não se conteve e passou extensa mensagem com ameaças, por WhatsApp.

A pesquisa, as ameaças e o fac símile do WhatsApp foram apresentados no Band Cidade, Band TV, as 19h, e tudo será publicado na edição nacional de amanhã do jornal Metro.

No trecho mais intimidatório da mensagem do governo estadual, fica implícita a ameaça de corte de verbas e de informações. Em tom pessoal, dizendo falar em nome do governador Tarso Genro, escreveu Guilherme Gomes:

Me espanta que a Band não avalie com mais critério a publicação da pesquisa da revista Voto e nem examine suas consequências. O governador Tarso Genro avisa que nova relação entre nós e a Band será reavaliada a partir da possível divulgação da pesquisa pela TV.

A mensagem é muito mais extensa e escabrosa.

Tarso Genro e o PT espantaram-se com os números da pesquisa do Instituto Methodus, que mostram a senadora Ana Amélia com 42% e o governador com apenas 30%.

Existem informações de que os números podem ser ainda piores para o PT.

Há apenas um mês, a Rede Record contratou o próprio Instituto Methodus, pagou R$ 52 mil por uma pesquisa e acabou engavetando tudo. Na época, correu a informação de que o Piratini tinha interferido para que a censura ocorresse.

Abaixo, você pode ver o vídeo com a matéria da Band:

Anúncios

14 COMMENTS

  1. Luciano tu saberia dizer se o fato de o PT perder o poder em estados importantes pode atrapalhar seus planos?
    Pergunto isso porque vejo uma inquietação dos petistas pelo fato de que eles perceberam que não vão levar SP e aqui no RS provavelmente vão cair fora, mas não tenho conhecimento de como anda a corrida nos outros estados.

  2. Sinceramente, eu não entendo o Rio Grande do Sul. É um estado com grande história, um dos mais cultos e desenvolvidos do país, forte herança europeia, um dos que mais sofrem com Brasília e mais lutaram por sua autonomia (vide suas guerras de independência e seus movimentos separatistas), com forte senso de identidade (isso se nota com o fato de que talvez seja a única população do Brasil que entoe com paixão o hino do estado, como se nota por exemplo nos jogos do Grêmio e do Inter). e, mesmo assim, nos últimos quinze anos elegeram dois petistas para o governo do estado.
    É uma curiosidade verdadeira que tenho. Agradeceria se algum gaúcho conseguisse me explicar isso.

    • Tenho uma explicação. Não é geral, mas tem lógica: funcionalismo público. É muito forte aqui no RS. E governos anteriores, como o de Antônio Britto andaram privatizando algumas estatais, e isto gerou uma espécie de sentimentalismo [de revolta] no funcionalismo público. Passaram a ficar com medo de governos privatistas e passaram a votar em massa em partidos como PT, PSOL, etc, mesmo não simpatizando com esses. E influenciaram o resto da população.

      • Não é isso. O que houve é que não haviam candidatos competitivos mesmo. Não importa, aqui no Brasil é candidato pra se eleger tem que ser conhecido, nisso entra concorrer e perder eleições passadas como foi o caso do Tarso.
        Os maiores adversários de tarso haviam já conqusitado o governo do Estado recentemente e não se reelegidos, ou seja, capital político desgastado, mal que não afligia o Tarso por nunca ter sido governador.
        Acredito que agora, perdendo de lavada, não só tarso não se eleja mais como o PT fica praticamente sem candidatos de expressão no RS por um bom tempo.

      • Professorado e funcionalismo público em massa votam no PT e não é só a escumalha. Altos cargos e salários também. Pessoal tem medo de estado eficiente e de ter que trabalhar mais do que 1 turno…

  3. O estagiário de chavismo, não por acaso assessor do governador que despachou, quando ainda era ministro, os boxeadores cubanos de volta pro colo dos assassinos Castro, possui twitter (@gomes_guilherme). Se alguém que utilize aquela rede social quiser se divertir dizendo a ele que tipo de tratamento moral merecem pessoas dispostas a fazer parte do alto comissariado de uma ditadura petista, talvez ele refreie sua ousadia.

  4. O que esperar do PT? Um partido que há anos é aliado das FARC, através do Foro de São Paulo, só poderia ter a censura e a chantagem como ferramentas para conquistar o poder.

    • Sou gaúcho. O RS sofre do mesmo anacronismo político grotesco do resto do Brasil. Aqui está cheio de esquerdista, estatista, trabalhista etc. É um Estado decadente há anos, com baixo crescimento econômico, endividamento público monstruoso e criminalidade crescente. E tem bolsões de miséria extrema que chocariam algumas pessoas. O RS nada mais é do que o Brasil atualmente. O RS já foi alguma coisa, deixou de ser.

  5. Intimidação me deixa tiririca. Eu falei que ia cancelar minha internet depois que o Marco Civil entrasse em vigor. Mas quem disse? Eu não suporto esse tipo de opressão e agora mesmo que eu vou participar de todo tipo de blog anticomuna que existir em língua portuguesa. Desaforo, ora!

  6. O RS não tem nenhum negócio com Cuba e o Tarso foi lá duas vezes como governador e uma vez de férias. E depois acha que aqui a mídia funciona como lá.

  7. Prezado Luciano,

    Nada a ver com o texto… mas….

    Recomendo que veja o filme:

    Ameaça Terrorista (Samuel L. Jackson)

    Este filme, prova o que sempre digo,
    na hora certa…..
    direitos humanos….
    vão pra pqp!

    Portanto, era de Bolsonaro saber que,
    quando falarem de tortura,
    é mais do que lógico, que houve….
    e…..
    era necessário!!!!

    E digo….
    ainda é!!!!!!

Deixe uma resposta